História Traição: Segunda Temporada - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Visualizações 19
Palavras 1.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Acidente


Fanfic / Fanfiction Traição: Segunda Temporada - Capítulo 3 - Acidente

Os meses se passaram rápido demais. Eu estava grávida de 7 meses e Jungkook ficava me mimando muito. Ele havia me pedido em casamento quando completei 1 mês de gestação. O casamento iria acontecer 2 semanas depois da nossa filha nascer. Ele estava mais ansioso com a chegada dela do que eu

  

 9:00 da manhã_Sábado

Acordei cedo para ir ao médico fazer os exames, para ver se estava tudo bem com a bebê. Me arrumei e desci para a cozinha. Vejo Jungkook lá, preparando o café

-Bom dia amor_Disse e me sentei na mesa

-Bom dia vidas_Ele sorriu e veio até mim, me dando um beijo

-Hoje temos alguns exames para fazer

-Eu sinto muito amor, mas eu não vou poder ir hoje. Tenho uma reunião na empresa. Eu queria muito ir, mas hoje eu não posso

-Ah, tudo bem, vou sozinha então. Não gasta se preocupar. É um exame rápido. Logo, logo, estarei em casa

-Me ligue se prescisar de algo

-Ok

Acabei de tomar o café da manhã e me despedi de Jungkook. Entrei no carro e fui direto para o hospital

Foi tão rápido. Eu não vi quase nada. A única coisa que eu sabia, era que eu prescisava ir para o hospital, urgente. O que aconteceu? Bom, eu estava dirigindo até o hospital. O sinal fechou e então parei o carro. Quando o sinal abriu, eu voltei a acelerar o carro. Mas infelizmente, tem pessoas que não respeitam os sinais de trânsito. O fato é que um carro veio correndo em minha direção, mesmo com o sinal fechado do lado onde ele vinha, ele não ligou para o sinal e veio com tudo para cima de mim. Deveria estar bêbado. O carro dele se chocou com o meu, fazendo meu carro capotar algumas vezes pela pista

Não se passou nem um minuto, e várias pessoas estavam ao redor do acidente. Eu senti uma dor enorme na barriga. Quando me dei conta, eu estava sangrando. Antes de desmaiar, ouvi alguém gritar

-CHAMEM A AMBULÂNCIA RÁPIDO!! ELA É UMA MULHER GRÁVIDA, DEPRESSA, CHAMEM A AMBULÂNCIA

E então desmaiei


     (S/N) POV'S OFF

   JUNGKOOK POV'S ONN

Eu estava na reunião, até que meu celular toca. Era (S/N)

-Me desculpe, tenho que atender_Eles me deixaram sair e então atendi

-Oi meu amor, como está? Já chegou em casa?_Uma voz grave se pronunciou no telefone

-Senhor Jeon Jungkook, aqui é a polícia. Infelizmente a senhorita (S/N) sofreu um acidente. O acidente foi provocado por um bêbado que estava dirigindo sem respeitar os sinais, então o carro dele se chocou contra o carro dela...

Já não estava mais escutando perfeitamente o que o policial dizia. Caí de joelhos no chão, em choque. Não poderia ser real. Isso era um sonho? Eu torcia para ser. Não, não, não, a minha (S/N) não

-Senhor Jeon? Senhor Jeon? Está me ouvindo_Volto a escutar o policial 

-Sim

-Ela está no hospital *****. Ela foi levada com urgência para lá. Te encontrarei lá, com as coisas dela

-Ok, obrigado_Desligo o telefone e quando vou sair da empresa, vejo Jimin, que me para no caminho

-Aonde você está indo?? E a reunião?

-Foda-se a reunião, eu tenho coisas mais importantes para fazer_Saio correndo de lá, pegando meu carro e indo para o hospital

O caminho todo eu pensava em apenas uma coisa. Pensava que a culpa era toda minha. Se eu tivesse faltado a reunião e ído com ela, nada disso teria acontecido

Cheguei no hospital e encontro o guarda, que me passa seus pertences. Entro no hospital e vou direto para a recepcionista

-Eu sou o namorado da paciente (S/N), vim ver como ela está_Mostrei os documentos e ela me deixou entrar

O desespero e o medo de perder ela, estava estampado em meu rosto. Encontrei um médico que me informou que ela estava na emergência. O estado dela era grave. Fiquei mais desesperado ainda

-Senhor, se acalme, sente aí e se acalme_ o médico dizia

-Me acalmar??? Minha mulher está ali dentro em um estado grave e você quer queeu me acalme??? Poha, ela está grávida!! Como vou me acalmar???

