1. Spirit Fanfics >
  2. Time Travel - Interativa >
  3. Teaser: Hope Mikaelson

História Time Travel - Interativa - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, este é um teaser de mais um personagem dessa fanfic, a Hope. Estou analisando algumas fichas e estou gostando do que estão me mandando. Quanto mais mandarem melhor. Bem, espero que gostem desse teaser que foi escrito pela @risingstar e vou deixar nas notas finais o link da fic dela legacies que terá um crossover entre essas duas fics. Muitos dos personagens dessa fic poderão aparecer lá, se concordarem, é claro.

Capítulo 4 - Teaser: Hope Mikaelson


Fanfic / Fanfiction Time Travel - Interativa - Capítulo 4 - Teaser: Hope Mikaelson

2015

 

 

Hayley puxava a menina para perto da locomotiva vermelha onde as familias se despediram aos choros… Hope se sentiu mal ao pensar que nunca receberia de sua mãe algo que seria necessário. Amor.

 

Mikaelson olhou envolta vendo todos felizes com suas familias perfeitas. Sua familia também era perfeita, enfrente as pessoas. Ninguem sabe o que acontecem dentro das paredes da mansão Mikaelson.

 

Um aperto forte no braço da menor fez ela acordar e olhar para sua mãe com uma certa raiva, as unhaa afiadas da pratiaca fez leves cortes na pele da menina que soltou um resmungo.

 

── Melhor se comportar como uma verdadeira labonair eu não vai gostar das consequências que irei tomar. - Hayley rosnou contra a garota como um lobo selvagem. Hope por sua vez encarou sua mãe com certo ódio, ela realmente odiava Hayley Marshall. ── E engula esse choro. Fica mais feia quando chora.

 

E assim aparatou deixando a menina sozinha na estação. Hope queria gritar, mas não podia ela tinha que ser forte. Tinha que ser uma Mikaelson.

 

Sem escolhas a pequena bruxa entrou no trem indo procurar uma cabine vazia, esperava encontrar alguém qur conhecia, mas também esperava que não, ela não  estava afim de conversar.

 

Ela olhou para a última cabine do trem e entrou a espera de estar sozinha. Mas viu que tinha alguém na mesma.

 

── Desculpe, achei que estava vazia. - Hope Murmurou.

 

── Pode ficar. - Ele disse gentil e Hope se sentou de frente para o mesmo. ── Sou Aspen Lestrange.

 

── Heath... 

 

── Apenas Heath?

 

── Heath Hope Mikaelson.

 

O rapaz sorriu ao ouvir o sobrenome da garota, Hope arquerou a sobrancelhas olhando para o bruxo.

 

── Um bonito nome senhorita Mikaelson.

 

── Agradeço Lestrange. 

 

Os dois ficaram em silêncio por um curto periodo de tempo, a menina com fome se levantou e procurou os galões que tinha guardado na meia de seu sapato e pegou.

 

── Estou indo comprar doces, vai querer algum?

 

── Não  eu estou sem fome.

 

Ela concordou e saio da cabine indo atras da tia dos doces a quem seu pai tanto falava. Quando estava indo a encontro da mesma sentiu alguém empurra-la e fazer a mesma cair para o lado. O rosto da Mikaelson ficou vermelho pela raiva repentina da menina com presa ela seguiu o menino.

 

── Deveria ter me pedido desculpas! - Hope disse enquanto o menino comprava seus doces.

 

── Você estava na frente como uma monga. - Ele disse.

 

── Como ousa? - Hope bateu o pé nervosa e viu ele sorrir enquanto comia um sapo de chocolate. Com agilidade ela bateu no doce do menino e pisou encima do sapo antes que ele pudesse pular. ── Nunca mais fale assim comigo!

 

Ela exigiu e cruzou os braços,  seu rosto estava muito mais que vermelho agora.

 

── Calma esquentadinha. Não precisar fazer esse charme todo eu seu que você na verdade me ama.

 

O estralo do tapa assustou ate a tia do carrinho de doce que segurou a risada, enquanto o menino colocou a mão no local  surpreso.

 

── Nunca nenhuma menina me bateu.

 

──  Otimo! Sou a primeira então. 

 

O bruxo estava supreso pela atitude da pequeba bruxa, mas ainda com a mão no rosto sorriu.

 

── Sou James Sírius Potter.

 

── Não perguntei seu nome.

 

Ela disse por fim pegando seus doces e entregando a quantia de dinheiro para a moça e seguiu voltando para sua cabine. 

 

── Gilbert? - Hope falou surpresa.

 

── Ola Hope, vejo que esta com as mãos cheias. - Ele brincou fazendo a mesma sorrir.

 

── Achei que só o veria na seleção das casas. Vejo que encontrou minha cabine.

 

── Ou está me seguindo.

