1. Spirit Fanfics >
  2. This is love? >
  3. Blood

História This is love? - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Blood


-Mandou nos chamar, chefe? 

-Sim Toga...... Lembra do Izuku Midoriya? 

-Claro que me lembro dele..... Mas o que ele tem haver  com o trabalho especial que o Kurogiri nos disse? 

-Você já deve saber que ele foi sequestrado, afinal, isso é uma informação que apenas nos sabemos........Mas enfim, precisamos resgata-lo. 

-M-Mas ele está com o Todoroki e o Bakugou, isso pode ser muito perigoso chefe! Não podemos nos arriscar assim! 

-Calada Toga, essas foram ordens do mestre! Se assim ele quer, assim vai ser! Foda-se o quão arriscado vai ser, nosso dever é resgatar aquele garoto, é assim faremos, está me ouvindo? 

-S-Sim Shigaraki-San. -A loira diz olhando para baixo. 

-Bem, comunique Dabi, é assim que vocês estiverem prontos, nós iremos. 

-Certo. 

A garota sai da sala, indo atrás do outro amigo. 

 

Com Todoroki e Bakugou

Bom, depois de muitas perguntas...... Finalmente aquilo tinha acabado...... É agora, eles iriam a algum lugar almoçar. 

-Meu amor, agora que acabou, iremos almoçar, está bem? -Todoroki diz. 

-S-Sim.... 

-Ei, por que está tão triste assim....... Não está feliz que vamos nós casar? 

-Ah, claro que estou.... Eu só...... Estou cansado. -O Izuku diz dando um sorriso. 

-Quando voltamos para casa, poderá descansar, mas agora, iremos comer. 

Todoroki diz, é logo eles vão até algum restaurante que ficava próximo dali. 

Logo os três entram no local, onde um monte de gente começou a olhar para eles, pois na Tv estava passado o mesmo canal onde os três haviam sido entrevistados. 

Mas, eles apenas ignoraram isso, logo trataram de se sentar na mesa, é logo um moço chegou para atendê-los...... É claro, eles receberiam tratamento especial. 

-Boa tarde, meus senhores, o que desejam? -O Atendente diz meio nervoso. 

-Eu vou querer Soba. 

-Ah, Sushi, foda-se, eu só quero comer! -Bakugou fala. 

-E o senhor? -Ele fala olhando para o Izuku. 

-Katsudon, por favor! 

-Certo, seu pedido fica pronto daqui a alguns minutos. -O moço diz, é logo sai dali. 

Enquanto isso, Bakugou e Todoroki ficariam conversando, e o Izuku ficaria perdido em seus pensamentos. 

 

 

Com Toga

-Dabi! -A loira dizia irritada

-Ah, oi toga, como foi com o Shigaraki? -O rapaz diz acordando. 

-Uma grande bosta! -A loira diz procurando algo para bater. 

-Ei, calma! O que foi que houve? 

-Ah, ele quer que a gente ataque o Katsuki e o Shoto! 

-O que? M-Mas isso é perigoso. 

-Eu sei! Ele não mesmo liga se podemos morrer! Só aqueles dois são muito fortes, imagina o resto do pessoal dele! Eu aposto que eles só contratam gente qualificada para esse tipo de coisa..... Ah, Dabi, será que a gente tem chance? 

-Toga, não nos rebaixe.... Eles são pessoas difíceis, mas, esse é o nosso trabalho! Além disso senhorita Himiko, você já matou mais de setecentas pessoas! É olha, que entre elas deve chefes de grandes negócios. 

-Eu sei...... 

-Mas, somos só três contra um monte de gente! 

-Toga, eu tenho certeza que algum deles está no mesmo nível das pessoas que já matamos...... É bom, é melhor parar de reclamar, porque você não quer ver o Shigaraki bravo! 

-Ver ele bravo é a minha coisa favorita! 

-É..... Não posso negar que ele fica fofo quando está bravo......-O rapaz diz corado. 

-Vish Dabi, o chefe dá dando pra ti? 

-TOGA! Mas quem disse que é ele que dá? 

