1. Spirit Fanfics >
  2. Train Wreck - NaruSasu >
  3. Você Me Plagiou!

História Train Wreck - NaruSasu - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores, promessa é dívida kkk. Autora tá mais ansiosa que vocês!!!! Capítulo novo gostosinho aqui, esse é bem importante para o desenvolver dos sentimentos do nosso casal hehe.

Obrigada pelos comentários!!! To amando kkkk. Obrigada também pelos +50 corações 😭🤰🤰 tia San tá baitola e feliz. Amo muito vocês, obrigada mais uma vez por tudo!!!! 😔🍊🧚‍♀️💫

Boa leitura e desculpem qualquer erro!! 💖

Capítulo 8 - Você Me Plagiou!


Fanfic / Fanfiction Train Wreck - NaruSasu - Capítulo 8 - Você Me Plagiou!


A semana havia passado voando, quando Sasuke percebeu já era sexta-feira três horas da manhã, estava terminando umas coisas do estágio, por sorte teria folga nesse sábado. Haviam se passado duas semanas desde que o Uchiha começou a trabalhar, recebeu os parabéns de Fugaku e Itachi, mas o que mais gostou de ouvir foi do loiro idiota de olhos azuis. Trabalhou a primeira semana no sábado e domingo, o que ocasionou em não poder ir ao cinema com o Uzumaki. Mas como ninguém para Naruto, o garoto consegui trocar a semana dos ingressos para a próxima já que Sasuke não iria trabalhar.

 Agora só precisava mandar toda aquela papelada pelo e-mail. Passou a semana toda ocupado com faculdade e trabalho, assim como o Uzumaki com seus projetos atrasados e entrega de currículos. Passaram a semana trocando mensagens pelo celular. Estavam em chamada de vídeo desde a meia noite, Sasuke estava terminando de mandar as informações para o e-mail da empresa e Naruto terminando de preparar mais alguns currículo para entregar por aí.

×

Agora que você tá trabalhando deveria me pagar alguma coisa pra comer. ⎯ Disse Naruto debruçado sobre a mesa. 

Hm hm⎯ Murmurou o Uchiha ainda concentrado nos mínimos detalhes daquele contrato. Precisava fazer um bom trabalho se quisesse continuar tendo um trabalho para chamar de seu.

Ou então você poderia comprar uma saia preta e dançar aquelas coreografias fofinhas do ticoteco.

Claro

AMOOO!! VOCE VAI DANÇAR PRA MIM

Naruto para de gritar. São três horas da manhã.

Pois é, você deveria estar dormindo, amanhã vamos ver o filme. 

Eu sei. ⎯ Encarou a câmera do celular. ⎯ É minha segunda semana lá, preciso causar boa impressão, tenho que terminar isso logo. 

Eu sei, é só que você anda trabalhando muito. Tá se alimentando direito?

o seja idiota é claro que eu to. Tô comendo frutas como você pediu, tô a mais de duas semanas sem me machucar. Eu tô bem! 

⎯ É tão bom ver que você tá bem. ⎯  Sorriu vendo Sasuke virar o rosto envergonhado, ao decorrer das semanas percebeu que o Uchiha fica envergonhado facilmente. ⎯ Promete que não vai mais se cortar? Se sentir vontade de se machucar só vim para minha casa que fico com você, tabom? 

Eu sei. Já te prometi isso, várias e várias vezes. Vou tentar cumprir. 

⎯ Tô orgulhoso. ⎯ Sasuke sorriu. ⎯ E com sono. Se importa 'deu desligar primeiro? 

Não tudo bem. Amanhã a gente se vê. Dorme bem e boa noite dobe. 

⎯ Boa noite teme. ⎯ Jogou beijo para o Uchiha antes de desligar a chamada.

×

A amizade entre os dois fluía de maneira natural. Sasuke também havia se aproximado bastante de Lee, em partes por estarem na mesma sala na faculdade. Começaram a se falar mais depois que o sobrancelhudo, como Naruto chamava ele, entregou suas anotações. Embora o garoto falasse muito, aos olhos e ouvidos de Sasuke, era uma boa companhia. Quem lhe surpreendeu foi Gaara, o garoto era sempre engraçado e tinha uma bela mente poluída, Sasuke não iria admitir ainda, mas adorava passar o tempo com os dois amigos estranho de Naruto.

