1. Spirit Fanfics >
  2. Três malucos e um bebê >
  3. Aflições

História Três malucos e um bebê - Capítulo 66


Escrita por:


Capítulo 66 - Aflições


Draco Malfoy observou Hermione terminar de secar Rose,ela sorria e Rose retribuía.Era tão obvio o amor envolvido entre as duas,mesmo Rose sendo pequena demais para saber o que significava amar alguém.Mas,atrás do sorriso de Hermione,ele conseguia ver a confusão da mente dela.

Ele se desencostou do batente da porta,vendo sua garotinha já vestida e querendo colo.Hermione notou sua aproximação e deixou que ele pegasse ela,enquanto ela ocupava-se em aguardar todas as coisas que havia usado com Rose.Draco sentou-se no chão,com Rose,ele a embrulhou numa mantinha rosa com orelhas –ele não se lembrava de quem havia ganhado –e deixou Rose brigar com a cobra de pelúcia,Hermione voltou e sentou-se nas pernas do loiro que a abraçou por trás.

—Eu te conheço –Draco murmurou acariciando os braços dela

—É? –Hermione perguntou divertida sem entender o que ele queria dizer com aquela frase

—Quer me contar o que te aflige? –O loiro perguntou

Hermione sorriu.Mesmo no pouco tempo que eles estavam juntos,Draco Malfoy sabia lhe ler muito bem.Sabia interpretar seus olhares,sentir sua tensão –mesmo sem tocá-la –sabia identificar seus sorrisos.Ele sabia tudo sobre ela.

—É por causa do bebê da Gina e do Theo? –Draco perguntou com cuidado

Horas antes,quando Theo chegou anunciando de um modo Nott que seria pai,todos comemoraram.Gina contou como descobriu e de como ambos decidiram que aquele bebe viria ao mundo,Blás garantiu –em nome de todos –que aquele bebe seria bem-vindo a família.As mulheres já começaram a fazer planos para a “sementinha de Theo” enquanto os homens –de forma madura –zombavam de Theo. Gina pediu que ninguém falasse nada a ninguém já que ela precisava se preparar para contar à mãe que ela seria mãe.

Draco,assim que entendeu que Gina estava grávida,de modo discreto observou Hermione em todo o momento.Ele estava preocupado com as lembranças que a gravidez da amiga poderia trazer a tona.Ele sabia como ela se sentia por causa da perda do seu bebe e do Weasley.

—Não –Hermione negou –Eu estou feliz por Ginny e Theo.Muito.

—Mas?

Outra vez,ela sorriu ao notar que Draco conseguiu captar o pequeno receio dela na frase.

—Eu ainda sinto a perda do meu bebe –Ela confessou –Não estou com inveja de Gina,longe disso.É que..

—Eu entendo –Draco sussurrou reconfortando-a ao ver que ela não conseguia dizer

Hermione se virou para ele,os olhos marejados e a expressão nublada,sem dizer nada o loiro a abraço com força e deixou que Hermione chorasse.Hermione agarrou a camisa dele como um colete salva vidas,enquanto abafava os soluços escondendo o rosto no pescoço do loiro.Draco sabia que ela precisava desse momento e deixou.

Ela não conseguia parar de pensar em como seria sua vida de o bebe tivesse vindo ao mundo.Ela ainda estaria com Rony ou a relação deles desgastaria por outro motivo?Seria um menino ou uma menina?Seria ruivo como o pai?Seria inteligente com ela? Entraria em Hogwatrs?Seria da Grifinória?Ela tinha tantas perguntas sobre como seria o futuro dela e do bebe,mas nenhuma seria respondida.

—Você precisava libertar isso,Hermione –Draco sussurrou para ela –Precisa deixar ir.

—Eu sei –Hermione respondeu

Quando ela parou de chorar e se acalmou,parecia um pouco mais leve.Não é como dizem,chorar lava a alma?   

—Eu sei que tem outra coisa te incomodando –Draco a observou –O que é?

Hermione soltou um suspiro,ela esfregou a nuca nervosa.Isso foi um habito que ela adquiriu de Draco,quando ele ficava nervosos esfregava a nuca e ela acabou indo pelo mesmo caminho.

