1. Spirit Fanfics >
  2. Till Death Do Us Part (Park Jimin) >
  3. O Kimchi do Jimin.

História Till Death Do Us Part (Park Jimin) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Me desculpem pelos erros ortográficos. Tenham uma ótima leitura. 😘💖

Capítulo 4 - O Kimchi do Jimin.


Fanfic / Fanfiction Till Death Do Us Part (Park Jimin) - Capítulo 4 - O Kimchi do Jimin.


Tae: Por favor Omma!! - Taehyung estava tentando convencê-la pra deixá-lo ir dormir na casa do Jungkook junto com o Hoseok.

Jhope: Por favor tia, falta só uma semana pras férias acabarem e a gente quer aproveitar juntos - Jhope abraçou a Omma e ela retribuiu.

Omma: Humm, tá bom, mas eu te quero aqui 9:00 horas em ponto Kim Taehyung! - Ela disse e ambos saltaram de alegria.

Tae: Obrigado Omma - Beijou a bochecha dela - Te amo muito! - Beijou de novo.

S/n: Yah!! - Eu estava de braços cruzados vendo toda aquela melação daqueles dois.

Appa: Oh meu Deus, ela fica com ciúmes - Senti o mais velho me abraçar e eu retribuo.

Omma: Meu amor kkkkk - A mais velha ria e veio até nós nos abraçando também - Sabe que te amo, né? - Beijou minha cabeça e ovimos o  Tae e o Jhope rindo.

Jhope: Bora arrumar a tua mochila - Puxou o Taehyung.

Tae: Vamos - Eles subiram e eu fui pra sala, a Omma e o Appa estavam fazendo o jantar.

Eram 18:40 e o Taehyung acabara de descer junto com o Hope. Eles foram na cozinha e se despediram dos mais velhos. Vieram até mim e me abraçaram.

Tae: Vai ficar bem sem mim maninha? - Beijou minha cabeça ainda me abraçando.

S/n: Claro que vou, você vai passar uma noite e não um mês Taehyung. Kkkkkkk - Comecei a rir e o Jhope riu junto.

Tae: Idiota - Me deu um peteleco fraco na testa - Tchau, até amanhã.

S/n: Tchau - Eles andaram até a porta.

Jhope: Tchau princesa - Jhope se despediu fechando a porta.

S/n: Tchau! - Eu gritei e me sentei no sofá voltando a prestar atenção no dorama que estava passando.

1 hora depois...

Já eram 19:40 e eu estava arrumando a mesa para jantar-mos. Ouvi passos vindo pra cozinha e quando olhei eram os meus pais, eles estavam com uma mala pequena e eu estranhei.

S/n: Vão sair?

Appa: Filha, sua avó tá passando muito mal, sua tia Sook ligou e pediu pra que fosse-mos pra lá. 

S/n: Ah, vou arrumar minhas coisas - Eu estava assustada, não queria que nada acontecesse com a minha avó, os olhos do meu Appa estavam vermelhos, ele deve ter chorado, quando eu pisei no primeiro degrau da escada eu sinto uma enorme tontura.

Appa e Omma: S/n!! - Eles correram até mim e o Appa me segurou a tempo de não cair no chão.

S/n: Ai, minha cabeça - Coloquei a mão na cabeça e senti ser carregada e depois colocada no sofá.

Omma: Fica aí, vou pegar o seu remédio - Ela subiu as pressas e eu comecei a fazer uma cara feia, minha cabeça estava doendo demais.

S/n: Appa! - Eu comecei a chorar - Não quero que nada aconteça com a vovó - Vi o mesmo chorar e acariciar minha cabeça.

Appa: Ela vai ficar bem meu amor - Beijou minha cabeça e sentou do meu lado fazendo carinho na minha cabeça - Tá passando? - Se referiu a dor.

S/n: E-eu tô...- Eu estava sentindo minha cabeça girar - tonta.

Omma: Tá aqui - Ela já estava com o remédio é um copo de água na mão - Beba tudo - Eu peguei o comprimido e coloquei na boca, logo depois bebi a água levando junto o remédio com ela - Vem deita - O Appa se levantou e a Omma ajeitou o travesseiro do sofá pra mim deitar.

Appa: Alô? - Ele atendeu o celular assim que o mesmo começou a tocar - Sim, sim, já estamos indo unnie - Desligou o celular - Parece que a Omma já está um pouco melhor, mas está internada, mas ela quer nossa presença lá amor - Olhou pra Omma e me olharam.

S/n: Vão, eu fico sozinha aqui, não se preocupem.

Omma: Como não se preocupar S/n? - A mesma estava muito preocupada - Você está doente, não pode se estressar muito e nem se preocupar que já fica com uma dor de cabeça horrível. E pra completar o Taehyung esqueceu de levar o celular - Apontou pro celular dele na mesinha da sala. A campainha tocou e o Appa foi ver quem era.

