1. Spirit Fanfics >
  2. To remember (CAMREN) >
  3. I won't give up

História To remember (CAMREN) - Capítulo 24


Escrita por:


Capítulo 24 - I won't give up


Fanfic / Fanfiction To remember (CAMREN) - Capítulo 24 - I won't give up

         Hollywood - 17:00 PM

   Point of view - Camila Cabello


- Meu amor eu já lhe expliquei, você tem que ficar em repouso não pode ir ao baile. - Suspirei.


- Não Camz, é o baile de formatura. - Fungou. - Não podemos faltar.


- Não tem problema, nós vamos pegar os diplomas depois, não fique assim. - Passei as mãos pelos cabelos de Lauren.


- Que saco! - Bufou. - Não tenho um dia em paz.


- Isso é para o seu bem, você não pode ficar muito tempo em pé muito menos dançar. - Expliquei mais uma vez. 


- Eu estou triste e frustada. - Sussurrou.


- Eu imagino amor. - Enxuguei as lágrimas que corriam pela bochecha de Lauren.


- Seria o nosso primeiro baile juntas e... Eu não vou poder te levar. - Sua voz começou a embargar novamente.


- Amor... - Suspirei impaciente. - Não chora, eu vou passar a noite do baile aqui com você. 


- Não perda o último baile por minha culpa Camz. - Se ajeitou entre minhas pernas.


- De maneira alguma que eu iria a esse baile sem você. Eu vou ficar aqui deitadinha cuidando de você e do seu machucado para sarar logo vamos tornar essa noite divertida e só nossa. - Lauren ergueu a cabeça para me encarar e eu sorri.


- Não ha nada mais deprimente que cuidar de uma pessoa doente. - Fez beicinho.


- Isso soo tão idiota que até rimou. - ri. - Nunca que eu iria a esse baile sem você.


- Ainda penso em fugir e ir escondida. - Levantou e sentou na cama.


- Vá mas fique sem par, e quem sabe sem namorada. - Cruzei os braços abaixo dos seios.


- Isso é uma ameaça. - Lauren semicerrou os olhos.


- Só um aviso. - Me espreguicei. - Preciso ir.


- Não precisa não. - Lauren me olhou com cara de criança mimada. 


- Amor eu não vou ao baile mas tenho muita coisa para organizar. - Levantei da cama, Lauren me deu um leve empurrão fazendo eu cair sentada de novo.


- Eles não podem esperar mais um pouquinho? - Sentou ao meu lado e começou a distribuir selinhos em meus lábios.


- Mais do que já esperaram!? Prometo que amanhã venho aqui bem cedo e serei todinha sua. - sorri e depositei um beijo na testa de Lauren.


- Porque deixar para amanhã o que você pode fazer hoje? - Continuou com os selinhos.


- O mesmo ditado que uso para as tarefas. - Afastei Lauren e levantei. - Se cuide enquanto estou fora.


- Prometo que irei. - sorriu. 


- Vou perguntar tudinho a Marielle está me ouvindo? - Lauren me olhou assustada e apenas Assentiu, segurei o riso. - Muito bem, até amanhã princesa.


- Até Camz. - Lauren veio até mim e selou nossos lábios em um beijo demorado.


- Não use esse truque para me prender aqui. - Sai do quarto e fui em direção a saída da casa.


- Finalmente em cosplay de minion. - Dinah Bufou.


- Não liga Mila, chegamos agora. - Ally sorriu e eu retribuí. Entrei no carro e sentei ao lado de Normani, Ally deu a partida.


- A Lauren consegue transar mesmo sem um braço e uma mão? - Dinah me fitava pelo reflexo do retrovisor.


- Dinah você é tão linda, não parece que caga pela boca. - Revirei os olhos.


- Ai Dinah você pertuba muito. - Normani deu um tapa estalado no braço de Dinah.


- Mas vocês não conseguem ficar um minuto sem discutir? - Ally explodiu e nós q Olhamos incrédulas.


- Calma Ally. - Pedi.


- Vocês me estressam demais, eu sou a única que tem juízo aqui? - Esbravejou, eu e as meninas nos entreolhamos segurando o riso.


- Tudo bem, vamos logo que não temos muito tempo. - Normani disse por fim.


