História To Redo Me - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias MasterChef Brasil
Personagens Ana Paula Padrão, Erick Jacquin, Henrique Fogaça, Paola Carosella, Patrício Diaz, Personagens Originais
Tags Farosella, Henrique Fogaça, Paola Carosella
Visualizações 82
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa fic já faz tempo que postei só q aí eu não terminei ela por falta de tempo para escrever, tinha postado só dois capítulos, e por isso acabei apagando ela, então eu comecei a reescrever tudo é decidir voltar a posta.
Então vamos lá espero q vcs gostem ❤️❤️

Capítulo 1 - Capítulo 1


- Paola Carosella aceita se casar comigo? - pergunta Fogaça com um sorriso no rosto

- Aí meu deus! O que é que você tá fazendo Henrique? - diz Paola assustada com aquela cena

- Te pedindo em casamento, então aceita? -

Paola olhava todas as pessoas ao redor esperando sua resposta, mais não conseguia falar nada.

Acontece que ela tinha recebido uma proposta de emprego fazia uma semana, e essa noite tinha tomado coragem para conta a Fogaça. Esse emprego seria na França em um restaurante que sempre foi seu sonho trabalhar nele, mais que se ela aceitasse teria que deixar tudo aqui no Brasil para trás, e esse tudo envolvia ele, Henrique Fogaça. Então naquele momento deixou ser levada pela razão e pelo seu Maior sonho.

- Não! Eu não aceito me casar com você Henrique - diz com lágrimas nos olhos - me desculpa - diz antes de sair daquele lugar a passos rápidos

- Paola espera - me viro de pressa assim que escuto a voz de Henrique, olho em seus olhos e vejo cheios de lágrimas

- Henrique me perdoa mais eu não posso aceitar o seu pedido - digo tentando ao máximo segura as lágrimas

- Porque não Paola ? Tem aver com o assunto super importante que você tinha que me dizer ? - ele diz firme

- Sim tem a ver - 

- Então me diz -

- Eu recebi uma proposta de emprego em um restaurante na França, e eu aceitei -

- Claro que você aceitou né Paola, quando foi que você recebeu essa proposta? -

- Foi na semana passada -

- Uau e porque você não me contou isso antes ? -

- por que tava tomando coragem pra te fala - digo sem conseguir segurar mais as lágrimas - mais como eu iria imagina que no dia que eu tomo essa coragem você me pedi em casamento

- Por acaso você em algum momento pensou em mim ? Na gente ? Ou só pensou em você como sempre ? - diz Fogaça aumentando a voz

- E claro que eu pensei na gente Henrique - digo tentando me aproximar dele que dá um passo para trás - não faz fica ainda mais difícil isso tudo

- Não faz fica ainda mais difícil? Sério Eu queria ser uma pessoa assim, igual a você, sem sentimentos, que não se importa com nada além de você mesma. Se fosse, eu não me magoaria tanto assim, não sentiria essa dor no peito, não me afetaria

- Não fala assim Henrique, também tá sendo difícil para mim tá bom, eu te amo.

- Ama mesmo Paola ? Porque quem ama não vai embora - Diz Fogaça com os olhos vermelhos - porque você não me ama como eu te amo Paola-

- E quando existe amor também existe um torcendo pelo outro Henrique, para que o melhor lhe aconteça exatamente do jeito que ele merece. 

- Eu realmente pensei que ficaríamos juntos para sempre, que seríamos uma família com problemas comuns como todas as outras, mas uma família completa. Sempre achei que você realmente me amaria por todos os dias de nossas vidas

- Henrique, Eu realmente queria que a nossa história tivesse sido de outro jeito, Eu gostaria que não tivesse chegado ao fim, mas nem sempre as coisas são como a gente quer - digo me aproximando dele.

Então ele me olha profundamente e diz

- Então isso e um adeus - pergunta Fogaça, então Paola respira fundo e diz

-Eu não vou te dizer Adeus, porque Adeus é muito tempo nessa estrada de espera.Quem sabe um dia, Lá no futuro, Se for a vontade do destino, a gente se vê de novo, frente a frente, como dois bobos Separados pela vida e tudo mais.Eu acredito em reencontros inesperados. - digo com a voz falha por causa do choro - Viva a tua vida, que viverei a minha. Quem sabe um dia Nossos caminhos não se cruzam novamente.

- Eu vou deixar você ir, simplesmente, porque não posso te obrigar a ficar, E vou deixar você vir pelo mesmo motivo, Eu te amo mas não pense você que me encontrará sem ninguém quando você voltar. - diz Fogaça indo embora

E sem que ele podesse ouvir digo

- Mesmo distante eu sempre vou te amar. Mesmo eu estando longe eu sempre vou te amar. Qualquer palavra que eu diga eu sempre vou te amar. Eu sempre vou te amar meu amor - digo sem conseguir segurar o choro


Notas Finais


Então devo continuar ou não ? Comentem bjsss ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...