1. Spirit Fanfics >
  2. Tons pretos >
  3. Capítulo 03 A prisão dos espelhos

História Tons pretos - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite a todos!! Agora quando posto e de noite mas pra você pode ser qualquer hora mesmo..

Mas um dia final mas não deixei de posta!! Como eu disse está Aki!!

Capítulo 3 - Capítulo 03 A prisão dos espelhos


Fanfic / Fanfiction Tons pretos - Capítulo 3 - Capítulo 03 A prisão dos espelhos

Tons de preto

Cap 03- A prisão dos espelhos

POV Rachel

Após esse mistério sinistro das portas se abrirem, vejo quão lindo era esse santuário ou seja lá qual é o nome disso...

Ao entrar você se depara com várias estantes que iam do chão ao teto, cheias de livros de épocas antigas e magia por toda parte, mas o que me chamava mais atenção era que todos os móveis estavam com um lençol em cima, mas o estranho era que uma mesa específica estava sem lençol e estava com muita poeira, tenho certeza que esqueceram de colocar e estragou o móvel... Em meio a essa bagunça que está esse lugar eu me deparo com... Uma máquina de salgadinhos? É sério que só eu que achou estranho uma máquina dessa estar lá?

Sabie- Olha lá Rachel!! Uma máquina de salgadinhos, veja só, ela ainda está funcionando!! Você tem uma moeda para me emprestar? (Ela corre até lá e olha pra mim, eu olho pra ela séria e me sento na cadeira da mesa toda empoeirada, não ligo pra isso sabe?!)

- Foi mal vossa alteza, esqueci as minhas moedas enquanto estava fugindo DOS MONSTROS QUERENDO NOS MATAR!! Sabie é lógico que não tenho!! Porquê carambolas eu ia trazer moedas para te proteger? Só preciso de uma espada!! (Eu digo pegando a minha espada, que por sinal preciso poli-la)

Sabie- É você tem razão... Mas se por acaso, no meio do caos de fugir a gente se deparasse com uma vila? E lá tivéssemos que comer para sobreviver, certo? Como a gente podería comprar comida, se a única coisa que você tem e uma espada? (Okay agora me pegou...)

- Por que você não pode ser igual aquelas princesas bobas que só se preocupam com sapatos e essas coisas? (Fico envergonhada pela resposta dela, ela tem razão, uma situação assim poderia acontecer!!)

Sabie- Pra quê? Pra você ficar com ódio de mim por reclamar direto?! Aposto que se irritaria na primeira frase!! Rachel, está tudo bem, estamos seguras, esse templo é como se fosse o berço da magia, este lugar abriga vários livros falando sobre todas as antigas culturas e como e por que a magia veio a esse lugar!! Não é incrível? (Ela diz com os braços abertos vendo todas as pinturas de várias rainhas do passado, e suas respectivas marcas que mostram seu legado, seja com morte ou com vida, guerra ou vitórias, mas histórias que marcam o seu legado mágico)

- Berço? Este lugar foi criado antes da magia, ou seja você está errada!!

Sabie- Então não ouviu falar da lenda?

- Das gemas ou cristais? Claro, todos em Alluriam já ouviram uma vez na vida, sobre essa histórinha!! (Estou apenas vendo ela começar a correr atrás de livros e me deparo com uma pintura interessante, de uma antiga rainha, não sei por que mas eu acho que eu já a vi pessoalmente)

Sabie- É, mas a história que a minha mãe contava não é a mesma que contou ao povo, minha mãe dizia "as vezes é bom colocar só um pouquinho de imaginação em alguma lenda." (Ela passa com um livro em sua mão, ela então para e admira um quadro específico, de um rei antigo, chamado James o bondoso)

- Ou seja ela mentia para o povo? Isso eu também já sei, se for pra falar coisa que já sei, está perdendo seu tempo!! (Fechei meus olhos para poder finalmente descansar depois de vários dias sem domir) - mas me deixe adivinhar como é a verdadeira história "esse mundo tinham chegado ao fim e tudo estava acabado... aí as pedras apareceram para o próximo rei ou rainha lhe dando todo o poder e de repente tudo deu certo pra todos..."

Acertei?