Como Lauren não iria ao baile pensei em levar o baile até ela, e isso estava dando um trabalhão começando com as meninas que a todo momento brigavam para escolher algumas coisas.


- Esse? - Dei uma voltinha com o décimo vestido.


- Que lindo Mila. - Ally sorriu.


- Esse é perfeito! - Normani estava boquiaberta. - Me empresta depois? da pra descer até o chão com ele.


- O braço da Lauren até volta a funcionar depois que ela te vê com esse vestido. - Dinah bateu algumas palminhas e sorriu.


- Então vou levar esse. - Entrei no vestiário e troquei de roupa. - Vamos?


- Pensei que só iamos sair daqui no outro dia. - Ally levantou se espreguiçando.


- Culpa da Dinah e Camila que não se decidem. - Normani revirou os olhos.


- Bunda de nós todos você poderia por gentileza calar a boca? - Dinah repreendeu Normani.


- Parem por favor! Eu não aguento mais. - Caminhei até o caixa e entreguei o cartão para a moça.


- Esses são os mais queridinhos da coleção, ótima escolha. - A moça sorriu.


- Se não fosse por nós né. - Dinah se gabou.


- Ele é um dos mais caros. - Entregou o cartão junto da sacola com o vestido dentro. - Aqui está.


- Obrigada. - Sai com as meninas para fora da loja. - E esse era o último que faltava.


- Escuta aqui, se a Lauren ousar te deixar de novo depois desse trabalho todo eu juro que dessa vez eu não deixo passar. - Dinah me encarou seria e eu comecei a rir.


Fomos para casa e as meninas me ajudaram a retirar tudo do porta malas e guardar em meu quarto. Eu estava muito cansada fora as noites mal dormidas quando Lauren não havia voltado ainda, me olhei no espelho e eu precisa me cuidar. Tomei um banho morno e coloquei um moletom qualquer, mandei algumas mensagens para Lauren precisava ter certeza de que ela estava se cuidando enquanto eu estava ausente, demorei um pouco para pegar no sono mas por fim preguei os olhos.


   Point of view - Lauren Jauregui


Hoje era a noite do baile e posso dizer que ver a maioria dos meus vizinhos saindo com seus ternos e vestidos em uma limosine luxuosa estava me dando muita inveja. Ouvi a campainha tocar e logo voltei a deitar na cama, Camila já havia chegado.


- Toc toc! - Ouvi sua voz abafada do outro lado da porta.


- Entra amor da minha vida. - Suspirei e sorri de canto.


- Hey que desânimo é esse? - Ela entrou com várias sacolas nos braços. 


- Eu entraria em depressão se você não chegasse logo. - Cobri mais meu corpo com o cobertor.


- Você estava chorando lolo? - Sentou ao meu lado da cama e deixou as sacolas na mesinha.


- Não. - Funguei e baixei o olhar, Camila riu baixinho e segurou meu queixo.


- Antes da minha pessoa chegar, você estava assistindo meu primeiro amor? - Neguei com a cabeça. - Amor...


- A camz ele era apaixonado por ela. - Fiz biquinho e limpei meu rosto.


- Não fica assim, estou aqui tudo bem? vamos tornar essa noite divertida. - Me lançou um sorriso animado que me fez sorrir também, o sorriso de Camila era bem mais lindo que qualquer outro por aí.


- O que trouxe nessa sacola? - Olhei curiosa para a mesinha a minha frente.


- Como eu sei que você não está podendo comer besteiras passei em um restaurante mexicano e comprei tacos vegetarianos, sorvete de morango e chocolare e suco. - pegou as sacolas e as trouxe para perto.


- Você tem sorte que eu como de tudo. - Peguei um taco e mordi. 


- Agora vamos tirar esse filme. - Camila pegou o controle foi passando vários filmes até chegar em Scooby-doo. - E vamos curtir nossa noite de formatura.


Por mais simples que fosse, Camila conseguia fazer meus dias melhores em pequenos gestos eu amava quando ela se esforçava para me ver bem. Não consegui contar o que realmente estava acontecendo comigo pois sabia que seria um baque para ela, então resolvi aproveitar o máximo de tempo possível com minha namorada e esquecer de que isso tudo estava acontecendo, Camila era a solução de todos os meus problemas.


