História Tipo um filme - Capítulo 4


Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), Fazendo Meu Filme, TWICE
Tags Aoa, Bangtan Boys (BTS), Paula Pimenta, Romance, Twice
Visualizações 7
Palavras 2.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo mochis!
Turu pão?Se alimentaram?Estão felizes?
HOJE É ANIVERSÁRIO DO NOSSO JIN(na Coréia)!!!!!DEEM MUITO AMOR A ELE!!PARABÉNS MEU BB!


Boa Leitura

Capítulo 4 - Chapter 4


Fanfic / Fanfiction Tipo um filme - Capítulo 4 - Chapter 4

'''Onde está a festa hein?''

-Go Go,BTS

Incheon,Coréia do Sul

Im Nayeon P.O.V

14 de outubro

 

Ok,ok,eu sei que foi a Momo que resolveu virar minha amiga quando- por azar,ou sorte,não sei- eu não fiquei na mesma sala que a Sana nessa mudança de colégio.Se dependesse da minha timidez,eu com toda certeza do mundo não teria nenhum amigo até hoje.Ela me ofereceu os cadernos dela para eu ficar por dentro do conteúdo que estava sendo trabalhado naquele momento...Depois ela me contou sobre as panelinhas que existiam na sala, e foi então que ela me apresentou ao Jungkook...Mas eu ainda não entendi o motivo dela ser tão realista.Realista não! PESSIMISTA!Ela nem estava lá pra ver a tal olhadinha!

E eu tenho CERTEZA ABSOLUTA que ele demora o olhar em mim uns 5 segundos a mais do que o suficiente pra saber se a gente faltou ou não!Eu ainda vou te provar isso Momo,você vai ver!

15 de outubro

A minha mãe estava me levando para a aula de inglês,quando ela veio com uma novidade:

-Nay, ontem eu fui ao aniversário da minha amiga Seungyeon, e o marido dela me perguntou sobre você!

Eu ainda vou descobrir qual é a dos adultos de ficar perguntando sobre a vida dos filhos dos outros.Ela continuou falando sobre isso  e eu nem liguei,aumentei o volume do fone.

-Ele quis saber em que nível está o seu inglês,o que você pretende fazer no vestibular e como estão indo as suas notas,sabe?

Resolvi prestar mais atenção no que ela dizia.Porque esse interesse todo na minha vida tão de repente?

-Eu disse pra ele que você é uma ótima aluna,nem mencionei essa aula particular de física que você faz,porque eu sei que isso faz parte do seu processo de adaptação com o novo colégio.

É,física realmente não era o meu forte!

-Então ele me contou que agora é representante do programa de intercâmbio  cultural SWEP(Small Word Exchange Programe) e me perguntou se você nunca tinha pensado em estudar por um ano no exterior,sabe?

O QUE?!

-E...O que a senhora disse?

-E falei que você está muito centrada no vestibular de Medicina que vai prestar no próximo ano,só que ele disse que o intercâmbio é uma experiência maravilhosa e que poderia te ajudar na sua futura profissão,já que,além de você melhorar o seu inglês,você iria adquirir traquejo social e capacidade de lidar com o desconhecido.Eu conversei com seu pai e...

Eu comecei a ignorar tudo o que ela dizia.Nem discuti pela centésima vez o fato de que eu não vou prestar Medicina como ela tanto quer, e sim para Cinema.Quando ela disse aquelas palavras,tudo parou na minha cabeça.Intercâmbio cultural.

Eu já tive alguns colegas que fizeram intercâmbio.Só que eles voltaram com roupas estranhas e piercings espalhados por todo o corpo.Eles me contaram que não temos noção de como o mundo é grande e que tudo o que queriam era acabar a escola logo para poderem voltar a morar no exterior.Eu só lembro que aqueles piercings me chamaram mais atenção do que as histórias que eles contavam.Fiquei pensando se todo mundo que faz intercâmbio é obrigado a se furar assim?Eu,particularmente,morro de medo de agulha!O Jungkook e a Momo vivem me zoando por causa disso.

Voltei do meu desvaneio a tempo suficiente de ouvir minha mãe falar:

-...Aí ele marcou sua entrevista para a próxima quina-feira,16 horas.Eu sei que você tem a academia nesse horário,mas Nayeon,minha querida,você tem que pensar no  seu futuro!

E u penso no meu futuro!Me senti ofendida agora mamãe!

Eu sabia que eu não passaria nessa entrevista de qualquer forma.E foi só por isso que eu falei:

-Eu vou!

Ela se assustou com a minha resposta,talvez estivesse se preparando para o discurso sobre eu não dar valor a minha vida,e que eu deveria saber viver direito e essas coisas que mães falam.Fez aquela cara que sempre faz quando dá a palavra final de uma discussão e me deixou na porta da minha escola de inglês.

Mas,acontece que eu herdei a personalidade dela.Então para diminuir o sorrisinho irritante dela,eu disse:

-Eu posso até ter concordado em ir nessa tal entrevista,mas saiba que eu não estou nem um pouco interessada em largar meus amigos,o meu quarto e a minha vida inteira aqui!