Sabie- Durante anos meus avós ou até os avós dos meus avós, estudaram o porquê dessas pedras, eu também queria saber por quê do nada elas vieram até nós, mas nunca nada foi revelado, mas pelo menos descobriram outra coisa que ajudou a montar teorias!! (Estou tentando descansar até ouvir um barulho estranho, então eu olho e vejo a princesa tentando pegar alguma coisa na máquina, mas a mesma só estava pagando mico, então me levanto e vou até a máquina e dou um chute e cai uns salgados e biscoitos, espero que ainda estejam na validade...)

- Sabie!! (Eu olho pra ela sorrindo e ela apenas me da língua e pega algo e eu volto a ficar naquela cadeira) - não entendi por que estamos falando disso? Esqueceu a situação que estamos? Preciso lhe ensinar a alguma coisa sobre essas gemas antes que sejamos pegas, ou seja a nossa prioridade é te ajudar e não saber a origem de tudo!! (Digo pegando a sua mão e olhando para ela e a mesma que estava comendo apenas solta o saco de biscoito deixando na mesa, e me olhando de volta)

Sabie- E o que acontece se os mosntros pegarem essas gemas? (Ela diz séria olhando para mim, mas também para o que a sua mãe lhe deu)

- Olha, não estou afim de testar a sorte, mas acho que coisas boas não vão ser!! (Digo isso me levantando da cadeira e indo atrás de algo, se aqui tem vários livros, tem que ter algo para ajudar ela!!)

- Eu sei que coisa boas não vão acontecer mas tipo o que aconteceu afinal?! (Ela vai atrás de mim, com ar de tristeza e relutância, eu sei que ela está com medo e não se sente confiante, mas eu preciso que ela me ajude)

- Olha princesa, eu realmente não queria ser rude, mas se em uma hipótese, os monstros conseguirem essas gemas estaríamos todos mortos!! Eu já vivi o bastente para saber que aqueles seres não tem coração, se for para escolherem entre salvar uma vida ou ter poder em suas mãos, eles te matam com prazer, e nem pensam duas vezes...

Sabie- Minha mãe me contava histórias de como os monstros são cruelmente incompreendidos!! Ela ia fazer um acordo de paz, sabia? Aquele baile era pra ser um acordo... Mas agora que sei a verdade, nem sei se ela acreditava mesmo nisso... Meu legado está cheio de pessoas com as mãos sujas de sangue... Então se eles são tão maus assim, qual é a diferença entre eles e a mim?

- Princesa, você é uma humana que sabe a diferença e importância de uma vida!! E tudo que eu peço agora é que você nunca mais repita isso!! Que se compare com eles!! Me promete?!

Sabie- Está bem comandante, eu não falarei mais sobre esse assunto, vou olhar esses antigos livros como me pediu, espero muito mesmo que eles me mostrem pelo menos um feitiço que eu possa usar!! (Ela vai em direção a uma parede isolada no canto da sala, cheia de livros, o resto são apenas colunas, então quando ela pega um livro aleatório, abre em forma de espiral, uma passagem secreta onde está muito escuro lá dentro e uma escada nos convida a descer)

- Deixa eu adivinhar, você sabia que tinha isso aqui não é? (Eu digo isso já vendo sua expressão de contente pois seu planinho funcionou, e devo admitir até eu estou curiosa para ver o que tem lá dentro, mas está escuro demais e uma coisa que aprendi em anos de batalha, é que isso pode parecer legal, mas também pode ser uma armadilha muito engenhosa)

Sabie- Sinto muito lhe enganar, mas eu precisava mesmo saber se isso ainda funcionava, então vamos? (Ela diz isso já estando na frente da escada e animada para descer, mas eu pego seu braço e trago ela para o meu lado)

- Ei tá ficando maluca? Vai mesmo descer em um lugar onde você nem sabe a profundidade e pior nem sabe nada desse lugar?!

Sabie- Mais é claro que eu sei, sou da família real, posso não saber sobre coisas relacionadas a magia, mas sobre minha família eu sei!! E outra tá com medinho é? (Ela diz me olhando com uma cara de desafiadora, ela acha mesmo que estou com medo disso?)

- Acha mesmo que isso iria me amedrontar? Eu estou é preocupada!! Mesmo que conheça esse lugar, ele tava abandonado lembra? Sabe lá o que se pode estar agora lá embaixo!! (Pego seu braço novamente e a olho sério, para que ela possa ver que eu não estou brincando)

Sabie- Aí, qual é comandante, você não está interessada nem um pouco em saber o que pode ter lá embaixo?! E outra, eu estou com a impressão de que algo lá embaixo posa me ajudar, não sei como descrever isso, mas eu sinto que algo está me chamando sabe? (Ela diz ficando na minha frente e implorando com as duas mãos, eu vejo que lá embaixo tem uma tocha, pode ser escuro, mas ainda podemos enxergar ao menos até chegar a essa tocha ou seja escuridão não é o problema...)

