História This is real? - Capítulo 63


Escrita por:

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Caroline Forbes, Elizabeth "Lizzie" Saltzman, Freya Mikaelson, Hope Mikaelson, Josette "Josie" Saltzman, Malachai "Kai" Parker
Tags Hopemikaelson, Hosie, Josiesaltzman, Legacies, Thisisreal
Visualizações 64
Palavras 1.766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello guys, mais um capítulo fresquinho para vocês e feito com muito amor e carinho especial para vocês, saiu bosta, mas o que vale é tentar, espero que goste e não fique com raiva, no próximo capítulo 63/64 vai ter uma surpresa maravilhosa, provalmente aconteça um Hot hosie, olha o spolier, OMG! Uma boa leitura e não deixe de dizer o que estão achado, obrigado por estarem acompanhado e até o próximo, e que tenha um bom dia, Boa tarde e uma boa noite. 

Capítulo 63 - Chapter Sixty Two




Josette havia decidindo uma decisão e seria a coisa que ela não almejava, apenas sentir-se confusa com tudo ao seu redor, sobre seus sentimentos e o restava um bom tempo para organizar tudo que passava a mil em sua mente e quão aquilo a deixava intrigada, a morena encontrava-se caminhado pelo os corredores da escola Salvatore que naquele horário estava vazio, seus passos foram introduzido de maneira lenta e podia sentir o quão estava fraca e apenas precisava de sangue, só aquilo poderia a tirar daquele estado e ela não queria machucar ninguém, os barulhos ao seu redor a deixava irritada e apenas almejava por silêncio, seus passos levou até a cozinha e aproximar-se da geladeira, abrindo a mesma e olhou fixamente para as bolsas de sangue, a sede insaciável parecia controlar ela e pegando uma. "Isso vai ser nojento..." comentou a herege, respirou fundo e abriu a tampinha da bolsa, aproximou de seus lábios e bebendo o líquido, sentiu o gosto metálico presente, fazendo suas veias surgir e como também sua pressas, Josie estava realmente com uma sede monstruosa e não hesitou em pegar mais e bebeu mais e mais, até deixar o estoque vazio.

Hope estava em seu quarto e escrevendo em seu diário, na verdade tentava encontrar as palavras certas para descrever o que aconteceu e não conseguia pensar em nada, além de estar preocupada com Josie e por tudo que ocorreu com ela, pensava se ela estaria bem ou não. Landon havia deixado com raiva e não queria vê-lo mais, pois não seria fácil de se livrar dele, a Mikaeslon fechou o caderninho e escondeu em seu esconderijo, levantou-se e caminhou em direção a saída do dormitório, caminhado pelo o corredor e nota-se que tudo estava quieto, não tanto. Ela sentiu seu corpo bater contra algo e quase derrubado ela, mas obteve equilíbrio e direcionado seu olhar em que a esbarrou. "Penelope..." a ruiva disse, um tanto surpresa e ao mesmo confusa, pensando que a morena estaria com Josie até agora.

A Park revirou os lentamente quando sentiu alguém esbarrar, o impacto foi tão grande e que a derrubou e a fazendo soltar um. "Deveria olhar por onde está indo, idiota!" O tom da bruxa soou de maneira alto e zangada, direcionado o seu olhar para a pessoa, expressão brava dela mudou para uma neutra. "Hope..." disse em um tom baixo, mas ainda estava zangada com isso.

A garota podia nota-se que a Park estava brava, suspirou fundo e estendeu sua destra para a Penelope. "Desculpa... eu não a vi, estava tão concentrada em meus pensamentos sobre a Josie..." ela disse em um tom calmo. "Pensei que tivesse com a Josie... ela mudou de ideia?" Questionou a ruiva, preocupada.