Fugaku havia viajado para o exterior a uma semana, estava feliz em não ter que ver seu pai, não que odiasse o velho, só não sabia mais qual relação eles tinham. Itachi por outro lado observava bem o irmão, estava diferente do habitual, estava deveras curioso para saber o que o irmão mais novo tinha tomado.


Sasuke acordou no outro dia quase duas da tarde, iria encontrar Naruto as cinco no estacionamento do shopping. Ficou enrolando na cama até as três e vinte. Desceu apenas para beslicar alguma coisa, pegou apenas uma rosquinha e um copo de suco logo voltando para o quarto. O celular estava vibrando sem parar, era Naruto enchendo seu saco, respondeu o outro rápido falando que ia tomar banho e se trocar, e assim fez. 

Usou uma blusa listrada em preto e branco de manga cumprida com botões, junto de uma calça preta um pouco colada e tênis vans. Arrumou o cabelo como sempre e passou perfume e um creme para o rosto de sabor pêssego. Apanhou o celular na cama lendo novas mensagens de Naruto.

×

🍊 - Dobe : 

Vai com que roupa? 

Ein? 

Respondeeeeee


Sasu :

Que garoto chato!

Vou com essa ô

[FOTO]


🍊 - Dobe : 

Tá gatão ein. 

×

Sasuke respondeu a mensagem com um emoji do dedo médio e Naruto mandou apenas um emoji de uma carinha rindo e logo avisou que iria se trocar também.

Naruto vasculhava o próprio guarda roupa junto a Kushina que ajudava o filho na missão quase impossível de achar aquela camisa preta e branca de Naruto. A mãe do loiro estava curiosa em saber por que diabos ele queria usar aquela camisa que dizia odiar, a verdade era que Naruto queria ir combinando com Sasuke. Por que? Nem ele sabia. Lembrava que a camisa que tinha era quase igual a do Uchiha, a única diferença era que a sua era de manga curta.

⎯ Naruto veste outra coisa. Você nem gosta daquele camisa! ⎯ Disse Kushina já brava.

⎯ Não! Eu quero ir combinando com ele. 

⎯ Ele quem Naruto? ⎯ Disse se sentando na cama do filho. 

⎯ O Sasuke. Ele tá com uma camisa parecida olha. ⎯ Mostrou a foto para mãe que sorriu perversa.

⎯ Agora eu entendi. 

⎯ Entendeu o que dona Kushina?

⎯ O motivo pelo qual você ia nas reuniões chatas com seu pai. Pensando bem, você só ia nas que Fugaku estava. ⎯ Coçou o queixo tentando se lembrar de algo. ⎯ Sempre perguntava se os Uchihas estariam presentes...

⎯ Tá, o que isso tem haver? Eu acompanhava o pai para ele não ir sozinho. E porque a senhora ficava com preguiça de se arrumar e ir junto. 

⎯ Você gosta dele! É tão óbvio.

⎯ Q-que? Quem gosta de quem sua maluca? 

⎯ Me respeita que sou sua mãe. ⎯ Acertou um tapa na cabeça do filho vendo o mesmo resmungar, bem feito. ⎯ Você gosta do filho mais novo do Fugaku. 

⎯ E se gostar, oque é que tem? 

⎯ Você falou pra ele?

⎯ Claro que não! 

⎯ Pois deveria. ⎯ Naruto suspirou fundo antes de voltar a procurar a tal camisa. ⎯ Vê se tá na última porta.

Estava ali o tempo todo, sorriu ao imaginar Sasuke achando fofo eles combinando. Vestiu a camisa se olhando no espelho, estava bonito. Terminou de amarrar os coturnos pretos e finalizou o look com o colar que ganhou de Tsunade e um relógio prata que tinha guardado. Usou perfume e creme corporal.

Mandou mensagem para Sasuke avisando que tava saindo e recebeu um 'okay do moreno. Recebeu mensagem de Gaara avisando que já estavam todos esperando os dois no andar do cinema. Não demorou muito para Naruto dar um beijo na mãe e ouvir a mesma dizer para contar ao jovem Uchiha sobre seus sentimentos, embora quisesse, não jogaria essa bomba para o moreno. 

