1. Spirit Fanfics >
  2. Till death do us part - Daryl Dixon >
  3. CAP07 - Síndrome da abelha

História Till death do us part - Daryl Dixon - Capítulo 8


Escrita por: Rapha_tachibana

Notas do Autor


Boaa noitee kk
Eu ia postar mais cedo,mas não me lembrava do que acontecia na série e ainda não liberaram o sinal de internet...
Agora tenho uma ideia ett vms lá

Capítulo 8 - CAP07 - Síndrome da abelha


Fanfic / Fanfiction Till death do us part - Daryl Dixon - Capítulo 8 - CAP07 - Síndrome da abelha

🐝 Gente que pensa que é rainha,mas é só um inseto.


Glenn Rhee ON


Eu sempre quis ver a Hey atuando como Biomédica,só a idéia ja me alegrava.Nada é como imaginados que seria.Tenho medo dessa pequena frase,porque eu me imagino vivendo em um lugar seguro com minha irmã,Aiko e os outros.Mas como as coisas estão...eu não sei nem como será daqui alguns segundos,imagina daqui alguns anos.

Eu vejo a minha irmã sorrindo enquanto olhava as anotações do Dr.Jenner.Aquele sorriso,eu faria qualquer coisa para ve-lo sempre em seu rosto.Foi esta a promessa que eu fiz para a nossa mãe,e foi a minha primeira promessa quebrada...

Alguns anos antes do incidente...

-Mamãe...quando senhora ficar bem,eu você, o mano Glenn e o papai,podemos ver o festival das sakuras juntos??-Heyden dizia alegre com aquela ideia.

-Claro querida - um pequeno sorriso - Porque você não vai ver onde o papai foi?-A pequena criança sai alegre pelos corredores a procura do pai.

-A senhora vai ficar bem não vai?- Glenn com um semblante triste dizia.

- Eu queria dizer que sim,queria muito - ela ainda sorria - mas eu nem sei se vou me lembrar de vocês amanhã...mas meu amor,Glenn,você precisa cuidar da sua irmã ok?seu pai...deixa pra lá.

-eu prometo mamãe,prometo cuidar da Hey,prometo faze-la feliz e sempre manter um sorriso em seu rosto -o garoto falava com um sorriso no rosto.

- Eu acredito em você querido...eu te amo...


Um ano depois...


-papai...me desculpa foi sem querer eu - a pequena garota dizia com medo e é  cortada com um grito de seu pai

- VOCÊ OQUE?VAI FALAR QUE NÃO VIU A GARRAFA ALI?SUA MAL CRIADA - O mais velho estava bêbado,seu odor era forte

- Me perdoe senhor,não foi ela quem quebrou a garrafa...fui eu - Seu irmão assumia a culpa,naquela noite ele apanhava de seu pai enquanto a pequena garota chorava ao assistir aquela cena...


Atualmente... 


Eu não gostava de ve-la chorar.Eu não suportava a ver com medo.

Eu faria do possível e o impossível para protege-la,Heyden era tudo pra mim assim como eu era tudo pra ela.

Saio de meus pensamentos com um barulho,saia fumaça do capo do trailer...

- Droga...É a mangueira do radiador - dizia Dale.

Assim que paramos eu olhei pra minha caçula.

-Vamos fazer uma pausa,não saia da minha vista - ela concordou e eu sai.


Heyden Rhee ON


Eu consegui ler umas 2 pra 3 folhas da pesquisa do Dr.Jenner até o trailer dar problemas.

-Eu falei que não ia durar,eu falei - Dale reclamava enquanto abria o capo oque resultou em mais fumaça.

-Precisamos de uma mangueira - ele completa.

Duvido muito acharmos uma mangueira de radiador no meio disso tudo,eu olhava pra tudo...eles tentaram escapar como nós,mas,será que todos foram atacados?

-Mesmo que não tenha uma mangueira de radiador aqui,tem muita coisa que a gente pode aproveitar -Daryl parecia ter lido meus pensamentos enquanto mexia em um carro.

- Vou começar tirando a gasolina desses carros - T-Dog também começa a se mecher 

-Talvez alguma água- Andrea e Rick completa.

-ou comida.

-Esse lugar é um cemitério-Lori dizia ao ver tudo aquilo ali abandonado.

É nisso eu concordo.

Eu olho para Glenn e o mesmo estava ajudando Dale,não faz mal eu ajudar também.

Aiko vinha comigo,procurávamos por qualquer coisa que fosse útil.

- Fique por perto e tome cuidado - Daryl,mais um para ficar no meu pé...

- Eu não sou de porcelana,senhor Dixon - eu dou um pequeno sorriso.

-Mas é atrapalhada - ele fala super grosso e eu apenas saio dali.

Vejo sofia e Carl andando por ai sem Carol ou Lori olhando,que belas mães.

