1. Spirit Fanfics >
  2. Trilogia guerreiros livro 1: O assassino (Finalizado) >
  3. Capítulo XVII

História Trilogia guerreiros livro 1: O assassino (Finalizado) - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Capítulo XVII


Fanfic / Fanfiction Trilogia guerreiros livro 1: O assassino (Finalizado) - Capítulo 18 - Capítulo XVII

Mason

Dois meses depois...

É noite, não há lua no céu, e eu observo as estrelas do firmamento pensando na vida, eu sinto que não tenho mais nada a perder. A cada dia que passa tenho mais certeza de que Eleonor ama ao nosso inimigo, que se dependesse de mim estaria morto.

Sinto um frio capaz de congelar todos os ossos de meu corpo, eu sei muito bem quem é... Ele fica a minha frente com um olhar vidrado sem nenhum resquício de emoção.

- Olá meu bom Mason, você parece chateado.

- Isso não importa; sinto que não posso confiar nele de modo algum, meu sexto sentido me alerta - Minha rainha está salva e isso me basta.

- Só que agora ao seu lado está seu inimigo, o último dos dragões negros; coloca a mão em meu ombro, como se fôssemos velhos amigos, eu me afasto, pois seu toque me incomoda - Eu em seu lugar já teria o matado.

- Por que tanto interesse na morte de um dragão negro? - Tento ler sua mente, mas falho mais uma vez; não consigo ler seus pensamentos, de modo que você não é humano, você so pode ser um deus, e pelo seu modo de lutar presumo que seja... Não pode ser, por Zeus!

- Você é inteligente demais para o seu próprio bem.

Nisso ele começa a me sufocar, e aos poucos vou perdendo a consciência, mas antes que isso aconteça por completo ele me larga no chão. Antes de desmaiar o vejo se transformando numa versão de mim, era como me olhar por um espelho, de tão parecido que estava.

- Não morrerá hoje elfo, mas não posso deixar que me atrapalhe...

Dito isto ele pega sua espada e bate com o cabo em minha cabeça e depois disso não vejo mais nada, apenas a escuridão. Eu acordo e percebo que não estou mais na floresta, mas sim numa espécie de quarto escuro, não é o palácio secreto, posso sentir. Ao meu lado está o que parece ser um dragão negro, eu procuro minhas armas e ele apenas diz através de seus pensamentos:

- Pode confiar em mim elfo, eu não lhe farei mal algum, pelo contrário, quero ajuda - lo.

- Como saberei se posso confiar em você humano?

- Vasculhe meus pensamentos, e saberá se estou mentindo...

Eu procuro em sua mente algo que lhe possa delatar, mas não encontro nada, ele está dizendo a verdade. Eu me levanto da cama e fico sentado por alguns instantes.

- Você não está mentido, mas por que me salvou?

- Estou a procura de redenção; se levanta da cadeira onde estava sentado - E para isso acontecer preciso ajudar você e meu amigo Jack a lutar contra esse inimigo que só nos causou dor.

- O inimigo que você fala é um deus, um dos mais fortes.

- Eu também tenho meus truques...

- Sei... E aliás como consegue se comunicar comigo telepaticamente?

- Minha mãe era uma bruxa... Eu herdei alguns de seus dons, mas agora precisamos planejar algo que nos ajude a salvar sua rainha e meu amigo.

- Como, se não sabemos onde eles estão?

- Eu sei exatamente onde eles estão, mas como eu disse há alguns instantes precisamos de um bom plano...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...