1. Spirit Fanfics >
  2. .touch - noren; >
  3. Uniq.

História .touch - noren; - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


vcs q lutem pq a deusa voltou real oficial agr

Capítulo 1 - Uniq.





quando você sai da vida de trainee e vira um idol aclamado, as suas vontades normalmente não são correspondidas e acaba se tornando um frustrado na vida. 

não que renjun odiasse sua carreira, longe disso. amava seu emprego e a idéia de poder compartilhar a sensação incrível e única quando estavam em cima do palco, perfomando suas belas músicas que levavam o público à loucura. 

mas huang ainda sim era um humano e tinha lá suas vontades obscuras; só precisou os demais membros apagarem as luzes dos corredores para o chinês pegar seu inseparável amigo e se deitar na cama com as pernas abertas. 

— ahn... — gemeu sôfrego quando encaixou a extensão mediana do vibrador no seu cuzinho melecado pelo lubrificante, estimulava com tanto vigor na medida em que punhetava seu pau sedento por contato. — i-inferno! — começou a socar com força o brinquedo no seu íntimo, rebolando com necessidade enquanto tentava controlar seus próprios gemidos. 

tornou os movimentos mais ágeis, reslavando vez ou outra no seu pontinho sensível quando começou a cavalgar rapidamente sobre o consolo. apertava seus próprios mamilos eriçados, fechando os olhos e aproveitando a combustão do seu corpo. 

estava tão imerso ao seu próprio prazer que não notou seu namorado chegando sorrateiramente, mordendo o lábio inferior com a visão tão nítida do chinês se fodendo deliciosamente com aquele brinquedo; por outro lado, sentia ciúmes e inveja também porquê seu almejo de estar satisfazendo o menor era gigante.

pensando assim, não tardou em se aproximar do menor e encaixar-se atrás deste, causando um solavanco no corpo molinho de huang que sabia de quem se tratava. 

afinal, lee tinha toques tão minuciosos e únicos. tão exuberantes que deixava o rapaz ofegante ainda mais delirado do que estava. 

— shhh, papai tá aqui pra cuidar de você. — beijou o ombro do menor, antes de afundar seu rosto na curvatura do pescoço do mesmo para alí despejar toda a vontade de marcar a pele leitosa do namorado. — abre as pernas, neném. 

— nono... — jogou sua cabeça para trás e abriu as pernas como fora pedido, largando o brinquedo e o deixando na posse de jeno que sorriu. — ahn, nono! — seu corpo contraiu por completo com a investida certeira do coreano que sorriu. — d-de novo... 

— você gosta assim, meu amor? — indagou alargando as pregas do menor conforme aumentava o ritmo das estocadas, usando a mão desocupada para masturbar o caralho deste. — tão gostoso meu garotinho. 

— uhn, nono... e-eu quero mais... — pedia quando começou a se esfregar no corpo esguio do moreno, tomando o rosto dele entre suas unhas e iniciando um ósculo rápido e desesperado. 

a forma como mamava a língua de lee era erótica demais para o coreano que se deleitava entre suspiros e gemidos roucos, deixava o menor tomar o controle do beijo para assim se dedicar a foder aquele buraquinho rosado e maltratado como tanto queria. 

substituiu o console por seus dedos que começaram a fazer um trabalho prazeroso, levando renjun a uma loucura insana de prazer e excitação, acolhia sem pudor os dígitos do moreno quando rebolava com afinco no mesmo instante em que cavalgava no colinho do rapaz que ainda usava roupas demais. 

jeno com a sua agilidade, levou o menor a um ápice intenso fazendo com que a barriga e a virilha deste ficasse sujas pela porra que viera repentinamente após as investidas na masturbação. 

— está melhor, amor? — indagou baixinho, esperando o namorado se recompor; o que não demorou muito visto que renjun se virou para encarar o moreno. 

— uhum, mas agora eu não quero seus dedos ou o brinquedinho. eu quero seu pau me fodendo bem gostosinho, papai. você consegue dar isso ao seu garotinho, hm?


Notas Finais


final aberto ok n eh p pedir bonus pq a mamai nao aguenta


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...