História TMNT astralsoul - Capítulo 71


Escrita por:

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Personagens Donatello, Leonardo, Michelangelo, Raphael
Tags Tmnt
Visualizações 34
Palavras 2.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora, esses capítulos realmente me acabam e a preguiça não ajuda, mas finalmente depois de 3 dias tentando consegui terminar, não ficou tão bom como queria mas fazer o que.
Espero que gostem ^^

Capítulo 71 - Arco preparação: jogos eróticos parte 2


Fanfic / Fanfiction TMNT astralsoul - Capítulo 71 - Arco preparação: jogos eróticos parte 2

Raph: nossa isso foi quente

Donnie: pode apostar, acho que fiquei excitado novamente

Raph: nesse caso, deixe-me ajuda-lo a se liberta Donnie

Donnie: quer fazer comigo agora?

Raph: já fiz com Mikey, e quero fazer com vcs três hoje, é sua vez, ou voce não quer?

Donnie: hum... parece bom, vou deixar Mikey descansar também, no caso quem assume?

Raph: desculpe Donnie mas eu só permito a entrada do Leo, eu vou possui-lo

Donnie: estava curioso para saber quem seria o passivo de vocês dois, então é você quem diria

Donnie sorriu para ele e Raph não pode deixar de corar, ele acabou falando algo que não queria, embora ele tenha amado ser possuído por Leo, ele ainda era um macho alfa e não deixaria outro possui-lo, seu orgulho não permitiria, ele olhou para Leo e viu que ele acariciava as costas do irmãozinho e sorria cheio de contentamento, Mikey ainda estava de olhos fechados respirando com dificuldade.

Raph: então vai deixar ou não Donnie? Eu sei que você não é mais virgem então não deve ter problema

Donnie: verdade, pode vim Raph, como você quer?

Raph: de frente, se deite

Donnie então seguiu o comando e ficou de barriga para cima, abriu as pernas e liberou a sua cauda permitindo o livre acesso de Raph.

(Pensamento Donnie) minha nossa como a situação ficou assim? É claro que já fiz com Mikey e Nightmare mas nunca imaginei que faria com outro irmão, e principalmente o RAPH! Onde diabos estou com a cabeça? Quer dizer, não me pareceria ruim fazer com o Leo mas o Raph! Ele no mínimo vai ser grosseiro... talvez não deve-se deixar... mas não pareceu que ele machucou Mikey antes... acho que estou sendo injusto, claro que o Raph pode nos bater de vez em quando, mas ele realmente nunca nos machucaria... não de verdade... acho que só com o Leo, ele sempre acaba levando a pior, mas o Raph não esta irritado então deve ser seguro... acho...

Donnie não pode continuar com os desvaneios já que Raph tinha pegado uma quantidade generosa de chocolate e já estava colocando um dedo dentro dele, a fisgada característica da penetração o fez dar um pequeno gemido.

Raph:esta tudo bem Donnie?

Surpreso Donnie olhou para Raph, para ve-lo olhando com um olhar preocupado, Donnie sorriu e acenou para ele continuar, sua apreensão era infundada, com isso Raph começou a penetrar novamente, após alguns momentos ele adicionou os dedos e novamente ele soltou alguns gemidos de dor.

Raph: tem certeza que esta bem Donnie?

Donnie: sim... faz...um...tempo...desde...minha...ultima...vez...continue

Raph acenou e prosseguiu esticando a região lentamente, ele procurou dentro o ponto de extase do irmão mais novo, e após alguns momentos de dificuldade, em parte pela diferença em altura ele o encontrou, após o toque Donnie deu um grito, Raph sorriu e mergulhou sua mão no pote de chocolate e usou para cobrir todo o membro negligenciado do irmão, a seguir para surpresa de Donnie ele abocanhou todo o pênis dele.

Donnie começou a ofegar enquanto Raph devorava de cima a baixo o seu membro agora completamente duro, ao mesmo tempo que ele sentia seu ponto doce sendo pressionado com frequência por Raph, ele estava chegando rapidamente.

Donnie: Raph...

Raph: o que houve Donnie? Já esta vindo? Ainda é cedo

Donnie: posso...te...ajudar...com...isso

Dizendo isso Donnie se curvou e agarrou o pescoço de Raph por tras e o beijou, surpreso com isso Raph levou alguns momentos para participar do duelo de línguas, enquanto isso Leo e Mikey que ainda estavam deitados mais observavam franziram o rosto.

Mikey: isso parece muito estranho

Leo: concordo com você

Mikey: não deveríamos corrigir isso?

Leo: o que sugere?

Mikey: já que estamos em “compartilhamento”, vc fica com D e eu com Raph, e depois que eles terminarem ficamos com os pares originais

Leo: ótima sugestão otouto

Com isso os dois sorriram e se aproximaram de seus alvos, Mikey ficou de lado e tocou o braço de Raph que parou o beijo para olhar, Leo por sua vez foi para o outro lado de Donnie e tocou o seu queixo.