Em um carro eu vejo uma mala,quando a abro dou de cara com camisinhas,roupas que pra alguém com certeza seria consideradas sexys,brinquedos sexuais...eu apenas dou uma pequena risada.

-como alguém em pleno apocalipse pode pensar em levar algo assim -eu dizia pra mim mesma enquanto continha a risada.

- concerteza era algum casal com um apetite muito grande - essa voz rouca,eu reconheceria até dormindo.

- Está me seguindo por acaso?- eu dizia com uma sobrancelha arqueada.

Ele apenas da de ombros e pega as camisinhas eu não aguentei e comecei a rir.

-Daryl,em pleno apocalipse e você pensando nisso - eu ria

- idiota,eu nunca faria sexo com uma patricinha como você - ele estava envergonhado,mas não precisava falar aquilo.

- Ok...mas eu disse que você estava pensando em sexo e não comigo,você que supos isso e- ele me cortou

- Temos casais aqui,e não queremos mais crianças em um mundo ferrado como este -ok,agora ele estava bravo

- Pra falar a verdade só temos o Rick e a Lori - eu dizia tentando pensar se havia mais algum casal

- Shane pode conseguir conquistar uma de vocês - havia algo em seus olhos que eu não conseguia decifrar...

- Deus me livre - nós dois rimos e eu adorava a sua meia risada,a do Glenn era a minha favorita e a sua poderia ser a minha segunda favorita.

Eu iria falar mais alguma coisa porém Aiko latia e então escutamos Rick mandando nos abaixar.Daryl me puxa na hora pra baixo do carro não me dando tempo de chamar a minha cachorra.

-Daryl espera e a Aiko eu n...- ele havia fechado a minha boca e sussurrado um "fique aqui quieta" eu obedeci.

Escutei muitos passos e um pequeno choro,era Aiko...NÃO.Eu me segurava,minhas pernas não se mechiam.

Eu podia ver uma poça de sangue um pouco mais a frente,meu descuido,custou a vida de um membro da minha família.Aquilo era torturante.

Aos poucos os passos foram ficando longe e logo escuto um grito.Era Sofia.Eu não sai de imediato,eu queria...mas não conseguia me mover.

Senti quando Daryl me puxou lá de baixo,resultando em cotovelos arranhados.Essa dor não era nada.

-você ta bem? -Ele me perguntava preocupado.Era culpa dele também.

- Me deixa quieta,eu falei pra você  e agora ela ta morta... -eu sai dali.

Escutei ele me chamar mais não dei bola...


Daryl Dixon ON...


Qual o problema dessa garota?até alguns minutos atrás estavamos de boa.Eu só peguei as camisinhas sem pensar,tive que bolar desculpas atrapalhadas.

Eu sabia que ela não  estava brava e sim magoada,Aiko era membro da família dela e de Glenn.Eu tentei chegar até a cachorra mais não deu tempo,e ve-la daquele jeito me causou um aperto no peito.porque?

Droga.

E tinha Sofia que se assustou com um zumbi e correu,a mãe era idiota ou oque?deixar uma criança vagar por ai sozinha enquanto estamos em pleno apocalipse.E pra piorar T-Dog havia cortado o braço.

Assim que olhei pra Heyden,a mesma estava agarrada ao china.Outro aperto no peito.Mas que droga...

Assim que eu aviso sobre T-Dog,Heyden vem correndo ajudar.

Eu a vejo limpando a ferida e fazer um curativo.

- Não temos recursos aqui,precisamos dar pontos antes que infeccione - ela dizia séria.

Vou atrás Rick junto com Glenn e Shane.

Ele fala que explicou pra sofia como voltar pra estrada e visto que a mesma teria feito oque havia pedido nós seguimos o rastro até ela virar.

No Fim Rick pediu pra Shane e o china voltarem para distrair o pessoal,enquanto continuávamos.Depois de um tempo,quando o sol estava se pondo e sem nenhuma pista da garota,nós resolvemos voltar.

- Vocês não acharam ela?- Carol falava com a típica tristeza na voz.

-vamos procurar amanhã, só acabariamos esrrando um no outro e nos perderiamos se continuássemos agora - eu explicava.

 Ela culpava Rick que só tentava ajudar e foi cortada por uma Heyden brava.

- Carol,eu não tenho filhos mas imagino como você possa estar se sentindo agora.Eu perdi a Aiko também,mas não estou jogando a culpa em ninguém...porque não há culpados por um erro meu. -ela dizia.

- Minha filha não era uma cachorra,e eu não cometi erros então- agora as coisas estão esquentando e eu via Glenn segurar a mão da irmã. 

