1. Spirit Fanfics >
  2. Três amores >
  3. Hospital.

História Três amores - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem amores.
Boa leitura.

Capítulo 2 - Hospital.


Fanfic / Fanfiction Três amores - Capítulo 2 - Hospital.

Kirishima OFF


 

Bakugou ON

 

 Eu estou tão puto que não sei nem se devia estar assim por alguém que acabei de conhecer e pra melhorar não sei onde o todoroki se meteu, meu peito está tão apertado, me distraio em meus pensamentos da pior à melhor coisa que possa acontecer com o esverdeado.Quando vejo o Kirishima vindo em minha direção extremamente eufórico.


 

Kirishima:  Bakugou, o médico levou Eri á uma sala para examiná la ele até me perguntou se eu queria acompanhá lo mas eu não consigo,á e o Todoroki já está com o esverdeado além disso o nome do esverdeado é Izuku Midoriya e o nome do pai da Eri e até então ´´marido`` dele é Minoru Mineta.


 

Ao ouvir o nome desse verme, Minoru Mineta me faz querer arrebentar a cara dele, mas o que importa agora é cuidar dele de Izuku Midoriya, o nome dele é interessante.

 

– Ruivo, por que não me disse que aquele merda do meio a meio já está lá vamos logo.

 

Chegando no quarto eu vi uma cena que nem em sonhos pensava que iria ver, geralmente o meio a meio é o tipo de pessoa que geralmente não simpatiza com pessoas que não estão no seu convívio, e ali  está ele, sentado e  dormindo ao lado da maca do Izuku de mãos dadas ao mesmo, tsk…, talvez ele apenas tenha gostado do cheiro dele que realmente é bom agora que ele está bem, ele cheira a frutas vermelhas bem adocicadas.

Vejo o ruivo indo em direção ao Esverdeado que estava abrindo os olhos e vou também.


 

Kirishima: Você está bem pequeno?

 

Izuku: F-Filha, Eri, onde está minha filha.(disse o mesmo com a voz bem fraco, e tentando se soltar dos soros)

 

Kirishima: Você precisa se acalmar, sua filha está bem, ela está com um médico, ela estava dormindo bem tranquila.


 

– Ei ela vai ficar bem.( digo em um tom calmo me sentando na ponta da maca)

 

Izuku: não deixe ele chegar p-perto da minha garotinha por favor, meu m-marido não é bom.

 

Só de ouvir ele se referindo aquele merda como marido me dá arrepios.

 

Izuku:q-quem são vocês?


 

Todoroki: Fique tranquilo, nós te vimos caído junto com a sua filha, resolvemos parar para te ajudar te trouxemos  aqui para esse hospital graças a isso você está vivo, sofreu muitos danos pequeno, além disso sua filha é linda veio o caminho inteiro abraçado com o Kirishima esse com o cabelo vermelho.


 

Eu estou realmente chocado tanto eu como o cabelo de merda, nunca vimos ele agir assim, ele normalmente deixa o Kirishima ou eu falar.


 

Izuko: p-perdoem eu não tenho dinheiro para pagar o Hospital no momento, eu preciso só ficar melhor e pedir divorcio, ai eu irei arranjar um emprego e devolverei cada centavo para vocês, qual o nome de vocês mesmo?, posso fazer um emprestimo, mais porfavor não faça nada de mal para minha menina por minha culpa ela foi estuprada pelo próprio pai, me perdoem,(disse o menor em meio a prantos.)


 

– Primeiramente esverdeado, prazer meu nome é Katsuki Bakugou,o meio a meio que está do seu lado se chama Shoto Todoroki e esse aqui do meu lado se chama Eijiro Kirishima.

Escute bem, nós não vamos fazer nenhum mal a você muito menos a Eri, você não precisa devolver nada, além do mais iremos pagar todo seu tratamento, você NÃO É  o culpado pelo o'que houve com sua filha muito menos por ter apanhado, o culpado é esse ser humano de bosta que não merecia ter nascido Alfa, Agora poderia me dizer se tem alguém que  possa cuidar de você alguém de sua família?


 

Olho para os rapazes e o esverdeado ambos estão surpresos com o'que acabara de ouvir da boca de Katsuki Bakugou o próprio cão.


 

Izuku: e-eu não tenho família eu fui abandonado, a família do meu ma… , ex marido  me criou para que no futuro eu fosse marido de seu filho primogênito no caso Mineta., eles não gostam de mim.

 

 Todoroki: Ok, você irá para nossa cas... ( antes que Todoroki pudesse terminar de falar uma voz infantil ecoou pelo quarto e a pequena Eri corria para sua mamã).


 

Eri: Mãmã, pensei que mamã tinha me dexadu (disse a menor chorando correndo em direção a maca)


 

Izuku : Mãmã ta bem, vai dar tudo certo lembra que mamã sempre dá um jeito, agradeça aos moços gentis, e cuidado que mamã está dolorida.


 

Ao ver essa cena é de partir até mesmo meu coração, ele é uma mãe incrível.

 

Eri pula no colo de Kirishima o agarrando.