Ela deu de ombros e arrancou o carro,sem nem esperar que eu entrasse na escola.

Se eu te dissesse que não passei o resto do dia pensando nisso,eu seria uma grande mentirosa.Como seria morar em outro país?Como eu poderia viver na casa de pessoas que eu nem ao menos conheço ou falam o mesmo idioma que eu?Eu faria amigos lá?Os meus amigos daqui iriam me esquecer?E se a minha mãe esquecer de dar comida a Boogie?E se o meu inglês não for bom o suficiente?E o mais importante de tudo:E SE O NAMJOON ENCONTRAR OUTRA ALUNA PRA ENCARAR DAQUELE JEITINHO QUE ELE OLHA PRA MIM?

16 de outubro

Hoje no colégio,eu contei a novidade aos meus amigos.Cada um reagiu de uma forma diferente.A Sun disse que a irmã da vizinha dela fez intercâmbio em uma cidade que fica no interior da Austrália e odiou.

O Tae,ao contrário dela,disse que o irmão mais velho dele foi para os Estados Unidos e amou tudo,voltou cheio de equipamentos novos para a banda dele.

A Chae  disse que até pensou em fazer intercâmbio ,como ano que vem vamos estar no terceiro ano,o pai dela não deixou porque ele quer que ela passe no vestibular.Eu falei que o marido da amiga da minha mãe disse que o intercâmbio ajuda a gente nisso.Ela assentiu e me falou que mesmo que ela fosse,não iria gostar de ficar longe do Tae por um ano.Ele riu fofinho e deu um beijinho nela,enquanto eu,a Momo e,a Sana e a Sun fingimos vomitar.

A Sana e a Momo ficaram com um pouco de inveja,já que ficaram dizendo que eu poderia não gostar,já que eu era toda tímida e que esse mundo é dos desinibidos.

Eu já ia começar a replicar,quando o Jungkook - que estava muito calado pro meu gosto - perguntou:

-Você sabe quanto custa uma ligação telefônica pra lá?

-Eu não sei nem se vou,ou pra onde vou,Kook.

-Pois me avise assim que você souber! -Ele disse todo sério,coisa que eu jamais tinha visto. Jungkook não é de viver sério.Ele é todo animado,vive fazendo graça e me surpreendi quando ele não me imitou quando falei do intercâmbio. -Tenho que começar a economizar.

E depois disso entrou na sala sem nem ao menos falar alguma coisa,me deixando toda confusa.

Ele é meio maluco,até parece que ele vai telefonar quando eu estiver lá.Ele mal liga comigo aqui,vai ligar quando eu estiver lá?Quem geralmente liga,sou eu!Ele fala que não gosta muito de ligar pros outros,porque não dá pra ver a expressão facial da pessoa,então não dá pra saber se a pessoa está debochando ou algo relacionado.

O resto da aula passou bem rápido.Eu estava tão distraída com o que o pessoal tinha falado que nem vi quando o Namjoon entrou na sala.Quando me toquei ele já estava chamando meu nome na chamada,e dessa vez,eu gritei bem alto ''PRESENTE''.

Mas foi só olhar pra ele que esqueci tudo o que tinha na cabeça...Ele estava com um moletom branco da PUMA,uma calça da mesma cor.O cabelo preto estava meio bagunçado,lhe dando um ar mais jovial,e a voz...Que voz!Como eu não gostava de biologia antes?Uma matéria tão interessante...

Ai,ai,acho que minha boca iria amar fazer intercâmbio na boca do Namjoon...

Quebra de tempo/19 de outubro

Eu acordei com uma sensação estranha.Sabia que tinha alguma coisa diferente,mas eu não lembrava o que era.

Pensei que poderia estar atrasada para a escola,mas lembrei que hoje era sábado.De repente,uma coisa peluda raspou no meu pé e eu dei um pulo.Ainda bem que eu não gritei,não seria legal acordar o pessoal da casa da Momo,que é o lugar que eu lembrei ter dormido.A ''coisa peluda'',era a Lizi,a gata dela,que devia estar morrendo de fome e tentando chamar a atenção de alguém.

Aos poucos fui me lembrando do que tinha acontecido na noite passada.Os pais da Momo fizeram uma festa de bodas de prata,e ela convidou a mim e ao Jungkook pra ''não ter que ficar sozinha no meio da velharia''.

Tinha um tempo que eu não via um festa tão animada!Os garçons tinham que tomar cuidado para desviarem e não esbarrarem nas pessoas sem derrubar nada.

A festa estava marcada para as 21 horas,e como a Momo me avisou em cima da hora,acabei chegando um pouquinho atrasada.

Resolvi vestir o meu vestidinho preto longuete de chiffon que tem uma fenda na perna direita até a altura do joelho,prendi meu cabelo em um coque meio desfiado(mesmo sabendo que coques não duram muito tempo no meu cabelo),passei sombra,rímel,corretivo e gloss. Pedi para meu pai me levar. 