Jimin: Olá, boa noite - Era o Jimin junto com seus pais - Nossa, tá tudo bem S/n? - Ele se agaichou do meu lado e segurou minhas mãos, eu corei com o seu ato.

S/n: S-só uma dor de cabeça - Eu sorri - Mas já está passando.

Sra.Lee: Oh, já tomou remédio querida? - Eu concordei e o Appa e o Sr.Park não estavam do nosso lado, agora que percebi. Minutos depois eles chegam na sala e o Appa me dá um beijo na cabeça.

Appa: Você vai ficar com o Handell, só hoje, tudo bem?

Omma: Vem, eu te ajudo com a mochila, provavelmente chegaremos só a noite então quando o Taehyung chegar amanhã diga para ele ir para a casa do Handell com a Lee, ok? - Ela me ajudou a levantar e fomos subindo as escadas indo pro meu quarto.

S/n: T-tá bom Omma - Eu me soltei da mesma e sentei na cama.

Omma: Vai dormir com esse pijama? - Apontou pro que estava dobrado em cima da cama e eu concordei - Ok, vou colocar só duas mudas de roupa aqui na mochila, pega seu celular - Peguei ele do criado mudo junto com o carregador e coloquei na mochila - Pronto, vai querer essa lingerie? - Eu corei.

S/n: Sim - Ela me deu e eu coloquei na mochila, peguei na gaveta outra calcinha com renda sexy que eu gosto e joguei dentro - Acho que é só isso.

Omma: Ok, vem - Ela segurou minha mão e descemos as escadas - Aqui está.

Jimin: Deixa que eu carrego - Pegou a mochila e a Omma sorriu.

Fechamos a casa e  Omma me deu a chave.

Appa: Fica bem filha - Beijou minha testa.

Omma: Voltamos amanhã - Me beijou e eu abracei eles, logo eles estragam no carro e se foram.

Sra.Lee: Bom, você já jantou? - Perguntou sorridente enquanto andávamos até a casa da mesma.

S/n: N-não - Eu sorri e senti outra tontura, Jimin me segurou pela cintura - Eu tô bem Jimin.

Jimin: Ah, ok - Ele abaixou a cabeça e entramos na casa, era muito bem decorada.

S/n: Amei a decoração.

Sr.Park: A Young Ae que gosta de tudo combinando então ela opinou por querer cuidar da decoração da casa - Falou sorrindo e subindo as escadas - Eu vou tomar um banho e descansar.

Sra.Lee: Jimin, querido, prepare algo pra S/n jantar? - Ela olhou pra mim - É que nós já jantamos e estamos cheios.

S/n: Tudo bem, tenham uma boa noite - Me curvei e eles sorriam de volta logo subindo.

Jimin: Bom - Ele deixou a mochila no sofá e segurou em minhas mãos - Você tá bem mesmo? - Ele parecia preocupado.

S/n: Sim Jimin, não se preocupe - Minha barriga roncou e eu acabei corando, vi Jimin sorrir e me puxar de leve para a cozinha.

Jimin: O que quer comer? - Ele me soltou e eu fiquei do lado da pia o olhando pegar alguns temperos.

S/n: Humm, um Kimchi eu acho que seria bom - Eu sorri.

Jimin: Ok, Kimchi saindo - Ele falou engraçado e rimos, comecei a prestar atenção nele fazendo comida, ele é tão...bonito.

1 hora depois...

Eu e Jimin estávamos sentados e ele me vivia me observava, sei disso porque toda vez que eu olhava para ele, ele já olhava para mim, me deixava desconfortável? Talvez, mas nem tanto.

Jimin: Vai S/n, prova logo, quero que me dê uma nota - Ele parecia eufórico, estava tão anciosa pra saber se eu havia gostado ou não do Kimchi, apenas sorri e concordei com a cabeça logo pegando um pouco do Kimchi no hashi e levei até a boca - E aí? - Eu havia provado e mds...- Como que tá? Tá picante? Tá no ponto certo? - O olhei espantada - Tá tão ruim assim? - Ele ficou cabisbaixo e eu ri apertando suas bochechas.

S/n: Está maravilhoso Park Jimin! - Ele corou e eu continuei a comer - Não sabia que você cozinhava tão bem assim, é até melhor que eu - Ele sorriu e logo me encarou.

Jimin: Você cozinha? - Ele pergunta interessado.

S/n: Sim, mas não é sempre. Quem da sua família cozinha tão bem assim?

Jimin: Era a minha avó, ela me ensinou tudo o que sabia cozinhar, me deu até o seu livro de receitas - Ele falou sorrindo cabisbaixo e só agora percebi.

S/n: Ah, m-me desculpa Jimin, eu não...- Toquei no seu ombro mas parei de falar quando ele pegou a minha mão e beijou a costa, eu SUPER FIQUEI ENVERHONHADA, caralho Jimin.

