História Too Good To Say Goodbye - 2° Temporada - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bruno Mars
Personagens Bruno Mars, Dwayne Dugger, Eric Hernandez, Jamareo Artis, James King, John Fossit, Kameron Whalum, Personagens Originais, Philip Lawrence, Phredley Brown
Tags Amor, Brasil, Bruno Mars, Brunomars, Comedia, Drama, Ficção, Hot, Musica, Romance, Sexo
Visualizações 198
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Trilha sonora:
Arman Cekin - Run

Capítulo 18 - Vem casamento


Fanfic / Fanfiction Too Good To Say Goodbye - 2° Temporada - Capítulo 18 - Vem casamento

Ainda na mesma noite do dia 20/07... Eles estavam sozinhos no quarto do hospital... Bruno cuidava dela...

Emy: Eu quero voltar logo pra Los Angeles, quero voltar a trabalhar, quero voltar pra minha vida de antes...

Bruno: Nós vamos voltar, mas só depois de nos casarmos

Emy: Como assim?

Bruno: Eu quero me casar logo, quero nossa união abençoada em uma igreja.

Emy: Aqui?

Bruno: Sim, aqui... claro, se você ainda quiser se casar com o havaiano mais gostoso do planeta.

Emy: Claro que eu quero -Se beijaram- O havaiano mais gostoso do planeta é todo meu, você acredita? -brincou

Bruno: É, ele é todo seu -sorriu e voltou a falar sério- Daqui 10 dias.. 

Emy: O que?

Bruno: Nosso casamento...

Emy: Sério? Como assim? Você planejou alguma coisa?

Bruno: Não, não tem nada planejado, mas não se preocupe... 

Emy: Posso te pedir uma coisa? -ele concordou com a cabeça- Eu não quero nada muito grande, quero o mais simples possível... em um lugar discreto..

Bruno: Só para a família, o que acha?

Emy: Perfeito

Bruno: Eu vou tentar trazer meu pai, os meninos (da banda) e minhas irmãs... Eu duvido que todos irão vir, mas vou tentar.

Emy: ta ótimo...

Bruno: Conheci uma igreja linda há alguns meses atrás... pequena, discreta... Você vai amar

Emy: Olha, estou curiosa em...

Bruno: Provavelmente você conheça -Ele fez uma pausa e enquanto colocava uma mexa de cabelo dela atrás da orelha disse: Ansioso para te ver toda de branco.... vestida de noiva... A noiva mais linda...

A pedido de Lester, ele se deitou na cama hospitalar com ela, com o maior cuidado do mundo, na beradinha ele se aconchegou.

Emy: Você continua me amando?

Bruno: Cada dia mais... Você tem alguma dúvida disso?

Emy: Não, não... É que eu gosto de ouvir você dizendo.

Ele a beijou..

Bruno: Eu não passei um dia se quer sem dizer "eu te amo" pra você e nem vou passar.

Emy: Eu te amo...

...

Por volta das 8 horas da manhã, Alisha entra apressada no quarto...

Alisha: Bruno você pode nos dar licença, por favor? Preciso falar com a minha irmã. -Estranhando a situação, Bruno olhou para Lester- Por favor Bruno?

Bruno: Tudo bem...

Ele deu um beijo em sua noiva e deixou o cômodo...

Emy: O que houve?

Alisha: Ele me procurou... -disse em voz baixa, com medo que alguém ouvisse.

Emy: Ele quem?

Alisha: Ele Lester -Fez uma careta e Lester se lembrou de quem se tratava. 

Emy: ai meu Deus -disse se ajeitando na cama, preocupada- achei que essa história ja estava enterrada

Parece algum tipo de segredo entre elas, segredo antigo...

Alisha: Eu disse pra ele que você não estava no Brasil... mas logo ele vai descobrir, quando ele descobrir que o Bruno está no Brasil, vai deduzir que você também está.

Emy: E o que ele queria?

Alisha: Ele quer quebrar a sua cara, você sabe... ele só falava "ela vai pagar"....

Emy: ah que merda

Alisha: Lester, ele só vai sossegar quando te achar...

Emy: Ele não pode me achar, ta louca?

Alisha: Você precisa dar um jeito... Você sabe, nós três estamos nas mãos dele... Você precisa fazer alguma coisa... se ele abrir a boca, você sabe o que vai acontecer com a gente...

