1. Spirit Fanfics >
  2. Triângulo amoroso (TodoBakuDeku) >
  3. Sex

História Triângulo amoroso (TodoBakuDeku) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


O nome é sex mesmo... eu não errei tá?

Espero que gostem!

Capítulo 6 - Sex


°•Bakugo•°

Hoje estavamos trancados dentro do dormitório por causa da grande chuva que caia do céu. Por causa dessa porra a gente não está na escola....

Pelo menos fico com o Deku aqui. Falando nele eu tenho que ir no quarto dele pra estudar sobre algo que eu não entendi.

Chegando na porta do menor abro-a sem bater.

K-Ei De-

Por que o pavê tá aqui?! O que esse merda tá fazendo aqui?!

D-Oi Kachan!

K-O que caralhos tu tá fazendo aqui?

T-Eu pedi ajuda pro Deku e ele tá me ajudando. E você?- Fala com cara de desconfiado e raiva. Que chato! Não pode ficar nem poucos momentos com o meu Deku.

K-Eu pedi o mesmo dele antes de você! Foi só sorte sua de vir primeiro.

D-Então.... por que não deixar a possível briga de vocês e... virem aqui pra eu reslonder as suas dúvidas?

K-Hum.... Tá bem.

T-Tanto faz pra mim.

D-Ótimo! Agora se senta aqui Kachan!- Ele dá um espaço pra mais perto do Todoroki pra deixar um pra mim.

Isso me deixou mais bravo que eu já tava. Vou até o espaço reservado pra mim. E agarro o Deku puxando para loge daquele pavê de merda.

K-Tu se aproveita do contato, não é idiota?- Deku estava com cara de "Ah me solta!"

T-Cala a boca! Eu não me aproveito como você. Nunca vou me rebaixar à esse nível, seu palerma.

D-Gente... vocês pod-

K-Eu não me aproveito não!

D-Isso já é mentura Kachan....

K-Pelo menos colabora!

T-Até ele diz!

D-Nem vem Todoroki... você também!

O bicolor fica calado com uma cara de "Acertou em cheio". Enquanto eu tava quase estourando de tanto querer rir.

D-Vamos voltar pro deveriamos fazer!- Ele sai do meu abraço. Nãoooo ele não pode! O corpo dele é macio pra caralho! E ainda tem as minhas marquinhas no corpo dele. As do meio-a-meio por serem fracas já sumiram. Toma essa seu pavê!

.

.

.

K-Ah! Terminamos essa porra!

T-Graças a Deus....

D-Que bom!- Se deita no chão com a barriga pra cima. E por algum motivo o universo colabora deixando seu ponto fraco amostra. Passo o dedo pela região- E-Ei! O que tá fazendo?! De novo não!

K-Admite! Você gosta!

D-N-Não!

K-Pavê.... eu vou deixar tu tocar nele se quiser... mas vai ser só dessa vez.

D-D-Desde quando eu virei algo seu pra você dar permissão de alguém me tocar?!

K-Desde que eu deixei as marcas.- Ele cora mais do já estava por tão pouco.- Não vai fazer nada pav- Ele já estava beijando o Delu?! Como?! Eu nem percebi a porra movimentos dele!-Como... Deixa pra lá.

Levanto mais a sua camisa e começo a chupar um de seus peitos, com a mão direita apertando o outro e a mão esquerda prescionado um pouco o seu ponto fraco. Vendo-o se contorcer. As suas costas arqueavam a cada ação que eu fazia. Era até fofo isso.

O pavê começa a chupar o pescoço do menor. Que ousadia! Ele é meu... eu não deixei ele fazer isso! Mas fodase.

Fico em cima do menor e logo em seguida seguro sua coxa deixando-a sobre o meu ombro. Tiro sua calça junto da box.

D-N-Não Kachan! Não faç- Toco na sua entrada. Que por sinal deve ser sensível.- Não... Ah! Toca aí Kachan

K-Eu já toquei!

Tiro a minha calça com a box e logo em seguida o pavê faz o mesmo. Encosto o meu membro na sua entrada. Mas não o penetro. Puxo-o deixando ele "ajoelhado" e logo em seguida o penetro lentamente. Por que caralhos eu tinha que penetrar lentamente?! Porque se eu não fizer isso.... iria estragar tudo e nunca mais ia ter a chance de fazer isso.

Esperei ele se acostumar. E foi bem rápido na verdade.

K-Pode vir colocar pavê.

T-Já pode? Achei que ia esperar mais um pouco....

D-Q-Que?!

O bicolor se aproxima e tenta colocar. Mas como dá pra ver.... o Deku é bem apertado então.... não me resta escolha. Tiro um pouco do meu membro deixando espaço para o bicolor colocar dentro. E funcionou.

D-Ah! Isso doi demais!- Ele abraça o meu pescoço. Já que ele tá virado pra mim. O pavê abraça a sua cintura.- P-Pode continuar...

Começamos a nos movimentar ouvindo os gemidos do menor. O meio-a-meio começou a chupar as costas do esverdeado e tocar nos peitos do mesmo. Enquanto eu chupava o seu pescoço frágil. Fandendo com que ele arquease as costas.

D-E-Eu vou...

Só mais algumas estocadas e nos desfazemos ali mesmo. O menor estava ofegante e lacrimejando. Estva fofo pra caralho.

K-Esse foi o melhor dia da minha vida!

T-Concordo!

D-Eu não vou dizer nada! Eu....

K-Diz logo! Ou nós faremos de novo!- Ele me encara com cara de "vai em frente" tentando me provocar. Olho pro pavê que entendeu o que eu queria dizer. E nos mexemos um pouco.

D-Ah! Tá bem! Eu admito.... eu gostei, tá bom?!

T-Que bom ouvir isso!

K-Tudo o que eu queria ouvir.

.

.

.

(Por favor, leia as notas finais!)


Notas Finais


AAAAH! Se ficou ruim me perdoem!
Não sei fazer sexo com três! Mas pela ajuda do Fuba097 eu consegui fazer isso, obrigada! Se ficou uma ruim pra vocês eu não sei... mas eu acho que ficou um pouco ruim por causa da minha inexperiência com três pessoas.

Mas espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...