1. Spirit Fanfics >
  2. Traição (imagine jungkook ) >
  3. 25

História Traição (imagine jungkook ) - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


- mais um cap cheio de novidades e emoção.

⚠️CAPÍTULO CURTO⚠️


boa leitura
ignorem os erros vai.

Capítulo 25 - 25


 

alguns dias depois..

*s/n ponto de vista*

— como você pode ser tão teimoso? você precisa ficar ainda no hospital - eu brigava com jungkook no telefone, ele ainda não teve alta por conta da fratura que teve.

Jk: eu quero ver você e a Naeun 

— mas você precisa melhorar, ainda está de repouso, hum? - escuto ele suspirar — tenho que desligar agora, depois eu ligo pra você, se cuida.

jk: você também, amo você e a nossa filha - quando ele fala isso, sinto um arrepio, por que sempre acontece isso? por que ainda sinto essas coisas?

— até mais - desligo a chamada e coloco o celular encima da mesinha da sala, Naeun brincava em seu carrinho de bebê com seus brinquedinhos. Me aproximo um pouco dela.

— seu pai é tão teimoso - a pequena olha para mim como se estivesse entendido - o que eu faço pra mantê-lo lá hm? ele precisa ficar forte pra voltar para nós duas. - pequena faz alguns barulhinhos e começa a rir - você não tá entendendo nada né? - retiro a pequena do carrinho e caminho até a varanda do apartamento - aqui é uma bela vista né - escuto a campainha e caminho até a porta - acho que é seu tio Tae - abro a porta e vejo o Kim.

Th: S/n - ele sorri - Naeun - ele se aproxima e segura a mãozinha  da bebê - você se parece muito com a sua mãe - no rosto de Taehyung surge aquele sorriso quadrado.

— aonde estava ?

Th: tinha alguns assuntos para resolver 

— hm - sento no sofá - você pode me dizer se hoseok está no hospital com jungkook? 

Th: ele me disse que iria em sua academia e depois ia passar no hospital - taehyung se vira para mim - por que?

— nada não - levanto do sofá, pego meu celular que havia deixado encima da mesinha e vou para o quarto com a Naeun, chegando no cômodo coloco a Naeun no seu berço com alguns brinquedos e decido fazer uma ligação. procuro o número da pessoa e vejo que ainda tenho. sorte !

*ligação*

Xx: Alô? - escuto a voz feminina do outro lado, que bom que acertei em cheio.

— quando tempo, Yuna

Yn: Jeon S/n? 

— parece que estamos nos falando novamente - escuto a risada da mesma do outro lado.

Yn: aish, pare de falar assim, parece até que somos inimigas, credo s/n - começamos a rir, Yuna era uma velha amiga, na verdade desde que saímos da faculdade não nos falamos mais, nossos caminhos se separam e desde então não havíamos mais nos comunicado.

— nem acredito que to falando com você 

Yn: pra falar a verdade, estou tão surpresa quando a ti - a Naeun começa a choramingar no berço então me aproximo da pequena - s/n? isso é um bebê? você tem filho? então você estava grávida?

— aish, quantas perguntas, sim é uma bebê, e eu estava sim grávida - ela grita do outro lado me fazendo assustar - que susto.

Yn: eu quero ver sua filha, ainda mora com Jungkook? - nesse momento fica parada, não consigo responder ao certo, isso foi como um choque - S/n?

— oh, desculpa, vou te passar o endereço por sms - mando uma mensagem pra ela - vem nesse endereço por favor, aqui conversamos melhor.

Yn: uau, conheço esse condômino, muito luxuoso 

— moro aqui, no apartamento de hoseok 

Yn: então isso significa que.. 

— vem pra cá, a gente conversa melhor - escuto ela dizer um “ta bom” e então desligo a chamada.