 

── Eu nunca faria isso. - Se defendeu sentando ao lado do mesmo e pegando sapos de chocolates. ── Toma! Peguei mais que o suficiente para poder dividir.

 

O black sorriu aceitando o doce da garota, hope fez o mesmo entregando alguns doces para o Lestrange. Estava tudo na paz e calmaria ate a cabine ser aberta novamente.

 

── Licença. Podemos ficar aqui? - Josie perguntou olhando para Hope, a Mikaelson sorriu e concordou.

 

── Entrem.

 

As gemeas Saltzman entraram na cabine sentandi perto de Aspen.

 

── Eu sou Lizzie. - A loira falou.

 

── Eu sou Josie. - A morena completou a fala da irmã.

 

── Somos irmãs.

 

── Gêmeas.

 

── Fraternidade.

 

Hope se segurava para não revirar os olhos com as falas de Lizzie com os garotos, a Mikaelson olhou para Gilbert que estava encostado na janela quase dormindo, ela sorriu ao olhar para o garoto.

 

── O que é tão engraçado? - Perguntou Gilbert fazendo a garota olhar em direção a janela.

 

── Você dorme de um jeito bonito. - Ela Sussurou sem querer chamar atenção, ele se aproximou da garota, por alguns minutos eles ficaram se encarando  até que a morena Saltzman se aproximou deles assustando ambos.

 

── Por que estão sussurrando? - Josie perguntou e rapidamente eles se afastaram abafando suas risadas com a mão.

 

── Por nada Saltzman. - A Mikaelson respondeu rapidamente mas a troca de olhares do Black com a Mikaelson foi praticamente inevitável a viagem toda.

 

A conversa fluiu de forma calma, Lizzie era quem falava no caminho inteiro, Hope se pudesse jogava um Crucio na garota, mas a loira não mereceria tanta atenção assim.

 

── Qual casa querem ir? - Aspen perguntou atraindo a atenção de todos presentes naquela cabine.

 

── Sonserina. - Hope respondeu com confiança, seu olhar cruzou com o do lestrange que sorriu minimamente.

 

── Grifinoria. - Gilbert respondeu fazendo a Mikaelson fazer uma careta de desgosto.

 

── Grifinoria só tem idiotas. - Hope Resmungou o que fez o black olhar para ela.

 

── Sonserina só tem bruxos das trevas. - Ele rebateu fazendo a morena cemiserrar os olhos em sinal de alerta.

 

── O que está querendo dizer?

 

── Acho que me entendeu muito bem.

 

── Pelo menos na sonserina as pessoas não são falsas. Somos cobras de verdade e nos orgulhamos de nossos ancestrais. Já os leões são apenas pequenos gatos medrosos.

 

── Harry Potter esteve na Grifinoria. -Josie se intromenteu fazendo hope sorrir mas daquela vez… Não era amigável.

 

── Harry Potter só ficou famoso pela simples marca que Voldemort deu a ele, sem isso o pequeno potter seria apenas um garoto de uma família mestiça e impura.

 

── Você é apenas uma garotinha fútil e mima… 

 

Hope rapidamente sacou sua varinha como seu pai havia ensinado, a ponta da madeira estava sobre o pescoço do Gilbert que não moveu nenhum músculo.

 

── Repete… - Sua voz soou calma, mas a fúria estava dentro da pequena Mikaelson, pela suas íris castanhas era possível ver o fogo passando por suas orbitas. ── EU MANDEI REPETIR! - Seu grito estético saiu pela garganta da garota mostrando que não estava feliz com as palavras do mesmo, ela queria ver se o grifinoro seria de fato corajoso.

 

O trem parou com certa violência fazendo os dois que estavam de pé cairem pelo chão da cabine, a luz se apagou deixando o ambiente escuro e sombrio, o barulho da drenagem do trem era alto fazendo os ouvidos de Heath doerem.

 

── O que está acontecendo? - Lizzie perguntou aos sussuros 

 

── Não sei. - Josie respondeu com calma.

 

A Mikaelson rapidamente se levantou vendo que tinha caido acidentalmente encima de Gilbert. Ela caminhou com a varinha em sua destra até a porta da cabine que até então estava fechada, assim que ela abriu a porta seus olhos vagaram pela escuridão, a todo caso ela não podia usar magia fora de Hogwarts, o lugar estava gelado, mas tinha algo na escuridão, frio e sinistro hope não podia exagerar mas cosneguia sentir a maldade que tinha dentro dele.

 

── ENTRE PARA CABINE. -O grito do monitor fez a menina acordar e rapidamente foi puxada para dentro da cabine pelo Black que a olhava preocupado.

 

Ambos sentaram novamente em seus lugares e a viagem continuou em silêncio até a proxima estação. Afinal eles estavam preparados para ser selecionados para suas casas e seguir seu legados.

