1. Spirit Fanfics >
  2. Three demons >
  3. O começo

História Three demons - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Está é a minha quarta temporada de stranger things

Capítulo 1 - O começo


Mike Wheeler ON

Eu acordo ainda com bastante sono, levanto e vou até o armário, visto uma roupa, saio do meu quarto, fico um pouco parado no corredor, logo depois desço as escadas, bercebo que estou sozinho em casa, o telefone da casa começa a tocar e eu vou atender e pela minha sorte reconheco a voz.

Ligação iniciada

-- Oiê!

-- Dustin, oque que foi cara?

-- Eu e o Lucas estamos na frente da escola, vem cá tem algo incrivel que você precisa ver!

-- Tá bom eu já vou.

Ligação encerrada

Saio andando até o meu quarto, quando chego pego minha melhor camisa de sair e um short verde, tomo rapidamente um suco e fasso um sanduíche e como rapidamente, pego minha mochila, e logo depois saio de casa, chegando lá vejo eles conversando com alguém que eu conheço, me aproximo mais e era a Max.

-- Oi Mike!

-- Oi

-- Então por que me chamaram?

Sinto que duas pessoas me abraçam por trás, me viro e vejo Onze e Will.

-- VOCÊS DOIS, TA DE SACANAGEM COM A MINHA CARA, MANO!

Abraço eles devolta, e pela expressão deles, eu apertei esse abraço.

-- O cara agente foi mó colminho com o abraço.

-- Me desculpa, eu tô emocionado!

Fala sério, quanto tempo que eu não vejo eles, a Onze se aproxima, nos abraçamos dou um beijo na testa dela.

-- Quanto tempo que eu não te vejo.

-- Digo o mesmo.

Logo depois solto ela e abraço Will, ele me abraça forte e quanto mais forte ele me abraça mais forte abraço ele.

-- Quanta saldade cara.

-- Eu também, acho que já faz uns cinco meses.

Nós seis caminhos um pouquinho e depois de um tempo centamos em umas pedras para conversar um pouco.

-- E então oq mudou?

-- Will?

-- Agora eu sou escoteiro.

-- Onze?

-- Melhorei e forcifiquei muito mais meus poderes, agora posso levantar vocês encima de galões de gasolina.

-- Mais e vocês?

-- Eu ganhei um concurso de quem come mais cachorro quente. - fala Dustin tirando uma medalha do bolso.

-- Sério Dustin?

-- É, mais minha estratégia foi dar vinte dólares para dois namorados ficarem se beijando na frente do palco, então todos vomitaram e foram desclassificados.

-- Faz sentido, e você Lucas?

-- Eu com um pouco de ajuda do Dustin e coisas do lixão fiz duas casas da árvore com pontes entre elas, estou pensando em por elas para alugar.

-- Isso parece uma coisa que o Dustin faria.

-- Você não foi a única que achou isso - Fala Max colocando a mão nos ombros do Lucas e do Dustin - Todo nós pensamos isso, até o próprio Lucas.

-- E você Mike?

-- Eu não fiz nada não Will.

-- Consertesa você fez alguma coisa, só não quer falar, o que você fez?

-- Tá bom, eu criei umas HQs usando a minha imaginação e a máquina de escrever lá de casa.

-- Qual é o nome das HQs?

-- ZumbisDinoPawers.

-- É sobre oq?

-- É se os dinossauros nunca tivessem morrido e as pessoas tivessem super poderes e com isso começou um apocalipse zumbi.

-- Achei interessante, já vendeu quantos?

-- 10, ninguém se interessou pela ideia que eu tive pra história.

-- Acho que você errou, não é dez, é onze. - Fala a onze com a mão no bolso.

-- Como assim?

-- Tem alguma aí? - Ela fala isso tirando um pouco de dinheiro do bolso

-- Obrigado Onze - Tiro uma Hq da minha mochila, dou para ela e ela me dá o dinheiro.

-- E você Max?

-- agora eu vou a igreja todo dia dês de que meu irmão morreu, eles vão de um em um, e cada um pede alguma coisa, eu pésso que meu irmão esteja em um lugar melhor, e também eu bati todos os recordes no fliperama e tenho todos os itens da loja deles.

-- Bem, pelo que parece agora todos somos melhores em alguma coisa agora.

Depois de muito tempo conversando nós vamos embora, quando chego em casa fico a noite inteira tentando dormir, mais não fico com sono, então continuo escrevendo a segunda edição do ZumbisDinoPawers depois de muito tempo escrevendo eu caio no sono ali mesmo na minha mesa de escrever.

Bill Denbrough ON

Dia Seguinte

Cara, agora eu me mudei para Hawkins por uma evacuação que teve na minha cidade por causa dos desaparecimentos a cada 27 anos, seria bom se eles soubessem que eu e os outros meninos cuidamos desse problemas, pelo menos nós achamos isso, pelo que a beverly disse ele pode voltar, depois de uma longa viajem de carro chegamos até Hawkins, antes de ir com minha mãe discutir sobre a casa nova vou caminhar um pouco para conhecer a cidade, eu estava caminhando até ver de longe um menino usando uma pá e um menino do lado dele conversando com ele, vou para perto tentar escutar e ouço a conversa.

-- Will solta essa pá, você vai acabar se matando de calor e de cansaço, me ouve por favor, vai logo para de cavar, porque você tá cavando?

-- Eu não sei Mike, eu só tive um sonho, nesse sonho eu vi uma pessoa sendo enterrada aqui, e então quando eu acordei eu vi o que aquilo significava aquilo!

-- Como assim, isso não tem sentido.

Enquanto eles conversavam eu percebi que atrás do menino com a pá tinha uma pilha de cacos de vidro.

-- Não Mike eu não vou morrer aqui, isso é coisa da sua mente - ele continua cavando e depois de uns três ou quatro minutos e desmaia e começa a cair pra trás, quando o menino ia cair nos cacos de vidro e seguro ele.

-- Quem é você?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...