Emy: Isso não tem nada a ver com aquilo... Ele não vai falar nada, se fosse falar alguma coisa sobre isso, ja tinha falado, faz tempo...

Alisha: Ele não tem mais nada a perder...

Emy: Eu vou dar um jeito, preciso sair do Brasil logo, aqui não é mais seguro pra mim... Ele não pode me achar... O foda é que o Bruno quer casar primeiro.

Alisha: Eu se fosse você, tiraria ele logo daqui... É perigoso sobrar até pra ele...

Emy: Ele não vai chegar perto do Bruno, eu vou tirar ele daqui... Agora sobre o outro assunto.... o Bruno nem sonha com isso, até hoje não soube, não vai ser agora... eu e você ja voltamos à nos falar, ele não vai desconfiar de nada.

Alisha: Tem certeza?

Emy: Eu vou dar um jeito de calar a boca dele... relaxa.. Eu só preciso de tempo pra colocar minha vida no lugar de novo... Falou com a Luana já?

Alisha: Não, ainda não...

Emy: Isso é tudo culpa sua, você sabe... Não tinha nada que me acusar daquela forma na frente do papai e da mamãe.

Alisha: É mais precisava parar de falar comigo por causa disso? Se nós não tivéssemos nos afastado, ja tínhamos resolvido isso...

Emy: Ata, até parecer, você sabe que não.. Me afastei porque ja estava cansada disso, de tentar te proteger e jogar na minha cara que a culpa é minha. Sorte sua que agora vai com a gente pra Los Angeles.

Alisha: É, da pra ganhar tempo.

Emy: Sinceramente, eu achei que ja tinha me livrado disso... Pelo menos por uns sete anos...

Alisha: você sabia que ele não ia ficar lá por muito tempo

Emy: Eu não sei de mais nada...  Nós tínhamos que achar ela, ja ajudava muito... afinal, tudo indica que foi ela

Alisha: Ela ja sumiu há uns 4 anos, porque ela voltaria agora?

Emy: Voltar ela não volta, o único jeito é achar mesmo...

Alisha: Barcelona Lester

Emy: Não.. A Luana ta há anos lá e não viu nem sinal dela.. ou você esqueceu que a Luana foi morar la pra procura ela? -fez uma pausa, parecia pensar em algo- Enquanto eu estive lá, também não soube de nada... Lá ela não está.

Alisha: Barcelona é grande

Emy: Eu sei, mas não da pra mim sair de casa em casa perguntando se ela está lá... Manda a Luana vir aqui mais tarde, assim conversamos nós três juntas... precisamos pensar em alguma coisa... Não posso ter meu nome envolvido nisso... Luana também não.... Você já tem né... Se ele abrir a boca, você é a primeira à rodar.

Alisha: ta bom

Emy: Fala pro Bruno entrar quando você passar por ele... e sorri... Não passe que você está preocupada..

Alisha assentiu e saiu do quarto.

...

Mars entrou...

Bruno: e ai.. Esta tudo bem?

Emy: Sim -sorriu pra ele- Você não quer ir pra casa? Descansar um pouco, ver como os bebês estão...

Bruno: É eu vou... vou pedir pra Luana ver algumas coisas pro casamento... -Disse pegando sua mochila

Emy: Ela vai vir aqui mais tarde... Vou pensar no meu vestido já...

Bruno: Pense no mais perfeito possível, okay? E de preferência um bem fácil de tirar. -Olhou safado pra ela.

Emy: Oh.. Claro.. 

Bruno: Eu não quero ter que rasgar ele.. -Andou com passos lentos para perto da cama.

Ela o puxou para um beijo... um delicioso beijo...

Emy: Você vai tirá-lo rapidinho? -Perguntou mordendo os lábios ainda com sua boca próxima à dele.

Bruno: Muito rápido... Quando notar ja estará -Fez uma pausa- nua -Disse em um sussurro.

Emy beijou o pescoço dele e foi ai que foram interrompido pelo Dr. que entrou no quarto.

Dr: Ohh.. Vejo que está tudo muito bom aqui -fechou a porta- Trago notícias Boas...

Emy: obaaaa

Bruno: Vamos, diga Dr.

Dr. Hmmmm... Lester, amanhã a noite você já poderá ir pra casa..

Eles comemoraram.


Notas Finais


Comentem...♥
E amanhã tem capítulo novo da fic 1990


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...