 

Bakugou  OFF


 

Todoroki ON


 

Eri: Obigada, vocês cuidaram da mamã, queria que vocês fossem meus papais,


 

Aquilo mexeu comigo, senti uma vontade imensa de abraçar e me agarrar ao pescoço do esverdeado, ele cheira tão bem que eu quero muito cuidar dele.

 

Izuku: Pare com isso já Eri, me desculpem rapazes, além disso o que estava dizendo S.r Todoroki ?( o menor se senta na cama).

 

Izuku: Eu conheço vocês de algum lugar, ai meu Deus me perdoem vocês são donos daquela  empresa não é mesmo, eu estou sendo tão mal educado.( disse o menor numa tentativa de se curvar, sem sucesso pois suas costas doíam demais).


 

Kirishima: Pare com isso você precisa descansar, e sim somos nós mas não se preocupe, isso não nos faz melhor  que você( disse com um sorriso no rosto.)


 

– Bom , continuaremos  more  conosco por um tempo você e sua filha, assim que acabarmos o seu tratamento você poderá trabalhar em nossa empresa, e assim se estabilizar, todos nós concordamos com isso, todos nós cuidaremos de você caso você aceite.


 

Kirishima: Vamos aceite  caso não goste, nós contratamos uma moça para cuidar de você e de Eri em um apartamento. 

 

Bakugou:Aceite.( disse em voz alta, mas em seus pensamentos rezava para que o mesmo aceitasse.)

 

Izuku:n-nós não podemos, sou um completo estranho , n-não seria estranho?


 

Eri: Vamos mamã, por favo eu quero morar com esses papais não com o meu papa.,ele me machuco e machucou seu coração mamã e deixou válios dodóis.


 

Izuku: Filha, eles não são seus papais, são apenas bons homens.

Izuku: Bom vamos fazer o seguinte, ficarei com vocês até eu me curar depois eu darei um jeito, em questão a trabalho eu não quero que me deem um, apenas por favor me ofereçam uma entrevista de emprego assim eu passarei para a vaga caso eu conseguir com meu mérito e de acordo com meu currículo p-por favor.

 

Eu REALMENTE GOSTO DELE.

 

Todoroki OFF


 

Midoriya ON:


 

Eu não sei se eu deveria ter aceitado isso estou com medo, aliás eles são Alfas, não sei se é uma boa ideia viver com três, porém eles parecem ser boas pessoas, afinal me salvaram e salvaram minha filha daquele monstro.eles são lindos e parecem se preocupar com nosco eu estou feliz pois meu ex marido nunca me olhou com os olhos que eles estão me olhando, com um olhar de cuidado, eles parecem tão diferentes, hehe.


 

Kirishima: Que bom que aceitou, estamos muito feliz, vou ver que horas terá alta,venha comigo pequena.( disse o mesmo pegando Eri no colo).

 

Bakugou: Deixe que eu vou,Quer vir comigo pequena?

 

Eri ergueu os braços em direção ao mesmo. 


 

–e-ele parece irritado, ele está bem?


 

Kirishima: Pode parecer bravo, mas está muito  preocupado com você na vinda até aqui te segurou no braços quase o vi chorar e eu nunca o vi chorar, ele é sempre assim carrancudo mais é uma boa pessoa, você vai se acostumar haha.

 

– s-seu sorriso é lindo ruivo.( digo corando)

 

Kirishima: A obrigada( disse passando  a mão na nuca)


 

Todoroki fechou a cara, eu juro que achei isso fofinho.

 

Todoroki: é falso viu, não caia nessa o cabelo real dele é preto.( disse o mesmo fazendo birra)

 

Algo me diz que vai ser muito bom esse tempo que iremos passar juntos eles são engraçados., me sinto bem com ele mas ainda preciso resolver muita coisa.


 

– Rapazes poderiam me levar a delegacia, vou fazer um boletim de ocorrência, antes que meu ex marido, queira pegar a guarda da minha filha, ele sempre me ameaçou com isso tenho muito medo.

 

Kirishima: fique tranquilo, o médico disse que  o hospital já fez a denúncia e prometemos a você que ele nunca mais chegará perto de você ou de Eri.

 

Bakugou: Ele não é louco, eu mato ele.

 

Disse o Loiro , entrando no quarto, corei instantaneamente.

 

Bakugou:  Você poderá sair do hospital amanhã cedo, ficará em observação por um tempo , pois seu braço está bastante ferido.

 

– Eu vou poder mexer meu braço logo?, não quero ficar muito tempo assim quero ajudar.no que eu puder enquanto estiver com vocês.

 

Bakugou: Você terá que fazer, algumas sessões de fisioterapia , se eu ver você fazendo algum esforço em casa lhe tranco no quarto, tsk… ( disse ele dando um sorriso sarcástico)


 

– Meninos eu vou dormir, estou com muito sono, muito obrigada por tudo,será que poderia pedir um travesseiro para minha Eri deitar comigo.


 

Todoroki:Fique tranquilo, já falei com a enfermeira, descanse.

 

Ambos depositam beijos em minha testa e me deixam com Eri.

 


Notas Finais


Favoritem amores.

Um beijo um queijo e até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...