1. Spirit Fanfics >
  2. Towards The Sun. (Imagine BTS) >
  3. Querer o que é meu.

História Towards The Sun. (Imagine BTS) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


╭═• ೋஜ•✧🖤ℒℴνℯ🍷⃟❁🖤๑✧•ஜೋ •══╮

೫๑》bem vindos a mais um capítulo!《๑೫
╰══• ೋஜ•✧🖤ℒℴνℯ🍷⃟:ℒℴνℯ.•ஜೋ •══╯

Capítulo 12 - Querer o que é meu.


Fanfic / Fanfiction Towards The Sun. (Imagine BTS) - Capítulo 12 - Querer o que é meu.

Jimin P O V

Eu estava sentado à mesa do jantar, com todos da minha família reunidos, na nossa família tem minha mãe que é dona de todo o patrimônio que era dos pais dela e também ela herdou recentemente todos os bens dos meus avós, e meus tios que são donos de multinacionais, empresas grandes, e só temos uma tia, que é tia Regina Wu, ela é viúva e única filha mulher da vovó, ela era casada com um grande banqueiro, então ela ficou com toda a fortuna dele, e ela é mãe do tio Kris, que é mãe daquele tatu bola fêmea, do Bárbaro, ele é um maníaco compulsivo por homens especificamente eu.

Quando éramos crianças, ele me atacou enquanto eu dormia, e tipo se grudou de um jeito em mim e não me soltou por nada, quase me matou sufocado de tanto que me apertou, só conseguiram tirar ele de cima de mim com o tio Kris dando uns tapas nele, e desde então ele é meu stalking, ele me segue nas redes sociais e ameaça qualquer menina que sair comigo em vídeos, fotos, seja o que for, todas minhas amigas mulheres, minhas primas ele já ameaçou de morte, ele é psicopata. Ele fica me secando durante o jantar e eu não via a hora de terminar pra poder sair dali logo, até que meu tio quebrou o gelo que estava, ele é CEO de uma multinacional de minério.

_ bom que reunião é essa Seok Jin, eu tenho um voo para Miami, às cinco horas, por tanto poderia me adiantar o que seria.

Jin: _ eu super entendo todos vocês que estão aqui, eu sei o quanto vocês tios, tias, trabalham e se esforçam, pois eu comando uma empresa de potência em toda a coreia e praticamente no mundo, então também não estou de brincadeiras, mas quem convocou essa reunião aqui foi a nossa queridíssima tia Regina Wu.

_ há você Regina. Fala logo o que você quer.

_ Regina porque não falou quando estávamos todos reunidos no velório da vovó?

Kris: _ nossa... Tio Eugênio, aquele não era o momento, né mamãe.

Regina: _ exatamente. Bom, meus queridos irmãos, primos, e meu sobrinho e querido Jin, eu venho aqui comunicar a vocês que eu quero parte no patrimônio da vovó. Eu tenho direito como sendo a única filha mulher.

Jin: _ como é que é? Você quer dizer que quer a metade do meu patrimônio, é isso?

Regina: _ exatamente eu quero essa mansão, pois era da vovó, e metade da empresa Seok Jin.

Jin: _ has...

_ impossível Regina, a vovó passou em vida, todo o patrimônio dela ao Jin, ele sendo o mais novo e sendo filho da Stella e do Estevam, que eram donos da empresa, ele ficou com tudo, ele sempre foi o herdeiro de tudo.

Kris: _ mas não mesmo! O patrimônio da vovó era muito mais do que o patrimônio dos pais do Jin.

_ não Kris Wu, você e a sua mãe estão errados, vocês não tem como pedir isso.

Regina: _ bom eu vejo que vocês não estão de acordo comigo.

Jimin: _ mas é claro que não, a minha Omma sempre tocou sozinha toda essa empresa. E você nunca sequer colocou os pés aqui nem pra ver como a vovó estava. Você não tem esse direito.

Kris: _ haha o pequeno filhote resolveu colocar as garrinhas de fora, não nega que é filho...

Jin: _ deixa o meu filho em paz. Jimin, por favor, meu anjo, não se meta em assuntos de adultos.

