História This Is Love - Capítulo 108


Escrita por:

Postado
Categorias Guns N' Roses
Personagens Axl Rose, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Personagens Originais, Slash, Steven Adler
Tags Amor Pelo Idolo, Diferença De Idade, Guns N' Roses, Romance
Visualizações 86
Palavras 873
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 108 - Teremos um encontro


Fanfic / Fanfiction This Is Love - Capítulo 108 - Teremos um encontro

O que fazer quando dois minis ruivos começam a correr pela casa e o pai das crianças não ajuda em nada e se junta na bagunça? . 

___Amor é para você olhar eles e não bagunçar com eles - Paro ao seu lado no tapete da sala com as mãos nos quadris. 

___Mas eu estou olhando Docinho, eles estão em perfeito estado. - Sorri para mim e eu sei que ele quer me fazer derreter quando Sorri desse jeito para mim. 

Anne aprendeu a correr e agora vive atrás do irmão e do pai, nunca vi alguém tão grudado como ela era com eles. James estava adorando brincar e correr com a irmãzinha, mas ficávamos de olho para que nenhum dos dois se machucasse. 

____Papai - Anne se levantou e foi até o Axl o abraçando. 

___Meu Deus que grude com esse seu papai, não é ruivinha - Toco sua bochechas gordinhas .

James vendo que sua irmãzinha o deixou, ele veio para o meu colo, quando me sento no chão. Ele me olha e eu o olho de volta.

___O que foi meu amor? - Beijo sua bochechinha.

___Irmãzinha me deixou sozinho - Fez uma carinha triste.

___Ela se cansou, depois ela volta a brincar com você querido - Beijo novamente sua bochecha.

Vejo a Anne com a cabeça no ombro do pai, era impressionante  como ela o amava, era somente vê-lo que já largava tudo que estava fazendo e ia até ele e como se era de imaginar, o Axl amava isso. 

___Mamãe colocou essa calcinha em voce de novo bonequinha, vou ter que sumir com elas - Deu leves tapinhas no bumbum de Anne que estava de vestidinhos em seu colo. 

___Pare de reclamar da calcinha dela, ela está muito linda, qual é o problema? - O olho seria.

___Minha bonequinha tem que ser respeitada, ser elogiada por sua inteligência e não por sua beleza - Resmunga.

___Meu Deus até onde vai parar esse seu ciúme por ela em Axl? Eu consigo lidar com o seu ciúme quase doentio por mim, mas agora pela Anne também. 

___Meu ciúme por voce não é doentio docinho, eu tenho cuidado e não aceito te dividir e nem que os outros olhem o que é meu, você é somente minha e só eu posso tocar, já a minha bonequinha é minha filha e não quero que ninguém encoste nela, não quero nenhum pervertido perto dela, meu bebê é pura e vai ficar em casa sobre os meus olhos e os do James. 

___Você não tem  jeito mesmo - Balanço a cabeça negativamente.

                              *

___Docinho, quero você se arrume por que vamos sair só nós dois - Axl encostou na porta do nosso quarto.

___Para aonde vamos? - Olho para ele curiosa.

___È surpresa, mas teremos um encontro, como nos velhos tempos - Piscou para mim e me deixou sozinha no quarto. 

Começo a me arrumar, tomo um banho relaxantes, passo meus cremes hidratantes, escolho um vestido com um decote V que parava entre meus seios e uma lingerie bem sexy, coloco os saltos e faço uma maquiagem com a boca marcada e em poucos minutos eu já estava pronta. 

Desço as escadas e o Axl me olhou assim que eu coloquei meus pés nele. Chego até ele e dou uma voltinha em sua frente.

___ Você está deliciosa Docinho - Me puxou pela cintura e me beijou. 

___Aonde irá me levar? - Olho para ele curiosa.

___Não irei dizer Docinho, será o nosso encontro e é uma surpresa - Passa seus dedos pela minha cintura.

___E as crianças? - Me viro para ele.

___Estão com a Cloe, eles irão ficar bem, não precisa se preocupar - Beija minha tempora. 

___Disse para ela nos ligar caso aconteça algo?

___Sim Docinho, eu fiz isso, ela sabe como cuidar das crianças, Cloe os conhece desde que estavam dentro de você, vai ficar tudo bem. - Me tranquilizou.

____OK, estou tão nervosa de ir em um encontro com você - Envolvo seu corpo com o meu braço direito.

___Por que Docinho, estamos casados a 8 anos e ainda se sente nervosa em ter um encontro comigo - Ri. 

___Sim, sempre irei me sentir como se estivéssemos indo para o primeiro encontro. 

Suas mãos dançam pela minha cintura e seus olhos param em meu decote.

___Terei que bater em alguém hoje - Pensou alto 

___Por que? - Olho para ele enquanto começamos andar em direção a porta da saída.

____O primeiro que olhar para seus peitos eu irei socar o desgraçado - Resmungou e eu ri. 

Caminhamos em direção ao carro, ele abriu a porta para mim e depois deu a volta e entrou no banco do motorista. 

___Você é impossível Rose - Comento quando o vejo olhar para o meu decote que ia até o começo do estômago e franzir a testa. 

___E você adora me provocar Rose - Revidou. 

Axl ligou o carro e partimos em direção ao restaurante que ele não quiz me dizer. Passo meus dedos pelos seus cabelos ruivos que já batiam no seu queixo, brinco com alguns fios e arranho sua nuca. Fico o olhando em silêncio e reparando em cada detalhe do seu rosto e observo sua expressão tranquila e relaxada. 


Continua....... 


Notas Finais


Espero que gostem 😗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...