História Tratamentos Para Cabelo Naturais - Capítulo 3


Escrita por: ¢

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Inojin Yamanaka, Metal Lee, Mitsuki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sarada Uchiha, Shikadai Nara, Shinki, TenTen Mitsashi
Tags Bomruto, Nejiten, Pride Month, Shenji
Visualizações 68
Palavras 1.757
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, LGBT, Shonen-Ai, Slash
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo é uma mentira

Capítulo 3 - Semana 3, Dia 5


Fanfic / Fanfiction Tratamentos Para Cabelo Naturais - Capítulo 3 - Semana 3, Dia 5

 

Semana 3, Dia 5

Cabelo: 8/10

 

Querido diário,

Decidi não visitar o Shinki nas próximas semanas. Afinal, ele deixou claro que não queria, então se eu for, só vou arruinar tudo. De qualquer  forma, os exames chūnin estão quase aí. Sim, tem muitas outras coisas que posso fazer.

Hoje o dia foi legal, estou passando muito tempo com meus colegas da academia. Não os apresentei bem aqui, vai ser mais fácil quando forem mencionados, assim não me perco. Se for para fazer uma lista, nunca mais acabo.

Acordei cedo, do tipo tomei o café da manhã numa hora aceitável  — sim, meu pai também ficou surpreso. Combinei com ele para treinarmos no início do dia, mesmo que na maioria das vezes que digo isso acabo dormindo até tarde. Mas não vou fazer isso nessas semanas!  Tenho que me distrair. Minha vida não gira à volta do Shinki! Só por ele não querer que eu o visite não quer dizer que eu não tenha outras coisas para fazer!

Você se deve estar perguntando quando o Shinki me falou isso. Bom, ele não falou. Só que se quisesse que eu o visitasse, teria dito, em vez disso só disse que não podia. A mensagem ficou clara.

Enfim, minha técnica está melhorando bastante. Papai disse que a visão de longa distância do meu byakugan já ultrapassa a dele quando tinha a minha idade. Fiquei muito feliz porque usá-lo é o que eu mais gosto de fazer, já que posso ser útil sem me machucar. Você sabe como é fácil um arranhão virar cicatriz para sempre na sua pele? Deus me livre!

Não vou dizer que não gosto dos combates porque gosto. Talvez possa dizer isso pois nunca tive que lutar pela minha vida. O que quero dizer é que é mais difícil cuidar da minha aparência no meio de uma batalha.

Foi muito bom treinar com meu pai, ele é incrível! E faz tudo parecer tão fácil! Sim, ele me elogia, mas é meu pai, e eu sou o único filho, portanto, é obrigatório. No fundo, sei que não estou nem perto do seu nível. Aliás, papai está sempre falando para não me esquentar com isso. Quando falo nas habilidades dele em genin, parece meio desconfortável. Acho que na época as crianças tinham muito mais “motivação” para serem fortes.

Pesado, né?

Ah, depois disso fomos almoçar na hamburgueria!

Não curto muito hambúrguer, para falar a verdade. Acabo sempre por comer salada ou algo do tipo, aquele carboidrato todo me assusta a mim e  minha pele. Mas todo o lugar que possa ir com o papai me satisfaz.

Conversamos sobre o Shinki. É sempre estranho porque com certeza ele sabe da minha queda, mas não quer me deixar desconfortável. Contei-lhe sobre ele estar treinando para os exames, e papai apenas me perguntou se eu estava sentindo falta. Só passou uma semana! Tá tão na cara assim?

Bem, eu falei que não queria forçar encontros, e ele ficou bem confuso.

Não expliquei porque sempre que me lembro do Shinki falando que não queria que eu o visitasse fico com vontade de chorar. Tá, ele não disse isso exatamente, mas ficou claro, certo?

De boas, tinha planos de passar a tarde com o Boruto.

Com tudo isso na minha cabeça, esqueci da existência do meu primo. Bom, apenas de que ele é uma ótima distração. Boruto pode não ser muita coisa, mas é ótimo para entreter. Ele chamou a maioria dos garotos da academia para jogar um videogame novo qualquer. Mesmo que não seja interesse meu, decidi ir.

Quando cheguei, Shikadai e Mitsuki já estavam lá.

Acho que não falei sobre o Mitsuki aqui. A verdade é que nos conhecemos pouco, mais através do Boruto. Não nos damos mal, mas não somos próximos. Ele não me coloca num pedestal estranho como a maioria das pessoas, então gosto dele.

Ele é um colega da época da academia ninja assim como o Shikadai, filho da Temari, irmã do Gaara, que é pai do Shinki. Ele parece aborrecido na maioria das vezes, e também acabamos por nos encontrar através do Boruto. Os dois têm uma amizade como eu e o Metal.

O Hokage não estava em casa, apenas a tia Hinata e minha prima Himawari, que correu para me ver e perguntar se podia fazer tranças no meu cabelo.

Infelizmente tive que recusar, pois iria estar com os rapazes.

Confesso que prefiro a companhia da minha prima mais nova.

Subimos para o quarto do Boruto, e o restante dos garotos — Metal e Inojin —  foi chegando.

Tivemos que fazer duplas. Era um jogo de co-op de vários jogadores, por isso que o Boruto convidou todos. Quando fui abrir a boca para fazer dupla com o Metal, o Inojin se ofereceu.

Aí tudo ficou um pouco constrangedor. Não recusei porque seria rude.

O Mitsuki então perguntou se podia fazer dupla com o Boruto, e ele aceitou, ou seja, acabamos com Metal e Shikadai muito confusos numa dupla. Foi bem estranho porque sou uma negação nesses jogos, e Inojin não. Mesmo assim, ele não se importou que nossa equipe tenha perdido algumas vezes por eu jogar mal.

