História They Call me Jay Park - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Aomg, Bboy, Dance, Jay Park, Romance
Visualizações 159
Palavras 1.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OEEEE MAIS UM CAPÍTULO FRESCO PROCEIS. GENTE SÉRIO NÃO ME MATEM (JÁ PEDINDO ANTECIPADAMENTE) NOSSA JUNG JUNG NÃO É BOBINHA NÃO.

BEIJOS E BOA LEITURA

Capítulo 20 - 20


Fanfic / Fanfiction They Call me Jay Park - Capítulo 20 - 20

Eles tentaram me dizer que você pode sempre fazer do seu jeito
Eles tentaram me manter fora da sala de aula nos corredores
Eles tentaram me dizer que minha aparência vai desaparecer algum dia
Talvez você, não eu vadia...


Eu me sentia uma completa idiota depois do que vi nas mídias sociais, quem eu queria enganar, era o casal do ano, se mereciam por completo e quando deixei ele na sala de música eu sentia nojo de mim mesma, não apenas pelas mensagens que recebia no instagram ou pelos comentários do tipo "ela transou com ele pra ficar famosa" "era óbvio que ele não a levaria a sério... Interesseira" eu sentia nojo de mim mesma por me entregar e amar aquilo... Eu sabia dos riscos, dos comentários que as ressoa fariam e sabia que ele faria isso, afinal é o Jay Park, ele nunca namoraria sério com alguém, muito menos comigo que sou uma fisioterapeuta falida. As lágrimas não caiaram em meu rosto um único segundo sequer, meu estômago estava revirado quando entrei no escritório de Simon deixando o dinheiro da quebra de contrato. Em exatos três meses eu ganhei o suficiente para guardar esse dinheiro. Eu sabia que um momento desse chegaria.

- Vai mesmo deixar por capricho? - ele disse com um sorriso no rosto

- Não vou mais colocar minhas mãos nele Simon, pode me pagar o quanto quiser... - eu sorri desacreditada - desgraçado filho da puta.

- ow calma Jung Hee - sorriu Simon, eu estava puta o suficiente para avançar nele por rir da situação, mas foi um sorriso tão lindo que eu apenas me entreguei e ri junto - Seja nossa modelo, afinal você estava fazendo isso mesmo. Você não precisa dele... Era óbvio que ele faria isso, Bora é o calcanhar de Aquiles dele.

- É pelo visto ela está bem disposta a voltar com o relacionamento - cruzei os braços

- Bora quase destruiu com a carreira dele Jung hee ele seria estúpido se voltasse com ela...

- Acho que ele é então. - disse observando Jay entrando da sala de Simon - Vamos tomar alguma coisa mais tarde e discutir sobre esse assunto, mas por ora eu me demito.

Confesso que precisava estravasar, precisava sair e esquecer até meu nome. Quando cheguei em casa Sora me olhava com uma cara de quem ia chorar.

... Jovem asiático puxando sua garota
Torcendo como um refrigerante...


- Nem pense nisso amorzinho porque hoje eu quero sair - sorri animada - estou com raiva o suficiente para querer falar daquele idiota. Não seja a fã dele perto de mim se não te enforco.

- Lá vem ela soltando o veneno, tinha me esquecido o quão insuportável você fica quando termina um relacionamento - disse Sora colocando os fones - você poderia see uma garota normal que chora e come sorvete enquanto assiste um drama meloso.

- Eu quero a cabeça dele pendurada na minha sala - disse enquanto surfava pelos canais da TV.

- Unnie... Você sabia muito bem como ele era, sabia que só seria uma transa enquanto ele não tivesse mais nada pra fazer, não sei pq está com raiva.

- OK eu sabia e mesmo assim me deixei levar... Então vamos pra Blue hoje - sorri.

- Certo certo - sorriu ela.

Eu realmente gostava dele, mas estava furiosa pelo o que ele fez, eu sabia desde o início que era encrenca, mas não sabia que ele cuspiria palavras bonitas pra me fazer ficar... Não sabia que ele iria fazer todo aquele show pra ligar o fodasse pro nosso relacionamento. argh que ódio, como fui burra...

A noite chegou rápido e eu estava animada para ir na Blue, eu tinha motivos para ir lá, era a boate preferia de Jay e eu queria mostrar a ele o que perdeu. Já eram quase 22 e nós estávamos prontas para curtir a noite e como de costume tirei uma foto para o Instagram.

(FOTO DE CAPA, FOTO DE CAPA, FOTO DE CAPA) 

Jparkitrightthere,callmegray,longlivesmdc and 1580 others

Jung_hee_ Blue hoje a noite 💋450comentarios

Jayfans:  interesseira, ainda bem que o Oppa te largou.
Parkp: ridicula, querendo aparecer as custas do Oppa.
Other_girl: maravilhosa, não liga para esses comentários escrotos. Estou torcendo por vocês. Xoxo..

Eu apenas revirei os olhos com tantos comentários negativos em uma única foto e joguei o celular no painel do carro antes de Sora estacionar em frente a boate. Todos cochichavam alguma coisa ao meu respeito e eu já estava acostumando com tanto amor a minha pessoa, ironicamente falando.

O lugar estava lotado, e as luzes faziam tudo parecer estar em câmera lenta eu sorri para Sora e fui comprar um Soju antes de ir até o meio da pista dançar, eu sorria para Sora que pulava em minha frente. As gotas de suor se formavam pelo meu corpo e eu chamava a atenção dos que estavam próximos, a bebida tinha subido para a cabeça, estava completamente bêbada e não ligava.
Senti meu celular vibrar no bolso do short, era Simon pedido para subirmos até o camarote da AOMG. Eu revirei os olhos, mas não neguei, Jay estaria lá com Bora provavelmente e não seria agradável segurar a cara de ranço e sorrir para os dois na frente de todos.

- Pensou na minha proposta? - ele sorriu de canto.

- Vou aceitar o emprego - sorri de volta.

Meus lábios estavam amortecidos pela bebida e eu o mordia frequentemente, droga Simon estava lindo e Jay... Jay me olhava como se quisesse me devorar ali mesmo e minhas pernas tremeram apenas com aquelhr olhar. Maldito efeito que ele causava em mim.

... Eu sou um símbolo sexual filho da puta...


- Vou descer para a pista, não gosto de camarotes - disse um pouco perto demais do ouvido de Simon, apenas para provocar Jay e ele sorriu entrando na onda colocando uma das mãos em minha nuca e me dando um beijo.

...Eu serei sexy para sempre

Olhe para mim balançando tudo

Olhe para mim 

Eu sei que você está fazendo

Mas eu serei sexy pra sempre...


Musica: sexy 4 eva - Jay Park



Notas Finais


Espero que tenham gostado. Comentem mto sério eu leio todos (apesar de não responder) me batam sixhsudhusdhsjd NÃO PROMETO NADA MAS TALVEZ... SÓ TALVEZ PODE SAIR OUTRO CAP HJ pq tô inspirada e vocês merecem pela pausa que eu dei. Enfim e tô xonada nessa nova música do jay jay e ela me inspirou nesse cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...