- Não ela não é,porém Aiko era da minha família.Se eu não  a tivesse deixado sozinha isso não teria acontecido.Rick tentou ajudar...ele não poderia atirar ou iria colocar todos em risco,deixou Sofia a salvo durante sua ausência e correu um risco para salva-la! - ela dizia tudo e estava com raiva.

Rick tentou deixar as coisas tranquilas e Carol saiu chorando pela filha,ao longe eu vi o china com a garota...ele parecia consola-lá.



Heyden Rhee ON...


Eu estava brava,pra começar nada daquilo teria acontecido se ela tomasse conta da filha direito.

Todos olhavam culposos para cima de Rick,e aquilo me irritava.Shane nem se deu o trabalho de ir atrás da menina,quem  dirá se arriscar assim pela mesma.

Tinhamos que descansar,mas eu não estava com sono.Acabei saindo do Trailer ja que a Carol estava lá chorando,fui para cima onde meu irmão e Dale estavam.

-Oi -estava meio frio 

- Você devia estar dormindo - Glenn falava notando meu frio -vem aqui...

Eu me ajeitei ao seu lado onde ele cobriu nossos ombros com um pequeno cobertor.

- Não consegui dormi -eu dizia

- Sinto muito pela cachorra menina- Dale,sempre como um pai para nós.

- Tudo bem... - estava mesmo bem,Aiko não merecia viver esse inferno em que a terra se encontra.Mas não merecia morrer daquele jeito.

- Vocês dois...são tão ligados quanto unha e carne -rimos 

- Desde pequenos Dale...nós só tivemos um ao outro - Glenn,como sempre gostava de deixar claro que éramos só nós dois.

- Nosso pai era um idiota que depois da morte de nossa mãe,pegou um vício horrível de beber - ele dizia,e eu apertei sua mão em sinal pra parar.

Dale nos olhava - entendo...não precisa me contar agora.

Não é que não confiavamos nele,mas aquilo machucava mais ao meu irmão do que a mim.Porque ele se culpava.Toda vez que eu olhava para seus olhos eu via...culpa,medo,tristeza...

- Glenn...oque você ta pensando? - eu recebi um sorriso em resposta.

- Que,você Doutora Rhee...deveria ir dormi -nos rimos com o "Doutora"

- Não estou com sonooo -lhe dei lingua,ele ainda ria e olhava em meus olhos...dessa vez ele só parecia estar com medo.

-A lua esta linda hoje- ele disse e Dale nos olhava

- As estrelas também- nós estavamos sorrindo e Dale perguntava oque aquilo queria dizer.

- Nós tiramos essa fraze de um livro qualquer,quando tinhamos 12 ou 13 anos.Significa que "Eu amo você " -Glenn falava 

- um belo jeito de mostrar o quanto vocês se amam...Não se preocupe menina,seu irmão vai te proteger pra sempre - Eu sei Dale,eu sei...é por isso que em temo sua segurança.Era isso que eu queria dizer.

Eu dormi ali mesmo...


Na manhã seguinte, saimos eu Glenn,Daryl,shane,Andrea,Lori,Rick,Carl,Carol... para procurar por Sofia.

Escutamos alguns barulhos e demos de cara com 5 zumbis Rick pediu para eu,Lori e carl,carol e Andrea ficarmos atrás deles...porém dois vieram pela esquerda e eu acabei me separando deles,corri e só parei quando trupiquei em um tronco.

Os dois mortos me alcançaram e eu consegui acertar um com a katana a mesma ficou presa em sua cabeça.O outro se aproximava,junto com mais um e eu consegui me levantar e sair dali,eles me seguiram por mais alguns minutos até eu estar cansada,avistei uma árvore e consegui subir na mesma.

- Socorro Glenn...Daryl -Eu sussurrava pra mim mesma.


Daryl Dixon ON...


Pra piorar,agora Heyden também esta perdida.Carol viu os zumbis indo atrás dela e não avisou ninguém.DROGA.

Ontem eu havia escutado metade da conversa dela com Dale e Glenn,o velho falará que o china iria a proteger...grande bosta,ele estava quase surtando sem a irmã. 

Pra piorar achamos uma das katanas dela enfiada no cerebro de um caminhante,aquilo só preocupou ainda mais o asiático.

E eu estava quase surtando sem ouvir a sua voz,eu havia mesmo me tornado um maricas.Aquela garota ganhava qualquer um...

Escutamos sinos...

-Pode ser a Sofia- Dizia Shane

-Ou a Heyden - Agora o china preocupado 

-ou podem estar avisando que acharam elas - Um Rick aaflitodizia...corremos em direção ao som,até acharmos uma igreja entramos la dentro.

Tinha 3 zumbis,pareciam rezar...Heyden diria sinistro.

Matamos eles e o os sinos foram ouvidos de novo,eu corri la pra fora...eu queria as encontrar.