-Cara...... Tá na cara que ele é o passivo! É além disso, eu não consigo te ver como passivo...... Mas enfim, tá rolando algo entre vocês? 

-Isso não te interessa Toga! 

-Ai Dabi me conta, como que o Tomura geme, hein? 

-Porra, Toga, tu realmente precisas saber dessas coisas? 

-Claro! Conta logo! 

-Já disse que não! 

-Vai Dabi! 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os três.

Bem, a comida já havia chegado, e eles estavam comendo......Tudo ‘’tranquilo’’, tirando o fato das pessoas olharem para eles, é começarem a sussurrar..... O que para os dois maiores era normal...... 

Bem, até duas garotas chegarem ali. 

-Todoroki, Bakugou..... Que alegria ver vocês aqui! -Uma das meninas diz bem animada! 

-Izumi-Chan, não acha que estamos incomodando?  

-Ai cala boca Akemy! É claro que não estamos incomodando, certo Senpai?  

-Claro que não. -Bakugou fala. 

Bakugou, claro, mentiu, pois, aquele tipo de gente era o que mais lhe incomodava, e irritava. 

-Ah, esse é o tal noivo de vocês... -A moça, que se chamava ‘’Izumi’’ olhava para o Izuku com raiva. 

-Sim, porque? -Todoroki pergunta. 

-Ah Senpai, vocês podem ter todas as mulheres que quiserem, é escolheram logo uma putinha dessas? Eu garanto que sou muito melhor que essa vadiazinha. 

-Já chega, Todoroki, eu não vou tolerar essa porra!  

-Bakugou! Se acalma, me desculpe ‘’Izumi’’, ele não está em um bom dia hoje. 

-Ah, tudo bem Senpai! 

-Mas bem, quer ir a um lugar com a gente? 

-Claro! 

 

Logo eles saem dali, onde o Izuku os acompanhava, sem saber o que iria acontecer. 

Eles entram num beco, o qual era muito afastado de tudo...... É a amiga da tal Izumi havia ficado no restaurante....... Mas enfim, assim que eles chegaram no beco, Todoroki jogou a garota contra a parede. 

-Aah senpai! O que iremos fazer? 

-Bakugou, pega a faca. -Todoroki diz ignorando a garota. 

-F-Faca? -A garota diz assustada. 

Logo, Bakugou chega mais perto deles com a faca. 

-Todoroki, não acha que já brincou de mais? Agora é a minha vez.... 

-Oh, está bem. 

Todoroki sai dali, e Bakugou a deixa na mesma posição que Todoroki havia deixado..... 

-Olha, Todoroki, eu não quero enrolar, e ela não me irritou tanto...... Então isso basta. -Bakugou diz cortando a garganta da garota, que antes mesmo dele enfiar a faca, já estava gritando. 

-NÃO! -O Izuku grita, enquanto a menina caia no chão. 

Bakugou saiu dali, enquanto o Izuku correu para a garota...... Ele estava assustado, e tremendo...... Bakugou havia a matado como se não fosse nada. 

-Meu deus...... Porque fez isso? E-Ela não merecia isso. -O Izuku dizia chorando. 

-Claro que merecia...... Ela te xingou, é na verdade, a verdadeira puta é ela........ Era só mais uma interesseira fanática que se acha a melhor de todas. -Bakugou fala. 

-A amiga dela...... Vai esperar ela...... É talvez, ela nem mesmo saiba que isso aconteceu.... 

-Que se dane a outra...... Vamos logo Izuku! -Bakugou diz. 

Enxugando as lagrimas, o Midoriya vai em direção a eles...... Que logo saem daquele beco, como se nada tivesse acontecido...... 

Logo, o carro estava esperando-os ali...... Sem demora, eles entraram no carro, é partiram em direção a casa. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15 minutos depois.

Logo eles chegaram na casa...... Onde o Izuku estava animado para ter um belo de um descanso...... Só que as coisas não seriam bem assim. 

Assim que eles chegaram na porta da casa, estava tudo normal...... Aparentemente perfeito! 

Isso até eles abrirem a porta...... O lugar estava cheio de 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sangue 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...