História Too Good At Goodbyes - terceira temporada - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Girls' Generation, TWICE
Personagens Dahyun, G-Dragon, Jeon Jungkook (Jungkook), Jessica, Kim Taehyung (V), Lu Han, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Suho, Taeyeon, Tiffany, Xiumin
Tags Yoonmin Taekook Romance
Visualizações 21
Palavras 1.897
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - A primeira regra foi quebrada


 

 

                                           

Meu amor, ele me faz sentir como ninguém

Ninguém

Mas amor, ele não me ama

Então digo a mim mesma, digo a mim mesma

                                                                     

Ainda tentava assimilar o que ocorreu no festival de música queria entende a aproximação repentina de Jimin e sua atitude em seguida, nossa relação de amizade não pareceu mudar ao menos na parte dele pois eu sentia como se estivesse em um território perigoso onde qualquer atitude errada arruinasse tudo.

- Amor algum problema? Você parece tão distante nos últimos dias - Tiffany pergunto demostrando preocupação em seu tom de voz, terminava de comer um lanche com ela em uma lanchonete próxima da casa dela, gosta da companhia dela apenas como amiga porém não sabia como termina aquele relacionamento. 

- Apenas coisas do trabalho nada de mais - Tentei parece convincente e pela mudança de postura dela acreditei ter conseguido. 

- Por falar em trabalho recebi uma boa proposta uns dias atras, mas ainda não sei se devo aceita-la - A olhei e ela parecia perdida em seus pensamentos enquanto brincava com o canudo de sua bebida. 

- E qual proposta? - Senti uma curiosidade se formando em meu interior. 

- Para trabalhar em Nova York, iria trabalha com uma estilista muito influente a Jessica mostro alguns de meus modelos a ela - Tiffany deu um curto suspiro sabia que ela e Jessica se conheciam a um tempo por já terem se cruzado durante desfiles. 

- Não entendo muito do mundo da moda e alta costura nem nada disso, mas acredito que uma proposta para trabalhar em Nova York é algo grande. 

- É sim meu antigo sonho era trabalhar lá... mas agora... - Notei a duvida em sua voz e lamentei por ser parte dela, não queria que nosso relacionamento fadado ao fracasso a impedisse de seguir sua vida. 

- Se é por nos, acredite quando digo que aceitarei e vou apoiar sua decisão seja ela qual for. - Segurei em sua mão transmitindo um conforto e apoio. 

- Eu sei disso, já sabia que receberia esse tipo de resposta você é o melhor namorado do mundo todo - E novamente suas palavras me levava ao chão, como conseguia fica tão feliz com a ideia dessa garota se afasta, sair da minha vida quando ela é tão perfeita. - Tenho um tempo para pensar sabe algumas semanas, ate lá quero seguir minha vida com normalidade sem que isso mude tudo antes do tempo. 

- Quando o momento chega pode conta comigo seja qual for sua escolha. - Se não conseguia termina com ela e se ela estivesse disposta a fica comigo seguia em frente com o relacionamento. 

Acordei no dia seguinte com o toque de meu celular e abrir os olhos sem vontade alguma de levantar nem ma minha folga poderia dormi o tanto que planeja que seria o dia tudo, puxei o celular da mesa de cabeceira era uma chamava de Jimin atende com a voz arrastada pelo sono. 

- Desculpa não queria te acorda. - Escutei a voz de Jimin e sentei melhor na cama ficando encostado na cabeceira. 

- Tudo bem pode falar já que me acordo mesmo - Ser rude quando meu sono era interrompido era algo comum. 

- É que o Minseok vai ter que viajar resolve uns assuntos de família, e eu odeio fica sozinho em casa e queria saber se você quer fica esse tempo aqui comigo. 

Uma voz gritava para que respondesse um claro e definitivo não de forma direto que não deixasse espaço para insistência mas foi traído por minha boca e responde um sim, em desespero peguei o travesseiro e apertei contra meu rosto soltando apenas quando precisei de ar e deixei meu corpo cair novamente sobre a cama,'' parabéns Min Yoongi você é um gênio fique na mesma casa da pessoa que você deve manter distancia.''

Arrumei minhas coisas em uma mala tranquei a casa e dei uma boa olhada em tudo antes de seguir para garagem ia passar um tempo fora o que era normal mesmo assim detestava fica afastado de meu lar. Ao chegar na garagem abri o porta malas e joguei minha mala de qualquer jeito antes de ir para a casa de  Jimin foi para casa de Momo Luhan passaria o dia todo fora então teria boas horas com minha melhor amiga a sós não que detestasse a companhia de seu marido porem fica de vela era chato. 

- Você é a pessoa mais idiota que eu conheço Yoon - Momo disse, estava sentado ao seu lado em sua confortável coma comendo um monte de bobagem que fazia parte do desejo de grávida dela. 

- Não posso negar ou só gosto mesmo de sofre, passar tanto tempo com ele definitivamente não será bom para nossa amizade. 

- Ou os dois vão se agarra por cada canto daquela casa ou você vai perde um amigo é isso que eu acho - Momo parecia se diverte com minha situação e nesse momento ficava a pergunta do motivo pelo qual ela era minha melhor amiga. 

- Nem um dos dois vai acontecer - Falei firme, minhas regras eram clara e nunca seria capaz de quebrar elas, era nisso que ficava firme. - Sabe que tenho regras não vão quebra-las - Peguei outro doce e comecei a comer. 

- Lembre-se que você já quebro uma delas meu caro Yoongi, você se apaixono por ele.

