1. Spirit Fanfics >
  2. Tourette. >
  3. Eu tenho com quem contar!!

História Tourette. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


NAO ROMANTIZEM TICS SEUS PAU NO CU ISSK É SERIO NAO TU NAO TEM TIC TU TEM FOGO NO CU

Capítulo 1 - Eu tenho com quem contar!!


Hinata se batia violentamente enquanto xingava dos palavrões mais obcenos que se dava pra imaginar. Seu rosto estava vermelho e os olhos inchados de choro; a cabeça se movia involuntariamente para todos os lados — assim como todo o seu corpo — e latejava de dor. As juntas dos braços doloridas e a respiração descompassada, além do estômago embrulhado.

Estava assim já há alguns minutos, aquela crise estava sendo forte e seus tics cada vez mais violentos. Sua clavícula estava roxa devido aos socos que ele mesmo se dava e seus gritos cada vez mais altos. Por sorte, havia conseguido se trancar no banheiro da quadra antes de todos chegarem: sentia vergonha das suas crises, não se sentia normal e isso o destruía tanto física quanto mentalmente.

Agora ele estava sentado num canto, ada vez mais ele se machucava e a crise não parava — parecia até estar ficando mais forte, nada adiantava, nada parecia funcionar para ajuda-lo a sair daquela maldita crise... Estava perdendo as esperanças de conseguir se parar sozinho e já estava completamente esgotado para lutar contra todos os fatores involuntários de seu corpo...

Até sentir duas mãos segurando seus braços longe do corpo.

Kageyama estava ali. Finalmente estava ali. Era ele que sempre sabia o acalmar durante as crises.

O Setter abraçou o Middle Blocker, tanto para protege-lo quanto para conforta-lo. Agora os socos eram desferidos na parte de trás de seus ombros e ele recebia algumas cabeçadas e chutes; estes que faziam com que Tobio resmungasse de dor as vezes — podia não parecer mas Shoyo era extremamente forte, e seus tics pareciam aumentar sua força ao limite.

Aos poucos a crise foi passando, a expressão de choro e desespero do ruivo dando lugar à expressão mais cansada que possuía, tossindo em ânsia enquanto a respiração ofegante fazia seu peito subir e descer, pedindo pelo ar que por tantos minutos o faltou.

Agora, já mais calmo, Hinata encarava a face irritadiça de Kageyama, ainda meio sem ar.

— Eu já falei pra você não se esconder. — Ditou irritado. — E se eu não chegasse a tempo? E se você se machucasse feio antes de alguém chegar?

— Desculpa... — Respondeu o ruivo, sentido.

— Só não se esconde mais, ok? Qualquer um do time pode te ajudar com isso, não precisa se envergonhar. — O outro assentiu, sentindo o maior tirar a camisa de seu corpo para avaliar os machucados.

— Vai precisar de curativo? — Shoyo era inseguro sobre encarar-se após uma crise (principalmente quando se batia tanto quanto agora), então pedia para que Tobio olhasse para si.

— Acho que só na clavícula, ta bem roxo... — O ruivo suspirou.

Os dois saíram de lá, dando de cara com todo o time que se preparava para o treino; mas que voltaram toda a sua atenção ao baixinhos de cabelos laranjas esvoaçados e em seus machucados, logo correndo para oferece-lo todo o apoio que precisava.

Suga amaldiçoava a quinta geração da família de Hinata por não ter pedido ajuda, Daichi ia pegar os curativos junto de Asahi, Yachi e Kyoko o abraçavam tentando oferecer apoio, Tanaka e Noya lhe deram água e os restantes lhe diziam que estariam ali sempre que precisasse. Todos tentando deixar a atmosfera mais confortável para o Middle Blocker, que se sentiu mais do que confortável com a presença tão calorosa de todos ali.

Ele sabia que tinha com quem contar.

— Eu tenho com quem contar...!! — Disse para si mesmo, baixinho, se permitindo ser cuidado pela primeira vez.


Notas Finais


vocês não estão sozinhes meus anjos <3
titio south ama titio south cuida


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...