História Tower girl - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Alice, Robin Hood
Tags Alice Jones, Curious Archer, Floresta Encantada, Mad Archer, Madarcher, Magia, Margot Mills, Onceuponatime, Robin Mills, Romance, Tilly Jones
Visualizações 20
Palavras 572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Seguindo pistas


ROBIN MILLS

Quando eu morava em Storybrooke tudo o que desejava era a aceitação e o reconhecimento das pessoas. Tudo aquilo era muito viciante, mas ao mesmo tempo era como se eu estivesse presa. Por isso fui para a floresta encantada. Começar uma nova vida.


Aqui eu passei a honrar o nome de meu pai que também tinha o mesmo nome que eu. Por isso dei uma continuidade ao seu negócio. Comecei a fazer jus ao meu nome. E naquela noite eu seria lembrada, pois estava caçando um monstro que eu e todos os homens estávamos a procura.

Eu trilhava a floresta há dias, e sentia que estava muito perto. Tocava as folhas do chão na tentativa de encontrar rastros, mas muitas vezes não era preciso, pois eu estava muito perto então suas enormes pegadas estavam frescas.

Quando cheguei aqui neste reino, soube que esse monstro vaga por aqui há décadas. Há uns vinte e seis anos. Agora ele estava gigante, maior que a altura das árvores que me cercavam.

Sentei em baixo de algumas árvores altas e acendi uma fogueira porque estava fazendo bastante frio. Eu dormi logo em seguida. Mas meu sono não durou muito tempo, logo ouvi seus grunhidos e despertei com meu arco e flecha atenta de onde vinha o som.

Do sul da mata.

Por que todas as vezes esse ogro parece ir para o sul? Era muito estranho um ogro seguir sempre o mesmo percurso. Como se algo atraísse ele.

Sem pensar mais eu caminhei olhando para o alto das árvores e observando as estrelas bonitas no céu enquanto tomava todo cuidado para não pisar em falso e atrair o ogro gigante.

Olhei para o chão por alguns segundos para ver se eu saí da trilha. Ótimo eu não tinha saído.

E quando olhei para o céu de novo, eu vi uma torre de longe.

Como nunca tinha visto uma torre nessa floresta? Era uma torre como nos contos de Rapunzel. Completamente isolada com só uma janela no topo, e só me faltava uma menina com grandes cabelos dourados os lançando para que eu subisse.


Quando cheguei frente a frente da torre, ouvi um suspiro alto e um ronco que podia causar até um vento naquele lugar. Quando olheu pro lado, fiz uma cara de nojo quando percebi que o vento era a respiração do ogro gigante que dormia ali como se guardasse a torre.

Foi então que eu pensei. Para o gigante estar dormindo serenamente do lado dessa torre, e o lado Sul importasse tanto para ele, algo protege. A curiosidade bateu forte. O que um ogro iria querer guardar? Talvez uma lembrança de todos que ele estraçalhou? Talvez fosse um covil ou algo que me deixasse sem palavras por ser incrível de imaginar. Mas boa coisa não podia ser.

Coloquei uma das minhas luvas que eu usava no reino sem magia quando fazia escaladas. Luvas que impediam que minhas mãos escorregassem durante a subida naquela torre. É bom sempre ter itens que usamos em outras terras porque nunca se sabe quando vai precisar no desconhecido. 

Subi. Segurando em um lado com a mão e encaixando o pé onde que dava, e fazia o mesmo com o outro lado. Até subir.

Finalmente consegui subir, mas quando subi realmente tinha algo inacreditável que me deixou sem palavras. 

Uma mulher.

Levei um susto, pois ela estava muito próxima da janela e me desequilibrei e soltei um grito ao perceber que iria cair.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...