- Essa era uma regra que só envolvo a mim mesmo e não outras pessoas, as outras que devo realmente seguir não serei segunda opção e nem a merda de um amante ao menos tenho um pouco de dignidade. 

- Você começou a joga-la fora quando aceito ir ate a casa dele e nos dois sabemos disso. - Revirei meus olhos detestava Momo por ela saber exatamente como me sinto e conhece cada parte minha tão bem. 

Ficamos conversando e comendo bobagem ate que resolvi ir para casa de Jimin, estava na porta da casa dele com minha mala de lado respirei fundo e bati na parta era só um tempinho nada iria acontecer nesses dias ele agora era ''casado'' e eu tinha uma namorada maravilhosa a qual seria fiel e de qualquer forma Jimin não seria capaz de trair o homem que ama mesmo que sentisse algo por mim nem que fosse atração; não demoro muito para ele abrir a porta e dar aquele sorriso maravilhoso. 

- Você demoro tanto, achei que tinha mudado de ideia. - Ele reclamo fingindo estar chateado. 

- Passei na casa da Momo antes - Entrei puxando minha mala olhando com calma cada canto daquele apartamento que eu conhecia tão bem. 

- Irei mostra seu quarto já organizei tudo para você se sentir em casa - Jimin pego em minha mão e foi com ele ate o quarto de hóspede que ficava de frente para o dele apenas um corredor nos separava ele abriu a porta do quarto e disse que podia finca a vontade para organiza minhas coisas, assim fiz quando ele saiu tirei tudo de dentro da mala colocando no guarda-roupa não levei muita coisa apenas o essencial, terminei de arruma tudo e foi atrás de Jimin o encontrei na cozinha ele cantarolava terminando de prepara o jantar. 

- O cheiro é muito bom - Falei atraindo sua atenção que olho por cima do ombro. 

- É Bibimbap espero que o sabor fique tão bom quanto o cheiro - Ele falo apagando o fogo. 

- Posso ajuda-lo em algo?

- Sim, pode organiza a mesa? 

Apenas concordei com um gesto e Jimin foi falando onde ficava cada coisa tudo era muito organizado o que chegava ate dar uma agonia, era uma pessoa organiza e gostava de tudo em seu lugar mas ate minha organização continha uma pequena bagunça para mostra que era alguém com falhas e nem tão perfeito, fiquei pensando na vida perfeita que Jimin conseguiu e como ela seria comigo ao seu lado, iria trazer a desordem ao seu paraíso? Quem sabe essa resposta nunca teria já que nunca seria o caos na vida perfeita de Park Jimin. 

A conversa surgia naturalmente entre nos dois nossa liberdade era grande um com o outro uma parte estranha era que nem um nunca tocava no assunto relacionamento essa parte de nossa vida era sempre deixada de lado um comentário ou outro ate surgia porem não era de maneira profunda confidência que melhores amigos trocam, sabia do relacionamento de Luhan e Momo os dois não revelava cada detalhe mas ajudava com brigas, quando um queria fazer uma surpresa para o outro, essas coisas mas Jimin nunca falava nada apenas afirma que era feliz ao lado de seu amado e como gostava dele, mas nunca conto os detalhes de suas viagem juntos ou sobre alguma briga nada do tipo e isso fazia com que eu pensasse que ele sabia de meus sentimentos e evitava esse assunto apenas para não me magoar afinal para nossa amizade sempre se manter a mesma ela precisava ser fundada em falsas verdades. 

- Afim de assistir um filme? - Jimin pergunto depois que termino de guarda os pratos. 

- Pantera negra - Nem precisava pergunta já sabia que a resposta seria sim então seguimos para o quarto dele onde a tv era enorme e dava aquele clima de cinema, já tinha tomado banho e estava com minha confortável roupa de mendigo que usava para dormi era um pijama muito velho e continha ate uns pequenos fruros porem eu amava muito ele e Jimin usava apenas uma bermuda e tentei não fica olhando seu corpo, mantive minha atenção apenas no filme falava algo breve sobre os personagens e quando acabo era hora de ir para meu quarto. 

- Boa noite Jiminnie - Falei levantando da cama essa coisa de apenas melhor amigo não era tão difícil assim não quando se acostumava com o passar do tempo. 

- Boa noite Yoon, então vai querer um beijinho de boa noite? - Ele deu um sorriso de lado. 

- Como poderia dormi sem seu beijinho de boa noite? - Falei com ironia e ele engatinho na cama ficando de joelhos na beirada e coloco uma mão em meu rosto o puxando para perto do seu meu coração batia rápido e tentava não parece que estava entrando em desespero o que sempre acontecia quando ele me tocava como se uma energia passasse do corpo dele para o meu era como se eu fosse atraído para ele de uma maneira que não tem lógica ou explicação, senti o toque de seus lábios em minha bochecha e como se meu corpo se movesse contra minha vontade coloquei minha mão em seu rosto e beijei a sua testa e em seguida a ponta de seu nariz e me afastei aos poucos. 

- Bons sonhos, cuido para não ter sonhos errados comigo - Falei brincando tentando afasta o clima que se formo apenas em minha imaginação. 

- Digo mesmo Yoongi - O tom manhoso de voz era exitante e para não fazer nada errado sair do quarto, se pensava que Jimin sabia dos meus sentimentos e me tratava dessa forma então ele apenas brincava comigo? Mas ele não seria capaz de tal ato seria? Balancei a cabeça afastando esses pensamentos deveria parar de pensa nisso e foca em outras coisas pois ou perguntava isso diretamente a ele ou pirava tentando chega a uma conclusão logica. 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...