1. Spirit Fanfics >
  2. Três malucos e um bebê >
  3. Compras

História Três malucos e um bebê - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Compras


—Primeiro iremos comprar as roupas –Gina murmurou alegre

Quando eles adentraram na loja de roupas para crianças se sentiram como se fossem inimigos adentrando no território rival,só tinha mulheres no local deixando os três homens meio deslocados.

—Olha só se não são minhas clientes favoritas,cadê o Teddy? –Uma vendedora apareceu para atender eles

—Não viemos com Teddy hoje Helena,viemos com Rose – Hermione apontou para Rose que brincava com um cacho co cabelo de Luna

—Oh céus que garotinha fofa! –Helena se aproximou da Malfoy –Oi pequena!De quem é essa criaturinha fofa?

—É filha dele –Luna apontou para Draco

Helena avaliou o loiro de cima a baixo aprovando o que via;

—Agora sei da onde ela tem esses genes maravilhosos –Helena sorriu maliciosa

—Viemos comprar roupas pra ela –Hermione se expressou

—Então vamos,temos que ver as roupinhas pra essa princesa –Helena esfregou as mãos animada

Os homens foram deixado de lado enquanto as quatro mulheres e meio (Rose) andavam pela loja toda atrás das roupas,elas olhavam as roupas como se fosse as coisas mais preciosas que existisse no mundo.

No final (depois de algumas horinhas) Hermione arrastou Draco ate o caixa para pagar pelas compras.

—Ai que dor –Draco murmurou quando viu quanto saiu as roupas da sua filha

—Espera a sua filha crescer,ai sim você vai ver o que é dor –Helena riu

As sacolas ficaram por conta dos homens (como Gina havia dito que seria),mais assim que chegaram a um corredor pouco movimentado fizeram discretamente um feitiço para que as sacolas caberem numa só.

—Como é bom ser bruxo –Theo murmurou aliviado

—Concordo –Draco respondeu

—Vamos pra próxima loja – Gina exclamou –O enxoval!

Assim que adentraram se sentiram perdidos,eram muitos modelos,tamanhos,cores e formatos.

—Que tal esse? – Draco apontou para um berço verde claro

—Acho que esse seria mais bonito esse aqui –Hermione apontou para um roxo claro

—Não.. –Draco negou

Demorou um tempo ate que Draco e Hermione finalmente acharam um que agradasse os dois.

—Esse aqui – Falaram juntos

—Aonde eles se enfiaram? –Draco perguntou ao reparar que os amigos não estavam na loja

—Vi Ginny saindo furiosa e um Theodoro arrependido foi atrás dela,Luna saltitou pra fora levando Blásio com ela –Hermione respondeu

Quando iam pagar Hermione achou o carrinho perfeito,arrastou Draco ate ele.

—Meio a meio? –Hermione provocou apontando para o carrinho de bebê preto com fitas rosa.

—Meio a meio –Draco concordou

Terminaram de pagar as coisas e Hermione colocou Rose no carrinho,Draco é que empurraria.

—Ela pode comer alguma coisa? –Draco perguntou olhando pra filha

—Quantos anos ela tem?

—Um ano..

—Pode sim então –Hermione respondeu –Temos que amassar bem mais ela pode comer sim.Ah e tem o assunto dos padrinhos.

—Blás e Theo –Draco respondeu

— Isso eu já sabia,queria saber se as madrinhas poderiam ser Luna e Gina..

—O que? –Draco encarou Hermione –Ta maluca? A Di’Lua e a Weasley fêmea?Não!Sem chances..

—Malfoy –Hermione murmurou

—Não Granger,eu já to fazendo uma grande esforço pra concorda em aceitar sua ajuda mais agora coloca como madrinhas da minha filha a Di’Lua e a Weasley fêmea ai já é demais!

—Draco, por favor –Hermione fez um biquinho e piscou os olhos

 Draco tentou se manter firme na sua decisão mais era quase impossível quando se tinha Hermione Granger parada a sua frente com cara de gato de botas.

—Por que elas? –Draco murmurou

—Por que elas são minhas melhores amigas –Hermione respondeu como se fosse obvio

—Você não pode escolher outras não?

—Não!

—Eu sei que vou me arrepender disso..tudo bem –Draco concordou

—Obrigada Malfoy –Hermione comemorou e o abraçou mais rapidamente se afastou –Foi mal..Vamos procurar os outros!

Draco apenas assentiu ainda estava em choque pelo repentino abraço que ele ganhou;

—Sabe aonde eles estão? –Draco perguntou

—Se conheço Luna ela deve esta na praça de alimentação –Hermione respondeu

E ela estava certa,sentados numa das mesas Blás e Luna se encontravam.

—Muito bonito em –Hermione exclamou observando os dois

—Eu sei que sou –Blás se gabou

Draco revirou os olhos e se sentou,Hermione o imitou.

—Por que demoraram? –Blás perguntou enquanto roubava uma batata frita do prato de Luna que apenas riu com o ato

—Por que vocês em vez de ajudar vieram comer –Draco resmungou

—Estávamos com fome –Blás se defendeu

—Cadê Ginny e o Nott? –Luna perguntou

Dessa vez quando Blás tentou roubar outra batata ela foi mais rápida e lhe entregou uma na boca causando sorrisinhos maliciosos em Draco e Hermione.