A Park segurou a mão da  Mikaelson com firmeza e se levantou com ajuda da Tribrid e soltou a mão dela, cruzado seus braços. "Se fosse outra pessoa, eu teria meio que lançado longe!" Ela respirou fundo. "Mas tudo bem... sobre a Josie, eu conversei com ela e eu não sei se ela ou não seguir meu conselho, eu espero que sim..." ela respondeu em um tom calmo, mas estava preocupada e ela se importava tanto com Jo, que não poderia imaginar sem vê-la novamente ou nunca mais.

Ela ouviu atenciosamente as palavras da bruxa e suspirou mundo, desviado seu olhar para baixo e as duas temia pelo que Josie havia tomado, mas seria a decisão dela e mesmo que ela quisesse insistir que a menor permanecesse viva, seu desejo não era fazê-la viver uma vida no qual iria odiar, ainda mais se tornado uma herege agora. Sabia o quão aquilo iria deixar todos desvatados e a Tribrid queria passar mais tempo com a Saltzman, ela amava tanto a morena e faria o que pudesse para proteger sua amada e ela sentia diferença daquele sentimento, não era o mesmo que sentia pelo o Landon. Ela sentir-se algo tão puro e sincero pela a menor, não tinha nem palavras em como descrever aquilo de tão inexplicável aquilo é/ou estava a ser, ela sorriu de maneira leve para Park. "Obrigada, por tentar... eu irei vê-la, não quero me sentir culpada por não estar por perto dela." Ela disse de maneira sincera e sem pensar duas vezes, envolveu seus braços em torno da bruxa por impulso e como ela precisava naquilo, sentir-se confortante e afastou rapidamente. "Desculpa..." Ela riu. "Eu te vejo mais tarde, talvez amanhã... eu não sei." Ela dizia incerta sobre aquilo, mas não sabia o que poderia acontecer a seguir e perder novamente alguém, a faria se fechar novamente e sentir-se como aquilo tudo fosse uma maldição, nunca seria amada ou ser feliz, pois sempre alguém vai sacrificar por ela, ou alguém que ame vai morrer.

Várias coisas passava pela a mente de Penelope Park e tampouco meses ela havia retornado a Salvatore School, para estar ao lado de sua amada e não imaginava que aquilo poderia acontecer um dia, sentir-se arrependida pelo o houve e a culpa a consumia, sentir-se uma completa idiota por deixá-la aquilo acontecer com Josie e por ter chegado ao ponto de ignorar os malditos sinais, coisas que passou desapercebidos e não poderia voltar atrás, corrigir aquilo novamente, mas agora as coisas se tornará um pouco complicado para ela e exclusive para Josie, ela almejava chorar tanto e sabia que Josette não queria levar uma vida como vampira, sabia o quão aquilo poderia deixá-la afetar, pois conhecia a Saltzman e ela faria de tudo para sacrificar, tudo para proteger sua família e amigos, um bem maior, pelo o motivo da Josette torna-se algo mais pior do que poderia imaginar, machucar quem ela amava, mas a Park não deixaria de ajudar a herege no que fosse preciso, ela jamais a abandonaria em nenhum momento, sabia que Hope também não. Os braços de Peez envolveu entorno do corpo da Mikaelson e abraçado de maneira apertada, mas logo a ruiva desfez e ambas afastou. "Está tudo bem..." ela sorriu de maneira leve. "É melhor você ir vê logo, sua garota... até..." ela disse de maneira calma e sabia o quão seu coração estava despedaçado, mas queria que Jo fosse feliz com quem ela realmente amava. Hope simplemente assentiu e se despediu da Park.

Hope encontrava-se caminhado pela a escola e na tentativa de encontrar Josie, e o que não foi possível e aquilo a deixou em dúvida sobre a morena estaria, mas não iria estar longe, mas ainda faltava mais lugares que teria que procurar pela a Saltzman, ainda havia o porão, biblioteca, cozinha e o velho moinho, levando em conclusão que Josette estaria na cozinha, talvez estivesse lá para concluir a transição do vampirismo.  A Mikaelson começou em introduzir passos calmos que levava em direção a cozinha, ao entrar naquele cômodo e pude nota-se as bolsas de sangue. "Josie?" Chamou pela a herege, seus olhos vagou lentamente ao cômodo e podendo visualizar que a geladeira estava aberta, aproximar-se e lentamente e vendo Josie, sentada no chão e encostada próximo do armário.