- Ta no Timer...DROGA-Glenn dizia quase chorando,estar longe da irmã era uma tortura tanto pra ele  quanto pra mim.Meu peito doia muito,não sei o porque...

-Glenn...-essa voz,olhamos para trás.

Ela estava ali,poderia ser só algumas horas sem ve-la,porém pareciam dias...

Ela estava suja...

Glenn foi o primeiro a abraçar ela ele repetia "desculpa,desculpa hey,desculpa " Ele parecia se culpar por aquilo,e ela apenas dizia que estava tudo bem.

-vou voltar lá pra dentro-Carol nos disse,seguindo com a magrela da Lori lá pra dentro.

Glenn havia entregado a outra katana para a irmã e saiu com muita relutância para falar com Rick.

- Não saia mais de perto da gente garota! - eu falei grosso,mas estava preocupado.

-Não foi como se eu quisesse sair Daryl.Eu estou aqui agora...- ela falava calma,devia estar cansada...estendo uma garrafa de água pra ela e a mesma pega

-obrigada.-ela bebia rápido,bebeu metade do líquido - desculpa eu ...

-Ta tudo bem...vamos - a gente seguia pra junto dos outros,Rick,Carl e Shane procurariam mais um pouco enquanto nós iriamos retornar.

No caminho todo Andrea reclamava sobre não ter uma arma e bla,bla,bla.

Até Heyden se virar com uma cara não muito boa 

- Olha aqui eu estou cansada de você,na verdade de todos vocês...aqui - ela pega a arma que estava com Lori,que nem implica com ela quando o faz e estende para a loira.

- Você se acha muito né?só porque fez uma faculdade e...- carol falava,como se não estivesse triste até agora.

- E oque?Você vai me olhar,me julgar,tirar conclusões precipitadas,mas ainda...assim vai me conhecer. -ela estava brava,não gostava que ninguém a julgasse só por fazer faculdade.

- Tentar humilhar alguém,é a defesa de gente ignorante pela necessidade de se sentir superior.No seu caso tentar culpar outros,para prencher os seus erros. - ela falava sem nem um pingo de gentileza,mas ainda sim estava com a voz calma e um semblante sério.

- Você quer culpar o Rick,por que foi você quem se descuidou da própria filha.Mas não assume -Carol começa  a chorar e isso parecia irritar a asiática- eu vejo bem mais do que só com os olhos.Eu vejo com a alma...vocês,olham para ele como se o mesmo fosse culpado.Mas me digam,vocês teriam a mesma coragem que ele?fariam diferente dele? - ela da uma risada seca.

- Eu cansei de fingir que simpatizo com vocês,Ja você Andrea...se não gosta de mim ou da Lori é só falar.não precisa ficar nos olhando com esses seus olhares podres -Andrea estava com os olhos arregalados,assim como todos nós. 

-É preciso ter muita paciência e elegância para continuar sendo educado com gente inconveniente... - ela termina de falar e começa a andar,Andrea estende a arma de volta para Lori e todos nós começamos a andar.

Um tiro.um unico tiro é escutado por nós o que nos faz parar.

- aconteceu algo - Lori começa preocupada.

- Deve ser um zumbi - Andrea fala

- Rick não tem cara de quem arriscaria um tiro em um zumbi - Heyden fala como se fosse próxima a ele,aquilo me irrita...não entendo o porque.

- ela tem razão,não com aquele grupo na estrada - eu disse...

Assim quem voltamos a andar eu reparava que  ela estava mais cansada,estendi a água pra ela e a mesma negou...

Glenn pegou da minha mão e lhe estendeu,a maldita aceitou...porque ela agia daquela forma?

Escutamos o Grito de Andrea e quando fomos atrás a vimos ser resgatada por uma moça que chegará a cavalo.

-Lori?Lori Grimes?

- Eu sou Lori Grimes

-Rick precisa de você...Carl levou um tiro,Temos que ir AGORA!

A magricela foi subindo e eu tentei impedir,a moça falou sobre uma fazenda dos Grenes...

Só faltava essa.

Sofia estava perdida,Carl havia levado um tiro e a maldita chine...coreana mal me olhava.

Eu ficaria feliz se ninguém me enchesse,mas com ela...com ela era diferente.Eu queria que ela me pertubasse,eu gostava de escutar a voz dela,de ver o sorriso dela...

Aquele sorriso...me trazia esperança,não sei explicar.

Eu era um maricas mesmo.





Notas Finais


Não revisei gente,na verdade nenhum cap ta sendo revisado,final de semana eu vou ler tudo...espero que esteja tudo certo kkk
Desculpa pela cachorra,porém eu não tava dando destaque nela.sempre esquecia de colocar ela nas cenas...foi vacilo meu.


Oque será que a Heyden tem??
Até amanhã boa noite kkk sonhem com o senhor Dixon ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...