1. Spirit Fanfics >
  2. Tinderella >
  3. Vergonha

História Tinderella - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oi Oi pessual, sumi mas volteii, gente!! o que falar de vcs? obrigado pelos comentários, é incrivel saber que vcs tão gostando, me anima muito para dar o meu melhor, obrigado pelo carinho, pelos favs e por cada comentario, vcs são fodas!
Com capitulo grande p compensar, espero que gostem KKKK acabei me empolgando, e vamos de Hot... sim, tem hentai meu povo... espero que esteja top, me dediquei bastante hahah.
é isso, boaa leitura, já deixo de antemão o pedido por algum errinho que aparecer, pq mesmo revisando pode passar algo...

nos vemos nas notas finais

Capítulo 5 - Vergonha


Fanfic / Fanfiction Tinderella - Capítulo 5 - Vergonha

Saiu do estágio com Ino em seu encalço, iriam fazer algumas compras no Shopping juntas e depois iria para casa dela visitar os pais da mesma que estavam a passeio na cidade e lhe chamaram pra jantar. Haviam comprado algumas roupas novas e lingeries por insistência de Ino que falava que era necessário as mudanças para sua nova fase, concordando muito a contragosto pois não via problema nenhum em suas calcinhas de vó e quando iam saindo, passaram na farmácia, comprou alguns preservativos e hirudoid, era sempre bom estar prevenida, além de que, ela precisava sumir com aqueles roxos “fode esquema” que tinha espalhado pelo corpo, seguiram para o carro com as sacolas pendurada nos braços indo para a casa de Ino.

    Estavam na sala conversando, já haviam jantado e bebiam um vinho por muita insistência do pai de Ino que havia trazido de sua viagem, quando sentiu o celular vibrar avisando que alguém tinha lhe enviado uma mensagem, desbloqueou indo já no chat do aplicativo.

 

mensagens

de: Kiba

Pensei em você o dia todo

acho que estou apaixonado s2

 

Hinata revirou os olhos antes de responder 

mensagens

de: Hinata

Diz isso pra todas…

não precisa bancar o fofo comigo

sua cara de cafajeste te entrega kk

 

de: Kiba

Isso não é verdade,

só falo para as que eu tenho

interesse…

Bom saber, Hinatinha

O que está fazendo?

de: Hinata

Jantando com os pais

da minha amiga, um tédiooo

*foto*

 

Tirou uma foto da taça de vinho e enviou bloqueando o celular novamente, fingindo prestar atenção no assunto que o Sr. e Sra. Yamanaka falava, enquanto Ino revirava os olhos entediada mexendo no celular sem prestar atenção, pegou a taça para bebericar o vinho, mais uma notificação. 

Tinder - Você recebeu uma foto de Kiba, deseja abrir? 

Apertou no sim, engasgou-se com o vinho e os olhos se arregalaram bloqueando a tela rapidamente, olhou para os pais de Ino que a olhavam preocupados, sentiu o rosto ficar vermelho enquanto Ino gargalhava, se recompôs e com o sorriso mais amarelo possível se levantou pedindo licença quase correndo se trancando no banheiro, respirou fundo e sentou na privada, desbloqueando novamente o celular, a foto de Kiba só de cueca sentado em frente ao espelho, com uma toalha de banho nos ombros, parecia que tinha acabado de sair do banho, olhou bem para a cueca que marcava o membro, mordeu os lábios, se mole era assim, imagina duro, esfregou as pernas se sentindo uma pervertida, olhou a foto por mais um tempo, viu a legenda, Para animar sua noite, riu,como ele era convencido, teve uma idéia, abriu os botões de sua camisa até a barriga, abriu a câmera, derrubou uma alça do sutiã e com a outra mão segurou o seio escondendo o chupão, tirou a foto, e entrou na conversa.

mensagens

de: Hinata

Para animar a sua tbm

 *foto*

Se arrumou, e saiu do banheiro plenissima como se nada tivesse acontecido, sentou no sofá novamente, o celular vibrando incessantemente no bolso, sorriu olhando para Ino, que mexia os lábios numa pergunta muda 

“O que aconteceu?”

“Nada... “

“Pensa que me engana?”

 “Depois te falo”

~0~

Uma semana após o acontecido das fotos, eles já haviam passado seu número e conversavam pelo whatsapp, conversavam todos os dias e trocavam fotos, criando uma espécie de amizade colorida virtual, mas ainda não tinham se visto pessoalmente graças a rotina louca de estudos de ambos, suspirou, durante a semana não deu um match interessante, estava quase cogitando procurar Gaara nas redes sociais e mandar um Oi sumido, se arrumava para mais um dia de aula, agradeceu a Kami o fato de não ser mais o comentário da faculdade, sentou na sala esperando sua amiga passar de carro para poderem ir. 

