1. Spirit Fanfics >
  2. Tower Of God: Season 1 >
  3. Season 1: Teste de Posição: Parte 2

História Tower Of God: Season 1 - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo gente !!! Achava que não ia dar pra trazer mais um capítulo hoje, mas consegui adiantar minhas coisas e escrever mais esse :), nesse capítulo vamos ver novas interações entre personagens e seus testes de posição ! Espero que gostem.

Capítulo 9 - Season 1: Teste de Posição: Parte 2


Baam chega na sala onde vai ocorrer a “aula” para os manipuladores de ondas, o instrutor e os outros regulares já estavam presentes.

Yuga: “Me desculpem pelo atraso, queridos regulares, meu nome é Yuga e eu serei o instrutor para a posição de Manipulador de ondas. Vou começar com uma explicação sobre o Shinsoo, ele é o próprio mundo, nos permite viver e respirar, ele é a base de toda energia, sem Shinsoo não podemos fazer nada. Ele pode se tornar água, luz ou fogo, as variações são infinitas. Basicamente, ele é algo que não pode se dar propriedade especial. É como o poder de um Deus, portanto, controlar Shinsoo pode ser interpretado como entrar no domínio de Deus. Mas por ele ser tão incrível, controlar Shinsoo também é perigoso, um exemplo, eu posso matar todos os regulares aqui em 5 segundos, meio assustador né ? Por ser tão perigoso controlá-lo, para controlar Shinsoo sem um item especial, vocês vão precisar da permissão do guardião do andar. No caso de um item, pelo fato da autorização ser garantida pelo guardião, depois do item ser fabricado, não importa muito. Mas, controlar mais do que uma quantidade fixa de Shinsoo é diferente, requer a permissão do guardião, nós chamamos isso de “contrato com o guardião”, ele precisa ser feito igualmente em cada andar, caso contrário uma restrição será aplicada quando você tentar usar Shinsoo. Sr. Laure, você já fez um contrato com o guardião desse andar, certo ?

Laure: “Bem, na verdade sim.”

Yuga: “Ao que parece, por seu sono sem fim, você deve ser do tipo que lê Shinsoo enquanto dorme. Ótimo, então com a exceção do Sr. Laure, não parece ter alguém aqui que já formou um contrato, ou seja de uma grande família. Então vou ensinar a como formar contrato com um guardião. Primeiro, fechem os olhos e depois coloquem seus Pockets em modo visível. O Pocket Rank E que vocês receberam ao entrarem, só pode firmar um contrato com o guardião até 40 andar, vocês precisarão de Pockets de Rank maior para outros andares. Então pessoal, digam para o seu Pocket “contrato com o guardião”.

Baam pronúncia as palavras e logo dá de cara com uma espécie de peixe gigante em um lugar escuro.

Guardião: “Eu sou o guardião do andar, você veio para formar um contrato ? Por que está me olhando assim ? Não quer firmar um contrato ?!”

Baam: “Ah.. desculpe, eu quero formar um contrato.”

Guardião: “Bem, agora eu irei julgá-lo, para ver se você é digno de controlar Shinsoo.”

O guardião observa Baam com um olhar atento.

Guardião: “Você... parece delicioso.”

Baam: “Ah... Haha.. O..Obrigado, tenho ouvido bastante isso.”

Guardião: “Perfeito ! Nós formaremos um contrato !”

Baam: “Ah !! Muito obrigado !!”

Guardião: “Mas quero que se lembre, isto não é seu poder e sim sua algema. Lembre-se disso.”

Baam acorda e vê em seu Pocket que seu contrato foi firmado. Baam vai atrás da mulher que ele feriu no jogo da coroa.

Baam: “Ei, me desculpe. Por minha causa você machucou seu olho.”

Hwa Ryun: “Não precisa se desculpar, você também acabou se machucando.”

A ruiva sai do lugar, Baam ainda estava bem ofegante após firmar o contrato com o guardião.

Ho: “Você parece bem cansado. Olá ! Meu nome é “Ho” é um prazer conhecer você.”

Baam: “Ah.. Olá, eu me chamo Baam, prazer em conhecer você.”

Ho: “Aprender tudo isso, faz sua cabeça girar um pouco não é ?”

Baam: “É.. um pouco. Sendo sincero, eu não entendi nada dessa aula.”

Ho: “É sempre assim no início. Mas controlar Shinsoo é mais talento do que conhecimento, você parece ser talentoso, deve aprender a controlar em breve.”

Baam: “Eu ? Talento ? Impossível.. Mas o Sr. Ho já consegue manipular Shinsoo ?”