Bárbaro: _ bei chamou de criança...

Jimin: _ cala boca! Quer saber pra mim deu disso, e mãe quando eu voltar eu não quero ver essas víboras aqui na nossa casa. Com licença. – se retira da mesa.

Jin: _ Jimin meu filho Jimin... Que vergonha me desculpe...

Regina: _ chega! Eu já contratei um advogado, eu sabia que vocês não iam concordar com isso, mas é um direito meu.

_ Como você é tola irmã, você não tem chance. Não é atoa que a vovô deserdou você. Bom se era essa a reunião, foi uma perca de tempo. Só não foi por um motivo, eu pude rever vocês meus irmãos e você Jin, e vejo que Jimin esta um adulto quase, há Jimin leva jeito pra advogado viu, assim como eu.

Jin: _ obrigado gente... O Jimin esta enorme e sabe como é jovem né... Desculpem novamente pelo desconforto que causei.

Regina: _ que fique claro aqui, que eu não quero brigas com nenhum de vocês. E Jin, eu vou lutar pelo que é meu, mas, por favor, não fique magoado.

Jin: _ Há claro titia, às vezes as pessoas precisam perdoar, perdoar a pessoa, e esquecer que ela existe, portanto fora da minha casa. Minha casa!

Kris: _ o que?! Você nos colocando pra fora? Mamãe você vai deixar isso?

Regina: _ vocês estão vendo? Vocês estão vendo isso?!

_ bom eu faria pior se fosse ele.

Jin: _ o que estão esperando?! Vocês fora daqui! Onde já se viu uma coisa dessas, estando na minha casa, e vindo com uma proposta desse cabimento, o que querem que eu faça em?

Regina: _ Jin, você está fazendo uma tempestade em copo d’água.

Jin: _ ha titia tempestade em copo d’água é pros fracos, eu é faço um dilúvio em uma tampinha. Fora que eu estou perdendo a paciência!

Kris: _ vem mamãe, vamos para um hotel, amanhã Jin, você terá uma conversa com nossos advogados. Vamos filho vamos logo.

Regina: _ vamos e vocês iram pagar caro por ficar do lado desse embuste do Jin.

Jin: _ como é que é?

_ calma Jin, mas deixa. Calma, não adianta, você conhece sabe como essas daí são.

Zach: _ é amor fica calmo, elas já vão embora.

Jin P O V

Aquelas víboras estavam saindo da minha mansão quando aquele Kris me olha e diz que vai me deixar na sarjeta, há eu me segurei, mas me segurei mesmo, pra não perder a postura, Zach me segurou senão eu tinha ido nas fuças dele.

Kris: _ Pode anotar aí Seok Jin, eu vou te deixar na sarjeta ainda queridinho.

Jin: _ seu! Haaa...

Zach: _ amor! Calma Jin, não se estressa calma.

_ é Jin calma, não da conversa, eles estão à falência, por isso vieram aqui fazer essa proposta, fica calmo.

Jin:_ ain sério, eu me admiro tanto sabe, por ter que suportar pessoas que merecem uma sapatada na cara, não sei como suportei tanto tempo essas duas cobras. Te juro se não fosse por vocês estarem aqui, eu tinha perdido a linha e descido do salto, há, mas eu tinha.

Zach: _ amor fica calmo, elas já foram, calma passou. – dá um beijo na testa dele.

Enfim meus tios ficaram até uma hora quase da manhã conversando, e me orientaram muito, o meu tio que é advogado, ele me orientou e disse que não tem a menor chance delas conseguirem alguma coisa com meu patrimônio, com meu dinheiro, minha preocupação é meu filho é o meu Jimin, imagina o meu bichinho ficar sem nada. Eu acompanhei todos até a porta, depois que eles foram embora, eu me sentei na poltrona e estava começando a me acalmar, sabe, me sentir mais calmo, quando vejo aquela assombração na minha frente, Bárbaro o filho do Kris.

Bárbaro: _ tia Jin, por favor, eu lhe imploro, não me mande embora hoje, eu não aguento ficar perto da vovó e da mamãe, elas fazem muito bullying comigo, por favor, me deixem ficar aqui só por essa noite, ainda mais agora que eles estão estressadas, eu prometo não incomodar, eu não tenho culpa da mamãe ser assim.