Inuzuka I. -  Oi Princesa, sai hoje o resultado do meu exame, vai estar no laboratório? 

Hyuuga H. - E ai, vou sim, se quiser eu mando pra você o resultado final, mas já adianto que deu negativo, não está com raiva cachorrão 

Inuzuka I. - E perder a oportunidade de ir te ver? dispenso, mas valeu, fico mais tranquilo…

Inuzuka I.  - Sai que horas? 

Hyuuga H. - 17:30 pq? 

Inuzuka I.  - Hoje vc não me escapa, o pessoal do meu curso marcou uma social no Bar em frente a Hokage, e vc vai cmg e não aceito não como resposta. 

Hyuuga H. - Ok! espero vc no final do estágio então

Inuzuka I.  - Combinado então e chama aquela sua amiga loirinha gostosa, tem um amigo que quero apresentar

Hyuuga H. - Quem? 

Inuzuka I. -  A curiosidade matou a gata…

O celular tocou, a foto da loira apareceu no visor de chamada, desligou pegando suas mochila e desceu para encontrar a amiga, entrou no carro falando do convite 

- E quem é esse amigo Hinata? 

- Também não sei, ele não quis me contar 

- Ok, eu vou, mas não me peça para ir com vocês, já basta ficar de vela lá, não vou ir segurando um castiçal não, encontro com você lá!  

Revirou os olhos rindo da amiga concordando.

 

~0~

Era exatas 17:30 quando Kiba entrou pelo laboratório, tinha que concordar, o moreno além de pontual era lindo e a camisa polo branca colada ao corpo mostrando o corpo bem definido só comprova ainda mais o quão gostoso era, não que duvidasse mas pessoalmente era outra coisa, mordeu os lábios quando o moreno foi se aproximando, o perfume cítrico e fresco invadiu suas narinas, arqueou a sobrancelha pro moreno que se apoiava do outro lado de sua bancada.

- Como entrou aqui? essa parte do laboratório é somente para pessoas autorizadas.

- Tenho meus métodos - e sorriu ladino deixando amostra seu canino, olhou para o relógio em seu pulso e voltou o olhar para si - E então, já pode ir? 

- Posso sim, vou só trocar minha roupa de laboratório e pegar seu exame, só um minuto 

- Sem pressa Hime, vou te esperar lá fora. - desencostando da bancada e seguiu para fora.

Foi para o armário, tirou o jaleco pendurando, pegou a mochila e seguiu para o banheiro, trocou a calça branca por sua legging preta, colocou a jaqueta preta por cima da regata branca e foi para o espelho, a calça marcava perfeitamente sua bunda e a regata valorizava seu busto, escovou os cabelos com a mão, deu uma última conferida no espelho e saiu com a mochila no ombro, passou por sua bancada pegando o exame e saiu. 

Kiba estava encostado em uma caminhonete olhando para o celular completamente distraído, se aproximou silenciosa e pigarreou 

- Depois eu que sou a distraída - falou comprimentando o moreno com um selar na bochecha 

Sentiu o olhar do moreno percorrer seu corpo, parando em seu decote, para enfim olhar no seu rosto, umedeceu os lábios sentindo o rubor subir por suas bochechas, abriu um pequeno sorriso.

- Que isso Hina, tu ta linda pra caralho mulher. 

Agradeceu colocando uma mecha do cabelo para trás da orelha

- Você também está lindo 

- Eu sei querida - e piscou rindo em seguida, fazendo-a rir junto. 

- Vamos? - concordou com a cabeça, sentindo ele pegar sua bolsa jogando para dentro do carro fechando com a chave, passou o braço por seu ombro lhe abraçando de lado e seguiram assim para fora do campus indo em direção ao bar que ficava próximo da faculdade sem perceber o olhar fixo de um loiro que observava o casal sem nem piscar.

 

~0~

A caminhada foi rápida, Hinata chegou no bar com os olhos cheios de lágrimas de tanto rir com as palhaçadas de Kiba, parecia que se conheciam a anos, encontraram a loira na porta que esperava de maneira impaciente no meio de todo aquele povo que já estava na rua.

- Ino, esse é Kiba, KIba essa é a Ino, agora estão formalmente apresentados.

- Prazer - disseram ambos enquanto se comprimentavam. 