Ho forma uma pequena esfera de Shinsoo e a arremessa entre as mãos, Baam fica impressionado com aquilo, mas Ho diz que aquilo é tudo que ele consegue fazer. Ele diz que o limite pro talento dele, que é completamente inútil em batalha.

Ho: “Na verdade, eu não tenho certeza do porque foi escolhido para ser Manipulador de ondas, não é mesmo, Sr. Laure ?”

Laure: “Sim, exatamente isso.”

Baam: “Não pode ser Sr. Ho, tenho certeza de que tem um grande talento escondido.”

Laure: “Não.”

Baam: “Ei, Sr. Laure, não está sendo muito cruel !?”

Laure se levanta e pede para Baam estender a mão e imaginar o mundo inteiro concentrado em um único ponto de sua mão. Baam forma uma pequena esfera de Shinsoo oq deixa ele impressionado.

Laure: “É isso que nós chamamos de talento, garoto.”

Ho fica chocado ao ver que Baam formou aquilo com uma grande facilidade, enquanto Laure sai daquela sala.

Durante o teste de portadores de lança, o objetivo era acertar um alvo que estava bem longe, o que Rak se concentra para acertar com precisão, mas enquanto isso, Akryung acerta na primeira tentativa de uma distância enorme, o que deixa Rak furioso.

No quarto, Koon se joga na cama alegando cansaço das ultimas aulas.

Koon: “Ah que Droga, pensei que ia morrer de tédio, por que há tantas coisas para aprender ?”

Baam: “Quase morri de tédio também, não consegui entender uma única palavra do que ele disse.”

Koon: “Exato ! Por que nós tivemos que percorrer todo esse caminho para ter essas aulas idiotas ?”

Baam: “Ah... Sr. Koon, agora que eu notei, não vi o Rak em lugar nenhum.”

Koon: “O jacaré ? Eu passei por ele há algum tempo, ele estava completamente furioso.”

Baam: “Furioso ?”

Koon: “Sim, ele disse “Eu voltarei para a selva !! Não me impeçam tartarugas !!” e depois foi embora. Acho que alguma coisa aconteceu no local de testes dos portadores de lança, isso é divertido.”

Logo eles escutam batidas na porta e Baam se prepara para atender, Koon pensa quem seria naquele horário.

Leesso: “Ah, olá Baam !”

Baam: “Sr. Leesso ?”

Koon: “O moletom e o espadachim negro... ? O que vocês querem aqui ?”

Leesso: “Desculpe por incomodá-los tão de repente, mas.. vocês querem ser nossos amigos ?!” Hatsu e Leesso mostram um papel em branco para Koon e Baam.

Koon: “Conseguir 10 amigos em uma semana ou menos ? A classe de explorador realmente tem umas tarefas estranhas. Então vocês querem ser nossos amigos ? Acho que não.”

Leesso: “Por que ?! Pensei que colecionar amigos fosse seu hobby !! O jacaré me disse isso !!”

Koon: “Ah aquele jacaré maldito. Para começar, vocês estão na mesma equipe da pessoa que foi responsável por tirar a Black March do Baam. Por que nós ajudaríamos vocês ?”

Hatsu: “Eu também não gostei isso, não está de acordo com o código dos guerreiros. Então peço desculpas. E a equipe está separada desde de o fim do jogo da coroa, então não se refira a gente como um grupo.”

Koon: “Agora que vocês não estão na mesma equipe, e não tem nada a ganhar, não quer que te refiram como um grupo ? Esse código de guerreiro envolve deixar seus colegas de time ? Que ideologia pobre.”

Hatsu: “Como um guerreiro, eu sempre tento falar o certo. É você ? Um homem que decora suas orelhas como uma garota ? Você não deve ter uma ideologia decente.”

Leesso: “Gente.. não vamos brigar !! Quem tal começarmos a nos apresentar ?”

Koon: “Bem, eu sou o Koon. Filho de uma das grandes famílias, a família Koon, Koon Aguero Agnis. Para deixar claro, eu vim uma origem diferente, podemos dizer que eu sou da nobreza.”

Hatsu: “Ele pediu para nós apresentarmos, não nossos pais. Fale mais sobre você, ao invés de contar histórias tão inúteis quanto às suas decorações de orelha.”

Koon tenta partir pra cima de Hatsu, mas Leesso o segura. Koon pergunta o que tanto incomoda o espadachim em suas orelhas.

Leesso: “Hatsu, você sabe quantas rejeições nós tivemos por causa da sua personalidade ? Por favor, se controle.”

Hatsu: “Desculpe se minha palavras foram rudes. Meu nome é Hatsu, 18 anos, eu cresci sobre orientação do meu pai, um cerâmico. Graças a ele, eu cresci adorando a espada e aprendi o caminho de um guerreiro.”