Olhei no fundo de seus olhos, e ela apenas sorriu, sei não viu, eu tô ficando bem molenga com essa princesa!!

- Está bem, mas eu irei na frente, só por precaução está bem?! (Mandei ela ficar trás e ela apenas sorriu, então decidimos que íamos descer, mas não ia descer desarmada é claro, peguei minha espada e já estava com ela em punho caso precise lógico!!)

Sabie- Então vamos lá!! (Ela diz isso sorrindo e pulando atrás de mim)

Assim descemos, vímos que essa escada não era tão curta como ela imaginou, tivemos que descer vários andares até achar algo de útil, sempre alerta eu estava, para caso visse algum tipo de guarda ou algo assim, pois cavernas sempre tem monstros ou armadilhas... Mas ao contrário de mim a vossa alteza lá, estava sempre radiante e contente por estar explorando esse novo lugar, essas crianças de hoje em dia!!

Sabie- Sabe você até parece uma mãe pra mim... (Estava quase descendo outro degrau, mas parei para analizar o que ela disse e olhei para ela achando isso totalmente estranho e aleatório!)

- Mãe? Como assim mãe?! (Fiquei corada com essa opção, eu sei que tenho meus anos de estrada, mas eu não tenho essa idade toda para ser considera sua mãe!!)

Sabie- É! Você age como uma mãe, você é durona, mas compreensiva, protetora e carinhosa, como a minha é, ou melhor era né... Apesar de já estar conformada de sua partida ainda sinto a sua falta...

- Fico bem contente com seus elogios, mas quero que saiba que não estou aqui pra ser sua amiguinha ou companheira, mas para ser sua guarda costas!! E outra não esqueça do discurso que eu disse a você!! Por favor, até por que eu não teria condições de fazer outro!! (Digo isso meio rindo e ela quando entende começa a rir alto)

Sabie- Obrigada por me lembrar que ainda posso rir!! Eu sempre quis ser rainha, mas não queria ser por essa circunstância, mas se o destino me fez viver assim, estou feliz que seja ao seu lado comandante!! (Ela diz saindo de trás de mim e pulando para estar ao meu lado, e quando eu a olho ela está sorrindo) - ser rainha de um povo tão grande como Alluriam traz grandes responsabilidade, mas o que mais me preocupa é saber que a todo ou qualquer momento vai ter gente querendo me matar só por eu ser rainha...

- Você realmente não ouviu, o discurso não foi? Poxa eu coloquei toda a minha criatividade nisso!!

Sabie- Ouvi sim, tá? Hahahaha, eu apenas fiz um comentário!!

- Então ânimo princesa afinal você queria estar aqui não é?

Sabie- Está certa, ainda sou princesa deste reino e vou lutar pelo direto do meu povo, mas se eu puder evitar uma guerrar, assim eu farei!! (Ela disse isso firme, mas se esqueceu que estamos em uma escada e acabou por escorregar de um dos degraus, sorte que eu consegui pegar ela antes que ela se mate sem querer, mas como eu inventei de segura-la acabei por bater em algo ao virar para olhar o que foi...)

- Aaaaaahh!! (Quando eu olhei onde eu me bati tinha um homem batendo com força, eu me afastei para olhar melhor e vi que ele estava preso em uma superfície espelhada e bem dura)

Sabie- Isto é o que eu estou pensando? é um espelho mágico de Pandora?! (Ela diz isso muito admirada e vai até o tal espelho estranho, mas antes de ela ir e tentar tocar nisso)

- Sabie!! (Puxei ela para perto de mim, e digo com calma, tentando falar o mais baixo possível)

Sabie- O que foi? Fiz algo de errado? (Ela responde confusa)

- Tá realmente louca não é? Esse é um verdadeiro espelho de Pandora!! Um objeto mágico criado para prender e torturar os maiores e piores assassinos que Alluriam já viu, eu já vi uma vez um de perto e os horrores que fazem com eles são de deixar qualquer um insano, eu estava acompanhando uma dessas torturas, mas nem eu fui forte o suficiente para aguentar!! (Não pensei que existem outros, pensei que eles foram quebrados e proibidos a anos, devido a essas torturas)

Sabie- Nossa, então e por isso que está tão relutante!! (Ela estava parada olhando para o homem, eu me atrevi a vê-lo)

- Isso, agora vamos sair deste lugar, sabia desde o começo que não deveríamos descer, deveria ter ouviu meu instinto!! (Peguei sua mão e a forcei a voltar comigo, estávamos quase voltando, já dava pra ver a luz de cima quando ela me solta e me olha com raiva, essa não é a hora e nem o lugar de ser rebelde Sabie!!!)

