1. Spirit Fanfics >
  2. Três malucos e um bebê >
  3. O casamento part 2

História Três malucos e um bebê - Capítulo 75


Escrita por:


Capítulo 75 - O casamento part 2


—Parece que alguém esta nervoso –Blás comentou observando o amigo andar de um lado para o outro na pequena sala dos Weasley

—É claro que ele esta nervoso –Draco riu zombeteiro –A Weasley vai deixá-lo plantado no altar.

—Por Merlin,vocês são os piores amigos que alguém já teve –Theo resmungou parando de andar e suspirando –Ela.. ela não vai me deixar plantado,não é?

—Não de ouvidos a eles,Theo –Pansy pediu entrando na sala e abraçando levemente o noivo –Eles só estão com inveja já que você esta sendo o primeiro a casar.

—Eu não estou com inveja –Blás se defendeu

—Eu não tenho inveja –Draco respondeu com indignado

—Seja um bom padrinho e acalme o noivo,Draco –Pansy rebateu –Eu só vim para desejar boa sorte antes de você subir no altar. Te vejo lá fora.

—Obrigado,Pansy –Theo respondeu e a mulher assentiu antes de sair –Você ouvi a Pansy,Draco. Me acalme.

—Certo –O loiro suspirou –Ela não vai desistir. Ela te ama e disse sim ao seu pedido de casamento então não vai ser agora que aquela grifinória vai fugir.

—E ela esta grávida –Blás adicionou

Theo concordou e observou a movimentação do lado de fora da casa pela janela. O sol não estava tão forte naquele dia,o que deixava o clima agradável. A tenda do casamento se destacava em meio ao amplo jardim dos Weasley. Ele conseguiu facilmente distinguir os Weasley,com seus cabelos nada chamativos, e então ele encontrou sua mãe. Eleanora Nott estava em pé ao lado de Pansy e Potter,ele sorriu para ela mesmo sabendo que ela não conseguia vê-lo. Ela estava bem vestida –como sempre –e mantinha um sorriso educado no rosto. Os dois não tinham uma relação muito próxima,mais ele sabia que sua mãe o apoiava naquela decisão de casar.

Casar. Ele estava prestes a casar com Gina Weasley. Aquela ruiva que o conquistou com seu dom de provocar,que o fez delirar entre suas curvas e o fez amá-la em todas as formas. Ela tinha começado com uma aposta,queria apenas fazê-la cair por ele –como fazia com todas –mais acabou se tornando muito mais que isso. De uma aposta,para a mulher da sua vida. Gina Weasley tinha se tornado a futura Nott e carregava seu filho (a).

Ele ainda não acreditava em como sua vida mudou. Em Hogwatrs,antes da guerra,ele só queria pegar o máximo de garotas possível. Sempre competindo com Draco nisso. E então durante a guerra ele sequer tinha o pensamento de que sairia vivo daquele tempo sombrio. Mais ele saiu.Ele permaneceu vivo e agora tinha ali,prestes a torna-la sua esposa,seu premio por não ter morrido. Ela tinha se tornado a esperança de dias melhores. Gina Weasley era tudo que Theo desejava. Esperança,redenção, e amor.

E agora eles começariam uma família. Eles iriam se tornar pais. Seriam eles a segurar na mão do filho,ajudando a dar os primeiros passos. Agora era eles que construiriam um lar para aquela criança e tentariam criar aquela criança tão bem quanto seus pais haviam os criado –ou até mesmo melhor.

—Theo? – O senhor Arthur chamou pelo genro e futuro marido da filha –Está na hora.

A respiração de Theo falhou por um segundo. Estava na hora do seu casamento. Agora,ele estava a apenas alguns passos de tornar Gina Weasley oficialmente a senhora Nott.

—Vamos lá,Theo –Blás bateu no ombro do amigo e foi o primeiro a sair da sala

—Eu gosto da Gina –Draco avisou parando em frente ao amigo –E gosto de você. E gosto do bebe. Sei que vocês.. vão ser felizes juntos. E sei que ela não vai fugir. Ela te ama.

—Eu sei –Theo concordou –Eu também a amo.

—Ótimo. Vamos logo para aquele altar. É a noiva que se atrasa,não o noivo.

—Obrigado por estar aqui comigo –Theo murmurou

—Sempre. Irmão acima de tudo,certo?

—Irmãos acima de tudo.

—Já deu dessa melação toda. Não somos lufanos.

Theo riu e concordou seguindo Draco para fora da sala até a tenda. Ele ficou a frente do presbitério,e olhou para todos os convidados ali presente. Sua mãe sorriu para ele e assentiu –em apoio –ao seu lado estava Pansy e Harry,ambos de mãos dadas –o que não passou despercebido por alguns convidados –havia alguns bruxos do ministério com quem Theo trabalhava e as parceiras de time de Gina. Ellie acenou para ele e fez joinha –o que fez Theo sorrir. Nas primeira fileiras estavam os Weasley’s com seus pares –até Carlinhos tinha trazido uma acompanhante –e o único solitário era Rony. De todos os Weasley,ele era o menos contente pela irmã. Afinal,ele ainda acreditava que existia uma rixa entre eles e jamais conseguiria apagar isso. E então vinha a senhora Malfoy,que sempre foi sua segunda mãe,a senhora Zabini e o filho dela Blás. O moreno fez sinal como quem disse-se que dava tempo de fugir e Theo bufou. Ele sabia que por trás da provocação dele e de Draco,ambos estavam felizes por ele. Theo –num momento de fraqueja –desejou que os dois tivessem o mesmo caminho que ele: No altar,no tão esperando dia do casamento,esperando o amor da sua vida.

