História Toxic Girl ( Jungkook -BTS ) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Visualizações 115
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Ódio E perdão


Jennie 

Eu metodicamente escrevo notas, na esperança de não perder nada que eu preciso saber para os exames. Estou estressada ao máximo, querendo fazer bem e tentando equilibrar o trabalho com algum tipo de vida social também. E com isso quero dizer o tempo gasto com Jungkook  e Lisa. Eu vejo London suficiente no trabalho, e para ser honesta, London, em pequenas doses é definitivamente o caminho certo a seguir, se você quiser sair com a sua sanidade. Foi pouco mais de uma semana desde que Jungkook  e eu decidimos começar de novo. Nós não dormimos juntos ainda. Apesar de ter havido vezes que eu queria desistir, é bom levar as coisas um pouco mais lentas e começar a se conectar em um nível diferente de novo. Isso não significa que eu não estou morrendo de vontade de deixar ele nu, porque confia em mim, eu estou.

— Você percebe que você é a última que saiu da sala de aula? — diz ele, olhando ao redor. Seus olhos divertidos pousam em mim, esperando minha resposta.

— Você está aqui também, — eu indico.

— Só porque eu estou esperando por você, — diz ele, se curvando e pegado meus arquivos e notebook para embalá-los na minha bolsa para mim. — Lá vai você. Podemos estudar um pouco mais quando chegarmos na minha casa.

— Eu pensei que nós estávamos indo para a minha? — eu pergunto, me levantando e empurrando a cadeira para trás. Indo para minha casa, normalmente é um pouco mais seguro, porque Lisa está lá, às vezes, ou London se convida a entrar. Dessa forma, não estamos sozinhos, e é um pouco mais fácil de evitar a tentação. Estúpido eu sei, mas na verdade é tudo a mesma coisa.

— É preciso ir ao meu, — diz ele, sem olhar para mim. Algo estábdefinitivamente errado.

— Por quê? — eu exijo.

Ele faz uma careta. — Eu não sei por quê. Eu tenho essa mensagem, — diz ele, levantando seu telefone e mostrando para mim.

●London: Leve Jennie  em outro lugar depois da aula. Não a leve de volta para seu apartamento, apenas não ainda porbfavor! É importante.

Meu queixo cai aberto. — O que diabos está acontecendo?

— Eu não sei, — diz ele, pegando a minha mão na dele. — Eu estava dividido entre não querer te incomodar e saber o que é, se eu não te dissesse a verdade, você me mataria.

— Você sabe que nós temos que ir lá e ver o que está acontecendo agora, certo? — eu digo, marchando para fora do quarto.

— Eu não esperaria outra coisa, — murmura Jungkook  atrás de mim. Me viro e dou a ele um olhar, o que faz com que ele fecha a boca. Estacionamos o carro e corro até o meu apartamento. Eu possobouvir London gritando aqui de fora. Eu ando para dentro; a porta dabfrente foi deixada destrancada, e corro para a cozinha onde eu posso ouço toda a comoção. Eu congelo nas quando vejo meu irmão, Brody, de pé ali, olhando de volta para mim.

Os olhos  de London diminuem em Jungkook . — Uma coisa que eu te pedi para fazer, — ela se encaixa.

— Não grite com ele! Estamos tentando uma coisa nova ondebsomos completamente honestos um com o outro, — eu digo, meus olhos não deixando Brody.

— Eu entendo isso! Mas vamos lá, Jennie , você realmente quer vê-lo? — ela pergunta, parecendo preocupada. Pela primeira vez na vida de London, ela estava tentando me proteger. Estou sem palavras. Jungkook  coloca a mão na minha parte inferior das costas, em sinal de apoio silencioso. Estou grata e pisco a ele um olhar que diz isso.

— O que você está fazendo aqui, Brody? — pergunto a ele. Ele tem a mesma aparência.