Donnie: Decidiram participar?

Raph: vocês já tiverem seu momento solo, agora é meu e do Donnie

Mikey: não diga isso Raph, só pareceu muito estranho vc e D se beijando

Raph: o que quer dizer com isso?

Leo: só que vocês dois não parecem uma boa combinação romântica

Donnie: ficou tão ruim assim?

Mikey: uhum, e por isso como aniki e otouto decidimos ajuda-los

Raph: como?

Leo: vocês podem continuar com o que estavam fazendo, mais os lábios de vocês são nossos

Dito isso Leo colocou chocolate na boca e segurou Donnie, se apossando de sua boca, surpreso Raph sentiu uma sensação de arrepio no pescoço, logo ele viu que Mikey estava jogando chocolate em seu pescoço e lambendo a seguir, a sensação estava aumentando a pressão em seu pênis que já latejava, ele então decidiu prosseguir, colocou a ponta em contato com a entrada de Donnie e empurrou o suficiente para a ponta entrar.

Donnie deu um resmungo mais continuou beijando Leo, Raph pegou um momento para observar o lance.

(Pensamento Raph) nossa isso é uma vista surpreendentemente agradável, não acho que tenha sido ruim beijar o Donnie, mas devo dizer que isso parece mais correto, além de que eu tenho meu irmãozinhos a minha disposição então parece um ótimo negocio

Ele então empurrou a membro completamente para dentro de Donnie, que agarrou fortemente o braço de Leo, a fim de distrai-lo ele voltou a friccionar o seu pênis misturado com chocolate e saliva. Mikey já tinha lambido todo o chocolate do ombro e pescoço do irmão e então decidiu se apossar de sua boca, eles trocaram um beijo rápido e quente cheio de doce e luxuria, ao mesmo tempo Raph começou a se mover para frente e para tras.

Em algum momento Raph e Donnie pararam de beijar os irmãos para dar atenção apenas um para o outro, a velocidade aumentou juntamente com os gemidos, o cheiro de suor e chocolate tinha tomado conta do ambiente, mas nada disso importava quando eles chegavam cada vez mais próximo ao clímax, Donnie foi o primeiro seguido logo em seguida de Raph, o grito que ambos deram encheu a sala e eles foram amparados por Mikey e Leo que já estavam prontos para recebe-los.

Mikey: vocês parecem bem satisfeitos, aguentam mais uma dose?

Raph: voce...ja...recebeu...duas...hoje...ainda...quer...mais?

Mikey: bem eu já fiz com vc e Leo, então esta faltando o Donnie

Leo: e voce mesmo disse que queria os 3 hoje

Raph:sim...mais...uma...rodada...então

Mikey: e voce D? Se quiser deixamos para outra

Donnie: não...eu...quero...com...vc...tb...faz...tempo

Mikey: entendido

Mikey então puxou Donnie para o outro lado da sala ate se recostar no sofá, ele colocou um punhado de chocolate desde o pescoço, descendo pelo casco e indo ate a cauda, depois ele fez um olhar sedutor e o chamou com um dedo, Donnie nem pestanejou e foi começar a lamber todo o chocolate do irmãozinho.

No outro lado Leo empurrou Raph para que ficasse em cima de uma almofada, seu tronco estava abaixado e seu quadril levantado, Leo então começou a deslizar a mão pelos lados sensíveis do irmão dando beijos afetivos em sua nuca, Raph começou a suspirar e aproveitou o pote que estava próximo e mergulhou os dedos e depois os colocou na boca, ele virou o rosto corado para Leo e abriu a boca mostrando a língua coberta por uma grossa camada de chocolate.

(Pensamento Leo) nossa, onde o Raph aprendeu a ser persuasivo assim? Acho que meu sangue foi todo para a virilha agora, já que esta me convidando seria desrespeito recusar

Leo aproximou e ficou sugando a língua de Raph, ao mesmo tempo que passava a mão por todo o tórax e abdômen dele, o beijo se prolongou e Leo sentiu a protuberância de Raph saindo do esconderijo, ele aproveitou o pote e usou o chocolate para lubrificar o pênis do irmão com uma mão e a outra usou na abertura anal.

Como fazia tempo, Raph não pode deixar de sentir fisgadas de dor, mas sabia que logo ela passaria e seria substituída pelo prazer, além disso ele sentia em seu quadril a protuberância de Leo, seria questão de pouco tempo ate ele ser penetrado.

Donnie já havia dado varias mordidas no ombro de Mikey e agora estava lambendo a protuberância ainda escondida, com um forçar de língua na hendidura ele conseguiu atingir o pênis de Mikey e já o incentivava a sair novamente, o que não foi difícil, ele começou a fazer um boquete no irmmaozinho e aproveitou para olhar o seu rosto, estava suado e bastante corado, sua boca estava aberta e tinha restos de chocolate em seus lábios, seus olhos celestes estavam brilhantes, era um convite muito tentador para ele negar, então se aproximou e agarrou seus lábios em um beijo profundo que resultaram em vários gemidos por parte de Mikey.