Koon: “Caminho de guerreiro, caminho de guerreiro. Por que continua dizendo isso, soa como um caipira. As pessoas do seu andar não andam por aí dizendo “Eu farei Halbok”, né ?”

Hatsu fica irritado e diz que não há ato mais másculo e nobre do que o halbok. Koon zomba do guerreiro, Hatsu diz que todo homem deve fazer Halbok.

Hatsu: “É você ? Admita ! Todos na sua cidade zombavam de você por decorar sua orelha como uma garota !”

Koon: “Na verdade, nossa cidade tem febre por brincos. Todos têm pelo menos 5-6 e um estilo para todos os animais, na terra, água e ar. É ainda mais, todas as coisas têm brincos. Generalizou.”

Leesso: “Ei !! Pelo menos coloque limites na sua mentira !! Isso não é algo para se orgulhar !!”

Leesso pensa que a coleta de amigos irá acabar ali, pois Koon e Hatsu não se davam bem.

Baam: “Sim, vamos ser amigos. Meu nome é Vigésimo Quinto Baam. Mas podem me chamar de Baam.”

Koon: “Não, Baam ! Eles não querem sua amizade ! Ele só precisam preencher aquela folha !”

Baam: “Mesmo que peçam para me apresentar, não tenho muito a dizer. Eu não tenho um país... ou um lar... um único conjunto de roupas sujas e tudo que eu tenho. Sempre pensei que ia morrer sozinho, sem fazer nada... mas agora, eu tenho amigos ! Obrigado.”

Koon se lembra da fala de Rachel, explicando como Baam era antes da torre e aceita.

Koon: “Tudo bem, vamos ser amigos.”

Rachel está dormindo em seu quarto, ele vê um céu estrelado enquanto caminha. Logo ela avista Baam e fica feliz por vê-lo ali, mas logo aparecem varias sombras que representam pessoas e Baam sorri, ele acompanha as sombras e vira as costas para Rachel, que acaba sozinha no local. Ela acorda assustada como se tivesse tido um pesadelo.

No outro dia, todos estavam reunidos no local de alimentação.

Androssi: “Um Bibimbap sem carne. Nos fazendo comprar comida com os pontos do teste, que andar irritante...”

Androssi vê todos ali conversando e sendo amigáveis uns com os outros, oq faz ela questionar se deve ser amigável com eles também, mesmo eles sendo rivais.

Koon: “Um Bibimbap e um Omearroz.”

Koon que estava acompanhado de Baam, encara Androssi por um breve momento se lembrando de quem ela era.

Os pedidos são entregues, mas Androssi percebe que sua comida tinha carne e volta para pegar o prato correto.

Baam: “Ei, que tal comermos juntos já que estamos aqui ?”

Androssi se senta na mesa deles, enquanto eles conversam sobre a lista de amigos de Hatsu, ela se pergunta como foi parar no meio daquela bagunça.

“Droga, esse garoto.. é daquele tipo difícil de dizer não” pensa Androssi.

Baam diz que irá ajudar Hatsu a encontrar os dois amigos que restam para sua lista, e pensa em quem poderia escolher.

Baam: “Hmm, Srta. Androssi, você seria amiga do Sr. Hatsu ?”

Androssi: “Ele ? Está me apresentando para um garoto ? Até que ele é bonitinho.”

Baam: “Sim ! Ele tem músculos fortes e firmes também !”

Leesso: “Baam, você está fazendo algum tipo de venda ?”

Androssi: “Desculpe, eu vou ter que dizer não.”

Baam: “Eh ? Por que ? Se você concordar agora, pode receber até um truque incrível de espadas !”

Androssi: “Desculpe, em nossa família, relações são estritamente proibidas.”

Baam: “Restrito a relações ? Deve ser uma casa sem esperança ou sonhos.”

Androssi: “Certo ! Você não acha isso terrível ? Mas é porque nosso pai nos ama demais.”

Baam: “Mas só amigos não pode ?”

Androssi: “Eu não acredito em tal coisa como relação platônica entre homem e uma mulher.”

Baam: “Como assim p...platônica ?”

Androssi: “Basicamente, é como comprar um par de sapatos que você realmente ama. Mas só olhar para eles e nunca usá-los...”

Baam: “Isso parece bem complicado.”

Anak: “O que você está fazendo aqui ? Se misturando com essas pessoas... o nível das princesas de Zahard deve ter caído.”

Todos ali ficam surpresos com a fala de Anak que Androssi era uma princesa.

Baam: “Zahard.. isso significa que você é irmã da Srta. Lagarto ?”

