1. Spirit Fanfics >
  2. Traumas do passado - is It Love? Daryl >
  3. O pesadelo voltou...

História Traumas do passado - is It Love? Daryl - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal, hoje trago mais um capítulo pra vocês, espero que gostem e aproveitem!!

Capítulo 2 - O pesadelo voltou...


Fanfic / Fanfiction Traumas do passado - is It Love? Daryl - Capítulo 2 - O pesadelo voltou...

Eu estou prestes a sair da li, quando o daryl olha pra mim e diz:

Daryl- Olá, você está muito bonita! posso saber o seu nome? - ele diz dando um suave beijo em minha mão, que me causa arrepios! Isso não pode acontecer!!

Cheryl- oi, sou Cheryl, prazer! - digo curta e grossa, tirando minha mão da sua, eu não posso me deixar levar por esse sentimento estranho que estou sentindo.

Daryl - vejo que você não é de se enturmar em festas!- diz ele com um leve sorrisinho de lado em seus lábios finos.

Matt - não a perturbe Daryl!! Acho que ela não vai querer ter você como amigo! diz Matt vendo meu desconforto sobre o Daryl.

Daryl- mas eu posso ser mais que um amigo! O que acha?! - Diz ele se aproximando de mim.

Isso não pode estar acontecendo! Meu coração bateu fortemente após ele pronunciar essas palavras, eu não posso me deixar levar, se eu me aproximar dele as lembranças vão me atormentar mais ainda! E eu não quero sofrer mais do que já estou sofrendo!

Eu pego minha bolsa e saio para fora quase correndo com lágrimas nós olhos, lisa Matt e Daryl me olham com um olhar de surpresa, e que não entenderam nada.

Lisa- CHERYL ESPERE POR MIM! EU VOU COM VOCÊ!  - diz Lisa pegando suas coisas e se levantando do balcão dando um olhar de raiva para o Daryl.

Chegando do lado de fora da Starlite, eu me desabo no choro, pego o primeiro táxi que vejo em minha frente e entro, não sei como consegui pegar esse táxi, faz tanto tempo que não entro em um carro, mas neste momento eu não me importo com isso!! ouço Lisa gritando por mim.

Lisa: - espere!!! - diz Lisa com um olhar de tristeza nos seus olhos me vendo partir.

Ainda chorando e soluçando dou o endereço do meu apartamento para o motorista, que me olha pelo retrovisor com cara de preocupado.

Motorista: - Está tudo bem senhorita?

Cheryl : - sim, sim está! Não se preocupe! - digo limpando as lágrimas que cai rapidamente de meus olhos, ele assente e continua dirigindo.

Chegando eu meu prédio o motorista estaciona o carro para eu poder descer, eu o pago pela viagem no meu cartão e saio do carro, entro direto sem olhar para trás. Subindo as escadas ainda soluçando, ouço meu celular vibrar, mas eu nem me dou ao prazer de olhar quem era. Entrando no meu apartamento não conseguindo segurar as lágrimas, eu fecho a porta atrás de mim, e desabo no chão chorando! Flashbacks de uma noite voltam a minha mente.

Flashback on:

??:- mas eu posso ser mais que um amigo! O que acha?!

Cheryl: - isso foi um pedido? Por que se foi, acho que você tem que melhorar um pouco- digo sorrindo sarcasticamente.

??: - hahaha muito engraçadinha você né? Então... Suponhamos que foi um pedido... O que você me diria? - diz ele com um olhar envergonhado.

Cheryl: - huuum, SIM eu diria SIM- digo pulando em seus braços cheia de alegria felicidade, ele me abraça com ternura e com muito carinho em seus olhos cor de avelã...

Flashback off

As palavras do Daryl foram as mesmas que as palavras dele... Eu não consegui me segurar na hora, quando Daryl disse essas palavras eu rapidamente me lembrei dele, dos seus olhos cor de avelã, que por coincidência é da mesma cor que os olhos do Daryl.