 

A seleção de casa ocorreu nos conformes e Hope foi para Sonserina sem nenhum problemas, afinal para a menina estar naquela casa com aquele legado era de fato uma honra. 

 

××× 

 

Tempo atual

 

Heath hope mikaelson embargava para seu quarto ano em Hogwarts junto com josie saltzman umas das amigas que adquiriu durante seus anos em Hogwarts.  Ela só não esperava que tudo estivesse mudando tão rápido, tão maluco e sem aviso prévio. 

 

── Heath?  - Chamou josie e a castanha piscou os olhos olhando para sua amiga. ── Achei uma cabine! Vamos. 

 

A bruxa puxou a sonserina para dentro da cabine que tinha achado mas não esperava dar de cara com o, inútil,  desprezível, arrogante.  James Potter. 

 

── Sério?  Essa foi a melhor cabine que conseguiu encontrar?  - Questionou a mikaelson com ironia fazendo James rir com a sua arrogância. 

 

── Pode sentar princesa das cobras,  eu não mordo.  - Zombou o Potter.

 

── Engraçado como julga as cobras,  mas consegue soltar mais veneno que elas. - Hope sorriu ao ver o sorriso do grifano desmanchar. ── Prefiro dividir a cabine com sangues ruins do que com você.

 

── Não! Você não prefere. Agora entra antes que algum monitor brigue com você.  - Mandou josie empurrando a amiga que sentou na frente do Potter e cruzou os braços. 

 

── Prefere é?  - Provocou James

 

── Cala a boca mestiço! 

 

A garota encostou sua cabeça no vidro da janela e se lembrou de tudo o que passou nesses últimos três anos. Mas um em particular não conseguiria esquecer. 

 

{FlashBack On}

 

2016

 

Aula de duelos. 

 

Heath tinha um péssimo histórico com harry o professor de duelos,  ela não entendia como ele poderia ter um irmão tão gentil e amigável sendo totalmente oposto do irmão. A garota corria entre os corredores ate chegar na sala de defesa contra artes das trevas aonde harry usava para dar sua aula de duelos. 

 

── Atrasada cinco minutos. Novamente senhorita mikaelson. - Disse o senhor khanna olhando para a sonserina que tinha um sorriso irônico nos lábios. 

 

── Apenas cinco?  Da próxima eu me esforço para nem chegar.  - Ela retrucou. 

 

── E lá vamos nós.  - Sussurrou josie para James que sorriu,  ele nunca admitiria mas adorava ver o jeito que hope enfrentava o professor de duelos. 

 

── Devo lembrar por que está aqui?  - Questionou o professor. 

 

── Por que eu fui obrigada?  - Disse hope em tom de pensamento. 

 

── porque é péssima em transfiguração e seu professor quer que se saia bem nessa matéria para não repetir de ano.  

 

── Como se transfiguração e duelos fossem praticamente irmãs gêmeas. 

── Menos dez pontos da sonserina,  pela sua importunada intromissão da minha aula. - Disparou o professor fazendo a mikaelson revirar os olhos. ── Como eu ia dizendo a magia agressiva e necessária para…

 

Harry viu os alunos rindo de alguma coisa então parou olhando para hope que o imitava,  ela percebeu que o professor olhava para a mesma e parou segurando a risada. 

 

── Vejo que temos uma imitadora na sala,  sabe imitar esse feitiço então senhorita mikaelson? - Provocou o professor fazendo a mesma semicerrar os olhos vendo ele apontar a varinha a sua direção. ── Estupefaça!

 

── Protego. - Hope sussurrou e sorriu vendo que tinha impedido que o professor a derrubasse como na aula passada.  ── Mas respondendo sua pergunta professor. - A menina se virou para James e gritou com clareza fazendo o movimento rápido com a varinha. ── Estupefaça!

 

O Potter caiu a metros longe da mikaelson que rachava do garoto que tinha acertado com o feitiço. 

 

── Menos vinte pontos por ter machucado um aluno. - disse o professor e roxy weasley ajudou Potter se levantar,  mas antes do mesmo sair da sala hope piscou para o mesmo que retribuiu o gesto.  ── Vamos continuar a aula. 

 

A aula ocorreu como sempre, monótona e chata, hope interrompeu a explicação dele dizendo que a a aula tinha acabado e todos os alunos saíram correndo da sala para o almoço. 

 

── Merlin sei que tu me sondas.  - disse josie jogando as mãos para o céu fazendo hope rir.  ── Vai treinar imperdoaveis hoje? 

 

── Claro que sim. Ele espera que eu consiga fazer isso. Tenho que tentar.  - sussurrou a menina e josie concordou saindo da sala enquanto a mikaelson pegava seu material e colocava na sua bolsa. 

 

── Senhorita Mikaelson.  - chamou o professor. 

