1. Spirit Fanfics >
  2. Todos merecem amar >
  3. Peixe ou humano

História Todos merecem amar - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Gente todas as imagens do início dos capítulos não são minhas.

Capítulo 2 - Peixe ou humano


Fanfic / Fanfiction Todos merecem amar - Capítulo 2 - Peixe ou humano

Midorya on

-aff estou bem nerd-disse bakugou apreçando os passos

-Estranho kacchan parece triste-digo olhando ele se afastando.

-Sim,e melhor não forçar a barra.

Suspirei,ainda estou preocupado com ele,desde incidente no parque ele mudou drasticamente.

Midorya off


Bakugou on

Não consigo tirar essa imagens de meus pais morrendo da minha cabeça.

Cheguei na sala e me sente na cadeira ao lado da janela,ouvi chamarem meu nome é virei a cabeça desinteressada.

Era mina a garota de cabelos rosas e kaminari mais conhecido como Pikachu,mina veio ate mim e disse:

-oi bakugou-falaram os dois.

-oi mina-falei cabisbaixo 

-Voce esta bem?-perguntou kaminari

-sim.

-qualquer coisa estamos aqui ok?!

-ok-suspirei

O professor chegou e começou a dar a aula.

*Quebra de tempo

-tchau kacchan-falou deku seguindo o caminho oposto.

Não estava apreçando para chegar em casa,fui andando lentamente.

Mais vi algo que me chamou atenção.

Minha casa fica em uma rua pouco movimentada,então naquele horário não haviam pessoas na rua.

Passei pelo lago,e vi gotas de sangue fui seguindo e encontrei um....

Peixe não pera e um humano?

Não pensei duas vezes e fui ajudá-lo, mais me surpreendi com a linda caldo que o ser tinha.

Não liguei e o carreguei estilo noiva,ele tinha cabelos e olhos vermelhos era muito delicado.

Chegando em casa coloquem em cima da cama e fui buscar alguns curativos.

Quando cheguei no meu quarto ele estava acordado.

-hum...QUEM É VOCE?

-sou bakugou eu te vi no chão próximo ao lago,não se preocupe só vou te ajudar.

Me aproximei e ele tentou se afastar mas estava muito fraco.

Peguei ele de novo e coloquei na banheira,e comecei a encher ela.

Alguns segundos depois ela já estava cheia,peguei o braço dele comecei a limpar os machucados.

-ei isso doí-reclamou emburrado

Continuei limpando quando cheguei na calda tinha um corte não sei muito grande mais parecia um pouco grave.

Enfaixei tudo e desenchi a banheira e falei:

-Hum..você consegue andar.

-sim e só você secar um pouco a cauda.

Saquei e em alguns segundo já não era uma cauda eram pernas.

Só aí me lembrei que ele está  nu,corei levemente e fui buscar uma roupa,coloquei nele a roupa e o levei de volta pra cama.

-qual é o seu nome-perguntei

--kiri...kirishima

-hum como você ficou assim?

-pescadores-suspirou

-por que um ser maligno está me ajudando?

Fiquei confuso

-ser maligno?

-sim vampiros sai seres maus

- eu não sou vampiro!-afirmei irritado e acabei assustando ele.

-d-desculpa

-Você não sabia?

-Nao-a lembrança de meus pais veio em minha mente,nao pude evitar de deixar uma lagrima cair-nao acredito que me tornei um mostro que nem eles-falei limpamdo a lagrima.

-eles?

-Esquece.

- por que será que eu não senti sede de sangue esses anos todos?

-pelo oque eu saiba vampiros só sentem sede de sangue se estiver muito de pessoas.

-mais um motivo para eu me afastar de meus amigos-suspirei cansado-quantos anos você tem?

-1000...acho que 17 no mundo dos humanos

-Você frequentava a escola?

-sim mais parei por conta dos pescadores

-acho que você poderia ir a escola comigo

-parece legal.

-estou cansado,vamos dormir?

-sim

Peguei na sua cintura e aproximei ele de mim ja que estava machucado.

Ele se aconchego e colocou sua cabeça em meu peitoral.

*No dia seguinte

Acordei e kirishima estava lá dormindo tranquilamente,balancei ele um pouco para ele acordar





























Notas Finais


Sem criatividade nenhuma mais vamo assim mesmo kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...