Josie encontrava-se na cozinha ainda e ao reparar que as bolsas havia acabado, aquilo a deixou com raiva e respirou fundo, sentou e encostou no armário, ela parecia pensativa sobre aquilo e não sabia como lidar com sua sede. Ela ouviu a voz de Hope e mantém-se em silêncio, seu olhar direcionou sua atenção para e ao reparar a silhueta feminina vindo em sua direção. "Hope..." sussurou ela, enquanto levantou-se e encarou a ruiva, ela precisava ter aquela conversa com a mesma e como sentir-se não muito preparada pelo o que havia decidido.

Hope aproximar-se da morena, Josie por sua vez levantou-se e a Mikaeslon apenas queria dar-lhe um abraço, ao vê-la que estava bem e que havia completado a transição, mas Josette afastou e deixado uma expressão confusa destacar na face da Tribrid. "O que foi?" Questinou.

Josette simplemente afastou no momento exato que Hope quase abraçou, mas ela foi em direção a bancada e encarando a Mikaeslon. "Nada... eu apenas pensei que nós não podemos mais ser amigas ou o que seja que fossemos!" Ela respirou fundo ao proferir aquilo, por momento não queria que aquilo fosse verdade, mas tinha que fazer segurar. "Tudo isso aconteceu por sua causa, eu não estaria aqui com essa extrema sede, eu realmente me sinto um monstro!" Ela dizia de maneira firme, deixando lágrimas escorrer em sua bochecha. "Eu não sei! Eu não sei por que deixei você entrar na minha vida, novamente... eu estava bem com Penelope, e nada disso teria acontecido! Agora eu apenas sou algo, que ao menos não desejava ser, eu tinha várias coisas que ainda poderia fazer, eu acho que o máximo que pudesse até fazer 22 anos!" Seu tom de voz alterou desta vez, enquanto chorava e prosseguiu. "Eu te odeio por isso..." ela disse de maneira seria, respirou fundo ao proferir aquilo e como isso a deixou mais entristecida, pois ela não odiava Hope e nunca pensava que talvez fosse existir alguma possibilidade daquilo. "Você foi um erro... um erro que eu vou me arrepender em tê-la amada algum dia, para sempre..." ela disse de maneira seria, na tentativa de aparentar aquilo ser verdade, o que Josie dizia fazia com que a Saltzman a deixava mais ferida por fazê-la afastar de Hope novamente.

Hope ouviu atenciosamente as palavras de Josie e cada palavra proferida pela a jovem, fazia a garota sentir-se despedaçada cada vez mais e seus olhos encher de lágrimas, mas conteve as lagrimas para não ter que não chorar na frente da Saltzman, mas ela sentir-se um pouco de raiva, mas ela respirou fundo e desviou seu olhar para baixo, de fato Josie havia dito "a verdade" sobre ser a culpa dela por tudo que aconteceu, mas aquilo a fariu de maneira. "E..." ela pousou sua fala e direcionou seu olhar novamente em Josette, não sabia o que dizer naquele momento e cada frase que a morena proferiu, havia a deixado profundamente magoada e ela não prosseguiu sua fala, apenas deu as costas para a menor, sua vontade era de sair correndo dali, mas não o fez, apenas introduziu passos calmos enquanto lágrimas persistia escorrer por sua bochechas e enxugando, talvez o que não sentir-se por um momento não fosse real, ela apenas precisava de um tempo sozinha enquanto pensava, as palavras da herege persistia em percorrer na mente da ruiva, ela entrou em seu quarto e fechou a porta, dirigido até sua cama e deitou, com a cara afundada no travesseiro, para que pudesse abafa seu choro.


Notas Finais


Thanks ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...