História They Call me Jay Park - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Aomg, Bboy, Dance, Jay Park, Romance
Visualizações 113
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAH CAMBADA XONADA NO JAY USDHUSDHSH

Tá aí mais um cap da fic

Vou tentar postar mais rápido pra compensar o tempo sem postar. Bjos

Capítulo 19 - 19


Talvez eu tenha bebido demais Mas isso é exatamente o que eu precisava Eu espero que você não pense que o que estou dizendo soa vaidoso...


Jay


Bora ainda era minha fraqueza, mesmo eu sentindo algo especial pela Jung hee, mesmo assumindo um relacionamento e todas as consequências que envolviam e quando penso estar bem aquela maldita me manda mensagem dizendo que está na Coreia e vem me ver na AOMG. Um frio percorreu minha espinha, eu não queria magoar a garota mais incrível que já conheci, mas eu precisava dar um basta em tudo aquilo e quando vi Jung hee deixando seu escritório quando Bora chegou eu senti que a perdi. 

- Estou um pouco ocupado Bora - disse me dirigindo até a porta. Eu precisava ir atrás de Jung hee

- até pra me ver? - sua voz saiu mais manhosa que o normal e eu suspirei fundo. - queria discutir sobre trabalho, quero que você me faça uma música. 

- ok... Vamos tomar alguma coisa mais tarde. 

- Te espero na boate de sempre oppa - ela sorriu e me deixou sozinho na sala e essa foi a deixa perfeita para procurar Jung hee.


...Nem sei porque eu tentei Porque não há ninguém como você Há uma desilusão familiar toda vez que eu tento Toda noite meus braços não estão ao seu redor Minha mente continua presa à você...


La estava ela tomando seu americano enquanto fazia algumas fotos para o Instagram, eu sorri das poses engraçadas e fiquei observando de longe por alguns longos segundos até me aproximar e sentar ao seu lado. Ela estava brava, eu via isso em seu rosto quando me aproximei e soltei seus cabelos. 

- Não gosto dele preso 

- Não gosto da sua amiga - ela retrucou e eu sorri 

- justo... Bora quer que eu faça uma música pra ela então vamos nos encontrar mais tarde na Blue. 

- Certo... - ela sorriu brava, não queria dar o braço a torcer. - Tenho algumas fotos mais tarde, talvez chegue tarde em casa.


...Te ligo tarde da noite E eu sei que você já está na cama Porque eu estou três horas atrás Parece que você está sempre seis à frente...


Depois desse pequeno diálogo de desculpas eu voltei para o estúdio, estava trabalhando em umas músicas novas e lá fiquei o resto do dia focado nas rimas que escrevia, pelo menos boa parte do dia... Quando cheguei na blue já eram dez da noite e lá estava Bora, vestindo seu vestido mais provocante e fazendo pose para alguns paparazzis de plantão. Os flashes das câmeras refletiam em meu óculos escuro e minha camisa branca brilhava na luz néon do local, algumas garotas vieram em minha direção tirar algumas fotos e Lou veio Sistar Bora me dando um pequeno beijo no canto da boca e fomos até seu camarote.

- achei que não viria Oppa - ela sorriu e eu sorri de volta. Ela estava linda naquele vestido vermelho, não podia negar, meus dedos queriam perseguir todas as curvas que aquele vestido marcava. O camarote era grande e mais afastado, com um grande sofá em couro branco e uma mesa de centro com algumas garrafas de soju. Ao fundo tocava blackpink e eu já estava me animando quando terminei minha primeira garrafa de soju e fui observar o DJ e curtir o som da sacada. Bora me observou  por todo instante enquanto dançava ao meu lado, todas aquelas luzes e batidas estavam fazendo meu cérebro entrar e m colapso, estava ficando bêbado. 

- Sabia que você não ia querer falar de trabalho aqui - sorriu bora ao me abraçar e cochichar em meu ouvido. 

- Sabe que não resisto a isso aqui - gargalhei e era verdade. Por mais que tentasse me redimir de tudo aquilo, era aquilo que eu fazia, aquilo era minha vida e Bora fez parte dela por um longo tempo e agora estava de volta e eu me senti em casa mais uma vez.
. Depois do terceiro, ou quinto soju não lembro eu já não ligava mais para as pessoas gravando e tirando fotos, eu apenas queria curtir a festa junto dela. Eu não queria pensar na repercussão que isso daria no dia seguinte, na verdade eu nunca liguei. 

No relógio já eram nove da manhã e eu acordei com o toque do celular, não lembro ao certo como cheguei em casa só sei que Bora estava do meu lado e eu tinha feito besteira de novo. 

- Droga - me levantei rápido e fui até o chuveiro tomar uma ducha rápida e ir para a empresa. 

Jung hee estava na sala de dança treinando alguns passos, eu nunca tinha visto ela dançar, tão focada ao som de Jessi. 

- Hey - disse observando seus passos. 

- Desculpe senhor Park, não consegui fazer meu exercício matinal e resolvi praticar antes do trabalho - em uma pequena reverência ela seguiu seu caminho e eu segurei seu braço. - Não faz isso Jay... Por favor... 

- fazer o que?


...Querida, me diga quando você estiver pronta Estou esperando...


- tudo isso... Olha foi legal o que tivemos, mas não força a barra tentando agir como se nada tivesse acontecido entre você e a Bora ontem a noite. 

- ok... Não vou me desculpar... 

- Ótimo. Não esperava menos de você 

- Eu me deixei levar... Aquilo é minha vida. 

- Não Jay... Sua vida consiste em cantar e dançar, não sair com sua ex e transar com ela no fim da noite sem se importar se você tem alguém, ou se tem. Paparazzis por perto.  - seus olhos estavam marejados e um nó apertou minha garganta - eu não sou ninguém, não sou bonita, ou famosa como as garotas que você costuma sair, então só me deixa sair da sua vida e tentar passar por todo esse papel sozinha. 

Ela me deixou sozinho naquela sala enorme de frente para o espelho refletindo em toda a burrada que eu fiz e teria que concertar.


...Mesmo daqui a dez anos Se você ainda não tiver encontrado alguém Eu prometo, estarei por perto Me diga quando você estiver pronta Estou esperando E se eu precisar, eu vou esperar pra sempre Diga a palavra e eu mudarei meus planos Sim, você sabe que nos encaixamos Eu te conheço como a palma da minha mão...


Musica: When you're ready - Shawn Mendez



Notas Finais


Espero do fundo do coração que gostem. Comentem o que acharam, críticas construtivas são sempre bem vindas.

Beijo na bunda 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...