Seguiram para dentro do bar que já se encontrava abarrotado de jovens com hormônios a flor da pele, entraram seguindo Kiba que parava para comprimentar um ou outro, chegaram no bar pegando um litrão e rumaram novamente para fora, colocando garrafa na calçada, conversavam os três aos risos, Hinata sentia que a qualquer momento poderia mijar de rir com os dois, sentiu sua mão ser enlaçada enquanto o moreno acenava para alguém que vinha por trás de suas costas.

- Olha, meu amigo chegou, Ino esse é o Gaara, o amigo que te falei.

Travou no lugar, Deus só podia estar tirando com a cara dela, não é possível só podia ser coincidência, olhou para Ino que segurava o riso ficando quase vermelha, comprimentar o recém chegado, sentiu um frio por sua espinha quando ouviu a voz calma logo atrás de si, virou lentamente a cabeça dando de cara com a cabeleira ruiva.

-  Tudo bem Hinata? 

- Tudo sim Gaara, e com você? - falou abrindo seu melhor sorriso amarelo, pedindo a Deus que lhe desse o dom de ser um animago para poder se transformar em um avestruz e enfiar sua cara a sete palmos abaixo da terra. 

Kiba olhava o embaraço da morena com a sobrancelha arqueada, sem entender a situação, enquanto Ino ria.

- Se conhecem? 

Hinata ia responder, mas foi cortada pela voz grave

- Sim, do Tinder.

Hinata olhou para o ruivo com os olhos arregalados, sentindo o rosto ficar cada vez mais vermelho, ela definitivamente queria estar morta naquele momento, virou-se para o moreno já pensando em mil e uma história para resolver aquela merda, quando ouviu a gargalhada do moreno, virou no mesmo instante vendo-o chorar de rir

- Depois eu que sou cafajeste né dona Hinata, não me diga que você foi a morena gostosa que deu um fora nele semana passada. - abaixou a cabeça, o rosto pegando fogo de vergonha.

- Foi ela mesmo Kiba. 

Ino que já estava sem ar de tanto rir da morena resolveu sair em defesa da amiga que estava a ponto de explodir de tanta vergonha, conversando com Gaara, olhando acusadoramente para Kiba, que a abraçou sussurrando em seu ouvido

- Relaxa Baixinha, estamos só tirando onda com a sua cara, ta de boa! não precisa se explicar não, somos livres, agora fica tranquila gata.

Respirou mais aliviada, levantando o olhar encarando o moreno que sorria divertido de sua cara, socou seu ombro de leve se encaixando na sua frente.

- vocês três são idiotas! - falou rindo enchendo mais uma vez seu copo.

~0~

Já fazia umas duas horas que estavam lá conversando, Ino havia se dado muito bem com Gaara, mesmo ele sendo mais calado, a noite estava agradável, Kiba a abraçava por trás enquanto mantinha suas mãos juntas, sentiu o cutucão da amiga que apontava com os olhos uma direção, seguiu o olhar encontrando um loiro vindo em sua direção com cenho franzido, engoliu em seco, certo, essa era hora que ela colocava os braços para cima e Deus a puxava? 

- Boa noite Ino - falou Naruto que se aproximava comprimentando a loira.

- Boa noite Naruto - falou sorrindo.

- Tudo bem Hina? 

- Tudo sim Naruto e você? 

- Estou bem, novos amigos? 

- Ah sim, Kiba, Gaara, este é Naruto, um conhecido nosso. - falou vendo o loiro arquear a sobrancelha olhando em direção a sua mão que estava entrelaçada com de Kiba

- Prazer - disseram em uníssono. 

- Certo, bem vou indo - disse desconcertado coçando a nuca - ia chamar vocês para se juntar ao pessoal mas vejo que estão bem acompanhadas, né Hinata.

- Obrigado, mas dispenso! até mais Naruto.

- Até, desculpe atrapalhar. - e seguiu para perto de seus amigos, não era possível que Hinata já tinha lhe esquecido tão rápido, desde quando havia ficado tão gostosa, merda, fechou os punhos, respirando fundo, precisava beber.

 

~0~

O clima tenso foi rapidamente dissipado, sentiu o celular vibrar.

Yamanaka I. - Amiga, se importa se eu ficar com o Gaara?  

Hyuuga H. - Sem problemas… 

Olhou para Ino que sorria.

-Certo, bom gente preciso ir embora que amanhã ainda tenho aula, beijo meninos

- Quer carona? também já vou indo, eu te levo.