No final, fiquei lá sentado. Consegui me acalmar um pouco. Fiquei horas esperando ter alguma notícia dela

       Três horas depois

-Responsável pela paciente (S/N)?_Um médico disse na sala de espera

-Eu!_Me levantei

-O que o senhor é da paciente?

-Sou o namorado dela. Como ela está? Ela está bem?_Estava quase chorando

-A paciente estava em um estado grave. Ela estava grávida, e isso dificultou mais ainda. Felizmente, agora ela e a criança estão bem. Ela está descansando agora, mas pode ir vê-la. Ela está no quarto 45, á direita_Assenti e fui para o quarto

Cheguei lá e vi a (S/N) dormindo. Ela estava ligada á vários aparelhos. Coloquei as coisas dela em um canto e me sentei ao lado de sua cama. Estava chorando. Passei a mão entre seus cabelos e pegue em sua mão

-Graças a Deus que vocês estão bem. Eu me sinto tão...culpado...sinto muito meu amor. Eu deveria estar com você. Cuidar de você. E agora olha onde você está, em uma cama de hospital, desacordada. Me desculpe meu amor, eu sinto muito..._Começei a chorar muito e abaixei minha cabeça na cama

Alguns segundos depois, senti algo mexendo no meu cabelo

-Não foi sua culpa meu amor_Levantei a cabeça e a vi acordada

-(S/N)!!_A abraçei_Estava com medo de perder vocês, vocês são minha vida. Me desculpe por não estar com você

-Amor, calma, a culpa não foi sua. Isso acontece. Acidentes podem acontecer com todo mundo. Fique tranquilo_Ela diz e me acalmo

As palavras dela me deixa calmo. Ela me fazia ter paz...

Algumas horas depois, ela foi liberada e a levei para casa. Chegando lá, a levei para o quarto para ela descansar. Fui para a cozinha e preparei algo para ela comer. Depois de comer, ela fez suas higienes e eu também e logo em seguida fomos dormir


      JUNGKOOK POV'S OFF

         (S/N) POV'S ONN

Acordo no meio da noite com dores na barriga. Ela estava chutando muito. Pelo jeito, ela não estava nem um pouco ferida por causa do acidente. Fui para a sala e fiquei lá um pouco. Depois de alguns minutos, Jungkook desce as escadas bagunçando o cabelo e os olhos pesados de sono

-Amor, o que houve?_Ele se senta do meu lado

-Ela está chutando muito, e está doendo_Faço bico_Quer sentir?

-Pode? Não vai machucar se eu por a mão?

-Claro que não_Pego sua mão e coloco em minha barriga

-Nossa filha_Ele ri_Vai ser jogadora de futebol é?

-Ela não para quieta_Sorrio

-Ela chuta bem forte mesmo

-Sim, mas eu estou cansada. Queria dormir um pouco_Ele se ajoelha

-Filha, acho que você já fez muita bagunça por hoje, não acha? A mamãe prescisa dormir e o papai só consegue dormir se a mamãe estiver lá também. Está na hora de você dormir também, ok? Está muito tarde meu amor_Ele fala e fica alisando minha barriga

-Amor, ela parou_Sorrio

-Sério? Viu? A minha voz é muito acalmante. Aposto que ela dormiu, não é filha? Viu? Ela não está mais chutando_Ele sorri e me pega no colo

-Não gasta fazer isso amor_Rio

-Eu quero. Vamos, você tem que dormir 

Fomos para o quarto e dormimos. Ela realmente havia dormido. Não chutou mais nenhuma vez á noite. Consegui dormir muito bem


Notas Finais


Está aí
Espero que gostem
Não liguem se estiver erros ok? Amo vcs😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...