—Isso –Hermione ergueu a mão com o anel dos Malfoy

—Você não gostou? –Draco arqueou as sobrancelhas

—Não seja idiota,não tem como não gostar –Hermione revirou os olhos –Eu preciso saber,Draco.Você me pediu em casamento?

Draco mordeu o lábio para impedir uma risada de sair.Ele sabia que cedo ou tarde,Hermione iria perguntar isso a ele,ele só estava esperando para ver quanto tempo demoraria.Se surpreendeu quando a pergunta demorou dois meses para vir.

—Não –A resposta dele pareceu deixa-la aliviada –Por quê?Não quer casar comigo?

—O que?Claro que quero –Hermione respondeu chocada –Só que..tudo é muito recente sabe?Namoramos há pouco tempo,não podemos casar!

—Theo e Gina vão ter um bebe –Draco apontou –E namoram o mesmo tempo que nós.

—Por que eles transam feito coelhos –Hermione brincou

—Podemos imitá-los –Draco sorriu malicioso e beijando o pescoço dela –Eu me lembro de,antes da Gina interromper,estávamos numa brincadeira bem divertida..

—Malfoy –Hermione soltou uma risada nasal –Rose esta bem aqui.

Draco parou para observar a filha que parecia estar bem concentrada na sua cobra de pelúcia.

—Acho que ela sequer notou que estamos aqui.

Hermione imitou o loiro e observou a menina.Sua menina.A garotinha que surgiu do nada,vinda de um pai meio azedo,que a encantou com seu sorriso meigo e olhos brilhantes.

—Eu acho que deveríamos nos mudar –Draco comentou como quem não quer nada

Ele já estava com aquela ideia há algum tempo,quando numa conversa dele com os amigos,Theo comentou que queria se mudar com Gina,Draco achou interessante a ideia e desde então também começou a pensar nos pós,contras e principalmente como convencer Hermione a se mudar com ele.

—O que? -Hermione engasgou –Como assim?

—Nos mudarmos,comprarmos uma casa e morarmos lá –Draco revirou os olhos

—Quando você diz..nós? –Hermione murmurou

—Quero dizer,Rose,você e eu – O loiro respondeu –E não adianta alegar que é muito cedo,você já mora aqui!

—Por quê?

—Essa casa esta ficando cheia demais para o meu gosto –Draco respondeu –Além disso,Rose esta crescendo e seria melhor uma casa onde ela pudesse correr e brincar.

—E se não der certo?Quer dizer, Aqui dividíamos a casa,estávamos sempre na companhia dos outros.Uma casa só para nós?E se ficarmos entediados com a presença um do outro?

—Não tem como ficar entediado com você –O loiro sorriu charmoso beijando-lhe o pescoço - Uma casa só para nós vai nos dar privacidade.Eu gostaria muito de te agarrar em qualquer canto,sem medo de sermos pego por olhos desocupados.

Hermione concordava com o loiro.Um pouco de privacidade não faria mal.Mas,tinha um ponto que ela nunca contou a ele:

—Eu nunca morei com um cara –Ela confessou   

—Como assim?

—Eu não morei com o Rony,em nenhum momento da nossa relação –Ela explicou –No começo,antes da gravidez,eu estava ocupada tentando me manter no meu emprego e achava ser cedo demais.E quando descobri que estava grávida,decidi que iria morar com ele quando nos casássemos..O mais perto de morar com um homem foi na Toca e depois aqui.Mas,nunca apenas nós.

—Então seremos dois iniciantes nisso –O loiro respondeu –Eu também nunca morei com outra mulher.Mais se conseguirmos nos manter aqui,aposto que conseguiremos nos manter em qualquer canto.

Novamente ela concordava com ele.Seu medo,além de bobo,era infundado.Não tinha por que temer.

—Ok.

—Ok? –Ele repetiu surpreso –Vai se mudar comigo?

—Sim –Hermione concordou risonha

—Não estou acreditando que você concordou comigo –Draco sorriu –Eu já estava me preparando para convencê-la de modo mais..firme.

—Eu não me oponho –Hermione respondeu e o beijou deixando que ele a puxasse para o seu colo

—Hey casal –Blás entrou e ambos se separaram

—Vamos procurar uma casa para ontem –O loiro chiou ganhando um suspiro de concordância da namorada

Eles precisavam de privacidade!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...