História Tomorrow is never the end - imagine taehyung - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts
Visualizações 8
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu fui a única que escutou uma musica triste e quase chorou?





Boa leitura

Capítulo 12 - "Viva por mim, por você, por nós..."


​"E naquele momento, simplesmente naquele momento, eu me sinti única. Me sinti como nunca tivesse me sentido antes, meus dias felizes apareceram em minha memória, e a vontade de reviver tudo aquilo era tão grande, mas tão grande... Que eu nascia de novo para ter aqueles momentos, não era muitos, mas era o suficiente para falar que era as minhas memórias base". 

 

​Todos tem um momento que se desmorona, e não sabe o quê fazer. Foi o que eu fiz, foi o que meu coração mandou... Fazer o que, eu queria acabar com a minha angustia mas não foi dessa vez...

​[3h:35min madrugada]

Acordei com uma dor insuportável no corpo... Comecei a gritar e chorar de dor, fazendo Taehyung se assustar ao meu lado. Fazendo o mesmo cair da poltrona.

Tae-​ Você  acordou?- Disse óbvio, saindo correndo para chamar não sei quem.

​Taehyung volta com uma enfermeira que chegou e pegou minha prancheta, saiu e logo en seguida chegou com um homem bonito mas de jaleco branco, significando que era o médico que cuidou de mim quando eu estava em como por não sei quanto tempo. Ele, falou algo para enfermeira que saiu novamente. Mas que bosta, estou morrendo de dor aqui, e vocês brincando de sair e voltar dessa merda. Eu quero um remédio para essa porra parar caralho.

-EU QUEROOOOO ALGO PARA PARAR ESSA DOR PELO AMOR DE DEUS- Grito desesperada esperando que alguém fizesse algo logo.

Aquela mulher voltou com algo na mão, que logo aplicou em mim. Me fazendo simplesmente não sentir nenhuma dor.

Tae-​ Você está?

- Ah, claro que estou... Porque não me deixou morrer naquele chão?

Tae-​Eu não poderia deixar você la, você foi a razão de tudo isso... Você tinha conseguido mudar minha vida em praticamente 2 meses, eu queria que não fosse só dois simples meses juntos. Eu sei, você está magoada, destruida, arruinada psicologicamente, mas eu não poderia deixar que tudo aquilo destruísse  como você é-​ Começa a chorar, mas logo seca.

​- Eu não quero ser rude, mas a única coisa que eu queria naquele momento era acabar com tudo aquilo... O mundo é injusto e traiçoeiro... E nem sei se você vai querer esse peso morto em sua vida daqui em diante.

Tae-​ Não fale assim de você mesma... -​ Se aproximou e selou nossos lábios em um selar demorado mas com um sentimento incomparável-​ Me deixe tentar, deixe eu te mostrar que eu posso te fazer feliz, que eu posso ser sim um motivo para você viver... Viva por mim, por você, por nós...

- Kim Taehyung- Seguro seu rosto limpando suas lágrimas que insistiam em cair-​ Eu não tenho palavras para descrever isso tudo agora... Mas a única coisa que eu queria aqui, era ver minha avó sentada ali- Aponto para outra cadeira-​ Me esperando com o coração na mão, mas ela não esta ali. Cai na realidade novamente, e essa realidade dói muito, muito mesmo. Então quer uma garota problemática, que particularmente não és mais a mesma?

Tae-​ Eu aceito até você sem um pedaço, eu quero criar uma vida com você... Então me deixe tentar...

Palavras são coisas incrivelmente lindas quando é para ser, eu não faço ideia de como vou conseguir viver sem minha avó, o meu motivo de viver. Mas sei que não tentar, não valerá a pena, e sei que se eu desistir o mundo irá ganhar... 

​"Se todas as peças do quebra cabeça fosse iguais, não teria como montar. Se a vida que você vive não ter dificuldades, tristezas, alegrias, magoas e mais importante amor... Por que esta viva? Ou por que não vivia? Seja aquela pessoa que olhe para cima e diga *Eu sou a pessoa que consegui ultrapassar meus obstáculos... Seja aquela pessoa que não se abale fácil, sea aquela pessoa que viva, não apenas sobreviva... Seja feliz."


Notas Finais


Desculpa os erros e boa noite amores... Até o próximo cap...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...