História Triângulo Amoroso (Repostagem) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Minerva Mcgonagall, Murta Que Geme, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Personagens Originais, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Severo Snape
Tags Animago, Draco Malfoy, Harry Potter, Original, Romance, Severus Snape, Suspense
Visualizações 31
Palavras 595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Okay, esse cap vai ser mais curto, mas eu tentei aumentar ele, pq o original tbm tava pequeno pakas
Boa leitura ^^

Capítulo 8 - Capítulo 8


- Eu queria cancelar a aposta. - Alice diz, sua mente já decidida.

- Como? - Malfoy pergunta.

- Você ouviu! Eu não consigo! Snape é um homem adulto, muito mais velho! Ele não cairia por isso tão fácil! - a loira fala mais alto, assustando o rapaz.

A garota sabia que poderia facilmente ter Snape à seus pés, mas tinha medo do que o homem pudesse fazer. Era um homem adulto! Se lhe agarrasse em uma sala, ninguém saberia, e isso lhe assustava.

- Fale mais baixo! Gostaria que isso ficasse apenas entre nós! - Malfoy diz, parecendo envergonhado.

- Por que? Está com vergonha de ter que fazer uma aposta com uma garota apenas para ficar com ela?! - a loira grita, tentando chamar o máximo de atenção.

- Fique quieta! - o loiro sussurra exasperado, colocando suas mãos na boca da menor.

Alice completamente irritada, morde a mão de Draco, que trás suas mãos ao corpo rapidamente.

- Você quase arrancou minhas mãos! - diz exagerado, mas quando seu olhar bate com o da loira, solta um ganido baixinho, com medo do que a garota poderia fazer consigo.

De repente, os dois escutam Snape vindo de trás de uma das estantes de livros.

- Os dois, para a sala do diretor. - diz saindo de trás da estante e olhando para os dois com uma postura de reprovação.

Malfoy e Alice caminhavam na frente do professor até a sala do diretor. A loira podia sentir os olhares do mais velho em suas costas, como se perguntasse algo. Quando, finalmente, chegaram no diretor, Snape começou a explicar o que havia escutado.

- Senhorita White, é verdade o que professor Snape disse? - Dumbledore pergunta, calmo como sempre.

- Sim, senhor. - Alice diz abaixando a cabeça em vergonha.

Draco abriu a boca para falar algo, mas a loira pisou em seu pé, fazendo o rapaz se calar no mesmo instante.

- Tirarei 50 pontos da Sonserina e os dois terão detenção pelas próximas 3 semanas. - Dumbledore diz, parecendo decepcionado - Agora, vão para seus quartos, já está tarde e todos nós precisamos descansar nossas mentes.

Alice dá boa noite a Dumbledore e sai da sala, Draco vai atrás da garota sem dizer uma palavra. Malfoy tentou puxar assunto com a garota diversas vezes, sendo completamente ignorado, o que lhe deixou irritado. No meio do caminho, o loiro segura seu braço com força e lhe puxa para virar-se para si.

- Por que está me ignorando? - o garoto pergunta, vendo apenas a cabeleira loira na frente do rosto de Alice.

A loira não respondeu, ficando parada durante alguns segundos. Porém, um leve soluço interrompe o silêncio da noite. Draco abaixa o rosto levemente, conseguindo enxergar os olhos cheios de lágrimas da garota. O loiro não esperava por isso, então ficou por alguns segundos sem palavras antes de segurar o queixo de Alice com sua mão e levantá-lo.

- Ei… O que houve? - Malfoy pergunta preocupado.

Por mais que o loiro fosse completamente egoísta, ainda se preocupava com a garota, nem que fosse apenas uma pequena parte de si.

- N-nada! - Alice tenta sair do aperto que o garoto lhe dava no braço, mas sem sucesso.

- Me conte o que houve! - o loiro parecia implorar.

- Não! - a loira se solta de Draco - Eu quero distância de você! É tudo culpa sua! Ele vai morrer por sua causa! - e então Alice corre pelos corredores tentando o máximo para chegar em seu quarto o mais rápido possível.


Notas Finais


Me desculpem de novo pelo comprimento do cap.
Me digam o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...