Androssi: “Bem... não totalmente irmãs. Simplificando, é como se dois sapatos de designers fossem mostrados juntos em uma vitrine, apesar dela ser falsa.”

O teste dos pescadores vai começar, todos estão preparados e a administradora vai dizer as regras.

Instrutora: “Hoje brincaremos de um jogo, as regras são simples. Vocês deverão lutar uns contra os outros, até que restem apenas oito de vocês. Vocês podem usar apenas as agulhas que lhe foram dadas. A performance de vocês aqui, será refletida em suas notas.”

Androssi: “Ei, se a gente cair dessa altura a gente pode morrer. Existe algum sistema de segurança ?”

Instrutora: “Sim, um para que vocês não morram, vocês são responsáveis pelos seus ferimentos. Que o jogo comece !”

Todos os regulares parecem assustados, pela altura do lugar. Androssi pensa que vai acabar com alguns para conseguir alguns pontos. Mas, ela vê Anak vindo em sua direção.

Androssi: “Que irritante.” Anak ataca Androssi que desvia do golpe.

Androssi: “Qual é o seu problema ? Também tem cérebro de lagarto ?”

Anak: “Cala a boca, chifurada !”

Androssi ataca a Anak, que joga a lagarta para longe, à beira de cair daquela altura.

Androssi: “Tem que ter coragem para desafiar uma verdadeira princesa de Zahard. Sendo que você está sem a Green April.”

Anak: “Verdadeira ? Não existe isso. Todas somos uma farsa.”

Enquanto a luta acontecia, Koon estava em sua aula de portador de Luz, ele percebe que Rak passou no teste de portador de lança, pesquisando no farol. Ele procura informações sobre Rachel e Baam, mas não encontra praticamente nada. Então ele pesquisa sobre Anak Zahard, mas vê um perfil de alguém que logo após virar Ranker, se tornou uma princesa e recebeu a Green April, mas ela está no meio de um teste para subir a torre e ela também está listada como morta.

Androssi larga sua agulha e vai em direção aos outros pontos, onde tinha vários regulares, Anak derruba alguns e Androssi usa alguns para se defender e depois os joga lá de cima.

Androssi: “Eu jogo homens fora depois de brincar com eles, que mulher pecadora eu sou !”

Anak: “Sua vadia, pare de brincar !!”

Androssi recua mais uma vez, e acaba ficando de costas para outro regular, ela o ataca e joga ele para longe.

Androssi: “Bem, agora só restam boca.”

Anak: “Vai continuar fugindo até que sobrem oito ?”

Androssi: “Volte quando você estiver com a Green April, aí pode ser divertido.”

Anak lança sua agulha na direção da garota, que desvia com facilidade. A lagarto usa reforço de Shinsoo nos pés para correr e pular mais alto, deixando Androssi surpresa por elas terem aprendido isso ontem, Anak dá uma rasteira na princesa e se prepara para atacar, mas tem sua perna segurada e joga ela no chão com muita força.

Androssi: “Eu sabia, você é órfã de Anak Zahard. Farsante. Desde de o momento que te vi no jogo da coroa, tinha algo que eu queria confirmar, por isso eu abandonei o jogo, bom também fui convencida por outra pessoa. Então.. Por que escolheu o caminho da desgraça, minha sobrinha ?”

Anak lembra dos momentos com sua mãe, quando ela encontrou uma espécie de joia e mostrou para sua mãe, que diz que ela encontrou uma bela joia.

Anak: “Mamãe estava feliz. Ele se casou com um cozinheiro que fazia as melhores tortas de frango do mundo. Seu único azar, é que ele foi assassinado, por uma de suas irmãs conhecida como princesa. Há uma razão por qual eu vim para a torre, para matar todas as princesas Zahard e conquistar minha vingança e você será a primeira, Androssi !!

Anak se levanta, o que faz Androssi recuar e se preparar para um combate direto.


Notas Finais


Fim de mais um capítulo, maior parte do capítulo foi diálogos, pois a interação dos personagens está ficando cada vez maior. Primeira interação entre Baam e Androssi <3, mais algumas revelações sobre Anak, que quem lê já sabe com antecedência. O lugar onde Koon estava pesquisando sobre os outros é o “Farol”, centro de todas as batalhas. Toda a informação que é reunida e todos os comandos são dados nele, o portador de Luz é capaz de armazenar uma grande quantidade de informações. Cortei essa explicação pro capítulo andar mais rápido, então decidi trazê-la aqui. Amanhã de manhã é possível que eu lance outro capítulo, depois de assistir o novo episódio do anime kkkk até a próxima !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...