1. Spirit Fanfics >
  2. Thranduil a cura para escuridão >
  3. 40- Thranduil só nos

História Thranduil a cura para escuridão - Capítulo 40


Escrita por: salvathoryy

Notas do Autor


Mais um capitulo cheio de açurar kkkkkkk

Capítulo 40 - 40- Thranduil só nos


Fanfic / Fanfiction Thranduil a cura para escuridão - Capítulo 40 - 40- Thranduil só nos

No dia seguinte tara acordou e se virou thranduil estava dormindo ele parecia relaxado tara poderia ficar o observando para sempre, ela coreu a ponta dos dedos por seu rosto ele não se moveu tara então deslisou sua mão pelo peito dele .tara se aninhou em seu peito ela estava perdida em pensamentos quando os braços fortes de thranduil a abraçarão com verdadeira obsessão .


 

Ele rapidamente os rolou na cama pairando sobre tara que estava sorrindo para ele, ele a beijou apaixonadamente ele deslizou suas mãos pelas pernas de tara a trazendo mais para ele mas se conteve lembrara que ela esteve muito tempo adormecida e pela grande perda de sangue ,ele se forçou a afastar-se dela .


 

Tara o observou afastar-se ele percebeu que ela não intendeu ele se aproximou "minha vida quase me esqueci que você esta muito fraca tanto pelo tempo que dormiu quanto pelo que passou !"


 

 

Tara o abraçou "amor estava com muito medo de não acordar !"

Thanduil a abraçou forte "você esta segura!"

 

Thranduil olhou para tara e teve uma ideia ,logo galio bateu a porta e trouce o café da manha ele deixou o carinho no rol de entrada do quarto ,thranduil foi até a mesa e olhou tudo que ali possui , foi até o quarto tirou o cinto de seu rob foi até tara "meu amou feche os olhos tenho uma surpresa !"

 

Tara sorrio e fez como ele pedi ,thanduil foi até seu quarto seu banheiro era majestoso foi até sua imensa banheira e preparou um banho bem quente com essencia de rosas vermelhas ele voltou a quarto de tara e pegou algumas frutas uvas tanto brancas como rosa, morangos pêssegos e amoras e um travesa com passinhos de mel recheados com doce de leite voltou eos colocou a beira da banheira ele voltou e aproximou-se de tara e apegou no colo"thranduil o que você esta aprontando meu menino levado!"

Thranduil soltou uma risadinha ele sussurrou no orelha de tara "eu só vou cuidar de minha menina fujona!"

 

Logo ele a levou a seu banheiro la a sentou em uma banqueta e tirou sua roupa e ficou só com sua roupa intima logo foi até tara ela usava uma camisola curtinha ele apegou no colo e entrou na banheira tara estremeceu"thranduil !"

Ele deu um beijo longo.

 

Tara abri os olhos depois que ele removeu a venda ela estava na banheira dele o banheiro era enorme feito de mármore verde-musgo a banheira era enorme com uma queda de água morna a beira da banheira havia frutas .

 

Ela enta se vio sentada no colo dele ele a abraçou e desceu beijos de borboleta da orelha dela ao pescoço ele a senti estremecer ele desceu mais até o decote da camisola logo tara estremeceu ele prendeu o mamilo de seu seio por cima da do tecido e o mordiscou antes de sugá-lo, enquanto sua outra mão massageava o outro seio ,tara se senti muito exitada tudo aquilo era novo e intenso .

 

Thranduil sabia então ia de vagar ele a respeitaria a tomaria como sua somente depois de casados como era o correto mas isto não o impediria de que se aconhescerem intimamente até para que ela pude-se matar toda sua curiosidade ,ha e ele não se importava de estar a merce dela .

 

Tara começou a gemer baixinho em seu ouvido o acendendo ele voltou a beijá-la tara se vio montada em seu colo ela o olhou com curiosidade, e ele a olhou com olhos cheios de desejo .

 

Ele voltou a beijá-la nisto desceu suas mas pelos quadris de tara e a trouce mais perto de seu membro enquanto a distraia com sua linguá ,ele começou a fazer movimentos de vai e vem com os quadris de tara .

 

Logo tara senti sua proximidade e as sensações de sua intimidade sobre ele a sensação nublou os sentidos de tara que sem perceber começou a se mover sozinha seus quadris sobre ele com mais urgência,nesta hora ela não percebe mas thranduil esta gemendo em sua boca.

 

Ele se perde nas sensações ele sente ela está quase gozando e é a visão mais linda que ele vio, ela está de olhos fechados os lábios separados ela está se segurando aos orbos dele sua pele esta rosada, ela está gemendo agora mais alto, ela deixa a cabeça cair para traz ele não resiste.

