1. Spirit Fanfics >
  2. Triangle (Jaemin e Jaehyun) >
  3. Who's behind it?

História Triangle (Jaemin e Jaehyun) - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii meus amores, me desculpem por sumir novamente :( Mas eu estava numa correria e sem contar que também adoeci... Então me desculpem por fazer vocês esperarem por tanto tempo, por favor não desistam de mim <3
.
Me desculpem qualquer erro e boa leitura anjinhos <3

Capítulo 28 - Who's behind it?


Fanfic / Fanfiction Triangle (Jaemin e Jaehyun) - Capítulo 28 - Who's behind it?

-Eu gosto da S/n – falei rapidamente e a mesma parou por um segundo.

-Hã? – Yura disse.

-Eu sei o que você ia dizer, por isso já digo, eu gosto da S/n – falei e a mesma ficou trêmula, mas logo se recompôs.

-Mas ela está com Jaehyun – Yura falou de tal modo pra me afetar.

-Isso não faz com que eu pare de gostar dela – falei e logo saí dali para ir atrás de S/n.

Não demorei muito e a encontrei, a mesma estava parada olhando pro nada, até que ela me vê, a mesma caminha até mim logo parando em minha frente. Seus olhos estavam vermelhos, a mesma olhou em meus olhos e forçou um sorriso.

-Hoje você vai ter que pagar tudo que eu quiser – a mesma disse com dificuldade e eu a olhei confuso por um tempo, mas logo entendi. – Você perdeu a aposta – S/n tentava sorrir mas era nítido o que havia acontecido, eu não disse nada, apenas a puxei para perto de mim e dei um forte abraço.

-Você pode matar aula comigo? – pude escutar sua voz abafada, novamente não falei nada, apenas segurei em sua mão e a guiei pra longe dali, vários olhares se voltaram para nós mas eu apenas ignorei, meu objetivo era tirar S/n dali e tentar entender tudo o que estava acontecendo, mesmo já suspeitando o que era.

 

 

Jaehyun você vai se ver comigo!

 

 

Após sair da escola, S/n havia dito que queria ir até a sorveteria de seus pais, pois lá havia um quartinho onde poderíamos conversar, apenas concordei e caminhamos até lá em silêncio, a mesma segurava minha mão firme, enquanto segurava para não chorar.

Poxa Jaehyun isso não vai ficar assim!

 

Chegamos na sorveteria, cumprimentamos os funcionários e subimos pela escada que havia ali, logo adentramos em um quartinho, onde havia uma estante, um sofá e um frigobar. S/n fechou a porta logo após adentrarmos e se sentou no sofá. Fiz o mesmo mas sem dizer nem uma palavra, eu não quero pressiona-la mesmo querendo saber detalhes, mas eu deveria respeitar o espaço dela e deixar que a mesma conte assim que se sentir confortável.

-Jaemin – S/n me chamou cabisbaixa. – Você não viu a foto? – a mesma perguntou dirigindo seu olhar a mim e eu neguei.

-Que foto? – questionei e a mesma tirou o celular de seu bolso, logo virando a tela para que eu visualizasse. Fiquei em choque, a foto mostrava Jaehyun beijando outra garota, a qual parecia ser Somin.

-Essa foi a minha reação, só que doeu mais em mim – S/n falou se referindo a minha feição. Eu tinha que conforta-la

-Quem te mostrou essa foto? – Perguntei e a mesma suspirou.

-Um número desconhecido me enviou assim que eu saí da lanchonete – a mesma falou.

-Pode ser montagem, existem muitas pessoas naquele colégio que tem inveja de vocês dois, fariam de tudo para separar vocês. – falei com intuito de acalmar S/n, por que nem eu queria acreditar que Jaehyun teria a coragem de fazer aquilo

-Parece montagem pra você Jaemin? Claramente não é montagem, e eu também escutei alguns alunos dizendo que Jaehyun havia ido embora ontem juntamente com Somin – a garota disse com seus olhos já marejados novamente.

-Fica calma, talvez seja uma foto antiga, os dois já não namoraram antes? – falei e a mesma suspirou.

-Pensei nessa possibilidade, porém quando aproximei a foto, vi o chaveiro que dei a Jaehyun semana passada – S/n disse agora se virando pra mim.

-Jaemin eu sei que você está tentando me animar, procurando justificativas para o fato, mas não há justificativas, Jaehyun realmente me traiu, você sempre esteve certo, sempre foi contra eu me relacionar com Jaehyun, eu deveria ter te escutado – S/n já chorava.

-Não diz isso – a puxei para um abraço de lado. – Eu sei que é difícil mas tenta não pensar muito nisso, tudo vai se resolver – falei enquanto a mesma continuava em silencio. E assim ficamos por alguns minutos, S/n com sua cabeça em meu ombro enquanto um silencio tomava conta daquele local.

