História Tina - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Batman
Tags Batman, Detective-comics-940, Fem-batboys
Visualizações 5
Palavras 383
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Famí­lia

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Ser


Fanfic / Fanfiction Tina - Capítulo 1 - Ser

Valentina Drake. Se perguntasse, eles a descreveriam como um gênio e a filha adotiva de Bruce Wayne. A destinada à uma faculdade de grande prestígio e uma jovem CEO fantástica.

Como Red Robin. Descreveriam como líder dos Novos Titãs, brilhante com computadores e genial. A que sabe o que fazer e que sempre tem um plano.

Como Robin. Diferente das outras, não tão acrobática quanto Nightwing e mais ponderada que Red Hood.

Tina tem muitos perfis para cada um que conhece suas identidades. Ela já foi Valentina Drake, foi Robin, e atualmente é Red Robin, mas as vezes, ser apenas Tina já basta.

Como Tina, porém, o perfil é mais extenso. Entre sua família e amigos próximos, ela é Tina, a filha, irmã e amiga. Para Della Grayson, ela é Tinny, sua irmãzinha que precisa aprender a fazer pausas e maneirar no café. Para Jasmin Todd, ela é a substituta que mesmo não admitindo, sabe que foi uma Robin ótima e aprecia quando trabalham juntas. Para Dahlia Wayne, ela é Drake, que precisa parar de "se colocar em situações de alto risco, pois só irá causar prejuízos ao pai e Pennyworth, Drake". Para Bruce Wayne, ela é a filha que é tão parecida com si que lhe causa preocupação sobre seu auto-sacrifício. Para Alfred Pennyworth, ela é uma neta que, como as irmãs e o pai, precisa se cuidar mais e descansar ao invés de virar noites na BatCaverna, ou aonde estiverem nas noites. Para os amigos, ela é a esforçada e amada amiga que eles não mudariam nunca.

Ela pode ter todos os perfis existentes, mas nunca vai se cansar de ser somente Tina. Porque Tina tem tudo o que precisa, uma família para amar e apoiar, e amigos que ela sabe que sempre vão chegar.

E é por isso que ela fecha os olhos e respira fundo. Então ergue a cabeça para encarar a armada de drones.

- Certo.

Vai ficar tudo bem, ela diz a si mesma. Se for para ser agora, então que seja.

Ela só se arrependia de não ter abraçado Alfred e Della e Bruce e os outros antes. Bem, agora já foi. Tina fechou os olhos

- Certo - ela suspirou novamente, e ouviu os disparos. O calor a atingiu com força total e tudo escureceu.


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado, estou com isso escrito faz um tempo, mas não tive coragem de postar. Por favor, me digam o que acharam.

Obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...