 

Ele desliza uma alça da camisola revelando a ele seu seio que ele de imediato o leva a boca lambendo e sugando enquanto sua mas intensificam os movimentos de tara ela sente uma explosão de sensações que a dominam de tal forma que ela perde o controle sobre seu corpo a fazendo gemer e estremecer incontrolavelmente thranduil a abrasa sabendo que ela está perdida na sensações de um orgasmo tão forte que seu corpo nunca havia sentido .

 

Nisto ele sente seu próprio clímax crescendo ele a segura forte quase dolorosamente quanto ele goza descontroladamente gemendo como um animal no cio .

 

Por um tempo eles ficam abraçados até que tenhão decido totalmente a realidade

thranduil eo primeiro a voltar a se mover ele então a olha, ela está com os olhos fechado e a respiração rápida com a cabeça deitada em seu ombro ele então ergue a mão e acaricia seu rosto e sussurra "respira !Respire meu amor "ele pode sentir como ela está instável ele se acomoda mais na banheira e a abraça suas mas acariciando suas costa .

 

Ele percebe neste momento que a levou muito longe em seu orgasmo lembrando-se o quão faca ela ainda esta e tudo pelo que ela pansou ele começa a os poucos falar com ela "meu amor você esta bem?"

 

Tara apos um silêncio responde a voz dela não mais que um sussurro"eu estou bem !Foi maravilhoso mas estou me sentindo exausta !Sinto mito!"

 

 

Thranduil da um beijo em sua testa em seguida ergue a alça da camisola e a move a colocando sentada de lado em seu colo "tara abra os olhos"tara respira fundo e abre os olhos .

thranduil ve seus olhinhos exaustos, mas muito brilhantes ela da um sorrisinho sapeca para ele .

 

Ele pega um morango bem vermelhinho e leva até os lábios de tara ela o morde ele a alimentou ela apos um tempo o alimentou da mesmo forma ela pegou uma framboesa e deslisou pelos lábios dele e ele aproveitou para sugas as pontas dos dedos de tara .

 

Apos um tempo a aua começou a ficar mais fria ele deu um beijinho “não vou demorar”tara olha para ele curiosa ,ele rapidamente saio da banheira .

 

No banheiro havia uma ducha onde uma meia parede mármore separava da banheira, ele foi até la e tomou um banho rápido, tara o fica observando ele se vira após desligar a ducha e pega uma toalha e começa a secar-se ,ele esta sorrindo para ela.

 

Ela esta debruçada na borda da banheira o observando com um sorriso nos lábios ,nenhuma palavra foi dita entre eles pois tudo que poderia ser dito ,seus olhos expressavam um para o outro.

 

Apos se secar ele vesti um roupão branco ela vai ate a banheira e ajuda tara a sair ele a leva ate a ducha e deixa a aguá bem quentinha como ela gosta ,apos deixá-la ele vai e se veste com uma túnica de algodão branca e legens marrom e botas petas ele vai ate o quarto de tara e pega uma langeri e uma túnica azul-marinho de seda e legens pretas e um par de botas .

 

Voltando ao banheiro ele para por um momento e a observa ele pode ver suas costas ele então se aproxima ela esta de costas pra ele ela está com os olhos fechados lavando o cabelo ele vai e se debruça sobre na divisória de mármore e a fica admirando, ela está nua ela e tão pequena e graciosa com curvas bem definidas a espuma escore por seu copo .

 

Ele não resiste e começa a percorrer a trilha de espuma no corpo de tara com as pontas dos dedos ,ele a sente estremecer logo suas mãos estão deslisando sobre ela ,ele sabe que ela está envergonhada em nenhum momento ela se vira ,após um tempo ele deixa escapar um suspiro e sussurra para ela “trouce roupa para você ,vou esperar no quarto se precisar de algo e só chamar!”

 

A como ele gostaria de poder ajudá-la, mas ele sabia que não era este tipo de ajuda que ela precisaria ,ele teve que sair dali mais um minuto e ele esqueceria tudo,e entraria com ela na água e a faria sua na quele instante .

 

Ele foi ate a sacada e fica admirando a vista quando de repente uma ele escuta a porta do banheiro abrir ele se vira e fica encostado na grade da sacada ela esta linda com seu cabelo souto úmido ela vai ate ele e ele a abraça e beija sua cabeça ele partilham por um tempo este abraço .

 

Thranduil quebra o silencio “eu tenho uma surpresa para você “tara se vira e o olha “adora surpresas suas!O que é?”Ele da uma risadinha “vou levá-la para passar o dia fora só nos dois !é tudo que direi o mais você descobrira!”Tara o encara “tao misterioso !”Ele a beija e sussurra “você e só minha “tara o olha profundamente “e você é só meu!”
 

 


 


 


Notas Finais


Fico feliz em saber sua opnião ,deixe seu comentario ....
Continua......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...