História Time to Love -Markson - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 63
Palavras 2.093
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura, my babies 💜🖤

Capítulo 25 - Capítulo 24


Por volta de uns dez minutos depois, os mais velhos escutaram um grito vindo do quarto de Somi.

– Appa!

Mark se assustou um pouco e se levantou.

– Eu vou lá, meu bem...

– Não... Deixa que eu vou... Não deve ser nada... Eu acho... -Mark foi com uma certa pressa até o quarto dela

Ele viu Somi e Woojin sentados na cama, um ao lado do outro e de mãos dadas.

– O que foi?

– Appa... Ainda bem que foi você que veio...

– O que aconteceu? O que vocês fizeram? -Ele trancou a porta

– A gente não fez nada, Appa... Calma...

– Eu tô calmo, princesa... Mas por que gritou?

– Pra te chamar... A gente queria conversar com você...

– Já imagino até o que seja...

– Aish...

– Pode falar, filha... Não vou brigar com você...

– Você vai se importar se eu te pedir pra sair de casa com o Appa?

– Difícil vai ser ele aceitar... Mas eu não me importo...

– Você pode tentar?

– Só se me disser o que vocês querem fazer...

– Appa... A gente... A gente só queria um momento a sós...

– Pra um poder tirar a roupa do outro sem ninguém atrapalhar?

– Appa! -Ela sentiu seu rosto corar na hora

– Desculpa... -Ele deixou uma risada nasal escapar- Mas antes a gente vai conversar... Nós três...

– Tá bom...

– Olha... Eu não quero que vocês façam isso por incentivo de outras pessoas... Eu quero que vocês façam isso porque se amam e acham que são capazes de compartilhar esse momento um com o outro...

– Olha... Mark... Eu amo muito a Somi... Muito mesmo... E eu sei que tem menino por aí que faz sexo e depois larga a menina como se ela fosse lixo... Trata ela como um objeto sexual... E eu nunca faria isso com a Somi... A gente conversou antes de te chamar... Pra termos certeza de que era isso que a gente queria... E eu jurei pra ela que nunca a deixaria... E tô jurando denovo na sua frente... A Somi é muito especial pra mim... E eu sei que esse momento a gente tem que viver com quem amamos de verdade... Por isso eu quero viver esse momento com ela...

– E você, Somi... O que tem a dizer? -Ele se sentou no chão e ficou de frente para os dois

– Eu sei que muita coisa errada tá se passando pela sua cabeça, Appa... Eu sei que também tem muita menina que sai escondida de casa e volta grávida... Mas eu não sou assim... A gente quis falar com você porque queríamos que você soubesse o que tá acontecendo... E eu não quero aparecer grávida em casa... -Ela riu com um tom de nervosismo- então a gente queria te pedir ajuda... Porque nós queremos fazer isso... Mas... A gente não sabe por onde começar...

– Woojin... Você tem Quantos anos mesmo?

– 16... Eu entrei atrasado na escola...

– E você é virgem?

– Sim...

– Eu não vou falar por onde vocês tem que começar... Isso é uma coisa que tem que vir de vocês... Não é uma coisa que se planeja... Quando eu vou transar com o Jackson, as vezes começa por causa de um beijo... As vezes a gente tá assistindo um filme e do nada a gente tá fazendo sexo... É uma coisa muito espontânea... Não queria falar de mim e dele... Mas não tinha outro exemplo pra dar... Vocês conseguiram entender?

– Sim... -Os dois falaram juntos

– Só tem uma coisa que eu posso fazer por vocês... Além de conversar...

– O que?

– Posso mandar vocês usarem a porra da camisinha porque eu tô muito novo pra ter netos...

Ele falou e os três riram.

– Mas é sério... Usem... Por favor... Senão todos nós vamos ter problemas...

– Tá bom... -Woojin falou e sorriu enquanto olhava para Somi

– Appa! Obrigada! -Ela foi até Mark e o abraçou

– De nada, minha princesa! Eu vou lá na sala falar com o Jackson... Depois eu venho aqui falar com vocês se nós vamos sair ou não...

– Tá bom, Appa...

Mark deu um beijo na testa dos dois e saiu do quarto, ele foi até a sala e se sentou no colo de Jackson.

– Amor... A gente precisa ir no mercado...

– Fazer o que?

– Comprar um carro...

– Aish! Grosso...

– A Somi me pediu pra comprar uma coisa pra ela... Vamos logo... Por favor...

