História Tragédias em Riverdale - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Alice Cooper, Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Hal Cooper, Pop Tate, Reginald "Reggie" Mantle, Veronica "Ronnie" Lodge
Visualizações 183
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Yaoi (Gay)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde pessoas!! Espero que gostem dessa nova história ❤️❤️

Capítulo 1 - 1-O começo de tudo


Fanfic / Fanfiction Tragédias em Riverdale - Capítulo 1 - 1-O começo de tudo

Diário Elizabeth Cooper 05/08/2018

Querido diário, após eu me tornar rainha dos serpentes, ocorreram muitos problemas. Um deles foi que Hal Cooper, o cara que  eu costumava a considerar como pai, foi solto da prisão. Eu e Jughead tentamos encontrá-lo, mas por fontes descobrimos que ele fujiu para Greendale junto a três de seus colegas prisioneiro.

Mais notícias ruims, Verônica e Archie não estão muito bem após Hiram acusar Archie de assassinato.

Enfim, gostaria de poder passar mais tempo com Jughead. Mas ultimamente ele anda bem ocupado com a notícia que logo Jellybean voltará a Riverdale. Espero que logo ele volte a me dar atenção.

Alice- Betty está tudo bem querida? *Bate na porta* você já está no seu quarto a mais de duas horas sem comer!

Betty- Estava apenas escrevendo mãe. *Guarda diário atrás do armário* Eu já vou descer.

Ao chegar na cozinha, Betty se acomoda no sofá e liga a TV para ver as notícias. Logo ela se apavora e dá um grito que faz sua mãe quase cair da escada

Alice- Que isso Betty? Quase me mata do coração

Betty com o rosto cheio de lágrimas logo diz a mãe:

Betty- Mãe, a Verônica acabou de sofrer um acidente, está no hospital com risco de morte! MÃE, ela é minha melhor amiga!

Betty se levanta do sofá, veste a primeira roupa que encontra e logo liga para Jughead.

Jughead- Oi amor bom dia, dormiu be...

Betty o interrompe e fala quase que sem ar

Betty- Jughead, por favor me leva no hospital agora!

Jughead- Tudo bem amorzinho?

Betty- Não, nada bem. No caminho eu te explico. Agora vem rápido!

Após eles chegarem ao hospital não encontraram os pais de Verônica, e sim Archie. Que estava sentado na sala de espera se lamentando sozinho.

Betty- Archie, como Verônica está?

Archie- Não sei, eu não tenho permissão para entrar e Hermione e Hiram não atendem as ligações do hospital.

De repente Jughead atende o celular e se afasta de Archie e Betty.

Betty- Acalme-se Archie, eu tenho certeza de que ela ficará bem, Verônica sempre foi forte.

Naquele momento nem Betty estava acreditando que sua melhor amiga estava a beira da morte.

Jughead- Betty, FP me ligou e disse que conversou com um dos médicos, logo nós iremos entrar.

Archie- Quando?

Jughead abaixa a cabeça e diz:

Jughead: Por volta de uma hora ou até duas.

Então logo Betty não suporta mais toda aquela cena de tenção e sofrimentos. E se escora na parede e começar a chorar, quase escandalosamente. Jughead rapidamente foi até ela é a confortou deixando ela debruçada em seus ombros.

Betty- Jughead, e se Verônica morrer?

Jughead- Ela é uma Lodge, difícilmente eles são arrastados pela morte.

Jughead consegue arrancar uma risada de Betty, mas logo ela volta a chorar no ombro de seu amado moreno.

Após uma hora 

Médico- Elizabeth Cooper se encontra nesta sala? 

Betty- Sou eu! O que houve?

Médico- A paciente Verônica Lodge solicitou sua presença em seu quarto. Número 602 no segundo andar

Betty corre pelos corredores até encontrar o elevador e subir até o segundo andar.

Chegando lá, no final do corredor estava o quarto 602. Ela bateu na porta e uma voz famíliar disse:

Voz famíliar- Pode entrar.

Betty- VERÔNICA! Você me deixou bem preocupada!

Betty começa a chorar de alegria ao ver que a amiga está bem

Verônica- Calma sua louca, onde estão meus pais? Eles sabem que estou bem?

Betty logo se recompõe e faz uma cara de desconforto.

Betty- Tentamos ligar para eles. Mas ninguém atendia.

Verônica logo abaixa a cabeça e diz:

Verônica- Então o que eles disseram era verdade.

Betty- O que está dizendo?

Verônica- Ontem meu pai disse que se eu o desrespeitasse novamente, ele é Hermione me abandonariam. Sem deixar rastros. É hoje ele mandou eu não sair de casa. Mas eu insisti

Betty- E para onde você estava indo?

Verônica- Me encontrar com Sweet Pea.

Após Verônica dizer isso a porta se abre bruscamente e Archie extremamente bravo e com lágrimas em seu rosto diz:

Archie- Agora você me trocou pelo Sweet Pra? Quem será o próximo? O Jughead?

Jughead- Não me envolva nisso Archie!

De repente Archie se vira e tenta dar um soco em Jughead. Sem sucesso Jughead empurra Archie e diz:

Jughead- Cara, você não é assim. Betty, eu tô te esperando na moto ok?

Betty- Claro amor, pode ir.

Antes de sair Jughead dá um beijo em Betty e sai empurrando Archie contra a parede.

Logo Archie sai do quarto em direção ao banheiro para lavar o rosto e se acalma.

Verônica- Betty, eu percebi que você é Jughead não estão mais como antes. Tem acontecido algo?

Betty- Ele e muito ocupado ultimamente.

Verônica- Então aproveite que você é Jughead não estão igual eu e Archie.

Betty- Mas hoje vou dormir aqui com você.

Verônica- Não vai não, hoje eu quero ler meu livro, e você vai lá ter o resto do dia com seu namorado!

De repete olho pro relógio e ainda são 8:45 da manhã. 

De repente Verônica se levanta da cama me empurrando eu direções a porta.

Verônica- Vai, eu vou ficar muito bem!

Betty- Obrigada Vê! Você é a melhor

Verônica- Eu sei BB! Agora vai.

Quando Betty chega no estacionamento encontra Jughead conversando com uma garota alta e de cabelos azuis. A garota estava quase que se jogando em cima de sua moto com um olhar sedutor enquanto Jughead tentava lhe afastar como se fosse um demônio e ele com água benta na mão.

Até que ele me vê e diz gaguejando:

Jughead- Aamorzinho, não é isso que você está pensando!

Betty- Eu sei Jughead, você não é desse tipo e eu vi ela tentando dar em cima de você.

A garota desce da moto de Jughead e sai andando como se nada tivesse acontecido.

Mais tarde

Betty e Jughead estavam no trailer de FP assistindo filmes. Até que um número desconhecido liga para o celular de Jughead.

Jughead- Alô?!

...-  Quem é?

Jughead- Jughead Jones, quem é você?

Jellybean- Jughead sou eu, Jellybean! Eu estou em frente a casa da sua namorada Elizabeth. Pode vir me buscar?

Jughead- Claro!

Jughead desliga, e quando olha para Betty percebe que ela está adormecida. Então ele a coloca em sua cama e logo vai buscar Jellybean.








Notas Finais


O que será que vai acontecer agora que Verônica está órfã? Dêem ideias do que vocês querem no próximo capítulo. Obrigada por lerem e beijos ❤️🐍👑


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...