História Thirty Days - BTS (Hiatus) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Acordo, Bts, Depressão, Jungkook, Morte, Romance, Suícidio
Visualizações 39
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee :D

- Volteei, desculpe a demora rs
- Mais um capítulo, espero que gostem!
- Boa Leitura <3

Capítulo 8 - Day 07


Fanfic / Fanfiction Thirty Days - BTS (Hiatus) - Capítulo 8 - Day 07

Day 07

 

Mais um dia...

Jeon não respondeu a minha mensagem e não veio procurar por mim depois que a enviei, o que me deixou bastante aliviada. Talvez ele realmente tenha me entendido, espero que sim.

Já é de manhã e ouço seus passos pela casa, não demora muito e a porta central é fechada, indicando que o moreno saiu. Fico me remexendo pela cama por mais algum tempo até que crio coragem para me levantar.

Vou ao banheiro, faço minhas higienes e me troco, vestindo uma calça jeans clara com rasgos nos joelhos e uma camiseta branca. Amarro uma camisa xadrez na cintura, calço um converse branco e por fim faço uma trança no cabelo.

Pego meu celular e o coloco, junto com algum dinheiro, no bolso da minha calça. Depois de verificar se toda a casa está trancada pego as chaves reserva e saio em direção ao pequeno mercado à algumas quadras daqui.

Ao chegar pego um carrinho e começo a compra por algumas verduras e legumes que estão faltando. Parto para a sessão de doces e por fim alguns produtos de limpeza. Confiro tudo e vou para a fila do caixa.

 

- Annie?! – Franzo o cenho e me viro procurando discretamente por quem tenha me chamado. Uma garota aparentemente do meu tamanho, com cabelos castanho claro pouco abaixo do ombro. Ela sorria timidamente enquanto me olhava.

- Desculpe, mas nos conhecemos? – Pergunto sem jeito e ela solta uma curta risada.

- Meu nome é Chaeyeon, Jung Chaeyeon. Estamos na mesma turma de biologia da faculdade. – Diz sorrindo.

- Ah sim, perdão, não costumo prestar muita atenção nas pessoas daquele lugar. – Digo cabisbaixa.

- Posso imaginar o motivo. – Sorri fraco. – Por que não tem ido às aulas? – Pergunta.

- A-alguns problemas em casa. – Digo nervosa. – Mas e você? Pelo horário vejo que também não foi para a faculdade hoje.

- Meu irmãozinho está doente. – Diz e aponta para frente indicando que era a próxima a ser atendida.

 

Pago as minhas compras e espero por Chaeyeon do lado de fora do comércio.

 

- B-bom, eu já vou ind... – Antes que pudesse terminar a garota me interrompe.

- Não quer almoçar lá em casa? Eu aproveito e te passo a matéria que perdeu nos últimos dias. – Propõe sorridente.

- Eu não sei. Talvez outro dia. – Digo sem graça.

- Vamos, por favor, eu insisto! – Persiste no convite.

- Tudo bem então. – Digo e a garota dá pulinhos em comemoração.

 

Caminhamos até o seu carro e partimos para sua casa, que não era muito longe dali. Confesso que fiquei bastante receosa, já que era a primeira vez em que estávamos nos falando, mas depois de muita conversa percebi o quão gentil e adorável ela é.

O almoço em sua casa foi muito agradável. Conheci seu irmão, Jung Hoseok, que tem apenas nove anos e é um doce como a irmã. Prestes a ir embora o pequeno me fez prometer outra visita, Chaeyeon apoiou a ideia.

Trocamos nossos números e a garota insistiu em me levar até em casa, o que me deixou bastante nervosa. Ela não aparenta fazer fofocas, mas não podia arriscar que soubesse que moro com Jungkook. Sendo assim, dei-lhe o endereço do meu apartamento.

 

- Aqui estamos, obrigada pela companhia Annie. Nos vemos amanhã na faculdade. – Diz e assim que saio do carro a garota da a partida.