Sabie- Por que estamos indo embora? Você mesma disse que esse negócio de espelho é uma verdadeira prisão então porque não libertamos ele? (Ela me olha com seriedade e da meia volta, mas antes de ir eu pego a sua mão de novo e ela me olha)

- Você só pode estar brincando comigo? Você sabe quem é ele? Sabe o por que de estar alí? Sabe se ele é mesmo um inocente? Quem me garante que assim que o soltarmos ele não vai matar a vossa majestade?! Não seja ingênua Sabie!! (Ela se solta e me olha com raiva e da as costas e corre, ai meu luar!! Que saco!!! Lá vai eu voltar só pra salvar ela, de um assassino com 300 anos ou mais)

Sabie- Você tem até razão de dizer que eu não o conheço, mas até parece que eu deixaria alguém sofrendo sabendo que isso é uma injustiça!! Ele não merece isso!! Nenhum ser merece ser preso contra a sua vontade!! Tenho plena certeza que sua prisão foi uma calúnia, eu já li e relir a lenda de Pandora inteira e sei de suas crueldades, ela sempre foi uma tirana com todos, foi até documentadas as histórias onde ela condenava a morte só por não a reverenciar na hora de seus cortejos, ou seja pessoas morriam por nada, eu sinto no fundo de meu coração, que ele está sofrendo por um pecado que não foi cometido por ele!! (Ela disse já estando perto da direção do espelho e com a sua rapidez estava a mas de 10 degraus de diferença de mim, ou seja quanto mais eu andasse mais ela era rápida)

- Princesa, eu mandei voltar!! AGORA!

Sabie- Me diz o motivo real de me afastar, por que até você sabe que eu estou certa!! Me diga a real motivação desta ordem e eu pararei!! (Ela disse isso com algo na mãos, era uma pedra, ela ia usá-la para quebrar o vidro, quando eu chego e bem na hora que ela ia usar sem alternativas eu grito)

- VOCÊ NÃO VÊ QUE ELE É UM VAMPIRO?

Sabie- Vampiro? (Ela olha de novo ao reflexo dele e percebe as presas e sua pele palida e pela roupa que está a usar, era da realeza)

- Agora entende meu desespero? Eu assim que o vi, percebi que ele era um monstro, como você não viu? Esse espelho, era usado em humanos isso eu concordo, mas era em casos extremamente específicos, por isso era mais usado para destruir inimigos por dentro, como os monstros!! Esses seres das trevas, que conseguem tirar a vida de alguém só com os dentes, era mais usado nesse experimento, já que eles eram os seres mais difíceis de matar, então uma tortura mental e física era o ideal a eles... É sério que você não percebeu quem ele era? (Eu digo isso tomando a pedra de sua mão e vejo ela só olhar pro chão, acho que alguém viu que estava errada então...)

Sabie- Então, era isso que você não queria me contar, que concorda em deixar um homem preso pelo resto da vida? Não acha que a morte seria melhor do que deixar ele apodrecer o corpo e a mente neste lugar solitário? (Ela diz ainda olhando o chão e eu a olho com dúvida)

- Algumas medidas dever ser feitas... Você sabe o motivo dele estar aí? Não! Ele pode ter matado milhões ou até destruído uma vila inteira, ele pode até ter matado os próprios familares como monstros que são... Não me venha com piedade em uma hora dessa, eu consigo entender que passou por uma perda grande e que está tentando compensar seu coração ferido tentando salvar um homem, mas é tolice deixar esse ser solto... E nem me venha com essa de sentir, eu também sinto, eu sinto que estamos perdendo um tempo precioso aqui, em vez de estarmos brigando com algo estúpido como este cara, deveria estar lutando pelo nosso povo!! Pois se eles conseguirem as pedras, todos nós estamos mortas e no final seu amiguinho aí nem vai ligar se você morreu ou não... (Eu digo isso e vejo um som de choro e quando volto a olhar pra ela, ela está me olhando chorando, mas está séria com sua cara de desapontamento)

Sabie- Eu, sou Sabie Williams de Alluriam, meu nome e meu sangue está na linhagem de reis e rainhas... (Tá, mas o que tem a ver com o que eu disse?