 

── Creio que nosso horário de conversa termina por aqui  khanna.  - disse a garota arrogante. 

 

── Arrogante como a mãe. Agindo como uma Marshall?  Little Witch. 

 

── Sabe harryzinho.  - começou hope com deboche. ── Não me admira que ninguém goste de você. Antes eu não sabia, mas agora ficou bem claro. O por que o Guilherme se afastou de você.

 

Harry puxou o pulso da garota com brutalidade apertado com força. 

 

── É melhor pensar melhor em suas palavras mikaelson. 

 

── Por que?  Vai me jogar uma imperdoável professor?  O apertar meu pulso até ficar roxo?  - os olhos de hope brilharam.  ── Aperta!  Mais aperta bem forte,  que assim eu posso dizer que Harry khanna mostrou as caras. 

 

Harry soltou hope que caiu para trás com a força que o mesmo fez,  ele sorriu andando em volta da mesma com a varinha rodando em suas mãos. 

 

── se acha esperta não é hope mikaelson?  Age como uma garotinha fria e arrogante mas sabe que por dentro está quebrada e nem sua própria mãe é capaz de amar você! - Harry sorriu ao ver que tinha conseguido desestabilizar a pequena hope. ── Aliás tem detenção comigo hoje a noite. Não se atrase milacre baby. 

 

Ele saiu da sala deixando hope lá,  ainda caída no chão com uma expressão nada boa.

 

×××

 

── Professor Snape! Professor Snape!  - Chamou josie enquanto corria atrás do professor de história da magia. 

 

── Josie... O que foi?  - Guilherme parou para a garota eh alcançar e parar de gritar. 

 

── A hope... ela brigou com o professor khanna de novo. 

 

── Veio para fazer fofoca da sua amiga? 

 

── Não... ele deu detenção pra ela. Na floresta proibida!

 

Guilherme arregalou os olhos correndo pelos corredores deixando josie sozinha e confusa. Snape sabia como harry era cruel quando queria. 

 

×××

 

 Hope escondeu uma adaga na meia do seu sapato e a varinha na cintura, ela viu que estava escurecendo e saiu do dormitório da sonserina as pressas. Quanto mais rápido terminasse ela tinha certeza que voltaria antes do amanhecer. Ela chegou nos terrenos de Hogwarts e observou seu professor de duelos com um sorriso cínico. 

 

── Qual a minha detenção?  - Perguntou ela sem rodeios. 

 

── Precisa entrar na floresta proibida e pegar esses ingredientes.  - disse harry. ── Sem a varinha! 

 

Hope olhou para a floresta e tirou a varinha da cintura entregando para o professor e pegando o pergaminho com os ingredientes que precisava pegar. 

 

── Boa sorte little mikaelson.  

 

Hope andou até a floresta proibida entrando na mesma sem dificuldades, ela começou andar pela mesma sentindo o arrepio pela espinha.  

 

── Você consegue. - Disse hope a si mesma andando pelo local. ── lumus. 

 

A garota fez magia sem varinha para iluminar o caminho e a mesma conseguir ler o pergaminho.  

 

── Certo.

 

Um ruído pelas sombras. PAN.

 

Hope não pensou duas vezes antes de correr em direção para fora da floresta proibida.  "Foda-se harry khanna e a sua detenção de merda! Eu não vou morrer aqui" pensou hope.  Mas antes de finalmente sair algo arranhou sua perna fazendo a menina gritar de dor.  Era o fim.

 

×××

 

── Você ficou maluco?  Mandar hope para a floresta proibida essa hora da noite?  - Gritou Guilherme. 

 

── Em minha defesa…

 

Suas falas foram interrompidas pelo grito de hope,  Guilherme sentiu cada parte de seu corpo entrar em desespero.  

 

── Se ela estiver ferida!  Eu mato você!  

 

Então o snape correu em direção a floresta proibida gritando por hope, com sua varinha criou uma bola de energia e pode ver vestijos de sangue pelo chão. 

 

── Hope! 

 

{Flashback off}

 

── Hope!  - Gritou Josie tirando a sonserina dos seus devaneios. 

 

── ham? 

 

── Chegamos!  Vamos descer logo todos já foram.  - resmungou o Potter e hope se levantou sorrindo. 

 

── Não pedir para me esperar mestiço.  - hope tombou de ombros com o mesmo e o encarou de lado vendo os olhos do James brilharem. ── Espero que esteja pronto para perder a taça de quadribol.  Potter. 

 

Então hope saiu  do vagão fazendo junto a Josie James grunhir de raiva.

 

── Sonserina maldita!


Notas Finais


Aqui está a fic dela:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/legacies--hp-18617553

É muito boa, sério, leiam.

Aqui está outra fic dela, da época dos marotos

https://www.spiritfanfiction.com/historia/second-chance--interativa-18673461


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...