- Mas é que tem a Hin - nem terminou de falar quando Kiba se pronunciou

- Relaxa Ino, eu levo a Hinata, também já vamos indo.

- Uhum, vou com o Kiba, foi bom te rever Gaara, e juízo Ino, boa noite para vocês!

- Não se preocupe, nós teremos uma ótima noite, tchau Hina, beijos Kiba

- Gaara, vai com cuidado até mais loirinha. - Viu a loira assentir e seguir com Gaara para o final da rua, olhou para Hinata dando o braço para irem - Vamos? 

- Uhum - e enlaçou seu braço no do moreno e foram em direção ao campus. 

  Chegaram no estacionamento do campus e entraram no carro, olhou para o moreno, umedecendo os lábios, o mesmo sorriu, e porra, poderia ficar molhada só com aquele maldito sorriso cafajeste que o moreno ostentava, os caninos afiados a fazia se perguntar qual seria a sensação deles raspando por cima de sua pele, se arrepiou com o pensamento, soltou o cinto, passou as pernas por cima das de Kiba deixando uma de cada lada e sentou por cima no banco do motorista. 

- Que você está fazend... - e não conseguiu terminar  frase, sentiu as mãos pequeninas segurarem seu pescoço lhe arrepiando, tateou o banco em busca da alavanca para afastar o banco para ter mais espaço, sorriu quando sentiu a morena lhe apertar com o tranco que o banco deu, subiu as mãos pelo pescoço enrolando-as no cabelo, puxando levemente para trás expondo seu pescoço, passou os dentes levemente pela pele branca vendo a arrepiar, desceu os lábios até clavícula deixando uma mordida, ouvindo-a gemer. Grudou seus lábios, beijo era lascivo, as línguas se enroscavam com sincronia, apertou firmemente a bunda da garota sentindo ela rebolar em seu colo com aquela bendita calça fina, se afastaram sentindo o ar faltar.

Hinata pulou novamente para o banco do motorista, deixando um Kiba atordoado, sentou se arrumando, o corpo extremamente sensível pelo tesão que sentia, ouviu o creck do banco. olhou para o lado, Kiba estava com o cabelo bagunçado, o volume na calça visível, arrumava o banco novamente, virou o rosto para ela

- Certo, para onde vamos senhorita? 

- Sua casa. - viu o sorriso de lado ir se formando no rosto do rapaz que no minuto seguinte saia do estacionamento do campus cantando pneu.

 

~0~

Suas costas bateu na parede gelada assim que passou pelo porta da casa, as mãos de Kiba percorrendo todo seu corpo enquanto subia sua blusa, ouviu um latido abrindo os olhos, encontrando uma bola de pêlos brancos olhando para eles curioso.

-  Akamaru, quintal, agora. - ouviu o moreno falar, vendo o cachorro abaixar a cabecinha e latir triste.

- Depois te recompenso garotão, vamos, não me faça falar duas vezes - viu o cachorro, se levantar latindo em compreensão e ir embora, se não tivesse tão focada no pênis contra sua barriga teria se impressionado em como o pequenino era bem adestrado. 

Ergueu os braços para ter sua regata tirada, enquanto ele beijava seu pescoço as mãos habilidosas soltaram o sutiã, sentiu ele se afastar, o olhar cravado nos seios alvos e volumosos da morena, passou a língua pelos lábios antes de abocanhá-los, a língua enrolando o mamilo estremecido, mordiscou o seio com força ouvindo um arfar da garota, sentiu ser empurrado, sentou no sofá, o olhar da morena ficando cada vez mais nebuloso, caminhou até ele como uma predadora pronta para dar o bote, sentou em seu colo, sussurrando em seu ouvido

- Acho que tá meio injusto - e mordiscou a orelha do moreno que se arrepiou, sorriu de lado afastando o corpo, segurou na barra da camisa do mesmo, levantando devagar, o olhar fixo no abdômen cada vez mais amostra, terminou de arrancar em um só puxão, o peitoral definido movimentava com calma, grudou seus lábios no pescoço do moreno mordiscando

- Vai me marcar Hina - falou com a respiração entrecortada

- Chumbo trocado não dói - e rebolou no colo sentindo o membro duro do rapaz apertar seu ponto sensível sob a calça fina 

- Ok, você me pegou! - falou levantando a mão em rendição.