Jimin: Não se preocupe, já faz mais de três anos, já me conformei com isso - Ele soltou a minha mão e fez um movimento com a cabeça olhando pro Kimchi, indicando pra mim continuar a comer e eu concordei assim fazendo.

S/n: Entendi - Eu havia dado a última bocada e Jimin se levantou pegando minha tigela - Deixa que eu lavo Jimin - Me levantei e tentei pegar a tigela mas ele colocou a mão na minha cara e afastou um pouco.

Jimin: Não, fica sentada e espera, eu vou te mostrar o quarto de hóspedes.

S/n: Ah, ok.

Minutos depois...

Jimin: Bom, é aqui que você vai dormir S/n - Ele abriu a porta e mostrou um quarto muito bem organizado e bonito.

S/n: Bonito - Ele colocou minha mochila em cima da cama e me puxou até uma porta - Jimin? - Ele abriu e me colocou dentro do...- O banheiro? - Era grande e tinha até uma banheira - Nossa. Todos os quartos são assim? 

Jimin:  Sim, incrível né? - Ele disse levando com a não os fios de cabelo pra trás enquanto se olhava no espelho.

S/n: Entendi - Me olhei no espelho e me encarei - Daqui com três meses eu vou começar a ficar pálida - Percebi que o Jimin agora olhava pra mim pelo espelho e eu ainda me encarava - É difícil as vezes lembrar de que eu vou...

Jimin: Ei, não fala isso! - Eu me espantei com a sua fala repentina e então eu comecei a encará-lo pelo espelho, e depois pro seu rosto, ele me encarou e segurou no meu rosto com suas duas mãos - Escuta, eu espero que possamos nos tornar grandes amigos S/n, eu quero te proteger de tudo e todos aqueles que te julgam e que deixam tristes, eu quero te ver feliz, a partir de hoje não quero que pense mais nisso ok? Vai acontecer, eu sei, mas...- Ele olhou pra baixo e eu já estava chorando, as palavras dele entravam no meu coração de uma forma tão inexplicável que simplesmente me fazia chorar, não era nem de tristeza, era de felicidade, felicidade por ouvir essas coisas tão lindas saindo da boca desse garoto - mas você tem que viver a vida enquanto pode - Me encarou de novo e agora segurava a minha mão direita e com a outra acariciava minha cabeça - Eu vou estar pro que você precisar, quando quiser, onde quiser, é só falar, eu vou estar lá, pra te fazer feliz. Só se cuida, ok? - Enquanto eu chorava o mesmo limpava as minhas lágrimas e sorriu - Eu posso te dar um abraço?

S/n: Sim - Nos abraçamos e ele acariciou minha cabeça - Ninguém nunca tinha falado algo assim pra mim, ignora o meu choro, eu só estou emocionada.

Jimin: Chore o quanto quiser S/n, eu vou estar aqui pra secar todas as suas lágrimas.

S/n: Você falou tudo isso pra mim - Eu funguei parando de chorar e ele separou nosso corpo - Parece até que se apaixonou por mim - Eu ri e ele apenas sorriu.

Jimin: É, eu acho que tô - Ele me encarava sorrindo e eu parei de rir.

S/n: O-o que? - Eu corei com o que ele disse e ele apenas riu.

Jimin: Pra isso eu preciso comprovar! - Ele falou brincalhão.

S/n: O QUE? - Ele saiu do banheiro e eu fui atrás dele - Yah, Park Jimin, não fala isso - Eu corei e sentei na cama.

Jimin: Por que não? - Ele sentou do meu lado - Eu não posso tentar algo? - Ele se aproximou e eu fiquei parada - Brincadeira sua boba - Ele trocou seu indicador no meu nariz e eu revirei os olhos vendo o mesmo rir.

S/n: Idiota - Eu apenas sorri aliviada.

Jimin: Bom, o meu quarto fica do lado, se precisar de alguma coisa é só chamar, ok? - Eu me levantei e concordei - Boa noite - Ele beijou minha testa e eu corei de novo.

S/n: Boa noite Jimin-ssi - Ele corou e saiu.

Eu tomei meu banho e vesti a calcinha de renda, logo depois vesti meu pijama (O mesmo do capítulo anterior), desamarrei meu cabelo e deixei solto, liguei a central e deixei no 19. Coloquei a mochila no chão perto da cama e me deitei na cama super macia e aconchegante. 

Enquanto tentava dormir eu acabei por pensar nas palavras do Jimin, e pensei também "Será que ele gosta de mim?". Bom, eu acho que não, impossível, a pessoa não se apaixona a primeira vista. Ou será que sim? Em meio aos pensamentos eu acabo dormindo, e claro, com Jimin ainda na minha cabeça.




Continua??


Notas Finais


Comentem o que acharam. Até o próximo capítulo amadas. 2bjs.💋💋💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...