- Olha só, por favor não me faz te puxar pra cima tá legal? Eu não sou agressiva, e muito menos babá de meninas mimadas okay?! Agora que tal parar de birra e subir co...

Sabie- CALA A BOCA!!

EU SOU A PRINCESA E EU SEI O QUE EU DEVO FAZER!! (Eu a olho e vejo ela com raiva e vejo suas bochechas brilharem de novo, já cansei deste ressentimento bobo e estou farta disso)

- POIS SE VOCÊ É MESMO A GRANDE PRINCESA E SABE MESMO O QUE FAZER, POIS TIRE ELE DAÍ COM MAGIA!!! VAMOS!! EU QUERO VER!! (Eu digo isso no mesmo tom que ela usou e aproveito e fico sentada na escada só esperando ela fazer isso)

Ela com raiva tenta mesmo, mas advinha só? Ela fracassou...

- Tá bem, já chega vamos subir, eu já cansei disso...

Sabie- Não!! Eu irei conseguir e você vai ver como está errada me tratando assim!! (Ela diz tentando mesmo com as mãos olhando pro espelho e até cai uma lágrima de seus olhos)

- Você não vai conseguir quebrar esse artefato nem que fosse uma profissional de magia nível 25!!! Afinal a dona deste espelho é filha de Cruela esqueceu? (Eu digo isso tirando as suas mãos do espelho e lhe abraçando, vejo que a machuquei muito, e não devia ter tratado ela assim, mas não suporto essa compaixão por esses seres...)

Sabie- Cruela? O que a grande rainha Cruela tem a ver com isso? Você mesma disse que esse espelho mágico é feito pela magia de Pandora... Eu sei que Cruela foi sua mãe, mas isso não tem nada a ver, com a aquela rainha louca que só queria sabe de chacinas!! (Ela diz saindo de meus braços e me perguntando, e eu olho pra ela sorrindo, mas triste)

- Cruela, era uma mãe muito protetora apesar de tudo, e isso foi o que me dizeram, ela deu a sua filha um tesouro mágico, um espelho escantado, com poderes magníficos, e foi deste pequeno presente que ela teve a hablidade de multiplicar essa pequena versão em várias, mas esse espelho era diferente, todos os outros que vi, tinha a marca de Pandora e era feito com um matéria complemente diferente, já esse tem a aparência de um espelho comum de penteadeira, tanto que ele é folheado a ouro e tem a marca de outra rainha...

Sabie- Você sempre sabe mais do que eu não é mesmo? Sei que quer me proteger e manter a promessa que fez a minha mãe, mas eu não viveria sabendo que eu poderia fazer algo!! Você sabe não é?

- Quer mesmo isso? Tem certeza?

Sabie- Eu lhe dou a minha palavra, se ele tentar qualquer coisa que possa nos machucar, tem a minha permissão para tirar a sua vida... (Ela diz se afastando e sorrindo e eu respiro e olho pro espelho, é sério que irei fazer isso?)

- Okay!

Respiro bem fundo e olho pro espelho e com a minha espada, eu a agarro com força e tento enfiar no espelho, mas tudo que eu ganho é uma espada completamente quebrada... Eu olho pra Sabie e tudo que ela consegue fazer é rir, então eu a olho vermelha de vergonha, mas eu não desisti!! Eu me concentro e respiro fundo e quando olho pro espelho ele está brilhando então jogou ele direto no chão e com o impacto ele quebra...

Sabie- O que foi que você fez? (Ela diz me olhando assustada e eu começo a desesperar, pois eu acabei quebrando por completo e nada dele!!)

- Eu pensei que se eu quebrasse ele ia... (Eu digo isso, mas assim que eu me dou conta, uma fumaça mágica começa a tomar forma, vinda do espelho ela se estende até formar um homem!!)