– Aigoo! Tá bom... E ela vai ficar sozinha em casa?

– O Woojin tá aí...

– Ela vai ficar sozinha mesmo?

– Pare de ser tão duro com ele... Esse relacionamento pode ser bom para a Somi...

– Eu sei...

– Ande... Vamos logo no mercado...

– Vou trocar de roupa...

– Também vou...

Os dois foram para o quarto e se trocaram bem rápido, Mark pegou alguma coisa em uma das gavetas e escondeu no bolso.

– O que pegou aí, amor?

– Nada... Vamos?

– Sim...

– Vá na frente... Vou avisar pra ela que a gente já vai...

– Tá bom, amor...

Jack saiu na frente e foi para o carro, Mark foi até o quarto da mais nova e abriu a porta, vendo os dois deitados na cama entre algumas carícias.

– A gente vai no mercado... Depois vou enrolar ele pra ir em algum outro lugar... Qualquer coisa me liga, pelo amor de Deus, não vão fazer merda em...

– Fica tranquilo, Appa... A gente vai se cuidar...

– Bom mesmo... Woojin... Toma... O Jackson não vai sentir falta... -Ele entregou três preservativos para Woojin

– Obrigado... -Ele sorriu meio corado e se sentou na cama

– De nada... Até mais... -Mark sorriu em resposta e saiu do quarto, fechando a porta em seguida

Quando eles perceberam que os dois mais velhos haviam saído, Somi se sentou ao lado do mais velho.

– O que a gente faz agora? -Somi perguntou

– Acho que a gente tem que tentar fazer acontecer...

– E como a gente faz isso?

– Acho que pode ser assim...

Woojin passou a mão no pescoço dela e a beijou de uma forma intensa, Somi foi aos poucos para o colo dele, sentindo o mais velho apertar sua bunda sem muita força.

Ele se deitou na cama, a puxando para cima de si enquanto ainda se beijavam. Woojin tirou a blusa da mais nova e espalhou alguns selares pelo pescoço dela.

Eles ficaram espalhando beijos pelo corpo um do outro, quando se deram conta da situação, estavam apenas com roupas íntimas, um volume já estava bem visível entre as pernas do mais velho e Somi esfregava discretamente a sua intimidade alí.

– Woojin-ah... -Ela falou em um tom de gemido

– Hm?

– Quer mesmo fazer isso?

– É o que eu mais quero, meu amor...

Ela apenas sorriu e se sentou sobre o membro dele, abrindo o feixe de seu sutiã e deixando seus seios expostos.

– Pode me ajudar com o resto?

– Claro que posso, amor... -Ele sorriu e a deitou na cama

Woojin tirou a última peça de roupa dela, a deixando nua, depois tirou sua boxer e a beijou novamente. Somi esticou um pouco a mão e pegou uma camisinha no criado mudo.

– Amor... Coloca...

O mais velho a pegou, abriu a embalagem e tirou a camisinha de dentro, ele colocou em seu membro e segurou Somi pela cintura.

– Posso colocar?

– Pode, amor...

Ele posicionou seu membro na intimidade de Somi e a penetrou devagar.

– A-ah! Woojin-ah! -Ela falou sentindo um pouco de dor

– C-calma... A gente vai fazer isso com calma...

Ela puxou o rosto dele para perto de si e o beijou.

Durante aquele beijo, Woojin começou a estocá-la devagar. Eles estavam de mãos dadas, os dedos entrelaçados, Somi apertava um pouco a mão dele quando sentia mais dor, mas logo os dois esqueceram de tudo aquilo, não existia mais dor, eles estavam em um paraíso, aonde havia apenas os dois e o prazer de fazer aquilo um com o outro.

O tempo se passou rápido, e para eles, havia sido o melhor momento de suas vidas.

Jackson e Mark chegaram horas depois, eles acabaram pegando várias coisas no mercado, o mais novo foi guardar tudo e Mark foi até o quarto de Somi, ele bateu na porta mas não obteve resposta, então apenas abriu e entrou devagar, ele deu de cara com os dois deitados na cama, dormindo abraçados, Somi estava na frente de Woojin e ele a segurava de uma forma linda, como se estivesse a protegendo do mundo.

Mark sabia que eles não haviam planejado cair no sono, então deduziu que Woojin não havia avisado a mãe dele. Mark foi até a cama, passou a mão no braço de Woojin, tentando acorda-lo.

– Woojin...

– Hm?

– Acorde...

– O que aconteceu?

