História Towers - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Giorgian De Arrascaeta
Visualizações 111
Palavras 899
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei! E já cheguei pedindo perdão pelo tempo que demorei pra atualizar esse capítulo mas era o tempo corrido... porém estou sempre atualizando o instagram da Aya (@ayaalencar) para que vocês acompanhem o trabalho dela e a vida dela com o Giorgian.


Prometo não demorar mais, espero que gostem e boa leitura! ♥️

Capítulo 14 - Who Knows?


Aya estava totalmente adaptada ao Flamengo, trabalhava cuidando da saúde e recuperação dos atletas e estava no paraíso.

 

Giorgian também estava feliz em ter a noiva sob seus olhos todos os dias, aquilo era uma motivação extra para os treinos. Flamengo era o time mais comentado do país e fora dele também, estava na sua melhor fase e tinha elogios também ao seu departamento médico que recuperava os jogadores com facilidade e rapidez.

 

 

Aya tinha aquele sentimento de pessoa realizada na vida e mesmo tão jovem ela sabia que as coisas estavam dando certo porque tinham que ser assim, chegou em casa um pouco mais cedo e depois do longo banho relaxante a menina foi preparar o jantar.

 

 

Giorgian estava numa coletiva de imprensa e ela ligou a tv para assistir, preparou o jantar sabendo que o noivo chegaria cedo e se jogou no sofá para acompanhar o programa. A loira ficava boba ao ver o noivo na tv, a forma responsável e segura com que ele falava do time e é claro do departamento médico que o recuperou de uma lesão em apenas duas semanas, mesmo quando o diagnóstico dizia ser impossível sem um mês de repouso.

 

 

Cansada a menina cochilou no enorme sofá acordando algumas horas depois quando sentiu alguém acariciar suas costas, ela deu um sorriso preguiçoso e abriu os olhos vendo o uruguaio sorrir.

 

 

- Deu até dó de te acordar. - ele confessou.

 

- Tava te assistindo e acabei pegando no sono. - ela explicou.

 

- Vou tomar um banho, já jantou? - ele perguntou levantando e ela negou.

 

- Estava te esperando. - ela disse e ele beijou sua testa.

 

                                         •••

 

 

Aya sentou a mesa e serviu o jantar para ela e para Giorgian, começou a comer mas percebeu que seu estômago não estava aceitando, ficou pálida de repente e Giorgian estranhou franzindo o cenho ao observá-la.

 

 

- O que foi? - ele perguntou.

 

- Não estou me sentindo muito bem. - ela disse e ele lhe serviu um copo d'água.

 

Giorgian se preocupou e veio até a lateral do corpo da menina checando se ela estava com febre ou algo do tipo, notando que ela não estava só deu tempo de se afastar e ver a noiva correr para o banheiro.

 

 

Aya colocou tudo para fora e sentiu o corpo relaxar, o uruguaio preocupado abriu a porta do banheiro e ajudou a loira a se recompor. Checou a sua pressão e achou tudo aquilo muito estranho, colocou Aya para tomar um vento e sentou a sua frente.

 

 

- O que você almoçou hoje? - perguntou.

 

- Comida grelhada e salada, nada de anormal. - ela disse.

 

- Tá se sentindo melhor? - perguntou.

 

- Agora sim. Mas o cheiro da comida estava me enjoando... - ela contou.

 

 

- E foi você mesma quem fez. - ele riu e ela também.

 

- Amor, será que você não está... - Giorgian começou.

 

- Não, para com isso. - ela disse nervosa.

 

- Eu super adoraria a ideia. - ele sorriu.

 

- Não é o momento, tem só alguns meses que eu comecei a trabalhar no Flamengo e você está cheio de competições e jogos importantes. - ela explicou, levantou-se e saiu do quarto.

 

 

Giorgian não disse mais nada e desceu para a cozinha, Aya deitou-se no sofá e ficou zapeando pelos canais enquanto o uruguaio jantava sozinho. Ele ficou chateado apesar de entender que talvez ela não quisesse filhos agora, mas ver Aya agir daquele jeito o fez pensar que talvez ela não queira em momento algum.

 

 

Depois do jantar o uruguaio pegou seus fones de ouvido e subiu para o quarto, colocou uma música alta e deitou-se na cama enquanto olhava para o teto. Alguns bons minutos a loira surgiu no quarto percebendo que talvez sua reação tenha sido muito rude e que o noivo poderia ter ficado magoado. 

 

 

- Amor. - ela chamou mas ele não ouviu.

 

Ela se aproximou da cama e sentou-se tocando levemente o braço do uruguaio e chamando a atenção dele que abriu os olhos para encará-la. Retirou os fones e se sentou na cama.

 

 

- O que foi? - ele perguntou.

 

- Desculpa ter sido meio rude, eu fiquei nervosa só de imaginar uma gravidez... eu me cuido muito pra ter deslizado nisso. - ela disse.

 

- Uma criança não é um deslize. Todas as vezes que a gente não se protegeu a gente sabia que o risco aumentava, eu sei que você ficou nervosa com tudo isso e eu prometo não tocar mais no assunto. - Giorgian pausou encarando a menina.

 

 

- Você não quer ter filhos comigo? - perguntou sério. 

 

- É claro que eu quero. - ela respondeu e ele viu um pequeno sorriso surgir no rosto da menina.

 

- Não vou te pressionar a nada, se for pra acontecer vai acontecer. - ele disse e ela assentiu sorrindo.

 

- Agora vem aqui, deixa eu te mimar um pouquinho. - ela disse.

 

Giorgian deitou a cabeça no colo da noiva e ela ficou fazendo carinho nos cabelos dele até sentir a respiração dele tranquilizar e o corpo relaxar, ela arrumou a posição do rapaz e apagou a luz deitando ao lado dele. A cabeça estava cheia de nós imaginando como seria ser mãe agora, ela não tem experiências com crianças mas percebeu uma coisa importante naquela noite: Giorgian tinha um futuro planejado com ela. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...