Ele nos olha, e a gente apenas fica em silêncio, até ele dar um passo e pisar no espelho, mas depois ele desmorona em nossa frente

Sabie- Comandante!! Venha rápido, acho que ele ainda pode estar vivo!! Veja ele ainda está respirando!! Rápido me ajude a leva-lo para cima!! (Ela diz chorando de felicidade e indo até ele e me chamando para ajudá-la, agora deu mesmo, virei babá de um vampiro e uma princesa)

- Não espera que eu lhe ajude a carrega-lo né? Já basta eu ter tirado ele daquela prisão idiota não acha? (Eu digo fazendo pôse vendo ela tentar levantar ele, mas acaba caindo também)

Sabie- Vamos lá!! Sabe que eu não consigo com o seu peso, nem com o meu próprio eu consigo!! Vamos lá comandante ou está com medo por que não consegue? (Ela diz soltando ele no chão e me desafiando)

- Está me desafiando majestade?! Tem certeza?! Da última vez lhe mostrei que não gosto de ser desafiada!! (Eu digo sorrindo e vendo que ela deixou ele cair e isso o machucou legal...)

Sabie- Exatamente!! A grande e poderosa comandante Rachel está com medo? Então se acovarda desta tarefa?! (Ela diz me dando língua e depois ri eu fui até ela, sorrio e digo)

Rachel- Passa o velhote pra cá, vou lhe mostra o tamanho da minha força!! (Eu digo levantando ele como se não fosse nada, e andando pra cima com ele e ela só me olhando com a boca aberta) - que foi? Tem algo em sua boca para estar tão aberta? Hahahaha

Sabie- Está bem!! Mas eu vou abrindo o caminho okay? (Ela diz se levantando e pegando umas das tochas que tem e indo na frente sorrindo)

O caminho de volta foi bem tranquilo, ela foi na frente sempre cantando e eu apenas andando, mas não sei por que ao olhar esse vampiro sinto algo estranho...

Sinto que já o vi... Mas em uma época diferente...

Lembrança on

Melissa!!

Melissa!!

Eu sinto sua voz, sua amada voz que eu ouvia toda noite...

Nesta chuva que me atinge, eu estou com medo...

Me proteja....

- Melissa... (Eu ouso sua voz)

- Está tudo bem, minha linda... (Eu vejo seu olha assutado)

- ***** está aqui!! (Por que está chorando?)

- Melissa!! (Não me deixe por favor...)

Lembrança off

POV Sabie

Rachel- AAAAAAAHH!! (Eu já estava na entrada da escada já aliviada por salvar esta vida, quando escuto o seu grito, vejo seu olhos se enchendo de lágrimas e o pânico invade a sua mente, ela o joga pra longe e cai no chão em desespero, eu não entendo...)

O que está acontecendo?!

- Comandante!! (Eu vou até ela para tentar ver se machucou ou foi ferida por ele, mas a mesma só consegue olhar pro chão parada sem expressar nenhuma reação, o que está acontecendo?) - comandante!! Responda por favor!!

Vampiro- Ai...

Eu olho ao meu redor e vejo o mesmo com a mão em sua cabeça, mostrando que havia se machucado e acordado devido ao desespero de Rachel!!

Ai meu luar, essa não é a hora e nem o momento de estar sozinha com ele...

O que farei?

- Você!! O que você fez com ela?! (Eu digo me virando para ele, que me olha estranho, não parecia querer me atacar, parecia mais estar com medo de mim, eu sei que nossa situação é contrária e por isso, não poderei mostrar ingenuidade de forma alguma, mesmo sabendo que eu não teria como ganhar dele)

Vampiro- Não precisa ter medo de mim, não farei mal algum a você e nem a aquela que você protege, pelo contrário estou plenamente grato pela sua benevolência a minha pessoa, não sabe o quanto de rainhas e pessoas da corte passaram e me viram preso e tudo que fizeram foi me amaldiçoar ou virar as costas para o meu sofrimento, mas você... Você princesa Sabie de Alluriam, a atual rainha devido a tragédia de sua mãe... É diferente de todas elas... Eu vi o seu pensamento e seu coração e neles eu vi a mais pura alma que eu já conheci... Estou grato pelo seu ato... (Ele diz isso sorrindo e mostrando que está machucado em seu ombro, devido a porrada que levou ao ser arremessado)

Ao ouvir as suas lindas palavras, eu só consigo olha-lo com os olhos cheios de água e cair de joelhos em sua frente...

- Como sabe meu nome? (Eu digo só lhe observando, mas antes dele me dizer algo, só vejo a comandante se levantar e correr em direção a ele com muita raiva)

Rachel- SEU MISERÁVEL!!