- Amor eu vou beber água, você quer? - Levantou da cama.


- Querendo ou não você iria trazer mesmo. - ri. - Vai lá.


Camila saiu do quarto me deixando sozinha comendo o sorvete, mas depois de alguns minutos comecei a sentir falta dela, calcei minhas pantufas e desci as escada mas nenhum sinal de Camila.


- Marielle, viu se Camila passou por aqui? - Perguntei a mais velha que estava no fogão preparando algo. 


- Ela foi para o jardim, disse que precisava respirar um pouco. - sorriu e voltou sua atenção para o fogão.


Que estranho, Camila aparentava estar bem o que aconteceu? Caminhei até o jardim e as luzes estavam um pouco baixas adentrei mais o espaço pouco iluminado e vi uma mesa com ponche e alguns petiscos, um lustre de festas pendurado em uma das árvores e uma música calma e lenta tocava em um pequeno som.


- Achei que demoraria menos. - Olhei para o lado e Camila estava com um vestido cinza sem decotes, a gola era fechada e ia até a metade de seu pescoço ela estava fantástica!


- Camz você fez isso tudo, para mim? - Olhei ao redor encantada com a decoração.


- Você achou mesmo que iria perder o baile de formatura Lauren? - Colocou suas mãos em minha cintura encarando no fundo dos meus olhos, as pupilas de Camila estavam um tom castanho escuro o que me fazia arrepiar.


- Eu não sei se é possível te amar mais garota, você é simplesmente incrível. - Sorri.


- Não diga nada Lauren, apenas aceite dançar comigo esta noite. - Colamos nossas testas e entre sorrisos bobos começamos a dançar no ritmo da música.


When I look into your eyes
It's like watching the night sky
Or a beautiful sunrise
There's so much they hold
And just like them old stars
I see that you've come so far
To be right where you are
How old is your soul?

(Quando olho em seus olhos

É como observar o céu à noite

Ou um belo nascer do Sol

Há tanta coisa que eles carregam

E assim como as antigas estrelas

Eu vejo que você chegou tão longe

Para estar bem onde você está

Qual a idade da sua alma?)


- Você está maravilhosa Camz, e eu apenas de calça moletom e um moletom preto. - Sussurrei no ouvido de Camila


- Isso é o de menos, estamos juntas não estamos? - Assenti e continuei a dançar com ela.


I won't give up on us
Even if the skies get rough
I'm giving you all my love
I'm still looking up

(Não vou desistir de nós

Mesmo que os céus fiquem violentos

Estou te dando todo meu amor

Ainda estou melhorando)


- Não importa o lugar ou o momento Lauren, o importante é você. Ir ao baile sem você não faria sentido, aliás não faz sentido estar em um local lotado cheio de gente se te falta algo. 


- E minha vida não faria sentido se você não estivesse nela Camz. - Sussurrei e soltei um sorriso.


I don't wanna be someone who walks away so easily I'm here to stay and make the difference that I can make Our differences they do a lot to teach us how to use(Eu não quero ser alguém que vai embora tão facilmente Estou aqui para ficar e fazer a diferença que eu puder nossas diferenças fazem muito para nos ensinar como usar) - Camila sussurrou um techo da música em meu ouvido me fazendo arrepiar.


- Camz? - Chamei a atenção de Camila que estava bem concentrada na dança.


- Oi lo...


- Me beije. - Sem resitar Camila tirou sua cabeça de meu ombro e me encarou assim selando nossos lábios.


Era um pouco desconfortável por conta do meu braço engessado, mas nosso beijo nunca perderia o ritmo. O gosto de gloss sabor cereja invadiu minha boca deixando cada vez mais um gostinho de quero mais, era um beijo lento e terno que me prendia por muito tempo.


- Eu te amo. - Continuei com os lábios colados nos de Camila. - Você é a mulher da minha vida.


- Eu te amo bem mais do que é possível imaginar. - Camila sorriu durante o beijo.


Encerramos o beijo com um susto que nos pegou de surpresa, um estrondo vindo do gramado em frente minha casa. Troquei olhares com Camila e corri para ver o que havia acontecido.


- Chris!



Notas Finais


Hey hey hey, Não me matem por favor

Nome da música na hora da dança é o título do cap ok,

bj meus anjos até o próximo!❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...