História Três Faces - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, HyunA
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, HyunA, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags !kink, Sub, Taekook, Vkook
Visualizações 33
Palavras 1.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, FemmeSlash, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - One


Jungukk mandava muitas mensagem para Namjoon. Ele estava atrasado, e a última coisa que Jeon queria é ficar sozinho no intervalo. Tinha o Jimin para lhe fazer companhia, mas geralmente ele estava rodeado de pessoas.

 Por mais extrovertido que aparenta ser, Jeon não costuma gostar de ser o centro das atenções diretamente, talvez indiretamente, usando uma calça justa e agachando na frente de suas paqueras. Ele é tímido, mais na dele. Às vezes conversa com algumas pessoas, mas é difícil realmente fazer um amigo.

 Talvez por ser ter gostos peculiares, ele tivesse medo de ser julgado. Só há duas pessoas que Jeon confia o bastante; Namjoon e Seokjin. Mas ele pretendia colocar mais uma pessoa nessa lista, Kim Taehyung.

 Enquanto não obtinha uma resposta de Namjoom, Jungukk ficou no canto do pátio observando o pessoal; alguns conversando, mexendo em seus celulares e outros se beijando. Mas só um prendeu a atenção dele, como sempre, seu amor platônico.

 Jeon não sabia se Taehyung fazia de propósito, mas ele tinha uma mania de passar a língua pelos seus lábios de forma tentadora. Ele é sexy sem ser vulgar. Jungukk diria que Kim é o homem mais bonito do mundo sem medo algum; o rosto simétrico, os lábios, seu olhar... Jurava que estava babando de tanto que encarava-o.

 Taehyung é cheio de amigos, conversa com todos, simpático, sociável, e pelos boatos, gay. Isso só alimentava a imaginação de Jungukk, que planejava um jeito de ter-lo para si. Um Daddy não seria uma má ideia.

 Seus devaneios foram despertos por Namjoon que lhe deu um tapa na nuca.

— Eae, Gukk!

— Me bate de novo para você ver, filho da puta! — Não dava para levar a sério a feição fofa de Jeon. Namjoon pois-se a rir.

— Desculpa a demora, estava fingindo que dormia para faltar a aula, mas sabe né…

— Pais. — Jungukk completou.

— Pais. — Sentou-se ao lado do amigo, olhando em volta. — Então, como vai o seu irmão?

— O Jin? — Namjoon soltou um murmuro, assentindo. — Por quê? 

— Ah, nada…Ele não me manda mais mensagens, não me responde mais. Fiquei preocupado.

— É... Ele 'ta puto contigo. Você tem que ir conversar com ele, não aguento mais esse drama. 

— Cara…Eu realmente gosto dele, que merda!

— Fala isso para ele, ué! Não para mim. 

 Namjoon encarava-o como quem tivesse tido a melhor ideia do mundo. Num segundo levantou-se e foi correndo a procura de Seokjin, o irmão mais velho de Jungukk. Deixando ali seu amigo sozinho, mexendo no celular fingindo que fazia algo de interessante no mesmo.

 O sinal tocou, todos foram indo para suas salas. E no caminho Jimin apareceu passando a mão pela cintura do maior.

— Nem fala mais comigo, cara.

— Você só anda com esses seus amiguinhos inúteis. Não posso fazer nada. — Jimin riu e apertou as bochechas de Jungukk.

— Aposto que se conhecesse eles iria gostar. Hoseok, Yoongi e Jongin falaram que você é uma graça.

 Uma coisa que deixava o ego do Jeon inflado eram elogios desse tipo, mesmo não sabendo direito como reagir.

 Talvez ele precisasse fazer mais amigos, Namjoon o trocaria facilmente por Seokjin.

— Okay! Vou tentar conhecer seus amigos. — Disse revirando os olhos, mas sorrindo logo em seguida.

— É assim que se fala, Gukk!

 Jimin sorriu de forma fofa, abraçou o amigo e se despediu.

 O tempo parecia passar lentamente, principalmente por ter as piores matérias em um dia só. Uma vez ou outra Jungukk tentava inventar uma brincadeira para sair do tédio, por exemplo; imaginar o que se passa na cabeça de cada um ali, o futuro deles e como é a vida deles... Era engraçado, até imaginou que aquela professora não fazia sexo a muito tempo, já que ela está sempre mal-humorada.

 Então finalmente deu o horário do intervalo, e como ele havia previsto, Namjoon e Jin estavam juntos novamente. A relação deles é complicada, eles não namoram, mas se amam. Se conhecem faz cinco anos e tudo graças a Jungukk, mas nesses cinco anos eles nunca oficializaram nada.