No final, foi muito divertido.

Depois da tarde, não queríamos dar trabalho para a tia Hinata, então decidimos jantar fora com algumas amigas. Primeiro passamos pela casa do Kakashi-sensei, que ensinou a equipe do Hokage na nossa idade, para buscarmos as duas gêmeas, filhas mais novas dele: Kaede e Kari.

Shikadai foi forçado a ir conosco por ser o único que consegue distingui-las, embora ele tenha deixado claro que preferia jantar em casa.

Kari e Kaede são idênticas em tudo, até a personalidade é semelhante. Adoram confundir todo o mundo — e sempre conseguem — e rir disso. Passam o tempo juntas falando das garotas que acham bonitas, o que é bem fofo, só que imagino que aborreça o Shikadai, que está na equipe delas.

Chocho nos esperava no restaurante junto da Sarada na hamburgueria.... de novo. Minha melhor amiga achou inadmissível que eu pedisse uma salada, então acordamos num hambúrguer vegetariano zelando pela saúde da minha pele e cabelo.

Sarada é a filha do Sasuke e Sakura, antigos membros da equipe do tio Naruto. Ela sonha em se tornar Hokage e está na equipe do Boruto e Mitsuki. Acho que sou um dos únicos garotos que consegue não irritá-la. A admiro muito, assim como a qualquer pessoa que tenha paciência para sonhar em ser Kage.

Meu sonho é casar com o futuro Kazekage, no caso.

Eu prometi a mim mesmo não sonhar acordado sobre o Shinki ao escrever nas semanas em que não o vejo e consegui falhar de primeira…

O jantar foi bem legal, acho que deveria passar mais tempo com eles. Na maioria dos dias, fico apenas com o Metal e a ChoCho. Não gosto de estar perto de muitas pessoas ao mesmo tempo que me fazem sentir que cada vez que respiro é linda e maravilhosa. Sabe, ser filho de um dos melhores Hyūgas e ninjas de Konoha tem dessas, ainda mais quando aparento ser tão promissor.

Papai me treinou bem, e não quero desiludi-lo, muito menos deixá-lo mal…. mas, diário, como pode ver, estou longe de ser um exemplo de qualquer coisa.

Foi bom ver como todo mundo se comunica; eu nem tinha reparado que a Kari usa um elástico azul para prender a sua pequena trança no cabelo, e a Kaede, uma vermelha. Shikadai me falou, e também disse que elas trocam para tentar enganá-lo, mas ele sempre as distingue. Ele é bem esperto. Notei que se dá melhor com a Kari, pelo menos se esforça para não parecer aborrecido quando ela fala.

Sarada e ChoCho ficaram sozinhas no mundo delas, acho que foi de propósito para eu não ficar sempre ao seu lado. Eu entendo, já que as duas também são melhores amigas.

Metal foi o único que não me abandonou. Ficamos falando com o Boruto, Mitsuki e Inojin o resto da noite. Mitsuki não participava tanto da conversa, mas sempre parece feliz ao lado do Boruto. Acho eles fofos juntos, na verdade. No entanto meu primo é muito lerdo quando se trata de romance — em tudo, mas romance em especial —  então duvido que algo aconteça.

Na verdade, acho que ele é só um garoto normal de treze anos, e tenho inveja disso.

Inojin estava desenhando depois de comermos, e não nos mostrou o quê. Ficou mais agitado durante a noite, falando e falando. Tentava lançar algumas alfinetadas em Metal, e foi divertido, pois ele não entendeu nada. Nem eu, embora as reações do Metal fossem engraçadas.

Quando cheguei em casa, estava exausto de tanto conversar.

Havia um perfume de Jasmim na cama e uma máscara de cabelo com essência de romã, da mesma coleção que pedi para o papai no outro dia. Eram presentinhos dos meus pais, sem motivo nenhum. São tão fofos!

Claro, tive que descer para agradecê-los.

Acho que não te falei, diário. Nossa casa tem três andares; o último é mais pequeno, tem apenas um cômodo e uma varanda, que é onde fica meu quarto. Sim, tenho um andar só para mim! Meus pais ficam no segundo, onde tem o banheiro. No  primeiro sobra todo o resto: cozinha, sala de estar e tal. Só quis dizer que tenho um andar e varanda só para mim, o que é ótimo, só que sempre que preciso dos meus pais tenho que descer dois andares.

Dei um abraço gigante em meu pai e um beijo na minha mãe. Eles estavam assistindo TV juntos. Me perguntaram se queria ficar para assistir um filme como costumamos fazer, no entanto, falei que estava exausto. Não dormi uma única sesta hoje e parece que meu corpo está morrendo.

Então aqui estou, diário, cansado de um dia tão bom.

Shinki uma vez elogiou meu perfume, justamente um que foi descontinuado uns anos atrás. Sério, não sei se ele que tem jeito em elogiar ou eu que tenho nas minhas quedas. Enfim, desde aí eu estou tentando achar um parecido para que ele elogie de novo.

Ai… eu realmente queria poder escrever uma entrada inteira sem falar no Shinki. Ele nem quer que eu o veja nessas semanas!

Devia mesmo ir dormir e procurar algo para fazer amanhã, ou talvez durma o dia inteiro para compensar hoje. Acho que dormir e treinar bastante vai me fazer esquecer tudo por um tempo. Esse dia não pensando no Shinki me fez bem.

Daqui a pouco estarei demasiado cansado para te esconder, então, vou terminar aqui.

Importa mesmo se meu cabelo estiver melhor amanhã?

Amor, Tenji.

 


Notas Finais


Aiii estamos na reta final ;;

Não me canso de agradecer minha beta maravilhosa <33

Até ao próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...