-Jaemin – a garota disse quebrando aquele silêncio, murmurei para que a mesma falasse.

-Eu queria ficar um pouco sozinha... – a mesma disse se afastando lentamente de mim.

-Te entendo, quer que eu te acompanhe até sua casa? – perguntei e a mesma negou rapidamente.

-Não posso voltar pra casa agora, para meus pais eu estou em aula agora, então vou ficar por aqui mesmo – falou a mesma encarando o chão.

-Tá bom, eu vou sair, mas qualquer coisa me liga – falei e a mesma assentiu e eu me levantei.

-Volte pra escola, não quero que seja prejudicado por minha causa – a garota disse se levantando e ficando de frente pra mim. – Muito obrigada por sempre estar comigo nesses momentos – a mesma disse logo me abraçando, retribuí o ato e logo nos separamos.

-Nana – A mesma me chamou pelo apelido a qual a mesma não me chamava a tempos.

-Que isso, não me chama assim a tempos, o que tá querendo em mocinha? Já disse que nesse corpinho aqui ninguém toca – falei e a mesma riu.

-Idiota! – a mesma dizia ainda rindo, e tal ato fez com que eu sorrisse junto, era tão bom ver ela sorrindo, e tão dolorido vê-la sofrer.

-Eu só quero pedir desculpas – S/n disse me deixando confuso. – Sei lá, eu só acho que eu não merecia sua amizade, você é muito bom pra mim, e nem sempre eu consigo retribuir isso.

-É realmente – falei e a mesma fez careta – O que eu sinto por você é bem maior do que você sente por mim – é... literalmente.

-idiotaaaa – S/n disse rindo novamente – Agora vai voltar pra escola, e quando sair peça para os funcionários lá embaixo não deixar ninguém além de você vir aqui tá bom – a mesma disse e eu assenti.

-Antes de eu ir me empresa seu celular rapidinho? – falei e a mesma me olhou desconfiada mas mesmo assim me deu o aparelho. Imediatamente enviei a foto para meu celular, eu iria tirar essa história a limpo. Para disfarçar tirei uma foto minha e coloquei como papel de parede.

-Aqui, agora você pode admirar minha linda cara enquanto fica aqui sozinha – Falei e a mesma riu revirando os olhos logo em seguida. E assim nos despedimos e eu saí dali, logo deixando o recado para o pessoa que ali trabalhava, falei para que se alguém viesse procurando pela S/n, eles iriam dizer que a mesma não estava ali.

 

Caminhei até a escola, conseguindo adentrar com uma desculpinha que inventei na hora, levei uma leve bronca mas nada preocupante.

 

 

*Quebra de tempo*

 

 

Depois das aulas acabarem, caminhei rapidamente pela escola a procura de Jaehyun, mas não encontrei o mesmo, mas também estava a procura de quem havia enviado aquela foto, eu tinha minhas suspeitas, e uma delas era a própria Somin, e por sorte minha encontrei a mesma que caminhava com algumas meninas.

-Somin! – A chamei fazendo com ela e aquelas garotas dirigissem seus olhares a mim, assim que me viram as garotas começaram a cochichar entre si mas ignorei, pois aquilo era irrelevante pra mim.

-Jaemin? – a mesma disse me olhando surpresa. – O que devo a honra de você falar comigo? – a mesma falou e eu a olhava sério.

-Preciso conversa com você, a sós – falei e pude perceber alguns olhares maliciosos vindo daquelas meninas que ali estavam. As encarei sério e logo as mesmas saíram dali.

-Quero que seja bem sincera comigo – falei e a mesma me olhava um pouco confusa - Você tem interesse no Jaehyun? – falei e a mesma demonstrou um certo desconforto.

-Você viu a foto né? – a mesma citou a foto, BINGO.

-Então foi você – falei desacreditado que a mesma confessaria tão fácil.

-Não, não fui eu, mas alguém viu essa foto? – a mesma parecia preocupada.

-Isso não interessa agora, como você teve coragem de planejar algo assim? – falei.

-Não fui eu! Eu recebi essa foto de um número desconhecido que ficou ameaçando mandar essa foto pra todo mundo, mas eu não quis isso então ele começou a me chantagear para conseguir algumas coisas, tenho a prova aqui – Somin dizia imediatamente pegando seu celular e me mostrando a suposta conversa.

-Você pode até não acreditar em mim, mas eu jamais faria isso para magoar alguém, eu e Jaehyun nos beijamos? Sim! Mas foi coisa do momento, não tenho intenção alguma em interferir no relacionamento de Jaehyun e S/n, mesmo que eu ainda goste de Jaehyun. – Somin disse com os olhos marejados, ela realmente parecia dizer a verdade, mas há mais algo que eu preciso confirmar.

-Sobre o beijo de vocês, foi unilateral ou Jaehyun retribuiu? – perguntei e a mesma suspirou.