O shopping que estavam indo não era muito longe de suas casas, era questão de dez minutos dirigindo se não estivesse trânsito, por sorte hoje as ruas estava livres de qualquer engarrafamento. Enquanto dirigia, Naruto pensava sobre o que sua mãe havia dito, deveria mesmo falar sobre isso com o Uchiha? Estavam tão próximos agora, isso poderia arruinar a amizade deles. Não queria correr esse risco tão grande. Primeiro que nem sabia se Sasuke gostava de garotos e em segundo, ainda não tinha coragem para abrir seu coração. Naruto contou aos pais que gostava de garotos com quatorze anos, não era bi nem pan, era cem por cento gay. Minato e Kushina apoiaram o filho até porquê não culpariam seu único filho por simplesmente amar. Eles só queriam ver Naruto feliz e seguro, nada mais além disso.

O Uzumaki já havia aproveitado bem os anos de sua vida, com dezessete anos teve sua primeira relação com um cara, já teve a experiência dos dois lados, mas preferia ficar por cima. Em todos esses vinte e dois anos nunca namorou sério, ficava com vários garotos mas nenhum o fazia querer ficar, até que viu Sasuke Uchiha. De início ficou fascinado pela forma calma que o outro sempre tinha, era delicado e fofo como um boneco de porcelana. Logo depois notou como o outro era inteligente e estupidamente bonito, e tudo começou a ficar mais intenso quando viu Sasuke precisando de ajuda. Naruto queria por que queria ser a base de apoio do Uchiha. Não precisava estar relacionando amorosamente com ele, só queria ser seu amigo. Odiava vê-lo sozinho em todo lugar, as pessoa tinham medo de se aproximar por achar o jovem arrogante, Sasuke poderia ter muitos defeitos, mas arrogância não era um deles.

Gostava de Sasuke mas nunca contaria a ele, não podia! Seu único objetivo no momento era deixar o Uchiha protegido e feliz. Seus sentimentos poderiam esperar. Estacionou o carro olhando a cabeleira preta para fora do veículo esperando o outro, estava com o celular na mão provavelmente jogando alguma coisa. Naruto após estacionar saiu do veículo, viu Sasuke olhar pra si de cima a baixo e fazer uma cara de tédio. Cadê o Uchiha achando aquilo fofo? Foi iludido pela própria cabeça. 

⎯ Por que você é tão invejoso? ⎯ Acusou o Uchiha.

⎯ Eu queria combinar com você. É fofo. ⎯ Mostrou lingua para o mais baixo. ⎯ Branquelo chato.

⎯ Fofo seu nariz. ⎯ Foram se aproximando devagar até estarem de frente um para o outro. Sasuke foi o primeiro a sussurrar. ⎯ Oi. 

⎯ Oi. ⎯ Depositou um beijinho na tempora  direita do Uchiha, observou o garoto se encolher rindo. ⎯ Tá bonito.

⎯ Você também. Mas só conseguiu porquê você me plagiou. ⎯ Recebeu outro beijo e logo um dos braços bronzeados estava ao redor de seu ombro. Ambos caminhavam juntos lado a lado trocando algumas palavras sobre o filme que planejavam assistir.

Já havia se acostumando com os beijos do Uzumaki em seu rosto, digamos que já estava familiarizado. Ao decorrer dessas duas semanas notou que o loiro adorava contato físico, já Sasuke só gostava de contato físico se fosse Naruto que estivesse lhe tocando. Se perguntava diariamente se aquele comportamento era mesmo de amigos, mas sempre se xingava mentalmente falando  que se aquilo não fosse um relacionamento entre amigos seria o que? 

Nunca tivera uma experiência com outra pessoa, muito menos já gostou de alguém, nem sabia como fazia isso. Sasuke nunca se interessou por ninguém, seja mulher ou homem, por isso nunca havia se quer beijado ainda, nem sabia como fazer se um dia acontecesse. Mas de uma coisa tinha certeza, se um loiro quisesse o beijar em um lugar específico, não reclamaria. Mas óbvio que Sasuke Uchiha jamais admitiria isso em voz alta. 



Notas Finais


Okok tivemos Naruto confessando seus sentimentos aqui com a mamãe Kushina. Como podem ver Naruto tá de olhos no Sasuke desde sempre! Resolvi contar também sobre as experiências do nosso loirinho, ele já sabe das coisas e pah.

Já o Sasuke é nosso neném BV, parece a autora KKKKKK parei. Enfim, o Suke não sabe como é gostar de alguém por isso tem dúvidas em relação ao Naruto. Com o tempo nosso bebê vai se descobrindo e se conhecendo melhor!!

Beijos e até o próximo capítulo! 🍓♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...