FIQUE LONGE DA MINHA PRINCESA!! (Ela diz, isso indo até ele e ele sem entender apenas se desvia de seus golpes)

- Vocês dois parem!! Rachel pare!!!

RACHEL!!!! (Eu digo com medo em meus olhos e grito com força até ela me olhar com clareza, ela parecia que estava hipnotizada por algo, mas ao me ouvir ela parou de ataca-lo e só caiu no chão com medo...

- Rachel?

Vampiro- Que você quer tanto... (Antes dele tentar terminar de falar ela o nocalteia e só vejo ele cai no chão e ela sorrir)

- Rachel!!

Rachel- Não irei lhe matar!! Mas consciente você também não ficará!! (Ela diz e me olha e eu apenas a olho confusa e ela sorri...)

Rachel- Então princesa...

Qual é o seu plano agora?

___________________

POV Nathan

Escuto vozes de duas pessoas e cada vez mais altas... Até perceber bem e abrir meus olhos...

Princesa- Olha parece que ele está acordando!! (Eu abri meus olhos com mais clareza e vejo que estou sentando em uma cadeira, mais minhas mãos estão algemadas, e a minha frente está a princesa sorrindo e ao seu lado sentada perto de uma mesa está a soldada louca que tentou me matar!!)

- Princesa, pode me dizer o por que de eu estar preso? Não lhe disse que mal nenhum faria, por que não confia em mim? (Eu digo triste por saber que ela fez isso comigo)

Princesa- Eu não fiz isso, a comandante achou melhor prevenir do que remediar, eu fui contra, mas era melhor do que eu deixa-la te matar!! (Ela diz isso sorrindo e eu vejo a cara da outra que está com sorriso debochado, igual a todo soldado do reino de Alluriam, esse seres humanos orgulhos!!)

Soldada- Pois fique sabendo que eu lhe deixei vivo!! E isso já é suficiente, quem pode garantir a minha vida e da princesa? Você? Acha mesmo que eu seria tão burra de cair na lábia de um vampiro? Não sei quantos anos você tem, nem quem você era, mas saiba que eu não serei enganada assim tão fácilmente!! (Ela diz se levantando e vindo até mim, mas a adorável princesa a impede e apenas a pede para se acalmar)

Princesa- Sei que está chateado por ela ter te machucado mais entenda o nosso lado, meu povo, minha família e todo meu reino, foi destruído pelo seu tipo, e agora estamos fugindo da morte eminente, então tudo que eu lhe peço que nos ajude!! E colabore está okay?! (Ela diz sorrindo e a outra apenas suspira)

- Compreendo, perfeitamente, então jovem rainha, não vai fazer a sua pergunta?!

Princesa- Como sabia que eu ia...

Soldada- Vampiros conseguem ler mentes humanas, esse é um dos dons mágicos deles!! Eles são rápidos, sabem ler mentes, e são fortes... O ruim deles é que uma luz solar os mata e o destrói... E tem medo de alho só não sei por que...

- Nós não temos medo!! Só que o gosto não é dos melhores, de todas as comidas humanas, alho é o pior... Que nojo...

Soldada- Ainda por cima é fresco... Me poupe...

Princesa- Chega disso, o importante agora é nós sabermos colaborar, agora, como eu ia dizendo, para você nos ajudar, eu preciso saber como te chamar, você tem um nome? (Ela diz sorrindo e contente e a outra lá só com ódio em seu coração e usando palavras de mais baixo calão para me definir...)

- Meu nome é Nathan, sou filho de um dos dozes lordes vampiros do sul!! E atualmente eu tenho cerca de 2000 anos...

Soldada- Pera aí você o que? Lordes do sul? (Ela diz espantada, mas apesar de tanto esforço eu não consigo de forma alguma entrar em sua mente por que será?!)

- Por que está me olhando assim? Não me diga....

Soldada- Eu sinto muito vossa alteza, mas todos do clã dos vampiros, sejam lordes ou apenas servos, foram mortos!! Isso foi a certa de 900 anos, ou seja você tá bem atrasado... (Ela diz me olhando, mas o seu semblante estava sério)

Não é possível...

Todos estão...

Mortos?


Notas Finais


Eu tô vendo que tá cada vez mais grande esse capítulos neh?

Saudades quando era pequenos e fácil...

Mas e a vida , quando a criatividade vem, só quem sofre e meus dedos hahahah

Bom, e isso! Bjs kawaii a todos!!🥳🌌❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...