História Things so complicated - Capítulo 139


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 4
Palavras 635
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa ficar sem postar, fiquei sem tempo mas, vamos ver se não faço maratona ainda hoje

Capítulo 139 - 139-Forgive me


Fanfic / Fanfiction Things so complicated - Capítulo 139 - 139-Forgive me

Percebo Santana em choque tremendo sentada no chão, e Rachel

-MEU DEUS-Grito e corro até ela que está totalmente nua e com vários cortes no corpo-O que aaaa....acon...aconteceu com você?

-Nada

-Diz!Agora!

-Quase fui estuprada-Ela mostra as marcas nos pulsos e nas canelas.-Não aconteceu nada porque a Santana, Liam e Gabo chegaram a tempo.

-Amor-Ela diz chorando e me abraça, aquele abraço apertado que eu tanto precisava, ela percebe os chupões e as marcas de unha em meu corpo que nem tinha visto mas, ela não diz nada e apenas me beija, um beijo calmo dado com a alma se é que isso é possível, Liam tira a blusa e me dá enquanto eu visto aquela blusa xadrez linda, Santana busca alguma roupa no quarto e me arranja um short.

Gabi desce junto com Ana e Amanda que vão pra minha casa, logo que viraram a esquina eles me vêem e começam um tiroteio louco, pego a arma na mão de Santana que ainda esta em choque, e atiro em alguém que está no volante e no banco do carona, atiro em alguns outros carros enquanto Liam acelera sem olhar para trás.

Chegamos em casa consideravelmente rápido e então subo pro quarto atrás de Gabi que me guia pela mão, ela me senta na cama e tira minha blusa, ela pega a caixa de primeiros socorros e começa cuidar de todos os meus ferimentos.

-Me perdoa-Digo quase sem voz

-Pelo quê?

-Ter falhado

-Não, você não falhou, você salvou duas vidas, e tirou alguns imprestáveis da mundo.

-Será que agora acabou?

-Espero que sim

-E você?Ta bem?

-To meio tonta to melhor agora que está comigo

-Você não devia ter ido, e as crianças?

-Então bem, agora que a mamãe está em casa

-Me perdoa

-Já disse que não quero ouvir você dizer isso

-Ta bom

Depois de tanto remédio, gases e

band-aids, estou bem, me troco e me encaro no espelho sinto um nojo terrível de mim, e choro.

Gabi não estava por perto então desabo aproveitando o momento no qual me encontro, num local vazio onde posso chorar.

Sinto braços ao redor da minha cintura e então paro de chorar e limpo as lágrimas em meu rosto, me viro de frente e Gabi me beija-Eu te amo, e não quero que sinta nojo de mim-Digo e acabam rolando algumas lágrimas.

Gabi limpa minhas lágrimas com o polegar e diz-Eu não sinto, e se possível não quero que você sinta nojo de você mesma.

-É tão nojento-Eu choro.

-Não não é, você é coisa mais linda, forte e perfeita do mundo inteiro e isso não é algo deplorável e sim para se orgulhar, você não mede esforços para proteger os outros e eu admiro muito isso-Ela diz e me beija, um sorriso frouxo se faz presente em meu rosto e ela me beija novamente me fazendo sorrir com vontade.

-Desculpa

-Ta tudo bem

Ela pega minha mão e me leva até a sala, Santana está sentada e se levanta correndo até mim e me abraçando, Gabi solta minha mão e se senta em um dos sofás, eu retribuo o abraço de Santana enquanto ela diz-Obrigada

-Obrigada você, por salvar minha vida

-E você salvou a minha, varias vezes né?

Sorrio e a abraço outra vez, então Liam me levanta enquanto me abraça e diz-Me desculpa irmã, eu falhei

-Não falhou

-Falhei sim, eles podiam ter matado você

-E não mataram, eles não podem com a gente, e como tá você maninho?

-Ta um cú!-Ele diz rindo e mostra o tamanho do buraco de bala-Mas to bem

Ele senta junto a Santana e finalmente Gabo me abraça e sussurra-Você é extremamente forte, eu admiro você!Como tá?

-Procurando não sentir nojo de mim, de resto acho que tô bem

-Ficará bem em breve, pelos seus bebês e por sua esposa-Ele sorri, e eu retribuo o sorriso, ele se senta com Liam e Santana.

Ana e Amanda estavam na cozinha então não me importei muito de ir até lá, logo elas vêem que estou aqui e correm.


Notas Finais


Se gostou comente e favorite.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...