-Ele retribuiu, mas como eu te disse foi coisa do momento, como já tivemos algo antes acredito que influenciou, mas... – a mesma dizia e eu a interrompi.

-Já ouvi tudo que eu queria – falei e logo saí dali, caminha rapidamente em direção ao portão mas fui parado por alguém.

-Ora ora se não é o garoto que tentou matar aula com a S/n – Minhyuk disse se dirigindo até mim. Ótimo também suspeito que possa ter sido ele o autor das mensagens.

-Todos da escola estão curiosos para saber o motivo de S/n estar chorando e vocês saírem juntos. – O garoto dizia em um tom sarcástico.

-Tem certeza que não sabe de nada? – falei.

-Eu preciso saber de algo? Por acaso Jaehyun deu alguma mancada e alguém viu e mandou para S/n? – Minhyuk disse e eu arregalei meus olhos na hora.

-Sabia que tinha seu dedo nisso! – Falei já cerrando os punhos.

-O que? Isso realmente aconteceu? Eu falei zoando, alguém realmente fez algo tão clichê? – o mesmo falou me deixando em dúvida.

-Pare de se fazer de bobo, isso é tão a sua cara, já que você é obcecado pela S/n – falei e o mesmo ficou sério.

-Pareço ser obcecado mas não sou, eu realmente gosto dela, e outra, por mais que eu queira ver S/n solteira eu nunca fiz nada de mais que causasse um fim em qualquer relacionamento dela, você é prova disso, sempre atormentei o casal que era Jeno e S/n antigamente, mas nada passava de palavras, nunca tomei uma atitude grave, você sabe disso! – nunca vi Minhyuk tão sério, sem levar tudo ao pé da letra, e muito mesmo não ter sacarmos em sua voz. E o que ele falou realmente é verdade, ele só fala mas não age.

-Cara sabe que é muito difícil eu confiar em você, mas não comente nada com ninguém – falei e o mesmo franziu a testa.

-Jaehyun realmente fez algo – o mesmo perguntou.

-Se ele fez ou não, eu não vou dizer, mas provavelmente você logo saberá a respeito, agora tenho que ir – falei e saí dali.

Se não foi Somin nem Minhyuk que poderia ter tirado essa foto? Apesar de eu não confiar 100% nos dois, os mesmos pareciam ser bem sinceros. Mas quem será que mandou essa foto para S/n?

 

 

Depois de sair da escola, fui imediatamente até aonde estava S/n, e adentrando o local me deparei com Jaehyun, o mesmo estava um pouco alterado.

-Como assim eu não posso entrar? Eu sempre vim aqui com a S/n, não sou um estranho eu sou namorado dela! – Jaehyun discutia com a moça do balcão.

-Me desculpe mas você não está autorizado a entrar então por favor não insista – a moça falou e Jaehyun tornou a insistir.

-Se estão falando que você não pode entrar é por que foram ordens superiores, os donos podem muito bem estar em reunião, então pare de escândalo você está assustando os clientes – falei atraindo a atenção de Jaehyun a mim.

-Eu sei que S/n está aí – Jaehyun falou se aproximando de mim.

-Como pode ter tanta certeza? – falei arqueando a sobrancelha e o mesmo respirou fundo.

-Eu fui na casa dela, ela não estava, procurei ela no colégio e não encontrei, liguei pra ela e a mesma não atendeu então o único lugar que ela possa estar é aqui. – Jaehyun disse e eu ri com deboche.

-Você não percebeu? Tudo que você acabou de dizer era exatamente o que a S/n estava passando com você – falei e Jaehyun ficou calado.

-Então mesmo que ela esteja aqui não está óbvio que ela não quer te ver? – falei

-Por que ela não iria querer? – Jaehyun disse.

-Não sei Jaehyun, me diz você – falei e o mesmo parou, parecia pensar em algo mas logo voltou a me olhar.

-Eu não tenho nada pra dizer – o garoto falou fazendo com que eu desse uma risada sarcástica, mas antes que eu pudesse falar algo S/n apareceu.

-Você está incomodando os clientes por que ainda insiste em ficar aqui? – a mesma disse olhando séria para Jaehyun.

-S-S/n, eu sabia que você estava aqui, por que não atendeu minhas ligações? – perguntou Jaehyun.

-Por que não quero falar com você não é obvio? – S/n falou fazendo Jaehyun ficar sem reação. – Vem Jaemin – S/n disse me puxando pelo braço.

-É sério isso? Você não pode preferir ficar sozinha com outro garoto do que seu namorado – Jaehyun dizia desacreditado.

-Se você pode eu também posso – falou S/n já subindo as escadas.

-O que você quer dizer? – Jaehyun insistia.

-TCHAU JAEHYUN – a garota disse deixando Jaehyun ali plantado.

 

 

CONTINUA...

 


Notas Finais


Até a próxima, tentarei não demorar muito <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...