1. Spirit Fanfics >
  2. T.O.N.Y - Iron heart (Starker) >
  3. Cap. 2: Preste atenção ao seu redor

História T.O.N.Y - Iron heart (Starker) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que me desculpem pela demora.

Boa leitura!

Capítulo 3 - Cap. 2: Preste atenção ao seu redor


Fanfic / Fanfiction T.O.N.Y - Iron heart (Starker) - Capítulo 3 - Cap. 2: Preste atenção ao seu redor

— Peter? — Steve parou o jovem ao chama-lo. Se aproximou do garoto achando estranho o ver ali naquela hora, sendo que o viu sair um pouco mais cedo. — O que faz aqui?


— É… — Peter ficou sem saber o que dizer. Olhou ao redor como se procurasse uma rota de fuga.


— Não teve aula hoje? — o loiro concluiu, só assim para o garoto estar em casa, passou por ele e seguiu até a geladeira e pegou uma garrafa de água e bebeu um gole enquanto olhava para o jovem que parecia meio perdido. Peter estava muito estranho.


— Não? — Steve franziu as sobrancelhas com a resposta do garoto. — Quer dizer… É… é isso mesmo, não tive aula. — sorriu e coçou a nuca.


— Certo. — “O que ele tem hoje?” — Quer treinar comigo? — convidou.


— Desculpe, senhor Rogers, mas não posso.


Peter se virou e saiu correndo deixando Steve preocupado na cozinha. Nos últimos dias o garoto andava estranho e muito esquivo. Quase ninguém conseguia arrancar mais que três ou quatro palavras dele.


— Ele me chamou de senhor Rogers? — falou sozinho.


Sua atenção foi chamada pela reportagem na TV e no cantinho da tela dizia que era ao vivo. Franziu as sobrancelhas e olhou para a porta por onde Peter tinha acabado de sair.


— Como é possível?


— Falando sozinho, Steve? — loiro virou para Clint que entrou na cozinha indo até a geladeira. — Aconteceu alguma coisa Capitão?


— O Peter… Não é nada. — balançou a cabeça.


Olhou para a TV uma última vez antes de sair da cozinha e seguir para seu quarto para tomar um banho. Talvez estivesse muito cansado e estivesse imaginando coisas. Clint deu de ombros e pegou uma fatia do bolo que estava na geladeira e sentou para comer na bancada. Na TV passava uma reportagem onde mostrava o homem aranha prendendo alguns assaltantes de banco. Nada de novo... Clint parou a mão que levava o bolo a boca que estava aberta. Na TV agora mostrava um homem de uniforme vermelho e preto lutando junto com o homem aranha e Clint sabia quem era: Deadpool.


— Será que foi isso que preocupou o Capitão? — falou com si mesmo. — Mas Tony não ia gostar nem um pouco de ver Peter andando com esse cara.


[…]


— O que eu disse sobre matar pessoas? — Peter tirou a máscara ao ver que estavam em um lugar seguro.


— Que é errado e que não posso fazer. — ele disse como uma criança que levava bronca do pai por quebrar as regras. — Mas Babyboy…


— Peter! Meu nome é Peter! — falou irritado.


— Okay! — Wade ergueu as mãos. — Eu não queria matar aquele homem… só errei a mira.


Peter respirou fundo e esfregou as têmporas, depois apontou para Wade.


— Sem armas, Wade! Se vai lutar ao meu lado deixe suas armas em casa! Entendeu?


Wade balançou a cabeça. Peter estava irritado e era melhor apenas concordar com o que ele dizia, mas nunca se separaria de seus armas.


— Peter…


— Não!


Antes que Wade falasse mais alguma coisa, Peter colocou a máscara e correu pulando do prédio. Wade ficou apenas olhando ele se afastar e resolveu não o seguir. Tinha seus próprios trabalhos para fazer o que o deixaria alguns dias longe de Peter. E ainda tinha que ir atrás do cara que tinha matar.


[…]


Peter estava mais uma vez no laboratório. A cápsula aberta enquanto ele terminava de ajustar algumas coisas no esqueleto que logo seria coberto com a pele sintética. Olhou para o celular que tocava outra vez e na tela aparecia o nome Ned, ele era insistente. Ignorou como vinha fazendo há um tempo. Depois da morte de Tony ele foi se afastando dos amigos aos poucos por não sentir vontade de sair com eles e só ia para a faculdade por saber que o dinheiro que pagava as mensalidades era de Tony. Decepcionar Tony era a última coisa que queria e faria mesmo que ele já não estivesse mais ali.

Olhou para a outra cápsula. A curiosidade de saber o que tinha ali dentro era enorme, mas levando em conta o que o holograma de Tony disse… Peter parou o que fazia e deu a volta na cápsula em que trabalhava e se aproximou da outra. Tocou sua superfície.


— Spider! — chamou.


— Sim, senhor Parker?


— Aqui dentro tem outro androide, não é. — estava afirmando e não perguntando. Se o holograma disse que Tony fez testes antes, então era outro androide ali dentro. — Estou certo?


— Está correto, senhor.


— Qual a aparência dele? E por qual motivo eu não posso ver? — era isso que o incomodava. Não poder ver o androide. O que tem de errado nele?


— Ordens do senhor Stark. Não posso revelar nada sobre isso, me desculpe, senhor Parker.


— Tudo bem. Eu vou descobrir uma forma de abrir. — deu umas batidinhas na cápsula. De um jeito ou de outro iria abrir a segunda cápsula.


Voltou a trabalhar e logo fechou a cápsula que começou o processo de cobrir o esqueleto com a pele sintética. Segundo as anotações de Tony o androide seria muito parecido com um humano em tudo.

Peter bocejou e foi sentar no sofá, o processo iria demorar algumas horas e ele poderia estudar um pouco. Pegou os livros e se ajeitou de forma a ficar o mais confortável possível e começou a ler, mas não passou nem cinco minutos e suas pálpebras pesaram e ele foi fechando os olhos lentamente. Da primeira vez Peter piscou e esfregou os olhos tentando espantar o sono, mas depois acabou se rendendo. O sono pesou e Peter abraçou o livro, mas ainda ouviu uma porta se abrir ao longe e também sentiu quando uma coberta foi posta sobre si e o livro tirado de suas mãos. Abriu os olhos o suficiente para ver a silhueta de alguém inclinado sobre si, mas não conseguiu ver o rosto e a vontade de dormir era maior que a de descobrir se era real ou já estava sonhando.



Continua…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...