Cheryl: - AAAAAAAAAAAAAAAAAAH- eu grito chorando, quebrando um vaso de vidro, não aguentando mais essa dor!! Por que isso sempre me perturba? Será que eu não vou conseguir mais viver sem essa dor dentro de mim?. Fico repetindo a mesma frase várias vezes.

Cheryl:- mas eu posso ser mais que um amigo...

Eu acho que ainda vou ter uma longa noite pela frente...

No dia seguinte.

Acordo com meu despertador tocando sem parar, pois já deu o horário para eu ir trabalhar, hoje eu não vou, estou com uma forte dor de cabeça, e não tenho forças para me levantar da cama... pego meu telefone para enviar um e-mail para o Gabriel comunicando o motivo da minha ausência hoje no trabalho, quando vejo várias mensagens e ligações pedidas do Matt e da Lisa, eu passo tudo sem mesmo nem ver o que dizia nas mensagens, não estou com a mínima curiosidade para isso!. Mando o e-mail para o Gabriel e volto a dormir para ver se  a dor de cabeça para.

Algumas horas depois...

Acordo com meu celular tocando, vejo que já são um pouco mais de 12:00 séria o horário do meu almoço, vejo quem está me ligando, é a Lisa... Fico em dúvida se atendo ou não, se eu atender ela vai querer saber o por que de eu sair chorando daquele jeito, e eu não estou pronta para contar o que aconteceu! Pensando isso eu deixo o celular tocando, até que ele para, e ouço uma notificação de mensagem, é da Lisa também, na mensagem diz:

Bate papo com a Lisa:

Lisa: querida, você está bem? Eu e o Matt estamos muito preocupados com você, você nem veio trabalhar hoje... Assim quando estiver vendo isso, me liga, só para eu ter certeza que você está bem. Beijos, se cuida❤️

Cheryl: olá Lisa, estou bem sim, não se preocupa, não fui trabalhar pois não me sentia muito bem, e acordei com uma forte dor de cabeça! Mas já estou me sentindo melhor, depois a gente conversa. Bjo

Fim do bate papo.

Após ler e responder a mensagem da Lisa eu bloqueio a tela do meu celular e o deixo em cima da cômoda, levanto- me da cama com meu corpo dolorido, sem força, acho que se eu não tomar algum remédio eu posso ficar doente, se é que eu já não estou. Lembro- me dá noite passada, sempre que me lembro deles, eu tenho essas crises e surtos de choro. Me dói tanto pensar nisso!! Vou para o banheiro tomar um banho e fazer minha higiêne pessoal.

Algumas horas depois...

Lisa me ligou dizendo que vinha aqui assim que saísse do trabalho, ela vinha com o Matt, eu não me importei. As dores na minha cabeça e no meu corpo voltaram, eu estava me sentindo fraca, sem força nenhuma de ficar em pé! Mas mesmo assim eu me levanto e vou preparar alguns petiscos para a Lisa e o Matt, eu não comi nada o dia todo, não sinto vontade de comer, não sinto vontade de fazer nada! Após ter feito alguns petiscos descido pegar meu notebook que está lá nos fundos do apartamento, chegando perto eu vejo uma porta, nela eu guardo o que um dia foram meus tesouros! Mas hoje são meus pesadelos! E eu não posso me livrar deles! Séria impossível, eu posso sim dizer que um dia fui feliz!- após pensar nisso meu corpo começa a ficar fraco, sinto minhas pernas bambas, começo a ver tudo ao meu redor girar, após isso meus olhos começam a se fechar lentamente, me sinto cair no chão, mas não sinto dor nenhuma póis o escuro me consome...






Notas Finais


Então pessoal, esse foi o capítulo de hoje, espero que vocês tenham gostado!! O que tanto perturba a Cheryl que ela jamais poderá esquecer? E o que será que tem de trás da porta?
Alguns palpites???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...