Leo já havia colocado o segundo dedo e estava esticando, o chocolate escorria da região Leo por um ímpeto que ele não compreendeu mas não questionou introduziu a língua dentro sugando e devorando, Raph chocado com a sensação olhou para tras.

Raph: Leo, o que esta fazendo?

Leo: hum? Te devorando

Raph: o que?

Raph não pode continuar, Leo intensificou os movimentos e Raph só se viu gemendo e se entregando ao prazer, a língua em seu interior era muito diferente dos dedos ou o pênis, era muito mais molhada e flexível, ela atingiu o seu ponto facilmente enviando descargas pelo seu corpo, ele se sentiu cada vez mais próximo do seu clímax, mas ele não queria ir sozinho.

Raph: Leo...coloque...logo...rapido

Leo parou e foi observar o irmão, Raph estava muito mais suado e corado do que antes, muito próximo da cor de sua mascara que agora estava caída em seu pescoço frouxamente, seus olhos verdes esmeraldas estavam desfocados, e tinha saliva pingando de sua boca, Leo engoliu em seco e preparou seu membro rapidamente, logo ele colocou a ponta dentro, ele não sabia se era o chocolate ou a saliva, mas sua entrada veio facilmente, ele então empurrou todo o membro para dentro ouvindo um gemido de extase de Raph, ele sorriu e se preparou para começar.

Donnie estava trocando longos beijos com Raph, mas não deixou de seguir sua mão por todo o casco do irmão ate alcançar o pênis e fricciona-lo, ele se separou para poder respirar e observar seu próximo alvo, era uma pequena cauda coberta de chocolate na ponta que virava de um lado para o outro a cada movimento, ele se lembrou da cena de sexo que teve com Nightmare em que ele provocou sua cauda, decidiu fazer o mesmo, abaixou o pescoço e a mordeu forte, Mikey deu um grito surpreso e olhou para ele, Donnie riu e voltou a lamber a ponta seguido de outra mordida, ele percebeu que o pênis do irmão estava ficando duro com essa sequencia.

(Pensamento Donnie)oh! Agora me lembro, Nightmare disse que era um pouco masoquista, bem eu já devia imaginar isso já que ele vive provocando Raph para depois ser espancado e volta novamente o ciclo, quem diria, bem mas já que ele esta gostando não deve ter problema ate ele ficar no limite

Donnie continuou com isso durante mais um minuto e depois ficou chupando a cauda, Mikey se retorcia a cada movimento e se segurava fortemente no sofá.

Mikey: Donnie...rapido...estou...perto

Com isso Donnie parou e foi verificar a entrada, como ele imaginava não teria que esticar, ele já havia sido penetrado 2x então estava pronto, ele colocou o membro dentro facilmente recebendo um gemido de satisfação de Mikey quando foi completamente preenchido.

Os dois ativos então começaram o movimento ao mesmo tempo, acelerando rapidamente para chegar no clímax, os passivos estavam gemendo a cada investida e logo era possível ver o sêmen saindo da ponta, ate que todos os quatro atingiram seu clímax ejaculando ao mesmo tempo.

Eles caíram no chão lado a lado respirando com dificuldade e rindo contentes.

Raph: minha nossa que aniversario

Leo: devo dizer que foi bastante proveitoso

Donnie: e finalmente temos 18 anos e somos maiores de idade

Mikey: não que isso importe para nos mesmo, devo dizer que achei extremamente cansativo e extremamente agradável, obrigado por isso bros

L/R/D: dizemos o mesmo

Raph: o chocolate acabou

Leo: acho que deveríamos repetir isso nos próximos anos

Mikey: vocês vão acabar comigo assim (risos)

Donnie: nunca imaginei fazendo isso com o Leo e Raph tb

Raph: viu só, o “compartilhamento” foi bom

Leo: acho que é uma boa forma de nos unirmos mais

Mikey: acho que já nos “unimos” demais hoje

Leo: (risos) quis dizer no lance familiar e de equipe, dizem que as melhores equipes não são aquelas que apenas treinam juntas, são aquelas que desenvolvem grandes laços afetivos e de confiança mutua

Donnie: isso realmente ajuda a aumentar a confiança

Raph: aproveitando, obrigado pela “sobremesa Mikey”

Mikey: não quero saber de sobremesa tão cedo, feliz aniversario bros

L/R/D: você tb irmãozinho

Os irmãos sorriram e se aconchegaram para dormir, Raph em um canto com Mikey do seu lado, Donnie estava do lado de Mikey e Leo estava no outro canto e do lado de Donnie, os quatro estavam felizes e satisfeitos, todos próximos uns dos outros e cobertos por uma grande manta felpuda para mante-los aquecidos.


Notas Finais


Esqueci de falar mas atingi 2.500 visualizações ^^ espero conseguir 3 mil antes de começar minhas aulas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...