 

Sim, terei que ir para aquele inferno amanhã. Chaeyeon me emprestou suas anotações e precisarei devolvê-las. E agora, preciso voltar para a casa do Jeon... Carregando diversas sacolas e as anotações da minha colega.

Minhas mãos doem e estou ofegante por andar tanto. A distância entre meu apartamento e a casa de Jungkook não é tão grande, mas se estivermos de carro. Cansada demais, decido descansar em um banco de uma pequena praça.

Pego meu celular e ao olhar as horas arregalo os olhos. Jungkook com certeza já chegou em casa e conhecendo o garoto deve estar surtando por não me encontrar. Ou não, já que pedi que se afastasse. Talvez nem tenha percebido que não estou lá. Espero...

Instantes depois, já tendo recuperado minhas forças resolvo continuar meu caminho. Me levanto, mas antes de retomar a caminhada sou impedida por um garoto loiro, pouco mais alto que eu.

Me parece familiar.

 

- Annie, certo? – Talvez já possa colocar o dia de hoje na lista dos mais estranhos da minha vida.

- Sim. – Respondo receosa. – E você é? – Pergunto com as sobrancelhas arqueadas.

- Aigoo, até que enfim! – Suspira aliviado e o encaro confusa. – Meu nome é Park Jimin, sou amigo do Jungkook. – Droga!

- Aconteceu alguma coisa? – Pergunto já prevendo a resposta.

- Bom, ele surtou quando chegamos na casa dele e viu que não estava. – Diz coçando a nuca. – Disse que você nunca saía e que precisávamos te encontrar antes que fizesse uma besteira. Então nos separamos e... É acho que já entendeu. – Sorri sem jeito.

- Aish, como aquele garoto é exagerado! – Resmungo esfregando as mãos pelo rosto. – Então ele te contou? – Pergunto cabisbaixa.

- Sim, tudo. Mas não se preocupe, não irei abrir a boca para ninguém. – Diz com um sorriso amigável.

- Certo. – Sorrio fraco. – Acho melhor irmos. – Digo pegando as sacolas sobre o banco. Jimin logo toma metade delas para si. – Não precisa se...

- Claro que precisa. – Sorri. – Vamos?

 

Durante o caminho, Jimin ligou para o amigo avisando que havia me encontrado e que estávamos voltando para sua casa. Imaginei que o caminho seria silencioso e constrangedor, mas muito pelo contrário, não nos faltou assunto um minuto sequer.

Entramos gargalhando na moradia do Jeon, que veio as pressas me abraçar, fazendo com que eu grande parte das sacolas.

 

- Yah! – Resmungo por estar sendo espremida pelo garoto. – Não é pra tanto. – Digo dando leves tapas em suas costas.

- Enquanto conversam, vou levar as compras até a cozinha. – Diz sorrindo e pegando as sacolas caídas.

- Obrigada! – Respondo da mesma forma. O loiro se retira e me separo de Jungkook, que me analisa dos pés a cabeça. – Ei, eu estou be... – Paro ao ver seus olhos vermelhos e inchados. – Estava chorando?

- Não. – Deixa um selar em minha testa. – Não estava. – Me abraça mais uma vez, mas ao ver Jimin voltando logo nos separo.

- Já pode começar a me explicar por que abriu a boca para ele. – Digo e ele logo sorri quadrado, coçando a nuca.

- Então...

 

[...]

 

A tarde até que foi divertida e já estava começando a anoitece quando o Park se levantou para ir embora.

 

- Foi bom conhecê-la Annie. – Diz me abraçando.

- Igualmente. – Sorrio o retribuindo.

- Nos vemos amanhã. – Diz Jungkook sorrindo para o mais velho.

- Espero que vá também, Ann. – Diz o loiro já se retirando.

- Ah claro, amanhã eu vou. – Sorrio fraco e me viro em direção a escada.

 

- Como?

- Como?

 

 


Notas Finais


- Foi isso, espero que tenham gostado ^-^
- Até o próximo capítulo!

KISSUS

~Luuni


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...