1. Spirit Fanfics >
  2. Três malucos e um bebê >
  3. Café da manha

História Três malucos e um bebê - Capítulo 38


Escrita por:


Capítulo 38 - Café da manha


Pov Hermione

Era tão errado e ao mesmo tão certo  estar ali com ele,nos braços dele.Quando a musica terminou nos sentamos,ele segurava minha mão e volta e meia beijava os nós dos meus dedos.Ficamos conversando coisas do cotidiano,sabe,como foi no trabalho,algo de novo,algum problema,essas coisas.Já estávamos na terceira garrafa de vinho,o que me deixou um pouco mais solta.Estava contando coisas que aconteceram comigo quando estava indo a uma boate,certa vez;

—Então eu disse pro cara:Tire as mãos de cima de mim ou eu vou cortar o seu pau fora e colar na sua testa para você parecer um unicórnio broxa!

—Essa é a minha garota –Draco riu

Essa é a minha garota.

Uma frase,diversas sensações,um batalhão de borboletas no meu estomago.

O Maître veio ate a nossa mesa;

—Querem mais alguma coisa?Mais uma garrafa de vinho?

—Pra mim não,chega de beber –Respondi –Ou vou ter que sair daqui carregada..

—Pra mim também nada,só a conta.

—A conta já foi paga senhor Malfoy – o Maître respondeu

—Por quem? –Draco e eu perguntamos

—Pela senhorita Greengrass quando ela fez a reserva,e pediu-me para entregar isso –O Maître entregou a Draco um pequeno bilhete e fez uma reverencia –Com licença.

—O que diz ai? –Perguntei tentando ler o bilhete

Draco riu e desdobrou o mesmo,a letra de Daphne era pequena e cuidadosa.

 Então meu casal favorito,espero que tenham se divertido essa noite.Sei que vocês devem esta me agradecendo por ajuda-los,então não á de que.Mais minha ajuda ainda não terminou,eu “delicadamente” pedi para que os meninos saíssem do apartamento os deixando livre para vocês.A Rose ficara comigo,devolvo ela inteira amanha,não se preocupem.

A noite é toda de vocês.

Com amor

D. Greengrass

—Um amor de amiga –Draco riu e guardou o bilhete no bolso –Então você quer ir para casa ou quer dar uma volta por ai?

—Aceito dar uma volta –Respondi e me levantei

Saímos do restaurante de mãos dadas,as ruas estavam quase vazias então supus que já era tarde,nem vi o tempo passar quando estava com Draco no restaurante.

—Tem mais alguma aventura que queira me contar? –Draco me perguntou

—Esta se aproveitando só por que estou bêbada! –Acusei

—Não sei do que esta falando –Draco se defendeu

—Ata,eu vou fingir que acredito.

—Não acredita em mim –Draco exclamou –Que lamentável!

—Eu deveria? –Provoquei

—Claro que sim,eu não minto –Draco respondeu –Só quando me convém!

—Draco –O repreendi e ele riu

—Estou brincando –Draco afirmou e me beijou

Eu sempre perdia a razão,juízo e qualquer outra coisa quando ele me beijava,me sentia nas nuvens.Quebramos o beijo e sorrimos um pro outro;

—Acho melhor irmos pra casa,meus pés estão me matando –Murmurei mexendo os pés dentro do salto

—Sabia que sou ótimo massagista? –Draco perguntou

—Serio?

—Sim e você terá a prova hoje –Draco sorriu e olhou ao redor

Quando viu que não tinha ninguém ele aparatou comigo no apartamento dele,o local silencioso nem parecia a casa de três marmanjos e de uma bebezinha adorável.

—Eu preciso primeiro ir no meu apartamento trocar de roupa e tirar essa maquiagem –Avisei

—Não pode trocar de roupa aqui? –Draco perguntou manhoso –Lhe empresto uma das minhas camisas

Concordei e ele me entregou uma camisa de magas cumpridas preta,entrei no banheiro e tirei o saltos,o vestido e já que eu estava sem varinha tive que tirar a maquiagem manualmente,o que demorou um tempo,assim que sai Draco já tinha trocado de roupa e me esperava deitado na cama dele.Ele sorriu e fez sinal para que eu deitasse,eu obedeci,ele se sentou colocando meus pés sobre as suas coxas,as mãos frias dele me causaram um arrepio rápido,fechei os olhos quando ele começou a massagear um pé de cada vez.