 Por isso recentemente Namjoom havia ido a uma boate LGBT e acabou ficando com um garoto, Jin descobriu e ficou mal. Mas isso é algo que só se resolve a base do diálogo, sabia muito bem que seu amigo e seu irmão eram péssimos nisso, só que se esforçavam pois se gostavam, e isso é nítido.

 Trocou breves palavras com o "casal" e foi a procura de Jimin. Não foi difícil o encontrar, ele sempre está fazendo escândalo com seus amigos. O mais quieto do grupo sem dúvida alguma é o Yoongi, muito bonito por sinal. Seus cabelos é um tingido esverdeado, sua pele é pálida e Jungukk só conseguia pensar em como seu pau deve ser bonito.

 O Hoseok — Outro amigo de Jimin — é o mais escândaloso. Seu cabelo é alaranjado, e seu sorriso contagiante, e sua voz só faz Jeon pensar como deve ser bom o ouvir gemer.

 Jongin ria de tudo que seus colegas falavam. Seu cabelo é preto, e ele tem um jeito sexy. Só de olhar para ele qualquer um imagina coisas impróprias.

 Talvez ele fosse uma pessoa com pensamentos muito pervertidos e pornográficos, por isso não deixava os outros o conhecerem o bastante, mas ele gostava do seu jeito.

 Jimin assim que o viu, chamou-o. Jeon então sentou-se junto com aquela grupo, que cessou as risadas escândalosas e sem necessidade, assim que o viu, direcionando a atenção apenas pra si.

 Jeon é uma pessoa adorável, sua feição tímida conseguia o deixar ainda mais. Seu cabelo natural um pouco bagunçado, seu moletom rosa e sua calça jeans branca que marca suas coxas grossas. O pecado em pessoa.

 Ele sabia muito bem que seu jeito fofo o deixava mais sexy, mas raramente se aproveitava disso. Gostava mesmo era de usar seu jeito inocente e fofo para deixar as pessoas pensando coisas impróprias sobre si.

 O silêncio naquele lugar não durou tanto, Jimin começou a falar:

— Então! Como vocês sabem, esse é o meu amigo Jungukk. — Sorriu da forma adorável que sempre sorria e deu um tapinha nas costas de Jeon.

— Olá! — Ele disse e curvou a cabeça, sorrindo desajeitado. Estava realmente tímido. — Jimin sempre fala de vocês, então…não precisam se apresentar.

— Seu amigo é muito fofo, Jimin-ssi! Deveria ter nos apresentado antes. — Hoseok exclamava, parecia até ignorar a existência de Jungukk.

— Mas agora vocês se conhecem. Yoongi, eu já volto, fica de olho nos meninos, okay? Não quero que abusem do pobre Gukk. 

 Todos riram, no caso o Jungukk ria de nervoso. Yoongi assentiu, então começou a conversar. Logo o clima foi fluindo e ficando mais leve, eles conversavam sobre interesses em comum e estavam tentando se conhecer.

 Jeon particularmente gostou mais do Yoongi, mas tinha mais coisas em comum com Hoseok e achava Jongin o mais engraçado. Gostou de todos mais do que pensou que gostaria. E não precisou do Jimin — Que até então estava com seu quase-namorado — para se enturmar.

 No final descobriu que Hoseok é bissexual, Yoongi Pansexual e Jongin assexual. Naquele colégio é realmente difícil conhecer pessoas do meio LGBTQ+, elas são a minoria; bem escondidas. E Jeon sentiu-se muito animado.

 Infelizmente o intervalo não dura tanto, o sinal tocou e ele teve que se despedir dos novos amigos. Lógico, pediu o número de telefone deles.

 Como sempre, a única coisa que deixa Jungukk animado por ter essa aula é Taehyung. Mas parecia que a sorte estava ao seu lado naquele dia.

— Vocês vão ter um trabalho em dupla… — A professora falava com um ânimo que ele invejava.

 Uma coisa que o mesmo odeia, é trabalho em grupo ou dupla. Ele é perfeccionista, gosta de tudo organizado e do seu jeito. Por isso, odeia envolver seus trabalhos com alunos desinteressados ou desorganizados, que preferem fazer de qualquer jeito ou deixar tudo nas custas dos outros.

 Então Jungukk pensou por milésimos segundos, e ficou muito animado para fazer esse trabalho . Geralmente sempre implora para professora deixar-lo fazer sozinho, mas seria diferente dessa vez. Uma ótima oportunidade, e ele não ia perder.

— Taehyung? — Jungukk que sentava atrás dele o cutucou, Kim olhou para ele e deu um breve sorriso.

— Sim?

— Quer fazer o trabalho comigo? 


Notas Finais


Era para eu ter publicado sexta, porém esqueci. Está aqui, mais um capítulo quentinho para vocês. Obrigada pelo favs, estou animada demais;)💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...