—Boa pergunta -Hermione respondeu

—Talvez eles também estejam comendo –Blás comentou “na inocência”

— Talvez eles estejam se comendo –Draco corrigiu fazendo o amigo rir

—Credo! –Hermione torceu o nariz diante do assunto

—Céus eu não preciso desse tipo de informação –Luna negou

—Que informação loirinha? –Theo apareceu sabe-se lá da onde com Gina ao seu lado

—Se vocês estavam se comendo –Luna respondeu

Theo riu enquanto Gina cruzou os braços irritada.

—Aonde vocês estavam? –Hermione perguntou

—Estavam se pegando? –Blás perguntou malicioso

—Sim percebemos que Rose não teria ninguém pra brincar então resolvemos fabricar um sobrinho pra ela –Weasley respondeu sarcástica

—É,acho que não vão querer ver as câmeras de segurança daqui –Theo negou

—Parem com esse assunto –Hermione pediu –Estão corrompendo a inocência da Rose!

—Ela é pequena –Theo deu de ombros –Não deve entender o que estamos falando..

—Tomara que não –Draco olhou pra filha que brincava com uma das fitinhas do carrinho

—Ah comprei um presente pra ela! –Gina exclamou e entregou a Hermione m embrulho,desconfiada ela abriu,ela um leão de pelúcia.

—Hey!Isso é Grifinório demais pra minha filha –Draco resmungou

—E daí? –Hermione respondeu e deu a Rose o leão a menina o abraçou sorrindo –Ela gostou!

—Que nojo –Os três sonserinos resmungaram

—Não posso deixar minha afilhada ter algo da Grifinória –Blás negou

—Sua não,minha –Theo retrucou

—Nada disso!Ela é minha..

Eles iriam brigar muito mais então Hermione cutucou Draco avisando que era pra interferir na disscução.

 -Os dois são os padrinhos dela –Draco se pronunciou

—Serio? Viu Ruiva,ela é minha afilhada! –Theo provocou Gina

—Grande coisa Nott,Luna e Ginny são as madrinhas dela – Hermione saiu em defesa da amiga

Weasley sorriu maldosa pra Theo;

—Mesmo assim,Luninha vamos comprar algo pra nossa afilhada agora –Blás levantou e Luna o imitou

—Tchau pra vocês também – Gina resmungou vendo os dois se afastarem

—Luninha? –Theo repetiu

—Vamos terminar logo as compras –Hermione pediu cansada de andar pra lá e pra cá

Entre o resto das compras (coisas para o banho e os brinquedos) Draco ficou desconfiado quando viu seu “adorável” amigo Theodoro Nott vindo em sua direção trazendo nos braços um embrulho rosa.

—A ruiva e eu compramos algo pra você Draco –Theo entregou ao amigo o presente –Pra você carregar as coisas da Rose..       

Vindo de Theo era suspeito,agora que ele se junto com Gina tudo se tornava ainda mais suspeito.Draco lentamente abriu o presente e encarou o amigo em choque;Ele havia recebido de presente uma bolsa de bebê totalmente rosa.

—Eu falei pra Ginny  que você não ia gosta –Theo riu da cara do amigo

—Herms,eu e o Thetheu apostamos que Draco não iria nunca usar essa bolsa,por favor faça o favor de obriga-lo a carrega-la sim? –Gina sussurrou para Hermione enquanto as duas observavam a reação de Draco

—Pode deixa –Hermione riu e se aproximou de Draco –Lá se vai o meio a meio.

—Eu nunca vou carregar isso –Draco negou irritado

—Seja um bom garoto e use Malfoy –Gina respondeu

—Espera,desde quando chama o Nott de Thetheu? – Hermione se virou para a amiga

—Desde agora –Gina deu de ombros como se fosse algo normal

—Hey gente,temos dois presentes pra Rose –Luna saltitou ate os amigos e estendeu a Rose um ursinho

—Serio Blás?Deixou ela comprar o mascote da Corvinal? –Draco perguntou vendo que o ursinho na verdade era uma águia

—Ela me persuadiu,não tive como negar –Blás se defendeu e se ajoelhou na frente de Rose –Tio tem um presente - outro bichinho de pelúcia mais esse era uma cobra –Para você aprender desde cedo o que é bom!

Rose imediatamente pegou a cobra fazendo os adultos rirem.

—Agora sim –Draco comemorou –Mas espera..o que quis dizer com “ela me persuadiu”?

—Ela fez aquela carinha –Blás respondeu

—Que carinha? –Todos perguntaram

—A do gato de botas,eu não pude negar,não tem como resistir a essa carinha!

—É –Draco olhou para Hermione que sorriu inocente –Não da mesmo pra resistir..

—Vamos pra casa?Não aguento mais fazer compras –Hermione murmurou

—Você nem ta carregando peso –Theo retrucou

—Você também não –Gina respondeu –Mais vamos resolver isso..

Ela pulou nas costas de Theo que parecia nem sentir o peso extra.

—Cavalgue cavalinho!

—Quer cavalgar em mim ruiva? –Theo perguntou malicioso

—Se comportem –Hermione ralhou - Vamos antes que vocês se atraquem no meio do shopping!

Theo saiu correndo carregando Gina nas costas,o que atraiu e muito a atenção dos demais,os amigos os seguiram rindo dos dois.

O resto da tarde foi para arrumar o quarto de Rose,na verdade as mulheres arrumaram enquanto os homens ficaram tomando conta de Rose. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...