1. Spirit Fanfics >
  2. Time Disorder >
  3. Estranho presente

História Time Disorder - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Estranho presente


Fanfic / Fanfiction Time Disorder - Capítulo 3 - Estranho presente

E falando no diabo....

"O que está acontecendo aqui?"

"Seonghwa, por que essa demora toda?"

"Desculpa Hongjoong mas eu fiquei preso no trânsito. O que estavam discutindo?"

"Nada com o que se preocupar"

"Isso Yunho, calmo como sempre... Enfim, não quero mais falar disso"

Uma das coisas que eu mais admirava entre eles era que a pesar das desavenças nós sempre paravamos aqui, sentados, juntos 

"Então vamos comer"

Sabe, as vezes eu penso no que eu faria sem eles...

"Hongjoong você não vem?"

" Claro"

Eu me sentei ao lado de Seonghwa

"O que você tanto pensa?"

"Nada, só estou com uma sensação estranha"

"Hong, nós prometemos ficar quietos"

"Concordo com o San"

"Não... Não é isso que estou falando, não sei explicar mas... Sinto que alguma coisa está errada"

"Você está pensando demais - Yeosang deu uma mordida em seu pedaço de pizza e dirigiu o olhar para mim - acho que precisa de uma pausa"

"Talvez tenha razão"

Sim, pode ser que seja apenas cansaço, quem sabe

"A propósito Hong, você já olhou sua caixa de correio hoje?"

"Não tive tempo, por quê?"

"Quando sai mais cedo havia um embrulho lá dentro, não reparei se continua lá"

"Vou dar uma olhada"

Estranho, não me lembro de encomendar nada... 

A caixa de correio do meu prédio se dividia em números, cada caixinha de metal apresentava um valor diferente. 1117 era correspondente ao meu apartamento e lá dentro, quase impercetível, se escondia um embrulho 

"O que é isso?"

Os garotos me perguntaram assim que fechei a porta

"Não sei, acho que erraram de endereço"

"Tem algo escrito?"

Virei o embrulho em todas as direções possíveis em busca de resquícios de um remetente, mas não havia uma palavra se quer

"Tão preto como tinta"

"E se for algum tipo de promoção - Wooyoung perguntou"

"Acho que não, está muito pesado para se tratar de uma simples propaganda"

"Então devemos abrir"

"Mingi não seja imprudente"

"Yunho, nós nunca saberemos do que se trata se não abrirmos"

"Isso é verdade, e você Seong, o que acha?"

"Acho que o Hongjoong decide, a final, estava na caixa de correio dele"

"Olha, se eu me meter em algum tipo de encrenca a culpa vai ser de vocês"

O papel negro que o envolvia era opaco e perfeitamente impecável, quase como se ninguém tivesse o tocado. Rasguei delicadamente o papel e abri a caixa

"Um livro"

"Como assim um livro?"

"Sabe Mingi, aquela coisa feita de papel repleta de palavras e embrulhada em couro? Isso é um livro"

"Muito engraçado Yeosang... O que diz o título?"

"Só vejo o desenho de uma ampulheta dourada"

"Vocês estão fazendo suspense por pouca coisa, me dá isso aqui"

Wooyoung pegou o livro das minhas mãos e folheou as páginas impacientemente, sua expressão não era uma das melhores

"Não tem nada escrito, acho que é uma pegadinha"

"E por que se dariam o trabalho - San passou as mãos pela capa azul brilhante e me devolveu - não existe apenas um tipo de livro"

A discussão estava durando mais do o necessários e eu já me entediava o suficiente para bocejar.

Estiquei os braços acima da cabeça me espreguiçando distraidamente, o movimento fez com que o livro caísse no chão com a capa aberta. Quando tornei a pega-lo algo me chamou a atenção

"Esperem, acho que encontrei algo, uma frase"

"E o que ela diz?"

"Quem é você"

Meus olhos se fecharam ao mesmo tempo que meus lábios

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...