— Eu queria ver como você está, — diz ele solenemente. — London mencionou que ela estava aqui quando eu liguei para ela na semana passada, e eu queria ver vocês duas. Estou tão feliz que vocês duas estão juntas agora.

Minha  testa enruga, me perguntando por que a mudança de coração. — Você me odeia, — eu digo, as palavras me prejudicando até mesmo a dizer.

Ele balança a cabeça furiosamente. — Eu odiava o que você estava fazendo. Qual é Jennie ? Mamãe e papai devem ter se remexido no túmulo. — ele faz uma pausa. — É este o seu namorado?

Eu sopro um suspiro. — Sim, Brody, este  é Jungkook. Jungkook, este é meu irmão. — Jungkook  dá a ele uma elevação do queixo, sem dizer mais nada. Eu sei que ele está com raiva. Eu posso dizer pela tensão derramando do seu corpo e sua postura rígida. Ele sabe o que Brody fez para mim, e como isso me matou.

— Eu não sabia que London estava em dívida, Jennie . Eu não sabia que é por isso que você estava..., — ele deixa em off.

— Onde está Elizabeth? — eu pergunto, me referindo a sua mulher diaba.

— Eu pedi o divórcio. Levei algum tempo, mas eu finalmente vi ela quem ela realmente é, — diz ele, olhando para baixo.

— Uma cadela psicótica fodida? — London acrescenta, sorrindo.

Brody parece cansado. Cansado e exausto. Eu não deveria me importar, mas eu faço. — Sinto muito, — disse Brody, — As duas. — ele olha entre London e eu. — Vocês são bem-vindas para vir para casa a qualquer momento. Aquela casa é de vocês também, — diz ele, me dando um pequeno sorriso.

— É a sua casa Brody. Você pagou por tudo, — murmuro. — Olha, obrigada por ter vindo por aqui e se esforçar. Eu não vou mentir, o que você fez me machucou muito. Você escolheu a sua mulher em cima de mim e me julgou, em vez de estar lá para mim quando eu mais precisei de você.

Ele abaixa a cabeça. — Eu sei. Eu estraguei tudo.

— Eu sei que você cuidou de nós quando éramos mais jovens, e eu aprecio o que você sacrificou por nós, você era apenas jovem por si mesmo, — eu admito, tentando vê-lo a partir de seu ponto de vista.

London revira os olhos. — Você é muito boa, Jennie ! Ele escolheu uma buceta sobre seu sangue.

— London! — exclamo, minha voz saindo sufocada em sua colorida escolha de palavras.

— Eu sinto muito, — Brody repete, parecendo genuinamente arrependido. Ele olha para Jungkook.  — London me diz que você tembcuidado das duas. Eu não posso agradecer o suficiente para fazer o que eu deveria ter.

— Eu sempre vou cuidar delas, — diz Jungkook  em um ronco profundo. — Eu não ligo para o que você fez para Jennie , especialmente porque ela precisava de você. Mas isso a trouxe para mim, — diz ele, me piscando suas covinhas.

Eu dou um tapa no braço dele. — O quê? — pergunta ele.

— Onde você está ficando? — pergunto a meu irmão.

— Tenho um hotel para duas noites, e então eu vou voltar parabcasa. Só tenho três dias fora do trabalho, — diz ele.

— Você vai ficar para o jantar? — eu pergunto. Todos na sala olham para mim. Eles podem pensar que isso é uma tarefa simples, mas eu não quero viver minha vida com raiva e ressentimento. Quero perdoar Brody. Por muitas razões, mas principalmente porque elebcuidou de mim quando crescia. Ele roçou o meu cabelo; ele enxugou minhas lágrimas e tirou a nossa tia das nossas costas. Claro, ele foi um idiota, mas eu não quero usar isso contra ele para sempre.

— Eu adoraria, — diz ele, com os olhos cheios de lágrimas não derramadas.

Eu sorrio para ele, e ele me dá um sorriso trêmulo de volta.

É fácil ceder ao ódio. Mas algumas horas, não há mais força que no perdão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...