Meu irmão estava chegando em casa no momento em que saia.Ele faz faculdade de música em Daegu e vem aos finais de semana.

-Onde é o baile? - perguntou com aquele jeitinho irritante dele.

-No reino de far-far-away, e eu vou voltar de lá transformada em ogra!

-Contanto que seu príncipe-ogro seja rico e arrume um emprego legal pro cunhadinho dele,você pode até se transformar em sapo!

Dei língua pra ele e saí com meu pai.

Esse Yoongi..O engraçado é que a gente costumava brincar muito quando era criança,mas depois que ele foi pra faculdade,eu tenho sentido muita falta dele.São 4 anos de diferença  entre a gente,mas eu sempre fui mais próxima do meu outro irmão,o Tae Gyu,que é 11 anos mais velho do que eu.Quando o Tae Gyu se casou,eu tinha 10 anos e achei muito estranho aquela pressa toda pra casar.Aí quando minha sobrinha nasceu,eu entendi o motivo da pressa.Ele não gosta mesmo de perder tempo,porque depois dela,eu ganhei mais dois sobrinhos,gêmeos,e é por conta dessa renca de menino que eu não posso ter cachorro,então eu me contento com a minha tartaruguinha,Boogie.

Fiz meu pai passar no shopping para comprar um presente para os pais da Momo,antes de irmos.

Chegando na casa da Momo,meu pai me mandou ter juízo e se despediu com um beijinho na minha testa.Eu estava entrando no salão de festas,tentando localizar algum conhecido,quando senti um corpo gelado nas minhas costas(que estavam descobertas por causa do modelo do vestido).Virei rápido por conta do susto,pronta pra dar na cara do sem vergonha que tinha me agarrado,e dei de cara com Jungkook,rindo daquele jeito que parece que ele está engasgado.Muito fofo,eu diria!

Fiquei tão aliviada por não ter que ficar sozinha naquela multidão de adultos e dei o maior abraço nele,que retribuiu sem nem ao menos contestar.

-Você está bonita!

-Você também! -me afastei um pouco e o analisei um pouco - Caramba Kook!Nunca te vi de terno antes!Você está muito bonito!

-Então quer dizer que agora eu estou bonito?Puxa,valeu...

Eu sempre passo a impressão errada!

-Não Kook,você sempre é bonito,mas é que agora está diferente,você está... - não encontrei a palavra certa.

-Então quer dizer que no colégio eu sou um lixo,e agora eu sou um lixo reciclado?

Ele estava sério,mas sabia que era encenação,ele se divertia com a minha confusão.

Mudei de assunto antes que piorasse e perguntei se ele não queria ir comigo procurar os pais da Momo,já que eu ainda não tinha dado os parabéns.

Ele assentiu e começamos a procurar.Encontramos eles perto da mesa do bolo,a Momo que estava ao lado deles,pareceu aliviada ao nos ver.

Falou alguma coisa no ouvido da mãe e nos puxou  pra um lugar mais vazio.

-Oi casal! - Jungkook a fuzilou e eu corei.

-Momo,eu ainda vou te matar!Para de graça!

-Ui,a princesa tá estressadinha?Fica assim não Kookie!

Eu quis rir,mas me controlei.

-Ainda bem que vocês chegaram,eu não estava mais aguentando ficar cumprimentando esse povo todo!

Eu imagino isso.A Momo é meio rebelde.Mora em um prédio gigantesco,tem casa na praia,já foi pra Europa,Estados Unidos,Argentina...Mas parece que não fica feliz com essas coisas.Ela pinta o cabelo de loiro o tempo todo,usa umas roupas meio rasgadas e além disso,fica participando de greves estudantis,mesmo que não aconteça muito por aqui.A minha mãe diz que isso é culpa da mãe dela que não deu uma boa educação a filha.Eu acho que não,a Momo tem uma ótima educação,ela só gosta de ser diferente.O que tem de mais uma garota se vestir diferente das demais?Além do mais,a Momo tem uma irmã mais velha super educada,e vive cercada de ricos ''frescos e chatos'' como ela costuma dizer.

-Uau Jungkookie!Você está bonito!Gatão!Ai papai,assim eu não aguento!Ele não tá bonito Nayeon?

-Porque perguntou pra mim?

Ela deu de ombros e continuou a perturbar o Jungkook,enquanto eu assistia tudo rindo igual a uma condenada.

Ela perguntou pra ele como ele tinha domado o cabelo dele,já que geralmente não é muito arrumado o tempo todo,e se a calça jeans dele finalmente seria lavada,já que era a primeira vez que ela o via com uma roupa diferente do uniforme.

Obviamente,ele ficou muito bravo com ela.Começou a falar que o Jungkook que a gente vê na escola é apenas uma faceta do Jungkook,e que se achávamos que o conhecíamos de verdade,estávamos completamente enganadas porque ele é  um homem(o Jungkook,um homem?ATA!) estratificado.E largou a gente lá,sem nem entender o motivo do estresse todo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...