Jin: _ ain... Tudo bem... Você é criança ainda, não tem mesmo culpa de ter a mãe que tem, só não incomode o meu Jimin. Agora vá para o seu quarto, ou melhor, eu vou. Preciso de um remédio, Thompson, e bem forte pra dor de cabeça.

Eu subi com Zach pro nosso quarto, eu estava mesmo bem tenso, era só o que me faltava essa piranha do Kris querer o que é meu, eu sabia. eu sabia que tinha coisa nessa visita delas.

S/N P O V

Eu estava ajudando o Tae todos os dias na oficina, ele tentando consertar o carro, e deu que ele precisava de peças que faltavam e ele ficou tão tristinho, que eu lembrei que tinha ganhado um cheque de gorjeta e comentei com ele.

S/N: _ O que foi Tae?

Tae: _ há S/N... Faltam umas peças agora, e eu estou sem grana, a que eu tinha eu gastei com o conserto da embreagem... E agora... Haaa queria tanto arrumar ele logo...

S/N: _ não dá pra ti trabalhar com o Nam?

Tae: _ que trabalhar o que S/N? Esse maluco faz dois dias que não aparece em casa, chegou ontem duro de droga, tu não viste?

S/N: _ não...

Tae: _ é e acho que trabalho essa semana ele não vai trabalhar... E se eu sabe rsrs..

S/N: _ não nem pensar. Mas nem pensar mesmo! A gente tá conseguindo muito bem viver normal sem trapaça, hey eu tenho uma grana aí guardada.

Tae: _ serio S/N? Sério mesmo e você vai me emprestar?

S/N: _ vou né, eu ganhei um cheque na última noite lá que eu dancei, eu vou buscar peraí.

Eu busquei o cheque e mostrei pro Tae, e ele olhou e viu o valor e ficou super feliz, eu vi o sorriso dele, eu amo quando ele sorri assim e fica feliz, eu disse pra ele que ele poderia comprar as peças pro carro que faltava, e ele me convidou pra ir junto, e eu fui, ele entende bem de carro e coisas, pois ele cresceu em um desmanche de carros né então ele sabe. Nós fomos juntos comprar o que faltava pra conserto, depois fomos a uma loja de bolos e eu amei, eu passei aquela tarde com ele e foi muito bom, a gente nunca se divertiu tanto assim, sabe, sem fazer besteira trapaça sem essas loucuras que fazíamos de antes.

Compramos coisas, passeamos em vários lugares que nunca tínhamos ido a Seul, lugares sabe comuns, foi muito bom; chegamos era noite em casa e o Namjoon estava dormindo e o engraçado que até hoje, desde que eu cheguei aqui, eu não vejo o irmão do Namjoon, eu vi ele aquela vez, mas foi tão rápido e ele estava mal, e eu com vergonha que eu fiquei dele que nem reparei em como ele era, e ele só sai do quarto à noite e muito rápido, às vezes eu sinto cheiro de cigarro do quarto quando me acordo, e eu vejo que é ele que está fumando porque o Tae não é, ele dorme comigo, mas eu sei que ele fica acordado a noite toda, eu não sei eu sinto que ele não está bem, mas o Namjoon disse que ele e assim, só sai a noite e bebe, foi o que o Nam falou, bom não me incomodando é a conta, enfim chegamos felizes eu e ele, o Tae estava muito contente pra amanhã ele consertar o carro.


Notas Finais


╰❥🍷⃟❁⊰᯽⊱┈☆○o。.ℒℴνℯ:🖤🍷⃟:ℒℴνℯ.o☆┈⊰᯽⊱

Então é isso meus Amóris! Me desculpem os erros e até o próximo capítulo!


┊┊┊┊

┊┊┊𖠚ʿ╰❥

┊┊🖤  ೋ๑┋🖤🍷🖤┋๑ೋ

┊┊               .   

┊❁  °

🍷 ࿆҈ཹ ↻      🖤       *    ·


         🍷τнänκ чöü🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...