– Quer passar a noite aqui hoje?

– Eu posso? -Ele falou meio sonolento

– Pode... Me dê o número da sua mãe que eu vou ligar pra ela... Assim ela não fica preocupada com você...

Woojin deu o número para ele, o mais velhos saiu do quarto e ele voltou a dormir com Somi.

A mãe de Woojin disse que estava tudo bem de ele dormir lá e que ainda naquele dia levaria uma roupa para ele vestir de manhã. E assim foi feito, Mark deixou as roupas no quarto de Somi, ele pegou as roupas que estavam jogadas no chão e as dobrou.

Depois de arrumar tudo na cozinha e no quarto da mais nova, Mark foi para o quarto junto com Jackson.

– Queria ir dar um beijo de boa noite na Somi, amor...

– Ela já tá dormindo, meu bem... Amanhã você fala com ela...

– Aish!

– Acho que você é um papai muito preocupado...

– Eu sou mesmo...

– Mas não precisa se preocupar... Tenho certeza que o Woojin vai cuidar dela essa noite...

– Se ele não cuidar eu vou esquartejar ele...

– Calma aí, Daddy... -Mark riu- A Nossa filha cresceu... E a gente tem que entender isso... Ela tem que procurar alguém pra ser feliz com ela... E se ela acha que ele é a pessoa certamente, ela tem que tentar... E a gente tem que apoiar as escolhas dela... Se ficarmos protegendo ela de tudo, ela vai ficar muito mal acostumada...

– Eu sei... Ela precisa ver que as coisas não são tão fáceis...

– Exatamente... Nós dois somos a prova de que não é fácil... Passamos por muita coisa pra chegar aqui... Até cirurgia já fizemos juntos... Literalmente... Ou você esqueceu que tem um pedacinho meu dentro de você?

– Não tem como esquecer... É a coisa mais importante que tem dentro de mim...

– Então, meu amor... A gente sabia que nada disso ia ser fácil... Até porque a gente não planejou ter uma filha de uma hora pra outra...

– É... A Somi nos pegou de surpresa...

– Mas foi uma surpresa boa... Ela é a coisa mais preciosa que a gente tem... Não foi fácil pra nós dois ter que namorar nas escondidas naquela faculdade, sabendo que corríamos o risco de não receber nosso diploma por isso... Não é fácil trabalhar naquele hospital vendo as pessoas em estados muito ruins todos os dias... E não é fácil ter uma filha de 15 anos com um namorado porque a gente quer proteger ela... Mas não podemos fazer isso toda hora... Ela tem que viver... Viver e aprender...

– Eu sei, meu bem... Eu sei...

Os dois tomaram um banho rápido e foram se deitar, terminando a conversar.

– Amor...

– Oi, bebê...

– Não se preocupa com o Woojin... Ele ama a Somi de verdade... E não fica triste com essas coisas... você é o marido que eu sempre quis ter... E eu tenho certeza que você é o pai que a Somi nunca teve antes de nos conhecer...

– Eu não vou ficar triste, sabe por que?

– Por que, meu bem? -Ele perguntou sorrindo

– Porque nós vamos ser exemplo pra todo mundo... Vamos ser o exemplo de que uma família não precisa ter um pai, uma mãe e cinco filhos biológicos pra ser boa... Nós podemos ser dois homens casados e ter uma filha adotada... Isso não faz a gente ser melhor ou pior... Eu quero ter uma família feliz... Mas eu também quero que as pessoas vejam que ninguém precisa seguir padrões pra isso... As pessoas podem ser felizes do jeito que elas quiserem... Com quem elas quiserem... Não importa se você é gay, lésbica, bi... Isso não importa... Você pode ter uma família... E você, acima de tudo, pode ser feliz... Eu quero que as pessoas vejam isso... E eu quero que a gente seja o exemplo disso... Porque a gente tá em tempo de amar... E não de fazer guerra...

– Aish...

– O que foi, amor?

– Eu me casei com o homem certo...

– Eu também casei com o homem certo... Casei com o homem que me faz feliz...

– Você também me faz muito feliz...

– Eu te amo!

– Eu também te amo! Vou te amar até o fim da minha vida... 


Notas Finais


Gente, sim... Esse é o último capítulo oficial... Mas amanhã ainda tem aquele capítulo bônus que eu tinha falado... Então eu vou deixar pra fazer aquele meu textinho meloso amanhã, okay?!

Até amanhã, my babies 💜🖤

Kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...