—Draco..você é muito bom –Murmurei em aprovação

—Você nem imagina o quanto –A frase maliciosa me fez coroar

Quando ele terminou o serviço com meus pés ele subiu para a panturrilha,ele sabia aonde pegar e como pegar (sem malicia),assim que terminou as panturrilhas ele veio para cima de mim e me beijou.Sabe aquele beijo que envolve,que tira o foco e o fôlego?Então..

       Quando nos separamos tínhamos aqueles sorrisinhos bobos no rosto.Draco deitou ao meu lado e eu,inconsciente,me aninhei a ele.A mistura do álcool e dos carinhos que Draco fazia nas minhas costas me deixaram sonolenta,fui pegando no sono devagar,ate apagar de vez.

Acordei com a claridade entrando pela janela,o que era estranho já que eu sempre fechava a janela antes de dormir..então me lembrei,não estava no meu quarto,no meu apartamento.Estava na casa do Draco,no quarto dele,deitada na cama com ele.

“Eu estou apaixonado por você,Hermione Granger.”

Foi o que ele me disse ontem.Ele estava apaixonado por mim,e era por isso que eu estava ali,deitada com ele..estávamos indo devagar.Com cuidado eu me levantei,fiz minha higiene pessoal e sai do quarto,a casa continuava silenciosa,entrei na cozinha para preparar o café da manha.Eu estava tão concentrada que nem percebi quando Draco entrou na cozinha e me abraçou por trás,beijando a curva do meu pescoço.

—Bom dia –Ele desejou

—Bom dia.

—Ta com um cheiro ótimo isso –Ele elogiou minhas panquecas

—Se você é bom com massagens eu sou boa com comida –Respondi

—Não duvido –Draco respondeu e se afastou para mim poder colocar as panquecas num prato

Sentamos na mesa para o desejum porém nosso pequeno momento de paz foi interrompido por uma tropa que literalmente invadiu a casa.

—Oi casal –Blás nos cumprimentou

—Bom dia –Respondi constrangida

—Desculpe virmos tão cedo –Luna pediu –Mais Molly pediu para Gina tomar conta de Vic e Teddy,e adivinha?

Luna apontou para Gina toda descabelada,a ruiva me entregou Teddy enquanto  Theo entregava Vic a Draco.

—Eu não tenho jeito com crianças –Gina reclamou

—Isso não são crianças –Theo exclamou –São..

—Theodoro –Draco e eu repreendemos

—Certo –Theo suspirou e se sentou –Eles quase me enlouqueceram!

Vic riu arteira.

—Victorie –Repreendi a menina

—Desculpe tia Hermione mais foram os tios Fred e Jorge que disseram para nós fazermos isso.

—Vic –Teddy exclamou –Não era para você contar!

—Eu vou matar aqueles dois –Gina resmungou

—Por que você ta responsável por eles? –Draco perguntou tirando uma mecha do cabelo de Vic da frente do olho dela,Vic sorriu agradecida

—Mamãe,Tonks e Fleur foram a um “momento de mães”,Lupin e Gui estão trabalhando,sobrou para mim cuidar deles –Gina respondeu

—Eles não são tão ruins assim –Defendi as crianças

—Tia Hermione é a melhor –Teddy me abraçou

—Puxa saco –Gina resmungou fazendo todos rirem

—Então como foi o jantar ontem? –Blás perguntou todo “inocente”

—Não é da sua conta –Draco respondeu

—Pelo menos se acertaram? –Luna perguntou

—Mais é obvio Luna,não esta vendo os sorrisinhos deles? –Gina,minha adorável, amiga perguntou

—Opa,parabéns casal –Theo aplaudiu

—Você e tia Hermione são um casal? –Vic perguntou para Draco –Igual a minha mamãe e o meu  papai?

Draco encarou a menina sem saber o que falar.

—Responde ela,amigo –Blás riu

—É..nos somos um casal –Draco concordou

—Vocês vão ficar se beijando igual os meus pais? –Teddy perguntou –É nojento!

—Muito nojento –Vic concordou

—Não é não –Theo puxou Gina para um beijo de tirar o fôlego

—ECA –Vic e Teddy exclamaram enojados e tampando os olhos com as mãos

—Quem é o casal aqui em? –Draco debochou e Theo respondeu com um gesto feio

—Theodoro Nott se não quer que eu corte esse dedo fora,guarde ele!

Theo obedeceu e todos riram.

—Essa é a minha garota –Draco sussurrou para mim

Essa é a minha garota

Minha garota

Acho que nunca vou deixar de adorar quando ele fala isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...