1. Spirit Fanfics >
  2. Travellers >
  3. Onde tudo começou

História Travellers - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Onde tudo começou


Eu já nem sabia quanto tempo estava naquele lugar. Pessoas entravam e saiam às pressas, e ninguém me dirigia a palavra. Meu estomago se contorcia em parte por estar sem comer a muito tempo e parte por medo. Eu não fazia a mínima ideia do que aquelas pessoas queriam comigo.

- Senhorita Wyatt, sou o detetive Sheapard. Me acompanhe, por favor. – ouvi uma voz dizer, me levantei lentamente e o segui até uma sala.

- Precisamos fazer umas perguntas, tudo bem? – questionou ele, encarei-o fixamente.

- Adiantaria dizer que não? – perguntei em resposta, ele pareceu me analisar por algum tempo.

- Você conhece esse garoto? – indagou ele novamente colocando uma foto à minha frente. Ignorei.

Ele se levantou e começou a andar lentamente em círculos ao redor da sala, me analisando friamente. Me mantive firme, mesmo que estivesse à beira de ter um ataque de pânico.

- Esse garoto, se chama James Jason. Frequenta a mesma escola que você a pelo menos 5 anos, está nas suas turmas de matemática, química e inglês. – começou ele, na hora eu soube de quem ele estava falando.

- Eu sei; conheço ele. Conversamos sobre assuntos relacionados a aula algumas vezes, mas não somos próximos nem nada do tipo. A essa altura já deve saber que eu não sou do tipo popular. Então, não se surpreenda. – falei monotonamente.

- Bom garoto, família bem estabilizada, recebeu recentemente a carta de aceitação da faculdade. Iniciaria na Brown em setembro desse ano. – continuou ele ignorando meu comentário anterior.

- Parece que vai ter uma boa vida. – comentei sem dar muita importância.

- Ele está morto. – respondeu ele imediatamente, senti meu sangue gelar e comecei e senti uma onde de medo me invadir, já imaginando o porque de eu estar ali.

- Mas não longa. – completei. Ele me olhou e voltou a se sentar à minha frente.

- A senhorita não sabe o tamanho do problema no qual se meteu, senhorita Wyatt – começou ele me encarando.

- Na verdade não mesmo, eu agradeceria muito se alguém me explicasse o motivo de terem me tirado da aula para me trazer aqui. – disse duramente. Ele pousou seus olhos sobre mim e franziu a sobrancelha, como se estivesse curioso.

- Você está sendo acusada. – respondeu ele ainda me encarando curiosamente. Dei uma risada alta.

- E do que exatamente? – questionei ainda sem acreditar.

- Assassinato. – o detetive respondeu.

Quando essa palavra saiu de sua boca eu senti meu corpo todo enrijecer e um arrepio costumeiro me veio a nuca. Nesse exato momento, eu soube que havia começado novamente. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...