  *Jungkook ponto de vista*

deitado nessa cama de hospital me faz perceber o quanto é ruim ficar longe de quem amamos, eu estou a 5 dias aqui nesse hospital, sem a s/n, sem a naeun, sem a empresa. isso só pôde ser um castigo daqueles, talvez eu merecesse isso por tudo que fiz com a s/n, eu fiz ela sofrer, no momento que ela precisava eu estava com aquela... aish.. me dá ânsia só de lembrar, minha atenção é tomada ao ver Hoseok entrando no quarto com uma bandeja de comida.

Jk: o que é isso?

Hs: minha irmã é bem chata, ela pediu que eu cuidasse de você

jk: aish, você sabe que não precisa disso tudo

hs: facilita as coisas pra mim e coma tudo, trouxe lamen e algumas frutas picada

jk: nunca pensei que um dia você iria fazer isso para mim

hs: só estou fazendo por que minha irmã pediu

jk: ainda tem raiva de mim?

hs: as vezes sinto vontade de socar a tua cara, mas é só as vezes

jk: meu deus - pego o lamen e começo a comer, hoseok se aproxima um pouco mais - vai ficar me vigiando?

hs: não, só quero ter a certeza de que vai comer tudo, apesar de que isso não é um alimento muito bom mas você precisa comer 

jk: entendi - apos comer o lamen, comecei a comer as frutas picadas

hs: sabe Jungkook, quando sair daqui, tente se resolver com a minha irmã, você sabe que taehyung gosta dela né?

Jk: o- oque? - engasgo com uma fruta e pego o copo de suco e começo a beber.

hs: isso mesmo que você ouviu

jk: eu acho que sempre soube disso, mas achei que você não soubesse

hs: ele é meu melhor amigo

jk: hm

hs: então, se você ainda a ama, faça de tudo para ter ela de volta ou então taehyng pode roubar ela de você 

jk: isso é impossível, ele nunca vai conseguir.

hs: se você está tão confiante, então vá enfrente

jk: sei disso - bebo o suco e volto a comer as frutas - eu vou reconquistar ela e logo ela e a minha filha vão voltar para a nossa casa

Hs: desejo sorte

jk: obrigado - sorrio para o mesmo, eu estava confiante de que conseguiria conquistar a s/n de volta, eu quero ter ela novamente em meus braços, e agora, ela e minha filha são tudo que eu mais quero.

|quebra de tempo|

hoseok havia indo embora, ele disse que precisava voltar para casa pra ver se s/n e naeun estavam bem, agora eu estava sozinho deitado naquela cama de hospital vendo a um programa que passava na tv, estava ficando escuro, daqui a pouco a médica viria trocar o curativo do meu braço, escuto a porta sendo aberta então vejo quem era.

Taehyung

Th: sabe de uma coisa, achei que você iria morrer - ele se aproxima de mim - mas você parece ser bem forte e persistente

Jk: o que você tá falando?

Th: Jungkook

Jk: o que quer aqui? vai embora e fique longe da minha s/n e naeun

Th: hm - ele começa a mexer o cabelo - sabe, no dia que você acordou, hoseok ligou pra s/n. ela ficou tão feliz que até me beijou - aquilo fez uma raiva subir, queria levantar dali e socar a cara dele. - ela tem os lábios tão macio.

Jk: CALA A BOCA - grito e o mesmo me olha e começa a rir - por que tá rindo?

Th: Jungkook - ele se até e se aproxima - A s/n vai ser minha. - ele se afasta e sorri de lado - espero que tenha gostado da minha visita - ele caminha até a porta e para se virando novamente para me olhar.

Jk: está enganado, ela não gosta de você.

Th: é o que veremos - ele sai e fecha a porta com força, a minha raiva começa a subir e eu queria sair dali correndo e acerta a cara dele em cheio,  quem ele pensa que é pra falar isso, Kim Taehyung, acho melhor você não mexer comigo e com a minha família.


.

.

.

.



Notas Finais


— comentem muito, parece que agora o bicho vai pegar ‼️

até mais, thank u kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...