—Ela já vai descer –Draco avisou se colocando ao lado dele no  presbitério

—Não vai desistir,não é? –Theo perguntou mesmo sabendo a resposta e sorriu ao ouvir a musica que Gina escolheu para tocar quando ela fosse entrar

Primeiro entrou Hermione. Ela sorriu para ele e –claro –para Draco. Ela estava bonita,usando um vestido vermelho longo e segurando um pequeno buque de lírios. Assim que ela se colocou no presbitério,foi a vez de Luna entrar. Assim como o vestido da madrinha,o seu também era vermelho. Theo sabia que aquilo tinha tudo a ver com a Grifinória. E então veio às crianças. Victorie e Teddy andavam com as mãos dadas a Rose,as meninas usavam vestidos vermelhos –o que fez o pai Malfoy bufar ao ver sua menina nas cores dos rivais –e Teddy tinha uma camisa verde com a gravata prata. E então a noiva.

Theo até mesmo esqueceu-se como se respirava ao ver Gina. Ele sempre achou ela bonita,mais se surpreendeu com o quão bela ela estava naquele momento. De braços dados com o seu pai,ela caminhou na direção dele com um sorriso fixo nos lábios.

—Cuide dela,garoto –Arthur pediu entregando Gina a Theo

—Eu vou. Eu prometo –Theo respondeu

—Podemos começar? –O bruxo perguntou e os noivos assentiram –Hoje é um dia especial para todos aqui. Mais principalmente para Gina Weasley e Theodoro Nott. Hoje vocês se tornaram marido e mulher. Estamos aqui hoje para celebrar o amor e a felicidade e a lealdade, e, na minha opinião, um pouco de mágica. Para juntar esses dois bruxos que se amam e querem passar o resto da vida juntos.  Que escolherem um ao outro . Que optaram por dar esse passo. Gina Weasley,você aceita Theodoro Nott como seu marido?

—Aceito.

—Promete amá-lo,protegê-lo,cuidar dele em todos os momentos. Felizes ou tristes. Promete não recuar diante das dificuldades e promete ser fiel a esse bruxo?

—Prometo.

—Theodoro Nott,você aceita Gina Weasley como sua esposa?

—Aceito.

—Promete amá-la,protegê-la,cuidar dela em todos os momentos. Felizes ou tristes. Promete não recuar diante das dificuldades e promete ser fiel a esse bruxa?

—Prometo.

—Agora podem dizer os seus votos –O bruxo anunciou –E trocar as alianças.

—Eu,Gina Weasley,aceito você Theodoro Nott como meu marido. Escolho você para ser o único com quem passarei minha vida,o único com quem quero conversar antes de dormir e ao acordar. O único que quero construir uma vida. O homem que quero para ser o pai dos meus filhos. O homem que quero chamar de marido até o fim da minha vida.Eu amo você Theo,por isso o escolhi.

Gina pegou o anel com Hermione e colocou no dedo de Theo,beijando o metal frio logo em seguida.

—Eu,Theodoro Nott,aceito você Gina Weasley como minha esposa.Hoje é o dia que minha vida começa. Ao seu lado. Hoje quero sair daqui com minha esposa. Com você. Eu nunca pensei que chegaria até aqui,mais agora que cheguei.. eu não mudaria nada. Por que minha vida,do jeito torto,me trouxe até você. Hoje me torno um marido. Hoje me torno responsável por outro além de mim. Hoje me torno responsável por você, pelo nosso futuro, por todas as possibilidades que nosso casamento tem a oferecer. Juntos, não importa o que aconteça. Estarei pronto. Para qualquer coisa. Para tudo. Para abraçar a vida. Para abraçar o amor. Para abraçar as possibilidades e responsabilidades. Hoje, Gina Weasley, nossa vida começa. Eu amo você e por isso mal posso esperar para te beijar.

Draco entregou o anel a Theo,que o colocou no dedo da ruiva e beijou demoradamente o anel.

—Certo –O bruxo murmurou divertido –A alguém aqui contra esse casamento? –Um longo silencio tomou conta do casamento –Pelo poder concedido a mim pelo ministério da magia,eu os declaro marido e mulher,podem beijar a noiva.

Theo não precisou ser avisado de novo. Ele colocou uma das mãos na cintura de Gina e a outra na nunca dela enquanto as bocas de ambos se encontravam. O beijo teve como musica de fundo os aplausos dos convidados.

Agora eles eram oficialmente casados.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...