seguiu os beijos pelo peitoral descendo pelo abdômen, sentindo a respiração do rapaz ficando cada vez mais forte, os pelos eriçados por onde raspava o dente, abriu o botão da calça, sentou no chão sobre os joelhos, viu ele erguer o quadril, tirou a calça num puxão só deixando embolada nos pés, observou o membro preso na cueca preta, a ponta melada, abaixo peça vendo o falo saltar, passou a língua da cabeça sugando todo o pré-gozo, estalou os lábios, sentindo o gosto levemente salgado, olhou para cima observando-o, os olhos semicerrados, a boca entreaberta respirando sofregamente, as mãos pregadas ao estofado do sofá, sorriu satisfeita com o estado que deixou o rapaz, com uma confiança súbita agarrou a base do pênis firmemente masturbando-o, envolveu a cabeça do pau com a boca e começou a sugar forte arrancando gemidos, a voz rouca entrava por seus ouvidos lhe dando uma satisfação descomunal, intensificou os movimentos, as mãos do ficando já com os nós dos dedos esbranquiçados com a força que apertava a almofada do sofá. 

- Hina… - sentiu o corpo ser erguido, e em um movimento rápido estava deitada no sofá com o moreno sobre si, distribuindo beijos por todo o seu colo - Minha vez.

Gemeu alto quando sentiu a mordida perto de sua virilha, a respiração quente tão perto de sua região íntima, fechou os olhos com força com expectativa, as pernas foram afastadas com calma, ronronou sentindo o dedo acariciando sua carne melada, viu ele tirar o dedo dentro de si e por na boca sugando sua excitação.

- Gostosa - prendeu a respiração sentindo agora a língua quente percorrendo seus grandes lábios, grudou a mão nos cabelos do moreno aproximando ainda mais a boca do rapaz, sentiu um chupão em seu clitóris arrancando um sôfrego gemido.

- Kiba, ma...is - sentiu um dedo ser introduzido em sua cavidade enquanto a língua chupava avidamente sua carne, o calor subindo por seu corpo, sentia o orgasmo cada vez mais perto, sentiu as pernas tremerem, o mundo girar rapidamente e de repente seu corpo estava mole, tirou o dedo de si, gemendo manhosa como resposta, abriu os olhos vendo o moreno passar a mão secando os lábios que escorria seu gozo, porra! aquele homem ja era um tesão, com a boca melada com seu gozo era quase um crime. 

- De quatro, agora! - a voz rouca em seu ouvido fazendo percorrer um calafrio por sua espinha, confirmou com a cabeça virando-se de costa ajoelhada no sofá, empinou a bunda, ouviu o barulho de embalagem sendo rasgada e mordeu o lábio em expectativa - Vou te foder. 

Não conseguiu segurar o grito quando sentiu ser penetrada, os movimentos fortes faziam seu corpo balançar, apertou os dedos no encosto do sofá quando sentiu o tapa estalado na bunda, o cabelo firmemente segurado puxando sua cabeça para trás, os beijos na orelha a faziam estremecer.

- Porra! Sua safada - e desceu a mão segurando firmemente sua cintura puxando para si com força, os corpos se chocavam com brusquidão, os corpos molhados de suor, o barulho de suas intimidades com as lamúrias baixas da morena faziam-no a foder com mais força.

- Me fode Kiba - sentiu outro tapa, as mãos apertando seu corpo com força, os movimentos ficando mais rápido, seu corpo e contraia por baixo do homem.

Sentiu a mordida em seu ombro fazendo-a gozar, as pernas fraquejaram, os movimentos foram ficando lentos e fundo, o corpo sendo segurado pelo moreno, as respirações descompassadas, ele saiu de si tirando o preservativo, dando um nó.

Voltou para perto de si lhe beijando, sorriu puxando aprofundando o beijo. 

- Banho? - perguntou já se levantando

- Segundo round? - devolveu a pergunta passando a unha pela costa definida arranhando de leve.

O corpo foi içado para cima sendo puxada para o colo do rapaz, enroscou as pernas prendendo firmemente na cintura enquanto Kiba levantava com ela no colo seguindo para o banheiro. 

O celular no chão da sala esquecido junto com as roupas tremia marcando duas notificações 

Voce tem uma nova mensagem de Naruto Uzumaki: Quem era ele Hinata? pra quem me amava, me superou rápido de mais… Sinto sua falta.

Tinder -  Você e Kakashi deram match.

 


Notas Finais


Hirudoid - Pomada que tira hematoma (item indispensável, principalmente dos solteiros, na bolsa pra tirar aquelas marcas empata foda)
Pega fogo cabaré, quero um Kiba na minha vida gente... apaixonei no novinho da cintura ignorante KKKKK
Eai, gostaram?
beijooos, e até!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...